Política

Tasso desiste de disputar presidência do Senado: “Não vou participar deste espetáculo”

12360 17

O senador cearense Tasso Jereissati (PSDB) desistiu de disputar a presidência do Senado Federal. Em coletiva de imprensa, o tucano afirmou: “Não vou participar deste espetáculo”.

A tendência é que a bancada do PSDB agora apoie Davi Alcolumbre (DEM-AP)
Foto: Júlio Caesar

Em sua justificativa, Tasso atribuiu a desistência ao respeito que tem pelo Senado. “O respeito pela instituição, pela história da Casa e do que ela pode representar para o País foi perdido. E eu não vou participar desse espetáculo”.

Com o declínio de Tasso, espera-se que a bancada do PSDB agora apoie a candidatura de Davi Alcolumbre (DEM-AP).

Jereissati era um dos principais nomes na disputa contra a candidatura de Renan Calheiros (MDB-AL). Eduardo Girão (PROS-CE) está a frente de um movimento para que a disputa seja com voto aberto, o que pode diminuir as chances de Renan.

Redação O POVO Online

17 Comentários

  • Wagner Natalio Coutinho disse:

    É vergonhoso o que está acontecendo na Câmara Federal e no Senado Federal, são duas candidaturas que envegonham o nosso pais pela vida pregressa dos dois pretensos candidatos, Rnan Calheiros e Rodrigo Maia.

  • luiz eashington lacerda disse:

    Tasso deveria sim manter sua candidatura para o senado,e nao perder para gente sem a menor chance de administrar condignamente.
    SR.TASSO O SENHOR TEM TRADIÇÃO DE BONS ANTECEDENTES POLITICOS FESDE SEU PAI,ELE COM CERTEZA NAO IRIA APOIAR ESSA SUA DECISÃO.

  • Benaisa disse:

    Parabéns Sr Tasso Jereissati pela atitude digna vamos deixar o espetáculo pra quem precisa se destacar que, não é o seu caso.

  • Gutemberg disse:

    Uma pergunta: Porque o Ex-Governador Tasso ainda continua no meio dessa podridão da política? Deve ser porque o fedor da política deve ser cheirosa para ele.

  • Benaisa disse:

    Parabéns Sr Tasso Jereissati pela atitude digna e vamos deixar o espetáculo para quem precisa dele que certamente não é seu caso.

  • Augusto disse:

    Do Corrupto Renan Calheiros, espero tudo!

  • HÉRON LISBOA PINTO disse:

    O PRESIDENTE DO SENADO IDEAL SERIA O TASSO JEREISSATI, POR SUA CONDUTA EM TODOS OS TEMPOS NA POLÍTICA LOCAL E NACIONAL DE FORMA ILIBADA, ACIMA DA MÉDIA!

  • Fernando disse:

    O show de falta de civilidade ontem no senado foi digno das melhores , mma e ufc perdem é feio. Civismo, patriotismo então não existem no vocabulário da casa denominada de senado.

  • Luis Carvalho Rodrigues disse:

    A nós cearenses, seria importante se o agora ex-senador Eunício Oliveira tivesse sido reeleito. Com sua saída, o senador Tasso, referência pública não só da política local más, sobretudo nacional, fosse guinado ao cargo de presidente do senado. Então, com sua desistência, o país, a região e o Ceará perdem. Tendo a frente um Renan Calheiros, corrupto de primeira linha, permissivo político alagoano que, com falcatruas de há muito, dirige aquela casa legislativa, teremos possivelmente as mesmas mazelas perpetradas nos idos do PT no poder. É triste à política brasileira. Eis o toma lá da cá da vida real.

  • Anselmo disse:

    Se os senhores Senadores foram eleitos para representar o povo, porque esconde suas decisões, com voto secreto?

  • Antonio Maciel disse:

    É uma pena. O povo estaria muito bem representado por Tasso.

  • Não sou a favor deste ou daquele politico em disputa pela cadeira, muito pelo contrario sou a favor de um politico independente de partido.
    A harmonia entre os Poderes não deve ser exercita pelo arbítrio do Poder Executivo e sua força do “toma lá dá cá”.
    Liderança não é submetida, muito pelo contrário é conquistada.

    O Nome de Tasso seria o ideal para a presidência, porque, jamais utilizou dos cargos de ocupou para fazer politica baixa de partidos.

  • Manoel Pinto disse:

    Imaginemos onde estamos, com essa palhaçada do Senado. O senador de vergonha, o que não é fácil, não votará nesse cidadão de Alagoas. É uma pessoa capaz de tudo que é imoral, na qualidade de político mandatário. Lembremos o caso da cassação do mandato da Dilma, quando ele, em conluio com o presidente da sessão, min Lewandowsy, rasgou a constituição federal e passou os pedaços no traseiro. Mas, eu advirto, tenham cuidado, porque as coisas estão em franco andamento de profundas mudanças.

  • FRANCISCO DORNELES LIMA disse:

    Continua a velha política, nada muda. São conchaves e Toma-lá-dá-cá. O Povo é que se lixe.

  • IVANILDO disse:

    Tasso!!!
    ESPETÁCULO???
    ISSO É MUITA É PALHAÇADA.
    TANTO DO SENADO COMO DO STF

  • Carlos disse:

    não sabe o quer…sem achei fake a candidatura desse homem..taí pra provar que eu não estava errado

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *