ID

Cadela com deficiência é resgatada por ativista uma hora antes da eutanásia

86

(Foto: Reprodução)

Enquanto estava na fila de espera para a eutanásia, a cachorrinha Poppie, que sofre com hipoplasia cerebelar (HC), causada por uma má-formação congênita do cerebelo, tornando ele menor do que o esperado, teve uma grande surpresa. Uma hora antes do procedimento, a cachorra foi resgatada pela ativista dos direitos dos animais, Diane Ewert, que a presenteou com uma cadeira de rodas feita sob medida. 

A hipoplasia cerebelar não causa dores no animal, no entanto, afeta gradualmente sua mobilidade, como nas questões de equilíbrio, e habilidades motoras. A HC ocorre com maior frequência em animais domésticos, como cães das raças Chow-Chow, Setter Irlandês, e Husky Siberiano. A doença também ocorre em felinos como gatos, no entanto, neste caso, está relacionada à parvovirose felina. 

Poppie, mistura de pastor alemão com Chow-Chow, passou boa parte da vida em abrigos. Dois motivos que dificultaram sua adoção, foram os sintomas da sua doença, e sua personalidade considerada agressiva. 

Por conta disso, Poppie foi transferida para um canil localizado na Califórnia, costa oeste dos Estados Unidos, local autorizado à sacrificar animais indesejados. Embora a prática seja legalizada no país, o ato é fortemente contestado por ativistas dos direitos dos animais.

Ao saber da história da cachorrinha, divulgada no Facebook por um amigo, Diane entrou em contato com um serviço de resgate de Kingsburg, local onde fica o abrigo. A ativista conseguiu chegar uma hora antes da injeção letal, resgatando a cachorra. 

Poppie foi levada para a casa da nova tutora, onde interagiu bem com os outros animais presentes na residência. Em entrevista à revista “People”, Diana relatou que percebeu que a cachorra só queria ser amada, e isso foi um alívio para ela. Após se adaptar, e ficar cem por cento recuperada emocionalmente, Poppie teve sua história contada nas redes sociais, com direito a fotos, vídeos e uma live. 

Após ver a publicação, Christina e Garret Powell, entraram em contato com a ativista através do e-mail criado especialmente para a cachorra. O casal canadense, de Edmonton, ficaram encantados com a história de Poppie, e foram em busca de saber detalhes sobre o animal. Os dois foram até a Califórnia conhecê-la, e depois de alguns contatos, finalmente a adotaram. 

Após a adoção, Poppie teve seu nome mudado, agora a cadela se chama Timber, vive no Canadá, e tem uma irmã chamada Kona. A trajetória de Timber e de sua irmã Kona é compartilhadas das redes sociais e pode ser vista no perfil @TimberandKona, no Tik Tok e no Instagram.

https://www.tiktok.com/@timberandkona/video/7039044697737776389?is_copy_url=1&is_from_webapp=v1

 

@snarlrescue

Love watching her confidence grow with her wheels! #dogswithdisabilities #cerebellarhypoplasia #dogswithwheels #pantrydaydance

♬ edamame – bbno$

 

Recomendado para você

Os comentários estão fechados aqui.