Radar do Comércio

Aprenda uma receita de bolinho de arroz e veja dicas para não desperdiçar alimentos

Bolinho de arroz: a imagem mostra uma panela cheia de arroz branco em cima de um balcão cinza e um par de mãos brancas. A mão direita segura um dos lados da panela e a esquerda segura uma colher de pau cheia de arroz.

Para incentivar o combate ao desperdício de alimentos, o Mesa Brasil Sesc lançou um e-book de receitas. Entre os destaques, há dicas para fazer bolinho de arroz (Foto: Shutterstock)

Cascas de frutas e legumes, sementes, talos… Algumas partes dos alimentos ainda são normalmente descartadas como se não tivessem valor. E quem nunca jogou fora aquela sobra que ficou na geladeira por vários dias e ninguém comeu?

Mesmo em um cenário de crescente insegurança alimentar, o desperdício de alimentos ainda é uma realidade, e combater esse desperdício é uma das missões que o Mesa Brasil Sesc abraçou. Além de atuar ligando quem pode doar alimentos a quem precisa recebê-los, o programa de segurança alimentar e nutricional do Sesc também realiza ações para educar contra o desperdício e a favor do aproveitamento integral dos alimentos.

Para incentivar cada vez mais pessoas a adotarem essas ideias, o Mesa Brasil Sesc lançou o e-book Alimentação Sem Desperdício, com dicas e receitas. Entre as receitas apresentadas no e-book, está a de um bolinho de sobras de arroz, que você confere a seguir:

Bolinho de sobra de arroz

INGREDIENTES

2 xícaras (chá) de arroz cozido

2 ovos

¼ de xícara (chá) de farinha de trigo

¼ de xícara (chá) de queijo parmesão ralado

2 colheres (sopa) de salsinha picada grosseiramente

Sal e pimenta-do-reino moída na hora a gosto

3 xícaras (chá) de óleo para fritar

MODO DE PREPARO

Numa tigela grande, coloque o arroz, a farinha de trigo, o queijo parmesão e a salsinha. Numa tigela pequena, quebre um ovo de cada vez e junte aos outros ingredientes. Tempere com sal e pimenta a gosto e misture bem com uma colher (ou espátula de silicone) para incorporar.

Com uma colher de sopa, retire uma porção da massa e, com a ajuda de outra colher, modele formando uma bolinha e transfira para um prato.

Leve uma panela ao fogo médio com o óleo para aquecer. Assim que o óleo estiver quente, com a escumadeira (ou uma colher) transfira um bolinho de cada vez para a panela, delicadamente. Frite cerca de quatro bolinhos a cada leva, por cerca de 3 minutos, até dourarem – mexa de vez em quando com a escumadeira para a fritura ficar uniforme. 

Com a escumadeira, transfira os bolinhos fritos para uma travessa forrada com papel-toalha e repita com o restante. Sirva a seguir.

Dicas para evitar o desperdício a aproveitar os alimentos de forma integral

Muito além de um meio para economizar, aproveitar os alimentos de forma integral tem diversos benefícios. Desde consumir os nutrientes que ficam nas partes geralmente descartadas de frutas e verduras até ajudar o meio ambiente, incluir essas práticas na rotina pode fazer a diferença. Por isso, Indira Cavalcante, nutricionista do programa Mesa Brasil Sesc, deu algumas dicas de como fazer o aproveitamento integral dos alimentos:

  • Cascas de legumes, como cenoura, batata e abóbora, podem virar chips;

  • Cascas de frutas como abacaxi e manga podem ser utilizadas para fazer sucos;

  • Cascas de laranjas e limões podem ser cristalizadas e virar um doce;

  • A casca da banana pode ser mesclada à fruta na hora de fazer um bolo;

  • Sementes de abóboras podem ser torradas para se tornar um petisco, ou trituradas para fazer uma farinha que vai muito bem em cima da salada;

  • Talos de alimentos como couve e brócolis podem ser utilizados para enriquecer o arroz, o feijão ou a carne cozida;

  • O arroz cozido que sobrou pode virar um bolinho ou uma torta.

Clique aqui para baixar gratuitamente o e-book “Alimentação Sem Desperdício”.

LEIA MAIS | Alimentação saudável se torna aposta de negócios para empreendedores

Recomendado para você

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *