Blog do Leão

Mais caé, impossível

443 95
Fortaleza conseguiu a proeza de colocar Oeste e Macaé na Série B

Fortaleza conseguiu a proeza de colocar Oeste e Macaé na Série B

Mais um ano se passou e a história se repete. E desta vez pior, uma morte anunciada. Não queremos aqui dar uma de engenheiro de obra acabada, mas é impossível não fazê-lo.
Vamos aos fatos.
Primeiro a camisa 1. Perdemos o clássico no estadual, um jogo que estava nas mãos até a falha do goleiro Luis Henrique. Derrota que acabou custando a perda da vantagem dos empates na final. Ali já vi torcedores imaginando e reclamando que precisaríamos dum goleiro de confiança para a vindoura Série C. Entrou Ricardo, mas continuou a desconfiança da torcida. Mas apostaram na recuperação do arqueiro, que era notória sua evolução. Falhou quando não podia.
Jogadores que poderiam ter vindo no começo da competição foram procurados na reta final e os que vieram não corresponderam. Outra obviedade.
Perdemos Edinho na hora decisiva. E daí, cara pálida? Tem reserva não? nem precisam responder, pra evitar mais stress. Lembram de 2002? mata-mata do acesso pra Série A contra o Jundiaí. Finazzi se machucou com 5 minutos de jogo. Quem era o reserva que entrou? Clodoaldo e… fez três gols. Pois é.
Não tem elenco, não sobe!

Enfim, quando se faz tudo certo, ou melhor quando se diz que fez tudo certo e tudo dá errado é porque tem marmota. O que eu sei são apenas as falhas citadas acima, mas acho que tudo isso poderia até ser superado com outras qualidades. Mas fica no ar a estranha sensação que tem mais “erros” que desconhecemos, afinal assim como na vida, no futebol também colhe-se o que planta-se. Nada acontece por acaso, nada! Todo caé tem sua explicação “técnica”.
Parece até que alguns estão sendo castigados, e está respingando em todos os 63000 pagantes, no belo mosaico, na bola que não entra aos 45, nas cadeiras do Castelão, em mim, em você…
Vamos aguardar o desenrolar dos fatos…

E pra não perder a esportiva, deixo um abraço aos amigos torcedores do Águia de Marabá. Não abandonamos vocês (ainda)! Até 2015.

 

Fortaleza 1×1 Macaé

Árbitro: Luiz Flávio de Oliveira(SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Júnior(SP) e Márcio Luiz Augusto(SP)

Gols:
Juba (M), aos 46′ do 1º tempo
Waldison (F), aos 36′ do 2º tempo

Cartões amarelos:
Tiago Cametá (F)
Douglas Assis (M)
Diego (M)

Cartões vermelhos:
Erick Flores (F)
Diego (M)
Bruno Alves(M)

Renda R$1.981.117,00
Publico pagante: 62.525 (729 não pagantes)
Público total: 63.624

FORTALEZA
Ricardo; Tiago Cametá (Hudson), Genilson, Adalberto e Fernandinho; Walfrido (Romarinho), Corrêa, Marcelinho Paraíba; Ricardo Lopes (Erick Flores), Robert e Waldison. Técnico: Marcelo Chamusca.

MACAÉ
Milton Raphael; Wallace (Thiago Pedra), Douglas Assis, Felipe Machado, Gedeil, Diego, Juba (Marco Goiano), Lucas, João Carlos (Marquinhos), Bruno Alves, Dos Santos. Técnico: Josué Teixeira.