Política

Gestão de universidades sai da Educação e vai para Ciência e Tecnologia

3052 4

Recomendado para você

4 Comentários

  • Geovane disse:

    Que absurdo! Começou as asneiras…É bom ele mesmo comer o capim que quer dar aos nordestinos.):

  • Reginaldo Rodrigues disse:

    Investir em educação básica é fundamental.O fato da Educação superior está na pasta do MEC faz que a educação básica perda recursos.Segundo a Bbc o Brasil possui a ou ir desempenho das Américas, sendo superior ao da Republica Domenicana . A nível mundial ficamos em 62 lugar num total de 70 países.Temos um desempenho pífio em educação básica.

  • Miguel Sousa Peres disse:

    Para poder sucatear as universidades Federais e manchar a imagem de Marcos Pontes. Já que não tem orçamento defendido por lei para o ministério da ciência e tecnologia.

  • Erivelto Luís de Souza disse:

    Esse é o processo ideal, as Universidades passarem para o Ministério de Ciência e Tecnologia. Um professor universitário, nos dias de hoje, de suas 40 horas semanais, gasta cerca de 10h com aulas, cerca de 10 horas com extensão, as demais 20 horas são dedicadas a Pesquisa.
    Isso justificaria essa mudança. Além de permitir que as universidades possam se relacionar com as empresas de forma mais íntima e eficiente.
    Espero que se mantenha essa decisão.

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *