Política

Tasso evitou WO, mas caminha para um 7 a 1, ou pior

1067 1

Antes da eleição, o senador Tasso Jereissati (PSDB) disse que não permitiria um WO na política do Ceará. De fato, não falta adversário. Não há WO, mas se está a caminho de uma derrota histórica, acachapante. Um 7 a 1. Ou, mais que isso.

Camilo Santana na convenção

Camilo tem 86% das intenções de votos válidos, segundo o Ibope. (Foto: Mateus Dantas/O POVO)

Camilo Santana (PT) tem 86% das intenções de votos válidos. O adversário mais próximo, General Theophilo (PSDB), tem 8% também em votos válidos. A proporção é de quase 11 para 1.

Pesquisa não substitui voto, eleitor tem de ser respeitado e as projeções sempre podem estar erradas. E erram muito. Todavia, salvo um erro monumental como nunca se viu, o eleitor do Ceará estará dando recado contundente às forças de oposição no Ceará.

A fragilidade dos oposicionista é ruim para a democracia, mas é resultado dos próprios erros, do próprio fisiologismo.

A principal interrogação que se coloca agora na eleição no Ceará não é quem será o governador, mas o que será da oposição. O que restará fora do governismo.

Recomendado para você

1 comentário

  • Osmar Figueiredo disse:

    O cacique golpista-mor no Ceará, achou que o PT aqui no Ceará e no Brasil estava morto. Ledo engano. Está provando do próprio veneno. Aécio com o seu martelo pregou a tampa do caixão do PSDB. Bem feito. Kkkkkkk

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *