Leituras da Bel

Ana Beatriz Brandão lança novo livro em Fortaleza

Ana Beatriz, autora (Foto: divulgação)

Ana Beatriz, autora (Foto: divulgação)

Jovem autora conversa com fãs no sábado, 12, em evento na Livraria Saraiva. Em nova publicação, Ana Beatriz aborda romance, preconceito, estereótipos, superação e Esclerose Lateral Amiotrófica, a ELA


Ana Beatriz Brandão tem apenas 16 anos. Já lançou três livros, participou de bienais, foi atração em festas literárias, leu obras de diferentes autores. A jovem tenta consolidar a carreira de escritora que começou despretensiosamente. Logo após uma viagem, ela teve um “sonho maluco” que se transformou em histórias e tempos depois estava publicado.

“Foi uma coisa que começou naturalmente, sem planejar, mas hoje não me vejo sem ter a escrita como parte da minha vida”, conta. Neste sábado, 12, ela estará um Fortaleza para lançamento e sessão de autógrafos do livro O garoto do Cachecol Vermelho, sua mais nova produção.

Antes de ser uma autora de títulos infantojuvenis, Ana Beatriz vivenciou um dos males mais danosos para crianças e adolescentes no mundo contemporâneo: o bullyng. Foi através da leitura e da escrita que ela conseguiu superar o “período muito difícil”, como definiu em entrevista ao Leituras da Bel.

dsc_2698

“O bullying é algo que afeta a todos os envolvidos, quem sofre e quem pratica, ele é um dedo na nossa ferida mais profunda, e superar isso é muito complicado, mas com ajuda é possível”, explica.

O histórico de Ana Beatriz se reflete, de certa forma, em sua nova obra. Em O garoto do Cachecol Vermelho, a protagonista, Melissa, é tão talentosa quanto arrogante e preconceituosa. A existência infrutífera da personagem, entretanto, é abalada quando o jovem Daniel entra na história. Com uma personalidade contrária aos (falsos) princípios de Melissa, ele chega como um “choque de realidade”.

“Quem nunca se colocou em primeiro lugar em alguma ocasião ou foi egoísta em algum momento? Acho que todos nós temos um pouco da Mel e do Daniel também. Ela é uma personagem que desafia a gente a enfrentar o nosso pior lado, já o Daniel nos convida a colocar pra fora o nosso melhor, sem exigir nada em troca”, desafia Ana Beatriz.

ELA 
Talvez o acerto de Ana Beatriz nessa obra seja tratar da Esclerose Lateral Amiotrófica, popularmente conhecida como ELA. Apesar de o tema surgir apenas como um pano de fundo no livro, a autora lança uma semente para quem mais pessoas conheçam a doença.

“Aproveitei para apresentar a Associação Brasileira de Esclerose Lateral Amiotrófica (Abrela), e lançar a ação social que envolve o livro, pois doarei 20% dos meus direitos autorais para essa instituição”, explica Beatriz, que está produzindo um novo trabalhar, spin-off de O garoto do Cachecol Vermelho, no qual vai ser aprofundar no tema e mostrar como a ELA afeta pacientes e estrutura familiar. “Será algo bem emocionante”, aposta a jovem autora.

capa_garoto_altaServiço
O garoto do Cachecol Vermelho
Lançamento e sessão de autógrafos com Ana Beatriz Brandão
Quando: sábado, 12, às 15 horas
Onde: Livraria Saraiva – Shopping Iguatemi (avenida Washington Soares, 85 – Edson Queiroz)

Recomendado para você