Plínio Bortolotti

Prédio foi notificado para retirar “cerca israelense” da calçada

355 3

CapaO POVO publica hoje a matéria Cerca espiral na calçada de prédio é risco para pedestre.  A “concertina” [nome comercial da cerca] fica em um condomínio no bairro Aldeota [rua Ana Bilhar esquina com a rua Joaquim Nabuco].

Na matéria, a Secretaria Executiva Regional [SER II] informa que o condomínio foi notificado e tem prazo até hoje para a retirada da cerca. Segundo o próprio administrador do prédio residencial, Gelderi Oliveira, a cerca foi instalada há cerca de seis meses.

O assunto foi levantando neste blog na terça-feira, o que gerou a pauta para o jornal. A “concertina”  ocupa os dois lados do prédio e põe em grave risco de ferimentos a todos os que precisam transitar pela calçada.

Agora, vejam vocês: a cerca foi instalada há seis meses – mas a Prefeitura só se  resolveu agir depois que o problema foi levantado neste blog.

Clique para ampliar

É a Fortaleza, terra de ninguém.

Recomendado para você