Blog do Vozão

Os números do Vozão até aqui na temporada 2019

672 32

Os números do Vozão até aqui na temporada (Foto: Stephan Eilert/Cearasc.com)

Na última segunda-feira, 17/06, fez exatamente cinco meses da primeira vez em que o Mais Querido entrou em campo para a sua primeira partida oficial em 2019. Em meio à folga do futebol profissional, é tempo para analisarmos os números do Vozão até aqui.  

De janeiro até hoje, foram 34 partidas, sendo 14 vitórias, 10 empates e 10 derrotas. Até aqui, o Mais Querido marcou 50 gols e sofreu 30.

Quanto aos números individuais de nossos atletas, enxergamos claramente a homogeneidade do grupo alvinegro. Os números são bastante divididos, demonstrando o bom nível de todos que compõem o elenco alvinegro.

Quem mais entrou em campo, até o momento, foi o meia Chico, que atuou em 28 partidas até aqui. Em seguida, vêm Luiz Otávio e Samuel Xavier, com 27 partidas cada.

No quesito gols, o líder, até aqui, é o atacante Ricardo Bueno, com 10 gols, seguido pelo meia Chico, com cinco tentos anotados e pelo Felipe Silva, com 4 gols.

Quando se fala em assistências, o principal nome até o momento é o lateral direito Samuel Xavier. Até aqui, Samuel foi o garçom de 5 gols do Vozão. Atrás dele, vêm os meias Fernando Sobral e Felipe Silva, cada um com três assistências.

E Samuel não se destaca só nos passes que terminam em gols. Ele é, também, o cara que mais acerta passes em geral. Até aqui, o lateral acertou 1274 passes no total, é o primeiro no quesito. Em segundo neste quesito está Luiz Otávio com 1057 passes corretos e, em terceiro, Fabinho, com 992 passes completos.

No quesito roubadas de bola, o líder é o volante Fabinho com 75 desarmes corretos em 2019. Em seguida, estão Samuel Xavier e Fernando Sobral, com 58 e 52 desarmes corretos, respectivamente.

As informações acima constam no site oficial do clube que você pode conferir clicando AQUI.

A matéria publicada no site fala dos números do clube e dos jogadores na temporada até aqui. Para ilustrar ainda mais a matéria iremos acrescentar mais alguns números, no caso as conquistas, que por sinal não existiram, mas iremos relembrar para que os erros cometido com os fracassos obtidos sirvam de lição e não caiam no esquecimento.

Copa dos Campeões Cearense:

Em disputa com jogo único, o Vozão perdeu para o Ferroviário por 1×0, perdendo a taça para o time coral e obtendo seu primeiro fracasso na temporada.

Campeonato Cearense:

Depois de ser superior em tudo na fase classificatória, terminando em 1º lugar, o time sofreu para superar o Floresta nas semifinais e foi derrotado nos dois jogos da final pelo rival, amargando seu segundo fracasso na temporada.

Copa do Brasil:

Depois de avançar na competição nas duas primeiras fases eliminando o Central-PE usando da vantagem obtida por ser melhor ranqueado (jogo foi 1×1) e vencer nos pênaltis o fraquíssimo Foz do Iguaçu, depois de um 0x0 no tempo normal, o Vozão foi eliminado na 3ª fase da competição pelo Corinthians, perdendo em casa por 3×1 e vencendo em São Paulo por 1×0. A ideia era ir o mais longe possível, mas ser eliminado pelo Corinthians podemos considerar com dentro da normalidade. O que causou chateação ao torcedor foi a performance do time nos jogos contra Central e Foz do Iguaçu.

Copa do Nordeste:

Depois de fazer a melhor campanha entre todos os participantes, o Vozão ganhou a vantagem de decidir seus jogos em casa na fase de mata-mata da competição, mas uma decisão infeliz, tomada pela diretoria e treinador, em usar o time reserva na principal competição a ser disputada pelo Clube com chances de conquista nesse primeiro semestre, acabou culminando com uma eliminação vergonhosa dentro de casa, para o Náutico. Tendo sido essa o 3º fracasso obtido na temporada.

Resumindo: Em quatro competições disputadas, o saldo foi ZERO conquista.