Plínio Bortolotti

Desrespeito à lei e ao pedestre continua na av. Bezerra de Menezes, mesmo depois da reforma

Matéria publicada hoje no O POVO Após reforma, desrespeito continua , mostra que a esculhambação que havia antes na av. Bezerra de Menezes continuou depois da reforma das obras do Transfor.

Ocupação de calçadas, carros estacionados irregulamentes, uso do espaço público por interesses privados, etc., etc., tudo sob a vista da administração municipal.

Para se ver como esse é um problema de falta fiscalização – o poder público teria de atuar com rigor, mas não atua (as desculpas são as de sempre, não vale nem a pena reproduzir aqui) – e também de falta educação para a cidadania, um comerciante declarou ao repórter Henrique Araújo (autor da matéria): “É claro que houve benefícios, mas apenas para os pedestres…” e para quem ele queria que as calçadas fossem reformadas?

Mas o problema não é só lá: nas avenidas Domingos Olímpio e na Antônio Sales, que também tiveram reformas, com alinhamento de calçadas, etc., o dístico Fortaleza, terra de ninguém, continua mais atual do que nunca.

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *