GIRO LUSÓFONO

5 dicas para melhorar o aprendizado do inglês na quarentena

2 2

Descubra como ser mais produtivo e aproveitar o tempo em casa para evoluir no idioma

O isolamento social, apesar de incômodo, pode ser uma oportunidade para dedicar mais tempo a projetos que estavam deixados de lado ou mesmo que não vinham recebendo a atenção merecida. De acordo com a EF English Live, escola de inglês on-line, desde o início da pandemia, houve um aumento de 40% no número de alunos ativos em sua plataforma, sendo que 50% deles apresentaram progresso nos níveis de inglês.

Com base nisso, Christopher McCormick, especialista em aprendizagem de idiomas e doutor em linguística, reuniu cinco dicas importantes para quem quer se valer desse período de isolamento social para aprimorar o idioma e sair da quarentena mais preparado:

1. Dê uma chance para as legendas em inglês
Neste momento em que o entretenimento dos filmes e séries têm sido um grande aliado para passar o tempo, a  simples alternância da legenda em Português para o Inglês pode ajudar em muito no exercício tanto de leitura como de “listening” (ouvir em inglês). Acompanhar o noticiário de outros países de língua inglesa ou mesmo músicas com as letras também é uma excelente opção.

2. Arrisque na conversação
A evolução na conversação ou “speaking” é uma questão de prática, garante McCormick. Além de ser uma boa forma de socializar na quarentena, os amigos podem organizar bate-papos em inglês pela internet ou usufruir das aulas on-line com professores nativos.

3. Leia sempre
Segundo o doutor McCormick, ler livros em inglês dá chance ao estudante de aumentar seu vocabulário no seu próprio ritmo. É possível recorrer a ebooks com dicionários virtuais embutidos ou até mesmo livros físicos comuns. “O importante é tentar ao máximo entender o significado das palavras pelo contexto, e só usar o dicionário quando for absolutamente essencial”, orienta.

4. Não subestime a gramática
Antes de dar os primeiros passos na conversação, doutor McCormick explica que é fundamental ter uma base de gramática mínima. “Saber como as principais estruturas linguísticas do inglês funcionam é importante para conseguir expandir o processo de aprendizagem”, explica. Por isso, o professor aconselha dedicar uma parte do tempo para o estudo dessas estruturas.

5. Estabeleça uma rotina
Aprender inglês rapidamente é uma questão de tempo e de dedicação. Para conseguir resultados rápidos, é preciso estabelecer um plano de estudos e uma rotina. “(…) O hábito leva a prática à perfeição, assim como temos nossas rotinas pessoais diárias e obrigatórias, como tomar banho e almoçar, por exemplo, separar um tempo para estudar inglês também pode se tornar um hábito”, finaliza McCormick.

Recomendado para você

2 Comentários

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.