Política

TCM entrega os últimos relatórios da fiscalização dos decretos de emergência

Últimos relatórios serão entregues segunda-feira, 20 (Foto: Divulgação / TCM)

O Tribunal de Contas dos Municípios (TCM) compartilha com o Ministério Público do Estado (MPCE) relatórios das últimas fiscalizações realizadas, que ocorreram no período de 6 a 10 de março nos municípios de Marco, Reriutaba, Umirim, Morrinhos, Paracuru e Santana do Acaraú. As fiscalizações fazem parte da operação especial que visa analisar a legalidade dos atos decorrentes da decretação de emergência ou calamidade pública por Prefeituras.

A entrega dos documentos ocorre na próxima segunda-feira, dia 20, na sede do Ministério Público do Estado (MPCE) às 9h da manhã, com a presença do presidente do TCM, Domingos Filho, e da coordenadora da Procuradoria de Justiça dos Crimes contra a Administração Pública (Procap), procuradora de Justiça Vanja Fontenele.

A operação já havia passado por 30 cidades, de 16 de janeiro a 17 de fevereiro, e retomara as atividades no último dia 6 de março, em decorrência do aumento de administrações municipais com decretos emitidos. Contudo, a operação foi suspensa devido ao corte no orçamento do TCM.

De acordo com Domingos Filho a redução dos recursos orçamentários afetou mais diretamente as despesas de manutenção do Tribunal, caiu 56% – de R$ 16,5 milhões para R$ 7,2 milhões, impactando nas ações finalísticas do TCM, em especial as fiscalizações.

“Importante alertar os prejuízos aos cofres públicos em decorrência da interrupção das fiscalizações, tendo em vista que procedimentos que vinham sendo acompanhados pelo TCM de modo concomitante à sua realização, podem cometer desvios cuja apuração posterior à conclusão não tem a mesma eficiência do monitoramento simultâneo”, destacou o conselheiro.

Com informações do TCM-CE

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *