Futebol do Povo

Projeção para time não cair na Série A é a mais baixa da história: 32 pontos

3415 4

Gerd Altmann por Pixabay

Os times que disputam o Campeonato Brasileiro da Série A possuem um número mágico para alcançar tendo como objetivo a manutenção na primeira divisão: 45 pontos. O cálculo disseminado por jogadores, técnicos, jornalistas e dirigentes é natural porque até agora em todas as edições do Brasileirão com regulamento de pontos corridos e 20 clubes participantes – 2006 a 2018 – apenas uma vez uma clube foi rebaixado com 45 pontos, caso do Coritiba em 2009 – vítima de uma reação impressionante do Fluminense, que chegou aos 46 após somar 28 pontos nas 13 rodadas finais. Nas demais edições ocorreu uma variação: times que fizeram entre 38 e 44 pontos caíram para a Série B na 17a. colocação.

Na atual temporada, entretanto, chama bastante a atenção o baixo aproveitamento dos times que estão na zona de rebaixamento. O melhor deles tem desempenho de apenas 27.5% de aproveitamento – a Chapecoense, com 14 pontos somados dos 51 disputados. Tomando como base o número atingido até agora pela equipe de Santa Catarina, para que uma equipe hoje fora do Z-4 não ser rebaixada bastam 28% de aproveitamento, ou seja, 32 pontos na projeção para as 38 rodadas – 114 pontos disputados.

O estatístico e comentarista esportivo do Grupo O POVO, Thiago Minhoca, gosta de lembrar que no segundo turno do Campeonato Brasileiro a tendência dos times da parte de baixo melhorarem o desempenho é predominante. “É muito comum que isso ocorra porque há um relaxamento de equipes que não brigam mais por título e garantiram Libertadores ou Sul-Americana enquanto quem briga para não cair, além de se reforçar, joga com 100% de interesse até conseguir se livrar do pior”.

Ainda assim, Minhoca registra que jamais, como na atual Série A, o aproveitamento das equipes na zona de rebaixamento foi tão baixo: “Desde o começo do campeonato o aproveitamento de CSA, Avaí, Fluminense e Chapecoense era baixo, mas como estava no início ainda não se levava muito em consideração. Ocorre que estamos indo para o fim do primeiro turno e nunca, nesta rodada da Série A neste formato, se viu algo assim”, avalia, surpreso.

Seja como for, ainda há muito campeonato pela frente e é difícil confiar, por exemplo, que o Fortaleza fazendo mais 11 pontos (tem 21) e o Ceará mais 12 (soma 20) estariam livres do rebaixamento e prontos para brigar por vaga na Sul-Americana.

Em tempo: projeção é o ato de projetar, planejar, ou seja, trata-se de algo que, na Série A, tem potencial para mudar rodada após rodada; o texto, portanto, retrata o cenário atual, uma fotografia.

Recomendado para você

4 Comentários

  • João Ximenes disse:

    Meu negócio é com bola rolando e LEÃO de Aço !

    PROJEÇÃO REAL é VENCER os jogos:
    Faltando + 2 rodadas pra virada, pelo andar da carruagem, e sem QUERER adivinhar, eis os da BRIGA pra não ficarem com as 4 últimas vagas – Z4(pela ordem de classificação hoje – 04.09.2019):

    • Bahia, 27 pontos: Vasco(f), LEÃO de Aço(c);
    • Atlhético-PR, 25 pontos: Santos(f), Avaí(c).
    • Botafogo, 23 pontos: Atlético-MG(c), Eles LÁ-os daqui-(f);
    • LEÃO de Aço, 21 pontos: Fluminense(c), Bahia(f);
    • Goiás, 21 pontos: Palmeiras(c), Grêmio(f);
    • Eles LÁ(os daqui), 20 pontos: Corinthians(f), Botafogo(c).
    • Vasco, 20 pontos: Bahia(c), Chapecoense(f);
    • Chapecoense, 14 pontos: Csa(f), Vasco(c);
    • Fluminense, 12 pontos: Palmeiras(f), LEÃO de Aço(f), Corinthians(c);
    • Csa, 12 pontos: Chapecoense(c), São Paulo(f);
    • Avaí, 10 pontos: Flamengo(c), Athético-PR(f).

    É mais da metade !!!!!

    #DETALHE INTERESSANTE: No meio aí, tem Grêmio-11º(entre Botafogo e LEÃO de Aço) e Cruzeiro-16º, um dos 4 que ainda não caiu(entre Vasco e Chapecoense).

    Mais da metade MAI É MUITO !!!!!

    Próximo adversário do LEÃO de Aço, sábado agora é: Fluminense, 18º com 12 pontos: 3 vitórias; 3 empates; 10 derrotas/ Gols pró 19; Gols contra 26; menos 7(negativo).
    Das 10 derrotas, metade(5) foram fora de casa, onde levou 12 gols e fez 5, além de perder em casa para times do Z-4 como Csa e por último Avaí que não ganhava de ninguém.
    ## assim como o Goiás, vai tá jogando fora de novo !
    Normalmente joga num 4-3-3, que com a chegada do novo técnico(Oswaldo de Oliveira), não alterou em nada a sua forma de jogar, porque o forte da equipe ainda é do meio pra frente que conta com: Ganso, Nenê, João Pedro, Yone Gonzales, Marcos Paulo, Wellington Nen.
    # olho vivo nesse JOÃO PEDRO.

    FATO é: LEÃO de Aço, depois de arrancar um empate em 3 – depois de tá perdendo de 3 contra o então líder Santos na Vila Belmiro -, vem de vitória contra o Goiás em casa; vai tá em casa mais uma vez jogando contra um Fluminense que perdeu último jogo, EM CASA(Maracanã) pro Avaí, FONA, que não ganhava de ninguém até ali, e LEÃO de Aço “TEM” de se aproveitar dessa situação deles de momento, pois vai tá EM CASA, e quem deve mandar em casa É O DONO dela.

    SOU MAIS LEÃO de Aço !!!!!

  • oliveira disse:

    Tb observei isso.

    Sendo mto pessimista 42 pts escapa.

    Ou seja… o fec estaria a 7 vitórias ou 4 vitórias + 9 empates e o csc a 7 vitorias e 1 empate ou 4 vitórias e 10 empates. Faltando 21 rodadas só se ambos forem mto incompetentes cairao.

  • João Ximenes disse:

    Nem pensar em fazer PROJEÇÕES com essa notícia também:

    Tá lá no Jornal: “Trio de arbitragem FIFA apitará Fortaleza x Fluminense.”

    Histórico recente do cara:
    – “Wilton Pereira Sampaio já apitou dois jogos do Fortaleza nesta Série A. Ele esteve em campo nas derrotas para o São Paulo e para o Corinthians, ambas no Castelão. Seu último jogo em solo cearense foi na derrota Deles LÁ(os daqui) para o Flamengo.”

    TREMEI !

    Pra quem é “superticioso” e LEMBRA que ainda vai ter de encarar um VAR desse…

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *