Leituras da Bel

O mundo mudou: otimizando o processo de limpeza da casa e dos livros

Eu nunca fui uma pessoa atenta ao processo de limpeza da casa até ter o meu próprio apartamento. E, mesmo assim, durante muito tempo, a limpeza e a organização eram desgastantes para mim. Impossível contar as vezes nas quais – após assistir duas aulas pela manhã, trabalhar um expediente de cinco horas durante a tarde e assistir uma aula de pós-graduação durante a noite – eu cheguei em casa e fui lavar o banheiro. Ter tudo limpo sempre limpo pode ser desgastante. Comecei a mudar de perspectiva apenas em 2018, quando conheci a Tais Godinho do blog Vida Organizada. Ela tem uma frase interessante sobre como a casa deve ser útil para nós – e não ao contrário.

Não devemos ser escravos da nossa própria residência. Casa precisa ser lugar de acolhimento, descanso, distração, relaxamento. Pensando nisso, eu escrevi algumas dicas sobre como otimizar o processo de limpeza. Faxina boa não é passar horas limpando. Faxina boa é deixar tudo maravilhosamente limpo no menor tempo possível! Pois poucas horas de limpeza significa mais horas fazendo aquilo que realmente interessa: ler, assistir televisão, ficar com a família, estudar, descansar!

Leia mais
Editora cearense formada por mulheres lança financiamento coletivo

Nós estamos passando muito tempo em casa por conta da quarentena. Consequentemente, estamos limpando mais as nossas casas. A própria dinâmica do Coronavírus nos impulsiona para isso. Mas, gente, não é legal ou saudável usar todo o tempo para limpar. Otimizar etapas é a chave do sucesso! Faxina boa acaba rápido e deixa tudo brilhando. E, repare bem, não estou dizendo que o processo de limpeza não deve ser intensificado. Devemos, sim, ficar mais atentos a alguns aspectos. Eu, por exemplo, sou a fiscal da água sanitária na minha casa. Mas deixar a limpeza nos estressar, enfim, também não é legal. Mais uma vez é preciso buscar o tal equilíbrio.

Enfim, aqui estão as dicas:

Óleo de banana para livros
É um produto barato e excelente para a limpeza de livros. Eu, particularmente, gosto bastante do cheiro. Vou umedecendo uma flanela e passando as capas e na lombada!

Vinagre para móveis
O líquido santo para todas as pessoas que têm alergias. Vinagre ajuda muito a retirar o mofo. Eu costumo tirar as roupas do armário, jogar vinagre usando um pano (sem pena!) e ir assistir uma série. Depois, tiro as roupas do sol e recoloco no armário. Também utilizo para limpar armários, mesas e outras superfícies. Também uso nas estantes onde ficam armazenados livros, materiais de escritório e materiais de hobby.

Bicarbonato para superfícies
Não tem sujeita que resista a bicarbonato com algumas gotas de vinagre. Eu simplesmente salpico o pó do bicarbonato e coloco algumas gotas de vinagre. Basta deixar “reagindo” por alguns minutos. Ótimo para limpar pias, mesas, interior da geladeira, balcões e bancadas!

O chuveiro também fica sujo?
Uma coisa muito impressionante que eu descobri após os primeiros meses morando sozinha. O chuveiro também fica sujo. Na impossibilidade de desmontar e fazer uma limpeza devida, eu uso uma solução de bicarbonato e vinagre em um saco plástico. Aqui segue uma imagem totalmente ilustrativa, pois, claro, eu nunca fotografei esse processo.

Fazer a cama ❤️
Acordar e fazer a cama também vai ajudar a manter a sensação de organização. É um pequeno passo, mas, acredite, faz bastante diferença.

Água para microondas
Um dos meus maiores sofrimentos logo que comecei a morar sozinha era limpar o microondas. Na casa da minha mãe nunca tivemos esse eletrodoméstico. Logo, eu não sabia como limpar. Aprendi a colocar água em um recipiente e deixar três minutos aquecendo lá. Depois, com o microondas desligado, deixava o recipiente, geralmente um prato fundo, lá por alguns minutinhos. O vapor faz a gordura e as possíveis sujeiras despregarem. Depois, basta passar uma flanela rapidinho!

Poliflor no chão!
Esse produto é muito antigo. Quando eu comecei a morar sozinha, em 2011, já era um produto antigo. Eis que, em um dia de faxina, eu percebi que não tinha nenhum produto para passar no chão. Passar o pano apenas com água? Então, vi o tubo de Poliflor que foi comprado para superfícies. Foi sucesso. É mais rápido fazer a higienização, o chão fica com aspecto brilhoso, a casa fica cheirosa… Só vantagens!

Menos é melhor
Essa sequência é bastante simples. Para passar menos tempo limpando, eu devo ter menos objetos. Aquele livro que você não leu e nunca vai ler? Aqueles potes de plástico que estão acumulando poeira? Aqueles cadernos com anotações inúteis? Todos estes objetos devem ser eliminados. Se eles não existirem, não será necessário limpar.

Pia é lugar sagrado
Nunca deixar louça acumulada entre os dias é uma regra de ouro. Nada paga a sensação de acordar e fazer o café da manhã em uma cozinha limpa. Vencer a preguiça da noite e deixar a pia livre de louças sujas colabora no meu processo de organização geral. Pois, ao invés de acordar no meio de um território confuso, eu começo meu dia com um mínimo de fluxo de limpeza já acontecendo. Eu adicionaria a necessidade de varrer o chão da cozinha todos os dias. Porém, isso não é possível para todo mundo. Principalmente, se você dividir a casa com muitas pessoas.

Produtos de lentes para espelhos
Você já usou jornal para limpar espelhos. Admita. É um dos métodos mais usados e lembro de todos os espelhos que limpei incansavelmente durante a infância. Hoje, thanks God, eu utilizo um produto destinado a limpeza de lentes de óculos para limpar espelhos. Basta borrifar e passar um pano. Muito agilizado. Como utilizo óculos, então, sempre tenho o produto à disposição.

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *