Radar do Comércio

Saiba os benefícios de ter acompanhamento com um nutricionista

Nutricionista: na imagem, uma mulher de camisa social branca e com um estetoscópio ao redor do pescoço olha para um tablet.

O nutricionista é um profissional que pode auxiliar na prevenção de doenças, na promoção e na recuperação do estado de saúde do paciente (Foto: Freepik)

Um ano após o início da pandemia, a sociedade continua passando por diversas transformações na rotina. Seja no trabalho, nos hábitos domésticos ou na dinâmica social, uma das principais mudanças está relacionada à alimentação. De acordo com Thayse Guilherme, nutricionista do Sesc Fortaleza, a procura por profissionais de saúde e nutrição aumentou significativamente nesse período.

Segundo a especialista, os motivos para essa mudança são múltiplos, como melhorar a relação com o corpo e a comida, aprender a cozinhar, buscar opções saudáveis, nutritivas e acessíveis, saber como armazenar e verificar a validade dos alimentos, cuidar da imunidade, entre outros. 

Uma forma de melhorar o acesso à avaliação dos especialistas tem sido a possibilidade de atendimento online, permitido pelo Conselho Federal de Nutricionistas (CFN) até o final da pandemia. “Essa é uma conquista tanto para o nutricionista quanto para o paciente, que agora pode ter acesso de onde estiver ao seu profissional de nutrição”, explica Thayse. Mas você sabe quando é a hora de procurar o atendimento de um nutricionista? Confira a entrevista a seguir para descobrir:

Preciso ir ao nutricionista? 

O nutricionista é um profissional da saúde que pode auxiliar na prevenção de doenças, na promoção e na recuperação do estado de saúde dos indivíduos acometidos por várias doenças e enfermidades, inclusive a Covid-19. Você não precisa buscar o nutricionista apenas para comparar pesos e medidas e percentual de gordura ou de massa muscular, pois o atendimento nutricional vai além dessas medidas. O nutricionista ajuda o indivíduo a conquistar e alcançar mudanças de hábitos que envolvem o comportamento alimentar, no sentido de melhorar essa relação com a comida e com o corpo.

Quais doenças podem ser prevenidas ou atenuadas com através do olhar nutricional? 

É importante que as pessoas busquem um nutricionista para prevenir, antes de chegar em um quadro de desordens, distúrbios e deficiências nutricionais e alimentares. Através de uma conduta nutricional assertiva, é possível prevenir doenças crônicas não transmissíveis, como diabetes, pressão alta, colesterol, problemas circulatórios, osteoporose, gastrite, problemas intestinais, ansiedade e depressão, entre outros. 

Qual a dica para quem tem dificuldades de manter uma alimentação saudável por conta da ansiedade e tensão decorrente desse período de pandemia?

É preciso que a pessoa, acima de tudo, se conheça, pois quando você se conhece e sabe os seus limites, pode evitar alguns comportamentos, como evitar comprar alguns alimentos de alta densidade nutricional ou muito calóricos, como barras de chocolates, salgadinhos e fast food.  

Uma segunda estratégia é observar o nível de fome antes de executar a próxima refeição. No momento da refeição, respirar e pensar: “Poxa, quanto de fome eu estou sentindo exatamente agora?”. É importante não ter pressa, porque mastigar devagar ajuda a melhorar essa saciedade; respirar entre as garfadas, estar atento e consciente, garfada após garfada. Só assim, você conseguirá evitar se alimentar apenas no modo automático.

Como funciona o atendimento online? 

O paciente tem a chance de mostrar todos os seus exames, medicamentos em uso, suplementos e, muitas vezes, alimentos que utiliza na rotina em casa na consulta online. É possível executar tudo o que realizamos no atendimento presencial, exceto a avaliação física, porque nós estamos distantes. Porém, isso não é um impeditivo: pode-se fazer depois ou por meio de algumas estratégias para driblar essa situação. Dá para predizer peso, percentuais de gordura, através de exames bioquímicos como triglicerídeos e colesterol. As medidas como circunferências do abdômen e da cintura podem ser verificadas em casa, se a pessoa tiver uma fita métrica, ou podem ser passadas através de uma peça de roupa. 

Autocuidado e bem-estar

Para orientar e sensibilizar as pessoas com informações sobre diversos aspectos da saúde, o Sesc Fortaleza, através do Núcleo de Educação em Saúde, realiza o projeto “Saúde começa em casa” com a participação de profissionais especialistas em temas como nutrição, saúde bucal, cuidados com a pele, fisioterapia e saúde mental. 

Consultoria Online

A Clínica de Saúde do Sesc Fortaleza oferece consultoria nutricional online com a nutricionista Thayse Guilherme de forma gratuita para os alunos matriculados em alguma atividade física na unidade. Para participar, os interessados devem ser maiores de 18 anos e fazer inscrição através deste link. As dicas diárias são transmitidas por meio das plataformas Telegram e Google Meet.

LEIA MAIS | Serviço de teleconsulta para Covid-19 atende trabalhadores do comércio gratuitamente

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.