Radar do Comércio

Chef ensina online receita com filé mignon para a ceia de Natal

Tomates e filé em um prato branco; confira receita com filé mignon

Pensado para quem quer aprender técnicas e novas receitas, esse workshop de receita com filé mignon é especialmente voltado para cardápios festivos (Foto: Unsplash)

Em workshop gratuito e remoto, o chef Matheus Vieira ensina uma receita especial do filé com molho de ameixa

A mesa de Natal prima tradicionalmente pelas carnes brancas, como peru e chester. Para diversificar e agradar a todos os gostos, a carne vermelha pode ser uma opção prática e com aquele toque de sofisticação que dá um sabor especial às festividades. Pensando nisso, a série Cozinhando com o Chef traz a receita de Filé Mignon ao Molho de Ameixa. O workshop acontece no dia 07 de novembro, é gratuito e transmitido pelo Youtube do Senac Ceará. Para receber o link, basta se inscrever em https://bit.ly/32icjie.

“Esse workshop é para quem se interessa por desenvolver seus dotes culinários, aprendendo técnicas e novas receitas. Essa, em especial, é voltada para cardápios festivos e é ideal para quem já está planejando a sua ceia natalina”, afirma o chef e instrutor do Senac Ceará, Matheus Vieira. Ele destaca que o filé é preparado na manteiga de tomilho, agregando sabor e aroma ao prato, e que o molho de ameixa também pode acompanhar outros pratos.

LEIA MAIS | Magia do circo e das histórias infantis encanta a Mostra Sesc de Culturas Digital

Cozinhar também pode ser um momento de descontração e união, sozinho ou em família, em tempos de isolamento social. Para tanto, a lista de insumos é disponibilizada previamente e os participantes podem fazer a receita durante o workshop, tirando as dúvidas com o instrutor em tempo real.

O workshop acontece no dia 07 de novembro, mas aos interessados em se aprofundar no assunto, o Senac Ceará promove o curso remoto e ao vivo Cozinhar em Casa: Ceia Natalina, que começa no dia 23 de novembro. “Esse ano, o Natal será diferente por vários motivos e este curso pretende capacitar o participante a criar pratos que podem compor ceias natalinas para agradar os mais diversos gostos, contribuindo para todos a congregação em torno da mesa”, diz a consultora de Gastronomia, Vanessa Santos.

Ela ressalta que “a gastronomia, quando comparada à arte, é a única que consegue aguçar os cinco sentidos – olfato, paladar, visão, audição e tato. E quando associada às lembranças de infância e de momentos de celebração, tem então um valor inestimável. O Natal, provoca isso muito facilmente, pois está entre as festas mais tradicionais da sociedade e é sempre pautada em torno da congregação da mesa, independentemente de região e de classe social. É uma época que mobiliza a sociedade, modificando o comercio e o calendário geral, e por isso sempre muito importante”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *