Política

Deputados repercutem votação de denúncia contra Temer na AL-CE

Deputado Fernando Hugo defende Temer (FOTO: Divulgação / AL-CE)

A votação que decidirá se o presidente Michel Temer (PMDB) virará, ou não, réu foi assunto na sessão desta quarta-feira, 2, na Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE). Sessão na Câmara dos Deputados acontece durante esta quarta-feira, 2, e já pode ser concluída até a noite com um resultado.

Acompanhado de colegas petistas, Elmano de Freitas defendeu que o presidente seja denunciado, afirmando que há provas de que ele se envolveu em corrupção.  O deputado Carlos Felipe (PCdoB) também comentou o assunto.  A população viu os vídeos e áudios que fazem parte das investigações. A população também está ciente de que está pagando uma conta que não é dela, como as altas taxas na gasolina, enquanto grandes empresas estão isentas de impostos”, disse.

Quem também defendeu denúncia contra Temer foi a sua correligionária, deputada Dra. Silvana.  A parlamentar discursou contra a proposta de reforma da Previdência.  “Fui a favor do impeachment, mas sou contra muitas decisões do Governo Temer. Não aceito a reforma da forma como foi proposta, é questão de dignidade”, afirmou.

Já Fernando Hugo (PP) defendeu o governo de Temer. “Apesar das graves denúncias de corrupção envolvendo o presidente, é preciso levar em consideração que o Governo Temer administrativamente é bom”, ponderou. “O Michel Temer é um constitucionalista, um homem inteligente, e teve uma grande audácia de apresentar reformas que mexeram com a brasilidade em sentido amplo”.

Joaquim Noronha (PRP) endossou a defesa. “Se há um descontentamento com a figura do presidente e do seu entorno, que mudemos então o nosso sistema de governo de presidencialista para parlamentarista, pois não podemos vulnerabilizar o cargo de presidente da República, que representa todos os brasileiros. Quando o cargo se torna frágil, toda a nação se fragiliza”, disse.

 

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

quatro − dois =