Política

Eleitores de Caucaia são obrigados a fazer cadastro biométrico; veja como

Eleitor que não fizer o cadastro biométrico pode perder o título de eleitor (Foto: Divulgação/TRE-CE)

Segundo maior colégio eleitoral do Ceará, Caucaia passará a ter cadastro biométrico obrigatório a partir da próxima eleição. Segundo a Justiça Eleitoral, todos os eleitores do município deverão comparecer a um cartório eleitoral para a coleta de dados até 28 de fevereiro de 2018, sob pena de ter o título de eleitor cancelado.

Para ficar quite com a Justiça Eleitoral, o eleitor deverá agendar o recadastramento pelo telefone 148 ou na página do TRE na internet. Caso não cumpra o requisito, existe uma série de prejuízos previstos ao cidadão, como o impedimento da renovação de passaportes e documentos em geral, bem como a retenção de salários vindos dos cofres públicos.

Até agora, apenas 29 mil (13,5%) dos 214,9 mil eleitores de Caucaia já efetuaram o recadastramento. Por isso, a partir desta semana o Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) ampliará o número de kits disponíveis para o cadastro.

Os atendimentos serão feitos também no Fórum Eleitoral de Caucaia (rua Cel. Correia, 1540, Centro), das 8h às 17h. O TRE faz apelo para que eleitores não deixem a atualização para a “última hora”, lembrando que quem fizer isso estará sujeito a filas e “atropelos”.

Em Fortaleza

Em Fortaleza, apesar do recadastramento ainda não ser obrigatório, também tem sido baixa a procura dos eleitores para a coleta dos dados biométricos. Apenas 18% de 1.700.186 eleitores compareceram para fazer a biometria. Na capital, o prazo para o recadastramento obrigatório será maio de 2020.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *