Homem etc

Três Histórias de Homens de Negócios no Sertão Central Cearense – FENERCE

Nessa sexta e sábado,  14 e 15 de novembro, viajamos a Quixadá, no  Sertão Central Cearense, a convite do SEBRAE e da Mandalla Comunicação para acompanharmos a edição de prata da FENERCE, a  XXV Feira de Empreendedorismo e Negócios da Região Centro Oeste do Ceará. Lá conhecemos homens de diferentes áreas, que se destacam em seus negócios e foram eles que falaram ao Homem ETC sobre a importância de uma feira coletiva e de inovação, cheia de ações de incentivo no relacionamento entre consumidor e empresário.

Café On The Road

Jean Michel e Emílio Rodrigues  são baristas, ou seja, profissionais especializados em cafés de alta qualidade, eles viajam por todo o Brasil ministrando cursos, oficinas e workshops sobre o tema. Isso tudo por causa da rural Terezinha, que serve como transporte e vitrine para a dupla. Para chegar na FENERCE eles viajaram 30.000 km saindo da sede, no bairro Santa Teresa, passando por Belo Horizonte e pela Serra de Baturité. Lá, reuniram profissionais dos bares e restaurantes e ministraram gratuitamente oficinas de coquetéis a base de café, coisa que fazem com muito orgulho. O sucesso da dupla está na inovação.

DSC_0089

“Passamos por maus bocados, o casarão Casa do Barista, que é minha casa e sede do negócio é datado de 1846 e a estrutura pegou fogo, ficamos durante o ano de 2012 sem saber o que fazer, até que surgiu a ideia de inovar e com a ajuda da Federação dos Cafeicultores do Cerrado Mineiro pude comprar a Terezinha (a rural)”, conta Emílio, dono da Casa do Barista e motorista do carro escola. “Nós somos grandes exportadores de café, que é apreciado em países mais nobres, contudo aqui no Brasil acabamos sendo desconhecedores dessa arte, que precisa de cuidados desde a lavoura até por dentro da xícara” explica.

DSC_0080

O convite para ir a Quixadá surgiu em setembro e Emílio teve o cuidado de preparar caixotes que servem como baús de transporte para o material usado em seus cursos e em seguida são transformados em mesas para as apresentações. “Tudo na Terezinha é funcional, ela é produto de um sonho que não parou quando demos a partida

DSC_0082

Durante os três dias de Feira, Terezinha reinou absoluta, ladeada por xícaras de cafés, flores e vasos parnasianos. O barista pretende voltar a cidade dos monólitos em dezembro, a convite dos empresários locais.

Vaqueiro de Luxo

O designer Bruno Olly saiu de Fortaleza para conhecer a Cidade da Galinha Choca e apresentar a coleção “Vaqueiro, um Ser Tão de Riqueza e de Prosperidade”. O convite partiu do SEBRAE em 2013, quando Bruno desfilou a mesma coleção no SINDITEXTIl. Para o jovem estilista, feiras como a FENERCE promovem uma troca de informações e serviços aos que participam, ele conta que recebeu propostas de trabalhos de duas empresas do Sertão Central. As peças desfiladas por Bruno são inovações para os moradores e ele pretende ter seu estilo reconhecido em todo o estado.

DSC_0112

O desfile conceitual usou pedrarias e aplicações para contar a história do sertão com muito luxo “Não quis passar a ideia do vaqueiro da seca, quis focar em todas as possibilidades e potencial do homem do interior”.  Bruno usou tafetá, rendas e couro sintético e uma cartela de cores simples, com vermelho, preto e branco. Todos os modelos que desfilaram as peças da coleção, são moradores de Quixadá, e receberam treinamento de Erico Rocha, dono de uma agência que visita todo o interior do Ceará. A ideia da FENERCE é movimentar o maior número de áreas possíveis. No ano passado a feira movimentou o volume de negócios de R$ 260 mil e nesse ano o crescimento foi de 12%.

post

 

Ele recebeu aplausos de quem estava presente. A feira também ofereceu oficina de Moda e Beleza. Wilma Almeida, articuladora do SEBRAE na Região Central do Estado, promete para o ano que vem, um festival voltado para o comércio de moda e beleza, crescente no interior do Estado.

Um Hobby Que Virou Trabalho

Não existe um tempo certo para se começar um novo trabalho, prova disso é o Sr. Val Tavares, que viaja todos os anos para o carnaval no Rio de Janeiro e desfila na Sapucaí. A experiencia descrita por ele não poderia deixar de ser, apoteótica. Levar as pessoas a terem esse mesmo sentimento foi o que o tornou representante a empresa Viagens Ceará no Quixadá.  Pela primeira vez na feira como expositor, Sr. Val e sua sócia e esposa, Gorete Guerreiro se mostram contentes com o resultado. Por noite, contabilizaram 100 visitas. “Isso é um número grande, as pessoas estão interessadas em viajar, estão podendo” Diz ele, que em outras edições da FENERCE acompanhava apenas com expectador.

val

“Resolvemos apostar no stand porque quando vinhamos como público, conhecíamos novos produtos e em seguida íamos atrás de consumir” Completa ele. A ideia da empresa é captar comercio e divulgar o nome.

10385587_10204884919700249_2696502282983704793_n

Para viajar com o Sr. Val e a família para o desfilar na Sapucaí durante o carnaval de 2015 o morador do Sertão Central deve investir R$ 3300,00 “que pode ser parcelado” avisa ele.

A FENERCE teve  tem o apoio da Prefeitura Municipal de Quixadá e da Faculdade Rainha do Sertão. Movimentou por três dias gastronomia, moda, cultura e lazer para os moradores da cidade de Quixadá e arredores. Para 2015 o que se espera é que a feira cresça, transformando-se em uma série de festivais.

A história dos três homens que conhecemos é inspiradora, e segundo o SEBRAE é ais 25 anos que começamos a pensar e construir nosso próprio negócio, idade que completa a Feira de Negócios da Região Centro Oeste do Estado do Ceará. Que os bons ventos corram para todos, inclusive para nós!

***

Diego Gregório

diegojgregorio@gmail.com

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

três × 1 =