ID

Aos 103 anos, mulher faz sua primeira tatuagem nos Estados Unidos

45

(Foto: Reprodução / Facebook Teresa Gomez Zavitz-Jones)

Dorothy Pollack, moradora de Muskegon, localizada em Michigan, nos Estados Unidos, comemorou seu aniversário de 103 anos no último mês de junho. E para celebrar mais um um ano de vida, a centenária resolveu realizar um sonho antigo e fez uma tatuagem.

Pollack agora tem em seu antebraço a imagem de um sapinho, presente dado pelo tatuador, uma vez que ela foi a pessoa mais velha que ele já teve a oportunidade de tatuar. O caso aconteceu após a família da idosa ter sido informada que ela estava deprimida por conta da saudade que ela estava dos familiares.

Acontece que, por conta da pandemia do novo coronavírus, Dorothy ficou confinada em uma casa de repouso para idosos em Muskegon. Então, após voltar para casa, a centenária resolveu ser tatuada.

(Foto: Reprodução / Facebook Teresa Gomez Zavitz-Jones)

“Ela aceitou (fazer) como uma campeã. Eu nem mesmo a vi estremecer. Talvez ela tenha feito isso (estremecido) apenas uma vez. Ela estava tão animada. Foi uma experiência incrível. Se alguém com mais de um século lhe diz para fazer algo por ela, você simplesmente tem que fazer”, disse Ray Reasoner Jr., profissional que tatuou Dorothy, em entrevista à CNN.

Mais aventuras

Além de fazer seu primeiro desenho, Dorothy também realizou outro sonho após completar 103 anos. Recentemente, ela fez seu primeiro passeio de moto. Em entrevista a uma emissora de TV local, a idosa afirmou que a chave para uma vida longeva é se manter ocupada.

“Acho que o segredo é trabalhar duro e isso é tudo o que eu sempre soube fazer”, confessou à reportagem.

(Foto: Reprodução / Facebook Teresa Gomez Zavitz-Jones)

Recomendado para você

Os comentários estão fechados aqui.