Política

Psol declara apoio a Sarto, mas promete oposição caso ele seja eleito

195 5

O Psol Ceará divulgou nota nesta terça-feira,17, declarando apoio a José Sarto (PDT) no 2º turno em Fortaleza. Destacando que a opção ocorre por conta da relação de Capitão Wagner (Pros) com o governo Jair Bolsonaro, o partido afirma que toma a posição sem fazer qualquer concessão a pedetistas, prometendo fazer oposição e não ocupar cargos em um eventual governo Sarto.

No 1º turno da disputa, o partido teve o deputado Renato Roseno como candidato, tirando 34,3 mil votos e elegendo dois vereadores. “Seguiremos combatendo e sendo oposição de esquerda aos governos do grupo dos Ferreira Gomes, por serem governos comprometidos com as elites econômicas em detrimento dos interesses da maioria (…) cumpriremos os mandatos recebidos, sem apoio ou cargos em um governo Sarto”

Confira íntegra da nota do Psol-CE:

O PSOL convoca o povo de Fortaleza a derrotar o bolsonarismo em Fortaleza e no país inteiro.

Em 2018 foi vitorioso nas urnas um projeto autoritário de poder neofascista para o governo central de nosso país. Desde então instalou-se um governo de morte, numa busca incessante por destruição de todos os direitos, com medidas que aumentaram ainda mais a precarização da classe trabalhadora, com o crescimento da miséria, da fome e do desemprego; de destruição do meio ambiente e perseguição aos povos indígenas; de intolerância à diferença de ideias e combate à ciência, à educação e aos valores democráticos. Que revelou-se em toda sua crueldade ao facilitar a instalação da pandemia de Covid-19, atuando deliberadamente para evitar todas as medidas de proteção à população, tanto do ponto de vista sanitário, como econômico e social.

Nosso partido, desde o começo, tem feito o combate a esta política genocida e ecocida, e junto com diversos movimentos sociais e partidos de esquerda, protocolou o pedido de impeachment de Bolsonaro. Nestas eleições municipais, Bolsonaro teve a maioria de seus candidatos declarados já derrotados no primeiro turno. O PSOL definiu como tarefa prioritária não apenas nas eleições, mas também nelas, derrotar esse projeto de morte do bolsonarismo. Essa batalha segue no segundo turno. Tivemos nossas bancadas parlamentares ampliadas em todo o país, o PSOL cresce em legitimidade e representatividade política em defesa dos interesses do povo trabalhador e do meio ambiente.

Aqui em Fortaleza não foi diferente. Apresentamos nessas eleições um programa diametralmente oposto ao bolsonarismo, mas também de oposição aos que comandam os governos estadual e da capital. Colhemos o resultado dessa oposição, com o povo de Fortaleza honrando o PSOL com a conquista de duas cadeiras no legislativo municipal.

Seguiremos combatendo e sendo oposição de esquerda aos governos do grupo dos Ferreira Gomes, por serem governos comprometidos com as elites econômicas em detrimento dos interesses da maioria do povo.

Contudo, como afirmamos ao longo da campanha eleitoral, a maior ameaça aos direitos do povo e à democracia é o bolsonarismo.

Sem nada conceder nem pleitear, no segunto turno das eleições em Fortaleza, o PSOL fará campanha para derrotar o Capitão Wagner, candidato de Bolsonaro, chamando o voto em Sarto, ao tempo em que cumpriremos os mandatos recebidos, sem apoio ou cargos em um governo Sarto.

Recomendado para você

5 Comentários

  • Infelizmente os partidos políticos esqueceram suas raízes, visto que o mais importante não é quem vai ser eleito, mas sim o apadrinhamento político vergonhoso que assola as ideologias e princípios de cada partido. Onde vivem nossas esquerdas?
    Se alguém souber me diga!

  • Daniel holanda disse:

    Então, não apoia e pronto!

  • Daniel holanda disse:

    Os partidos de esquerda estão cometendo bullying a uma candidatura que Bolsonaro elegou ser mais simpático a ela. Bolsonaro raiz q tivemos foi o Heitor freire. Wagner já mostrou com sua atuação no congresso que não compartilha de mtas visões do governo Bolsonaro. E, não possui histórico de corrupção associado a seu nome.
    Para acabar com a corrupção, vote no capitão!

  • Amyr GF disse:

    Ridículo mas o Sarto ontem deve ter dormido à custa de uma caixa de Lexotan … com o apoio dos faraós da Meruoca e agora do PSol o Ceará estará todos nas mãos dos Gomes e a capital será transferida para Sobral … vou aperfeiçoar meu english.

  • Roberto Charles de Freitas Braga disse:

    Essa é a postura desse partido? Por isso nunca vai deixar de ser um partido nanico. Parece aquela situação – Eu ajudei a roubar, mas não sei de nada. Se o candidato for bem eu tô do lado dele, se for ruim eu sou oposição. Encima do muro.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *