Futebol do Povo

Ceará: Flamengo também tentou Luiz Otávio; multa contratual subiu para dois dígitos

14039 11

Foto: Matheus Dantas

Um dos principais jogadores do Ceará – talvez o principal – desde que foi contratado no começo de 2017 – estava no Sampaio Corrêa – o zagueiro Luiz Otávio segue cobiçado no mercado brasileiro, até porque está no nível dos melhores jogadores da posição na primeira divisão.

Sondagens e propostas do Grêmio e Bahia foram confirmadas pelos clubes envolvidos e também pelo próprio atleta nos meses recentes, mas o Ceará passou muito longe de ter algum motivo para gostar do que viu. O Flamengo, apurou o Blog, também se interessou. O clube do Rio de Janeiro estava disposto, inclusive, a pagar os R$ 6 milhões de multa pelo jogador de 30 anos, mas o Ceará conseguiu segurá-lo no elenco, até porque sabe que a manutenção na Série A em 2020 passa diretamente pelas atuações do zagueiro.

Assim, ainda que tenha renovado com o atleta carioca no fim de 2018 (compromisso até 2021) e investido R$ 1 milhão para ter 75% dos seus direitos econômicos, o Ceará voltou a valorizar Luiz Otávio em função do perene interesse de outros clubes.

Leia também: Luiz Otávio minimiza boa atuação em derrota do Ceará para o Vasco no Rio de Janeiro

Com o aumento salarial, a multa agora para quem quiser tirar o jogador do Alvinegro (clubes nacionais) é de R$ 10 milhões. É difícil que algum clube brasileiro pague essa quantia e fique com os direitos econômicos de Luiz Otávio, mas o Ceará também não está disposto a negociá-lo (são 124 jogos e quatro gols marcados) por menos do que o valor estipulado no contrato.

VEJA MAIS: CEARÁ E A FALTA DE UM CAMISA 9 | NA PRANCHETA #58

Recomendado para você

11 Comentários

  • Berg Ribeiro disse:

    Esse aí eu
    não dava nem 5.00

  • jorge luis disse:

    Um dos poucos que realmente está jogando bem no time atual… soma-se a ele, o Fabinho e o Diogo Silva (que vem fazendo defesas importantes). Enderson terá trabalho nessa parada da Copa América para tentar dar um reoxigenada nesse time… pq do jeito que tá, não vejo muitas aspirações além de fugir do rebaixamento… de novo…

    • oliveira disse:

      O Enderson DARÁ trabalho, isso sim. É um técnico péssimo, que teve OITO semanas cheias pra treinar o time e PIOROU sensivelmente o rendimento coletivo. É só comparar o rendimento até o jogo do Grêmio e do jogo do Avaí até o jogo do Vasco. Nessa reta final o Ceará decaiu de rendimento vertiginosamente… é “apenas” mera coincidência ser justamente esse o período onde o trabalho do Enderson começou a ser visto… caro mera coincidência. Eu teria demitido depois do jogo contra o Vasco. Nesses 4 jogos (Avaí, Santos, Bahia e Vasco) o Ceará teve um rendimento inadmissível pro elenco que tem… que se não é o melhor elenco do mundo está MUITO acima do rendimento mostrado nesses 4 jogos. Se o time jogasse domingo-quarta-domingo eu ficaria até calado, mas o time joga só no final de semana desde que esse entregador de camisas chegou. Não tem tempo a perder… é mandar logo este treinador letreca embora e trazer um que saiba do riscado. Até pq ele é apaixonado por Bergson, Sobral e Ricardinho…

  • Leandro Gonçalves disse:

    É um dos poucos que se escapa nesse elenco meia boca do Ceará!! Só que precisa de um companheiro à altura. Valdo não era mais nem pra ter renovado. Brock é jogador pra série B. Charles? Hahaajajaajahahahahahaahaj! E Thiago Alves se acabou após a lesão. Ou seja, temos apenas um zagueiro. Que não fará milagres todos os jogos!

  • CHARLES disse:

    E o único jogador que realmente honra a camisa do vozão, o resto são todos de vidros

  • geraldocricri disse:

    jogador com 30 anos doido para ir para um time grande, se não negociar vai começar a fazer corpo mole, já vimos esse filme antes.

  • Mário filho disse:

    Vai ter o mesmo fim de Edson carius, aceitar que um clube sem nenhuma expressão a nível nacional faça um contratual com esse tipo de multa, inviabilizando a evolução do atleta. Ninguém é louco de pagar isso á um zagueiro de 30 anos. Ainda mais em um clube pequeno. Vai encerrar a carreira aí mesmo. Kkkkkkkkkkk

  • Kamui-ce disse:

    Complicado uma clube como o Ceará se manter competitivo tecnicamente, o abismo financeiro aperta tanto na contratação quanto na manutenção: o clube não tem grande recurso para contratar, faz um esforço tremendo para encontrar bons jogadores, quando os caras acertam vem um clube maior e leva… só tendo muita competência pra continuar forte nesse sistema, e mais ainda pra mudar de patamar financeiro com tanta deslealdade nesse futebol brasileiro.

    O Ceará ainda erra muito nas contratações, levou muito tempo pra montar uma base forte, entre sorte e muitos erros. chegou a vez de avançar nesse quesito, com contratações mais certeiras e conscientes, ter um departamento de futebol com visão de mercado e conhecimento técnico.

    • Oliveira disse:

      O problema não é só contratar errado. O problema é a mentalidade de que só se melhora time contratando jogador. Time pobre (pro nível da série A) se melhora com treino, coletivo e individual. Aliás, todos os times, pobres ou ricos, são assim, sendo que os ricos camuflam melhor a falta de treinamento com a qualidade individual. Claro que o elenco do Palmeiras nas mãos do pior staff (quando falo de treino não falo só do técnico e sim de todo um staff) não seria rebaixado, mas poderia amargar ficar sem vaga em libertadores. O exemplo claro é o atual estágio tanto de futebol jogado em campo quanto de pontuação na tabela do time do Ceará. Embora o elenco não seja lá as mil maravillhas, mas com o tempo de treinamento que o técnico teve há condições de mostrar MUITO mais principalmente em termos de futebol jogado em campo o que resultaria em pelo menos 4 pontos a mais (1 vitória contra o Bahia + empates contra Santos e Vasco… com um futebol melhor, que este elenco pode sim entregar, mesmo com todos os desfalques, daria perfeitamente pra conseguir isso que digo).

      Agora o problema é que tanto torcida quando diretoria, em sua maioria, acha que é só contratar, contratar e nada de treino, nada de ter uma mentalidade própria do time (sabendo que certos jogos um pontinho é ótimo, melhor que perder). A prova cabal disso é que o Roger que patinava com esse negócio de ser ofensivo a qualquer preço, hoje tem uma proposta reativa (e ser reativo não é se negar a atacar… ser reativo é marcar mais embaixo pra sair rápido nos contra golpes, bola no chão, toque curto, saber trabalhar a bola OBJETIVAMENTE e até manter a posse como arma para segurar o placar faz parte de tudo isso). Porém, nos últimos 4 jogos, o que se via no Ceará era um time que saía com a bola no bambão da zaga pro camisa 9 aguentar sozinho lá na frente… isso de um técnico que teve TEMPO pra treinar e que diz que gosta de ter a bola e propor o jogo e de um plantel que conseguia ter a bola e criar situações com o técnico anterior (tanto que o problema eram os gols perdidos, mas cria, se criava e muito). Nos últimos 4 jogos da série A (o do Avaí incluso) as chances que foram criadas pelo Ceará foram dois cruzamentos vindos do lado esquerdo: um pro Bergson, no jogo contra o Santos e outro pra dupla ROmário-RIcardinho. No mais, foi tudo no bambo, incluso aí na conta os dois gols contra o Avaí.

  • rangel alvinegro brasil SUPERIOR disse:

    Nunca o maior ZAGUEIRO do FUTEBOL BRASILEIRO iria deixar o VOZÃO, por um urubú que mau ganhou do timéco do pici. No urubú ele iria só se MANTER na ELITE. Enquanto no VOZÃO a LIBERTADORES tá bem RAZINHA, para desespero dos INVEJOSOS, viu?

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

13 + 12 =