Plínio Bortolotti

Contra a democracia

451 3

Reprodução do artigo publicado na editoria de Opinião, edição de 11/7/2019 do O POVO.

Contra a democracia

1) “Em algumas situações, o governo deve fechar o Congresso? Para 34,9% dos brasileiros resposta é “sim”. 2) “Em algumas situações, o governo deve fechar o Supremo Tribunal Federal?” A resposta também é “sim” para 32,9%. Portanto, cerca de um terço da população aceitaria, em determinadas circunstâncias, o cerceamento de duas instituições indispensáveis à democracia.

Em aparente contradição com as respostas acima, 79,3% concordaram com a seguinte assertiva: “A democracia pode ter problemas, mas é o melhor sistema de governo”. Apenas 14% discordaram. Outros 42% concordam que “Em nenhuma situação é aceitável fechar o Congresso ou o Supremo Tribunal Federal” (40,9% discordam). Os índices foram obtidos em pesquisa da plataforma Jota (especializada em informações jurídicas) e do Instituto Brasileiro de Pesquisa e Análise de Dados (Ibpd).

No texto de divulgação do estudo, o Jota considerou haver um “sentimento difuso de adesão à democracia”. De fato, existe aparente contradição nas respostas, pois oito em cada 10 brasileiros consideram a democracia o melhor dos sistemas políticos, porém, alto percentual aceita o fechamento de duas das instituições, sem as quais o regime democrático pereceria.

Qual seria o motivo dessa contradição?

Uma parte pode ser atribuída ao desconhecimento de como funciona o sistema democrático. Ou seja, essa parcela entenderia ser possível manter a democracia, suspendendo, em “algumas circunstâncias”, o funcionamento do Congresso e do STF.

Mas é preciso levar pôr nessa conta os violentos ataques que o Parlamento e o STF vêm sofrendo. Nos atos de apoio ao governo manifestantes exigem abertamente o fechamento do Congresso, do STF, e até a volta da ditadura militar, sem que o presidente Jair Bolsonaro faça qualquer reparo ao desatino, pelo contrário. Isso se configura, no mínimo, um comportamento deseducativo e incompatível com o papel do presidente da República.

PS. Para ver a pesquisa Jota.

Recomendado para você

3 Comentários

  • Ontem após maioria esmagadora de quase 75% aprovando o texto base da reforma da previdência,o legislativo entendeu a urgência de mudar algumas regras do sistema previdenciário para não entrar em breve colapso.É o que a sociedade que desde as manifestações de 2013,que iniciou-se durante a Copa das Confederações reclama,lembram-se a tronitruante e sonora vaia para a presidente Dilma?,apenas parte de políticos,jornalista e quem possui bons empregos bem protegidos pela lei não enxergam ou fingem que não vê.Com uma grande parte formada por novatos a Câmara dos Deputados ascendeu um pouco mais no conceito da sociedade.Muitos deputados até da oposição votaram a favor do texto.Mais demonstração de democracia que isso,só quem fica na velha cantilena dos assuntos já batidos e cansados.

  • Paulo Marcelo Farias Moreira disse:

    Acho que o motivo da contradição é a grande reclamação que se tem contra o Legislativo e o Judiciário e se deve mais pelos exagerados repasses, infelizmente definido pela Constituição.
    Destinaram grandes recursos e assim eles contam com elevado número de assessores, excelentes instalações além de inúmeros benefícios.
    E em alguns casos até sem concurso público ou ampla divulgação para escolha desse pessoal, inclusive terceirizados.

    Assim eles formam uma verdadeira casta de privilegiados mantidos pelos sans-culotte que não tem sequer saúde, educação, segurança, transporte e ….

  • Florêncio Martins disse:

    Agora pronto, até o Presidente da República é culpado pelo resultado da pesquisa.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *