ID

Marinheiro ucraniano é preso após tentar afundar iate de R$ 40 milhões de seu chefe russo

117

O iate Lady Anastasia, construído em 2001 (Foto: Divulgação/Yatch Harbor)

Um marinheiro ucraniano foi preso na Espanha no último sábado, 26, pela Guarda Civil do país após tentar afundar um iate que seria do seu chefe, o empresário russo Alexander Mijeev, diretor da empresa estatal de armas Rosoboronexport.

Segundo informações do jornal El País, a embarcação estava atracada no Porto Adriano, no sudoeste da ilha de Maiorca, quando o funcionário que ocupava um cargo de chefia no iate Lady Anastasia decidiu afundá-lo.

O homem, que não teve sua identidade revelada, trabalhava há quase 10 anos na embarcação avaliada em cerca de 7 milhões de euros (cerca de R$ 40 milhões).

Em seu depoimento às autoridades, ele confessou que de fato pretendia levar o barco ao fundo do mar como forma de vingança pelas vendas de armas da empresa de seu patrão para o governo russo.

Em seu relato, o ucraniano contou estar irritado com a invasão russa em seu país.

No sábado, ele foi à sala de máquinas, abriu determinadas válvulas para tentar inundar o iate com o fluxo de água e, ao sair do local, informou os colegas de trabalho o que tinha feito.

Os funcionários acionaram as autoridades, que detiveram o homem.

Apesar da confissão do homem, que atribuiu a propriedade do iate ao russo Alexander Mijeev, a Guarda Civil da Espanha ainda não confirmou a identidade do proprietário e informou apenas que ele está em nome de uma empresa.

O marinheiro foi liberado e irá responder em liberdade pelo caso.

Recomendado para você