Política

A pior facção do Ceará são os “FG”, diz Capitão Wagner

9425 2

Capitão Wagner ataca governador Camilo Santana e os Ferreira Gomes (FOTO: Reprodução / Facebook)

O deputado estadual Capitão Wagner (Pros) afirmou que, dentre todas as facções criminosas presentes no Estado, a dos Ferreira Gomes é a que “está causando mais mal para o Ceará”. “Existe a GDE, existe o CV, existe o PCC, mas os ‘FG’ são os responsáveis por essa destruição do Estado do Ceará”, acusou.

De acordo com Wagner, o grupo político do governador Camilo Santana (PT) está “tirando a dignidade do povo cearense” porque não estaria garantindo acesso adequado à saúde, segurança pública e emprego. “Eu nunca vi na história do Ceará, em 39 anos da minha existência, tanto governo preocupado em perseguir os empreendedores e gerando desemprego aqui no nosso Estado”, disse.

“O governador quer dar uma de bom moço, mas ele concorda com tudo que eles determinam, ele na verdade é um fantoche dessa facção, o governador negocia com os bandidos no presídio, o governador não permite que a Assembleia (Legislativa) abra a CPI do narcotráfico. Por que será que ele faz isso? Ele faz isso porque ele também faz parte de uma facção, que é a facção que está destruindo os sonhos da população cearense”, concluiu.

As declarações foram feitas em evento na noite deste sábado, 4, em Caucaia, quando a chapa majoritária da oposição foi apresentada: General Theophilo e Emilia Pessoa (ambos do PSDB) para o Governo do Estado e Eduardo Girão (Pros) e Mayra Pinheiro (PSDB) para o Senado. O governador Camilo Santana (PT), através de sua assessoria de imprensa, afirmou que não iria se manifestar.

 

Recomendado para você

2 Comentários

  • emerson disse:

    Idiota é aliado do Tasso e quer falar besteira

  • Célia Brandao disse:

    Cap. Eu tenho que lhe aplaudir, Sou esposa de policial votamos e torcemos por sua Vitória desde sempte, é torço mais ainda pra lhe ver no governo do nosso estado o CEARA merece e precisa de um governador de político como o Sr. Abraço

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *