Política

“Isso é coisa de moleque”, diz Camilo sobre críticas de Wagner

686 17

O governador rebateu acusações de Wagner (Foto: Divulgação)

Em resposta às críticas do deputado estadual Capitão Wagner (PR), o governador Camilo Santana (PT) afirmou que é “molecagem” se “aproveitar politicamente” do momento de crise no Estado.

“Isso é coisa de moleque, eu acho que se aproveitar do momento pra querer tirar vantagem política, infelizmente eu não vou entrar nesse jogo”, disse o governador em entrevista coletiva nesta tarde.

Na manhã desta quinta-feira, 20, o líder da oposição da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) cobrou a criação de um plano de segurança para o Estado e disse que “não dá para ter um secretário de Segurança valente com um Governo frouxo”.

Camilo rebateu: “Agora frouxo é quem nunca pegou numa arma e foi combater um bandido no Ceará, isso que pra mim é frouxo. O que está acontecendo é a reação às ações que o Governo tem tido pra enfrentar os criminosos, e nós vamos botar pra fora os criminosos do Estado do Ceará. Eu lamento esse tipo de oportunismo nesse momento do Estado do Ceará, isso é um desagravo ao povo de Fortaleza”.

Somente hoje, foram pelo menos cinco ônibus queimados na Capital cearense até agora. O serviço, no entanto, está sendo ofertado normalmente.

17 Comentários

  • Celio Sousa disse:

    É o comentário de qualquer pessoa sensata que vê os bandidos decidirem o dia a dia das pessoas na cidade. Camilo deveria ter vergonha, mas isso nossos políticos perderam há muito tempo… se é que 1 dia tiveram…

  • Paulo Robson disse:

    Concordo Governador, duvido que vá para a linha de frentre, oportunista.

  • LUCIANO DE SOUSA PONTES disse:

    Governador Parabéns pela resposta!

  • Mauro Oliveira disse:

    Agora é molecagem falar a verdade, afinal qual a razão do governo não coçar os bloqueadores nos presídios, se assim agisse estaria dando um grande golpe na bandidagem. Respaldo legal o governo já tem, o que falta é atitude.

  • joao f disse:

    Pense no nível das pessoas que estão resolvendo os problemas. Não a toa estamos nessa situação.

  • Pedro Wilson disse:

    Faltou só rebater o argumento que originou o adjetivo “frouxo”, ou seja, por quais motivos ainda não foram instalados os bloqueadores de celular nos presídios? Se o problema for falta de coragem então o adjetivo foi bem utilizado, se não, resta ao Governador explicar as verdadeiras razões.

  • Célia Bernardo disse:

    Infelizmente, muitos casos não se resolvem, mesmo num grau de complexidade Alto, em virtude desse tipo de imaturidade que continua a distanciar as pessoas, quando o certo é uni-las, com o mesmo objetivo e com o mesmo propósito. Querer tirar proveito, sobretudo como ascensão política, numa hora dessa, é a maior demonstração de “birra” pessoal e de certeza de que, na condição de pedra, é muito fácil resolver problemas tão sérios. No momento em que a pedra passa a ser vidraça, tudo muda. Não seja tão tolo, Capitão Wagner, ao ponto de pretender acirrar mais ainda, uma situação que só gera conflitos e ameaça à vida. Todos estão impotentes, neste momento e unir forças, para uma força-tarefa, em nome da paz e do entendimento entre as pessoas, tem de ser obrigação de todos. A campanha política passou, Exmo. Deputado. O Sr não ganhou o jogo, mas da mesma forma como todos nós, V. Exa., também é uma presa nas mãos de quem está à frente desses crueldades. Não seja mesquinho, não seja desumano, nem queira tirar proveito, como se fosse um “salvador da pátria”. Estarrece-me a sua imaturidade e o seu modo sujo de promoção. V. Exa é capitão. Por que não vai às ruas mostrar seu prestígio, não como político, isso é muito fácil, mas como cidadão comum que tem o dever de defender a vida e de “Guardar a criação”. Não comungo pseudo-ideias, nem discurso desprovido de verdade e de realidade. Passe muito bem.

  • ivo disse:

    Estou com capitão nunca em minha vida eu tinha visto no ceara uma desmoralização dessa e o governo tem obrigação de da uma resposta para o povo cearense.

  • Márcio Nogueira disse:

    A crise não é so aqui ,infelizmente a segurança ja virou uma epidemia vamos colocar esse criminosos fora do nosso estado com sabedoria e muita valentia nada de culpar A e B ,vamos encontrar uma solução mas rápido possivel

  • Márcio Nogueira disse:

    Já começamos com Moro ,agora temos oportunidade de colocarmos ordem no Brasil ,e principalmente em nosso Estado

  • Márcio Nogueira disse:

    Vamos fazer um País diferente ,por isso eu chamo pra 2018 Ciro Gomes esse sim tem coragem pra colocar a cara fora sem medo

  • Costa disse:

    E agora? O governador chamou o capitãozinho amotinado de frouxo….

  • francisco lucena disse:

    esse capitao é o verdadeiro politico vive da desgraça dos outros, do quanto pior melhor, tambem
    com o coloio que ele vive nao podia esperar nada dele nao.
    de novo so tem a cara é um cachorrinho mantado de eunicio e roberto pessoa.

  • NÃO podemos aceitar esses bandidos fazerem essa verdadeira afronta ao estado de direito do Estado e do povo cearense sem respostas a contendo……o povo merece um governo com pulso forte e coragem pra agir……agir com mão de ferro…..o Brasil está sem homens de coragem no poder…….que venha a intervenção Militar para acabar com essa desordem que se estalou no Ceará e no Brasil a fora

  • Lino disse:

    Esse Camilo não tem moral p nada,nosso Ceará tá um colapso,um caos de violência,em vez de rebater críticas deveria colocar mais PM nas ruas combate o crime antes q algum civil morra.

  • Ribamar Xavier disse:

    O Deputado Capitão Vagner sempre se aproveita de qualquer situação para fazer críticas especialmente quando o assunto é Segurança porque ele não sabe falar de outras coisa. Nos vivemos outros sérios problemas no Estado do Ceará com a Saúde, a Educação e Infraestrutura, mas o Deputado Estadual Capitão Vagner só fala em Polícia, Segurança, Salário de Policiais? Não tem outros Projetos? Não tem outros discursos? Só sabe jogar para a platéia? Onde estar a sua contribuição?

  • Leonardo Gomes disse:

    Por que o governo não proíbe a venda de gasolina a quem vai comprar com recipientes até o momento não houve fiscalização ou apuração

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *