Política

83 milionários buscam mandatos no Ceará; veja quem são

14227 10

Eunício Oliveira lidera entre milionários com R$ 89,2 milhões (Fábio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Quase 10% de todos os 915 candidatos que disputarão cargos eletivos no Ceará no próximo domingo declararam à Justiça Eleitoral patrimônio acima da casa de R$ 1 milhão. Ao todo, 83 políticos do Estado afirmaram ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ter patrimônio milionário. Somados, bens dos milionários chegam a mais de R$ 530,8 milhões.

Informação é da Coluna Política do O POVO desta segunda-feira. O índice é puxado sobretudo pelo presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB), que declarou patrimônio de R$ 89,2 milhões. Disputando reeleição, o emedebista é dono de diversas empresas da área da segurança e de uma fazenda de 21 mil hectares, entre outros bens.

Ele é seguido de perto por Prisco Bezerra (PDT), candidato a 1º suplente de Senador na chapa de Cid Gomes (PDT). Dono de uma rede de universidades que soma milhares de alunos em todo o País, Bezerra declarou R$ 64 milhões.

Entre os 27 candidatos a deputado federal milionários, os mais ricos são Arnaldo (PSDB), com R$ 19,8 milhões, e o já deputado Genecias Noronha (SD), com R$ 19 milhões. Entre os 45 candidatos a deputado estadual com mais de R$ 1 milhão, se destaca Denise Regadas (PSL), com R$ 23 milhões.

Confira quem são os 83 políticos milionários no Ceará:

Governo do Estado – 1

General Theophilo (PSDB) – 1,2 milhão

Senado Federal – 4

Bardawil (Pode) – R$ 2,2 milhões

Cid Gomes (PDT) – R$ 1,5 milhão

Eduardo Girão (Pros) – R$ 36,3 milhões

Eunício Oliveira (MDB) – R$ 89,2 milhões

1º Suplente de senador – 2

Gaudêncio Lucena (MDB) – R$ 17,6 milhões

Prisco Bezerra (PDT) – R$ 64 milhões

2º Suplente de senador – 4

Dr. Guimarães (Pros) – R$ 1,8 milhão

Edmilson Bastos (PSD) – R$ 5,1 milhões

José Nilson (PSDB) – R$ 3,8 milhões

Júlio Ventura (PDT) – R$ 25,8 milhões

Deputado federal – 27

Adail Carneiro (PP) – R$ 13,1 milhões

Alexandre Damasceno (Pros) – R$ 1,2 milhão

André Figueiredo (PDT) – R$ 4,1 milhões

Arnaldo (PSDB) – R$ 19,8 milhões

Coronel Bezerra (PSL) – R$ 4,1 milhões

Crescêncio Neto (PHS) – R$ 2,1 milhões

Danilo Forte (PSDB) – R$ 2,8 milhões

Denis Bezerra (PSB) – R$ 4,8 milhões

Edmilson Barros (PSL) – R$ 2,7 milhões

Eduardo Bismarck (PDT) – R$ 2 milhões

Fredy (Novo) – R$ 1,1 milhão

Genecias Noronha (SD) – R$ 19 milhões

Gomes Filho (Pros) – R$ 1,2 milhão

Heitor Freire (PSL) – R$ 1 milhão

Júnior Mano (Patriota) – R$ 2,1 milhões

Leônidas Cristino (PDT) – R$ 1,6 milhão

Luciano Muniz (Psol) – R$ 1,1 milhão

Macedão (PP) – R$ 17,9 milhões

Major e Médico Dr. Haroldo (Pode) – R$ 2,5 milhões

Marcelo Medeiros (Novo) – R$ 5,8 milhões*

Moses Rodrigues (MDB) – R$ 3,2 milhões

Pedro Bezerra (PTB) – R$ 3,9 milhões

Pr Carlos Alberto Cruz (PSL) – R$ 1,1 milhão

Rachel Marques (PT) – R$ 1,4 milhão

Robério Monteiro (PDT) – R$ 3,3 milhões

Roberto Pessoa (PSDB) – R$ 13,1 milhões

Totonho Lopes (PDT) – R$ 1 milhão

Deputado estadual – 45

Acaci (PCdoB) – R$ 6 milhões

Agenor Neto (MDB) – R$ 1,8 milhão

Ana Angélica (PCdoB) – R$ 1,3 milhão

Antônio Granja (PDT) – R$ 1 milhão

Apóstolo Luiz Henrique (Patriota) – R$ 2,8 milhões

Audic Mota (PSB) – R$ 1,3 milhão

Aureny Braga (PR) – R$ 1,2 milhão

Avelino Forte (PSDB) – R$ 4,9 milhões

Bruno Benevides (PDT) – R$ 1,3 milhão

Denise Regadas (PSL) – R$ 23 milhões

Diego Barreto (PTB) – R$ 1,1 milhão

Domingos Filho (PSD) – R$ 2,6 milhões

Dr. Sarto (PDT) – R$ 2,1 milhões

Dr. Bruno Gonçalves (Patriota) – R$ 1,1 milhão

Dr. Ciro (Pros) – R$ 1,4 milhão

Dr. Marcos Norjosa (PT) – R$ 1,1 milhão

Ely Aguiar (DC) – R$ 1 milhão

Enilde Coutinho (PSL) – R$ 3 milhões

Evandro Leitão (PDT) – R$ 1,3 milhão

Evanio Guedes (PR) – R$ 9,1 milhões

Fernanda Pessoa (PSDB) – R$ 1,9 milhão

Gony Arruda (PP) – R$ 2,7 milhões

Gordim Araújo (Patriota) – R$ 2,2 milhões

Heitor Férrer (SD) – R$ 2 milhões

Helaine Mendonça (PSDB) – R$ 1,1 milhão

Jarbas (PCdoB) – R$ 2,5 milhões

Jeová Mota (PDT) – R$ 1,4 milhão

José Dias (PPL) – R$ 1,6 milhão

Leonardo Araújo (MDB) – R$ 2,5 milhões

Luciano Girão (PDT) – R$ 9,9 milhões

Mariana Macedo (PMN) – R$ 15,7 milhões

Nezinho Farias (PDT) – R$ 2 milhões

Oriel Nunes Filho (PDT) – R$ 1,1 milhão

Pablo Rolim (Patriota) – R$ 2,6 milhões

Paulinho Macedo (PMN) – R$ 3,2 milhões

Professor Demétrio (PPS) – R$ 2,5 milhões

Professor Luiz Damião (Patriota) – R$ 6,9 milhões

Raimundão (MDB) – R$ 2,1 milhões

Romeu Aldigueri (PDT) – R$ 3,4 milhões

Salmito (PDT) – R$ 1,1 milhão

Seabra (DC) – R$ 1,7 milhão

Sérgio Aguiar (PDT) – R$ 1,3 milhão

Tadeu Oliveira (PPS) – R$ 2,7 milhões

Walter Cavalcante (MDB) – R$ 1 milhão

Zezinho Albuquerque (PDT) – R$ 1,8 milhões

* Citado na relação de candidatos com bens acima de R$ 1 milhão, Marcelo Medeiros (Novo) procurou a coluna para justificar o patrimônio. Destacando que nunca ocupou cargos públicos, Medeiros disse ter acumulado bens em quase R$ 6 milhões após décadas de trabalhos como prático no serviço privado, além de ter feito uma série de investimentos. Ele afirma defender postura econômica liberal, reduzindo gastos públicos na política.

Recomendado para você

10 Comentários

  • Javier disse:

    Eunício 90 milhões? Não voto em golpista e menos em eunicio

  • Gilberto Braga de Oliveira disse:

    Não consigo entender como muitos desses que possuem cargos com salários não muito elevados se tornaram milionários, citando um exemplo de salmito filho que é professor de sociologia e Ely Aguiar reporte policial.

  • Pedro disse:

    Muitos candidatos envolvidos com corrupção, pegos pela lavajato, querem FORO, porque sem FORO é MORO, MPF de Curitiba, Valisnei, Marcelo Bretas, etc. E tinta a caneta de MORO apoiado por 99% da população brasileira é forte e clara.
    Depois desse circulo de horrores, do ultimo debate eleitoral, onde o CABO DACIOLO, colocou todos os candidatos no bolso, ficou claro, BOLSONARO VENCE NO PRIMEIRO, com mais de 50% dos votos válidos. Para governador Helio Gois 17 ou General Bota Motal Theofilo 45. Para o senado: Pastor Pedro Ribeiro 177 ou Dr Marcio Pinheiro 178 para ajudarem Bolsonaro, abrir impechment contra Gilmar Mendes, Lewandovisck, Celso de Melo, Barroso, etc. Para Deputado Federal Heitor Freire 1717, Jornalista Regina Villela 1731.

  • José Paulino dos Santos disse:

    O povo brasileiro é muito besta que ainda vota nesses caras ricos . Eles sempre querem enriquecer ainda mais com os altos salários e o povo burro que vota neles cada dia mais pobres e fudidos . O Brasil é um País de analfabetos , burros e bestas que elege e reelege esses sangue suga do dinheiro dos contribuintes . Acorda povo nordestino !!! Quanto vocês que elege esses ricos milionários deixa eles mais ricos , o pobre besta que vota neles vive cada dia mais na miséria . Povo burro tem mesmo é que comer capim enquanto esses políticos vivem ostentando riqueza nas custas do povo brasileiro com salários milhonario dos impostos que cada um de nós paga no dia dia

  • Luiz Carlos Lemos Marques disse:

    Tudo de pescoço enforcado e os cearenses no total não chega nem perto deste patrimônio. Cearenses aprendam a votar no dia 7 e olho vivo neles.

  • Muito Boa a resposta é esclarecedora dos pescoços enforcados tudo igual.resalvem os empresários.

  • A minha indagação e que esses pessoal todos tem essas dierama.eles se elegendo aí querem mais ainda .por isso eu não vou votar em nem um.o voto e meu pôr isso vou anular.

  • Julio Araujo disse:

    Gente esse valor é o msm declarado para a receita federal, esses senhores ai possuem muito mais do que está declarado podem ter certeza, ou vocêa acreditam que o cid tem somente 2 milhoes em patrimônio? Isso é história para boi dormir!!

  • Gesison disse:

    Esse eunicio votou a favor do temer sobre a reforma trabalhista meu é ainda o povo é cego e não ver isso votando em um salafrario desse

  • Geraldo Orfeu disse:

    E o ” pobezim” do Mauro Benevides Filho? Dá é pena …Um milionário daqueles não constar nesta lista furada.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *