Ancoradouro

O Brasil não apoia o aborto de anencéfalos

52 3

O Supremo Tribunal Federal nos dias 11 e 12 de abril decretou através de votação entre 10 ministros a descriminalização do aborto de crianças como meroanencefalia, uma decisão que na verdade caberia ao legislativo decidir.

Fato é que a população brasileira é massivamente a favor da vida, logo, desfavorável à cultura de morte. Em todas as enquetes feitas em veículos de comunicação sobre o assunto, o percentual contra facultar a mulher o direito de abortar o filho foi de longe vencedor.

Na enquete feita pelo  Jornal do Brasil 69% dos internautas se disseram contra o que o STF acabou aprovando. Já na pergunta feita pelo programa Tema Quente da rede TV! que abordou o assunto, o resultado foi de 87,54% contra o aborto de anencéfalos.

Parcial

Ao tratar do assunto no programa Tema Quente a abordagem foi totalmente parcial desconfigurando o caráter de debate a que se propõe o formato do programa. Mesmo assim, venceu a opinião da imensa população provida.

Poder legislativo

A população brasileira aguarda que as casas legislativas assumam uma postura que de fato represente a opinião do povo brasileiro e formulem uma lei revogando a decisão do STF. Neste pleito os eleitores devem ficar atentos aos candidatos pro-morte e evitem elegê-los. Deve prevalecer a vida e aqueles que são sempre  favoráveis à cultura de vida.