Política

Deputado Genecias Noronha defende diálogo entre governo e Congresso e permanência de Coaf na Economia

O deputado federal Genecias Noronha (SD), da bancada cearense da Câmara, defendeu o resultado da votação de Medida Provisória que também teve como resultado a permanência do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) na pasta de Economia.  A análise foi reposta ao protestos que ocorreram neste domingo, 26, a favor do governo. “Para mim, não há mudanças por causa do protesto. Votei como deputado e como representante do estado”.  

O parlamentar, que votou “não” à mudança do órgão do Ministério da Justiça para a pasta da Economia, afirmou que o governo necessita dialogar mais com o Congresso Nacional para conseguir aprovar as pautas.  

Sobre a votação da Coaf, Genecias nega “articulação” que teria acontecido entre centro e oposição, afirmando que votou como representante do Estado e porque o órgão sempre esteve na Economia (antigo Ministério da Fazenda). O deputado declarou que não se pode “radicalizar” as propostas, no sentido de não “atacar quem for contra” tais medidas.

Sobre as próximas votações, o deputado ressalta que há outras propostas mais importantes a serem discutidas, como a Reforma da Previdência e a Reforma Tributária e que o governo precisará dialogar mais com os parlamentares para obter aprovação. “É preciso articular com o congresso. Se você radicalizar, as grandes votações das medidas importantes e das reformas importantes ficam sem aprovar”, explica.

 

NATÁLIA COELHO/ ESPECIAL PARA O POVO

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *