Política

AL aprova reforma administrativa do Estado e corta 25% dos comissionados

Camilo aprova reforma administrativa (Foto: Divulgação / AL-CE)

A Assembleia Legislativa do Ceará aprovou nesta quinta-feira, 30, a reforma administrativa proposta pelo governador Camilo Santana (PT). A matéria prevê o corte de 25% dos cargos comissionados de todas as secretarias e órgãos do Governo do Estado, além da extinção e do remanejamento de pastas, gerando uma economia de R$ 62 milhões por ano, segundo o secretário da Fazenda, Mauro Filho.

A Secretaria de Relações Institucionais foi extinta, sendo suas atividades absorvidas pelo Gabinete do Governador, assim como a Casa Militar, que perdeu o status de secretaria. Permanecem como estão a Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas e o Conselho Estadual de Educação, que foram previstas inicialmente para entrar nos cortes.

O Instituto de Desenvolvimento das Cidades (Ideci) também foi extinto e as atribuições dele serão divididas entre o Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece) e a Secretaria da Infraestrutura do Estado (Seinfra).

O texto ainda promove mudanças na administração indireta, como a saída da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) da Secretaria das Cidades para a Seinfra. O projeto vai agora para sanção do Governador Camilo Santana e entra em vigor após a publicação no Diário Oficial do Estado.

 

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *