Política

Deputado Fernando Hugo critica abertura de novos cursos de medicina no Ceará

Fernando Hugo diz que faculdades não têm estrutura adequada (Foto: AL-CE)

O deputado estadual Fernando Hugo (PP) criticou na manhã desta quarta-feira, 11, na tribuna da Assembleia Legislativa, a criação de novos cursos de medicina no Ceará. Segundo ele, não há estrutura necessária para dar suporte aos cursos, o que resultaria em uma formação deficiente dos profissionais.

“Há dois meses, comemorou-se a abertura de cinco faculdades de Medicina para o Ceará. É importante que se saiba que nas faculdades, quando os alunos vão à parte prática, não há hospital para recebê-los. Não há vaga para as residências médicas”, disse.

Rebatendo críticas, ele afirmou que não é contra “o progresso do ensino superior do País”, mas a “a favor de que se abram novos cursos, desde que haja estrutura física, profissionais com capacidade de ensinar e com o apoio da prática adequada”.

Fernando Hugo criticou os governos dos ex-presidentes Lula e Dilma Rousseff (ambos do PT), que teriam aberto muitas faculdades de medicina sem a estrutura devida. “Há dois anos, fui criticado aqui por ter falado sobre essa realidade. Não estou contra faculdades. Mas a mostra colhida sobre a qualidade na preparação desses universitários formados no Brasil é péssima”.

Contrapartida

O deputado Dr. Santana (PT) contestou argumento de Fernando Hugo. Segundo ele, “a formação universitária é o instrumento para transformar o País. Não podemos ser contra abertura de cursos universitários e formação de profissionais”.

Ele também aproveitou para elogiar os governos petistas. “Lula e Dilma democratizaram o ensino universitário. Diferentemente do presidente, Michel Temer, que é contra os trabalhadores e o crescimento do povo”.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *