Sincronicidade

Um outro caminho das Índias

148 6

Caminho das ÍndiasDesde criança Sai Baba tem realizado seus milagres, desafiando as leis físicas e a razão humana. Eles vão desde materializações de objetos, frutas, óleos, livros, alimentos em pequenas ou grandes quantidades, joias, de todos os tipos. Na verdade, o que Sai Baba entende criar, ele cria, pois seus milagres fluem com extrema naturalidade. De acordo com o escritor americano John Hislop, autor do livro “Meu Baba e Eu”, que morou na Índia por muito tempo no ashram de Sai Baba e O acompanhava no dia-a-dia nas suas andanças, Sai Baba, o Avatar desta Era de Aquário, tem feito um sem número de curas milagrosas em todos os tipos de doenças, chegando até a ressuscitar pessoas da morte. Sábios, teólogos, parapsicólogos, cientistas de toda ordem, ao estudar o fenômeno Sai Baba, só chegam a uma conclusão: que o Bhagavan Sri Sathya Sai Baba é divino.

Edilson Siridó

[Siridó, Edilson. O Caminho das Índias é por aqui. Fortaleza: Premius, 2009, p. 61].

Poucas vezes na minha vida me deparei com alguém tão afeiçoado ao seu Mestre quanto o meu conterrâneo Edilson Siridó. Quanto a esse aspecto, devo dizer que tanto o admiro quanto o invejo. Quando ele fala de Sai Baba, é como se a devoção transpirasse por todos os poros. Dele se pode dizer, sem medo de incorrer em equívoco, que se entregou incondicionalmente à devoção ao Mestre. Em contrapartida, tem sido agraciado diversas vezes com as bênçãos e proteção do Mestre. E o que mais pode desejar alguém, neste vale de lágrimas em que os percalços e incertezas são tantas, do que poder contar com o amor incondicional de um Mestre que sempre responde às suas demandas nos momentos de desolação e angústia? 

Pois bem, Edilson Siridó torna público agora em livro – o que,aliás, já fizera antes em numerosos textos publicados em jornais -, sua devoção a Bhagavan Sri Sathya Sai Baba. Depois de ler O caminho das Índias é por aqui, não resta nenhuma dúvida de que a obra é uma declaração de amor e devoção ao seu Mestre, a quem, aliás, foi entregue um exemplar.

Não se pense, porém, que o autor se restrinja a falar de Sai Baba. Ao longo dos quarenta textos que compõem o livro, Edilson Siridó aborda os mais diversos assuntos, sem nunca descuidar de suas origens cristãs, aspecto este já saliente na Apresentação, quando o autor escreve: “Na minha infância, ouvi, muitas vezes, minha mãe dizer: Meu filho, quando se acaba a terra de Deus, vem a de Nossa Senhora” (p. 11). A perspectiva cristã é igualmente patenteada no texto que abre o livro, intitulado Sabedoria – A suprema joia, no qual o autor entremeia palavras de Cristo, da Bíblia e de sai Baba. Esta é uma outra peculiaridade do livro, impossível de deixar de ser notada pelo leitor: o encontro que Siridó estabelece entre os dois grandes mestres, Jesus Cristo e Sai Baba. 

Edilson Siridó, nascido em Massapê, Ceará, é advogado, engenheiro, comunicador, escritor e funcionário aposentado do Banco do Brasil. Edilson SiridóColaborou com publicações de artigos nas revistas Catatau e Factual e no jornal O Noroeste. Atualmente, mantém uma coluna no jornal A Folha, intitulada O Canto da Espiritualidade, além de ser colaborador dos jornais O Popular e Liberal.

Para concluir, deixo aos leitores um belo trecho do livro, no qual o autor discorre com propriedade sobre a devoção: “Se você prestar bem atenção verá que sua caminhada devocional começa de você para o outro e para mais outro, até atingir a todos, o universal que é Deus, o Absoluto – para a unidade cósmica, para o entendimento de que tudo é um! Diante das dificuldades de percurso não desanime, há um socorro para você; pronuncie o nome de Deus. Clame pelo Senhor que está em seu coração que Ele o segurará. A nossa devoção não deve ser abalada por nada. Ao devoto fiel, Deus não despreza. Deus é sempre presente, ajudando e amando a todos com o amor de mil mães, como diz Sai Baba. O seu amor nos livra de todos os males. Que coisa maravilhosa ser amado por Deus” (p. 123).

6 Comentários

  • antonio carneiro roberto disse:

    Caro conterrâneo Vasco:

    Venho parabenizar-lhe pela feliz ideia de publicar no seu “Sincronicidade” a matéria relativa ao livro do nosso também massapeense querido Edilson Siridó, com o qual tenho convivido e de quem tenho aprendido muitas coisas boas da vida. Que belo trabalho você faz neste espaço, levando a todos crônicas enriquecedoras e oportunidades de engrandecimento interior. Quanto ao trabalho do escritor Edilson Siridó, tenho a dizer que se trata de uma obra de elevado valor espiritual, contribuindo, assim, para uma maior visão consciencial daqueles que o leem.
    As nossas felicidades ao escritor e a você.

    Um abraço.

  • Valéria disse:

    Gostaria de adquirir o livro do Edilson Seridó, O Caminho das Indias é por aqui, editora premius, 2009. Como posso adquirir? Moro me BH e aqui não encontrei este livro.
    Desde já muito obrigada!
    Saudações, Valéria.

    • Vasco Arruda disse:

      Valéria,
      Você pode ligar diretamente para o Siridó e falar com ele, pois acho que o livro não está à venda em outros estados. Caso não consiga o contato, volte a se comunicar comigo que tentarei uma outra alternativa. Segue o telefone do Siridó: (88) 9244.4079.
      Abraço,
      Vasco

  • Amanda disse:

    Caros amigos, bom dia,
    O livro do Siridó está a venda também no Centro Sai de Fortaleza – CE na Rua Eduardo Bezerra ,1394 TAUAPE por tras da Embratel.
    Abraço,
    Amanda.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *