Política

“Não se deve retirar o mérito do Ceará”, diz Moro sobre crise de segurança

1899 1

(Foto: Fábio Lima/O POVO)

Durante sabatina nesta quarta-feira, o ex-juiz Sergio Moro reconheceu a atuação do Governo do Ceará durante a crise de segurança pública no início do ano.

“Me parece que existe uma correlação muito clara entre a retomada do poder público e a redução desses crimes no Estado”, disse o hoje ministro da Justiça.

Para Moro, o governador Camilo Santana (PT) e o presidente Jair Bolsonaro trabalharam conjuntamente para debelar as ameaças representadas por facções criminosas.

O ministro então citou o envio de contingentes da Força Nacional ao Ceará para ajudar no enfrentamento desses grupos no sistema carcerário.

Moro também mencionou a transferência de líderes de facções para presídios federais, segundo ele, a pedido do Governo do Ceará.

 

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *