ID

Mergulhador faz respiração boca a boca para evitar morte de tartaruga

54

(Foto: AFP)

Após encontrar uma tartaruga-verde presa em uma rede subaquática na praia de Limera, na cidade de Ayia Napa, os mergulhadores George Agryriou e Valeriu Nuta, não pensaram duas vezes antes de tomar a decisão de reanimá-la. A reanimação cardiopulmonar, que salvou a vida do réptil, durou cerca de uma hora e meia, contendo massagens no pescoço e pernas. Uma das técnicas usadas para a ação foi a respiração boca a boca. 

Segundo o portal de notícias “France Presse”, o episódio aconteceu no Mar Mediterrâneo, na costa do Chipe. Após a recuperação, a tartaruga foi levada de volta ao mar. No entanto, algumas preocupações foram relatadas pelo pesquisador Robin Snape, da Universidade de Exeter, na Inglaterra. Segundo ele, mesmo com a recuperação aparente do animal, ainda pode haver vestígios de água em suas vias aéreas e pulmões. 

De acordo com especialistas, é comum tartarugas se afogarem na região por conta das redes de pesca fixadas no local.  A ação mais adequada a se fazer nessas ocasiões é inverter o corpo do animal e levantar sua parte traseira, impedindo assim, que a água escorra para as vias respiratórias. Logo em seguida o recomendado é transportar o animal para um centro de reabilitação ou para um hospital veterinário. 

Recomendado para você

Os comentários estão fechados aqui.