Política

Eunício se compara a Lula e diz: “Eleições livres seriam eleições com ele”

8204 2

Eunício Oliveira discursa em covenção ao lado de Camilo. Ao fundo, cartaz estampa rostos de Camilo, Eunício e Cid (Foto: Mauri Melo)

Em discurso pontuado pela defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), o candidato à reeleição ao Senado Eunício Oliveira (MDB) disse hoje que tem trajetória semelhante à do petista.

O empresário emedebista referia-se à infância pobre de Lula, hoje preso em Curitiba pela Lava Jato. “Eu, filho de lavrador, filho de agricultor, de família de homem pobre. Eu, com a mesma história de Lula. Só quem viu uma mãe carregar lata d’água na cabeça é que pode fazer o que fazemos”, disse Eunício durante discurso na convenção que oficializou sua candidatura na manhã deste sábado.

Além de se comparar ao ex-presidente e de declarar voto no petista (“eu sou eleitor de Lula”, disse), Eunício também defendeu que “eleições livres são eleições com Lula”.

Durante quase 20 minutos de discurso aos apoiadores no ginásio da AABB, em Fortaleza, o presidente do Senado não mencionou sequer uma vez o candidato do seu partido à Presidência, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles (MDB), oficializado na última semana. Também não citou o nome do presidente Michel Temer, do mesmo partido.

Postulante em chapa avulsa, não coligada à base do governador Camilo Santana (PT), presente à convenção, Eunício afirmou que terá uma aliança de sete partidos, chegando a tempo de propaganda política igual ao do ex-governador Cid Gomes (PDT), o outro candidato de Camilo na corrida pelo Senado.

Questionado se subiria no palanque do presidenciável Ciro Gomes (PDT) no Ceará, Eunício foi categórico: “Meu palanque é o do governador Camilo e do candidato Cid Gomes”. Sobre as críticas que Ciro lhe tem feito, o emedebista minimizou: “A liberdade de expressão é um direito de cada cidadão”.

Recomendado para você

2 Comentários

  • Tânia disse:

    Fora essa gomarada junto com esse outro aí que votou contra o povo. Fora e fora. Vamos botar pra correr esses que qurem seduzir o povo. Basta.

  • Zé Pessoa disse:

    Devia ter se comparado ao Lulla em relação ao codinome “Índio” na planilha da Odebrecht, na qual seu nome aparece várias vezes.
    O que mesmo essa gente tem feito pelo Ceará?

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *