Clube da Luta

Boxeador cearense Betto Guerreiro faz campanha para disputar o título sul-americano de boxe

Betto tem 43 anos e é natural de Monsenhor Tabosa. Foto: BRUNO BALACÓ

Vida de boxeador não é nada fácil. Betto Guerreiro que o diga. Para ingressar no seleto grupo de atletas cearenses com título nacional de boxe, ele carregou nas costas o peso de ter que organizar tudo para que a disputa pelo cinturão da categoria peso-cruzador (até 91kg) fosse realizada em sua cidade natal, Monsenhor Tabosa (a 319km de Fortaleza). O evento ocorreu em abril deste ano. E o esforço valeu a pena. Nocauteou o paulista Chicão Paraizo e se tornou campeão pela Federação Nacional de Boxe Profissional Brasileiro. Agora, ele se vê diante uma nova missão, ainda mais desafiadora: conseguir um adversário para lutar pelo título  sul-americano de sua categoria.

A campanha já começou e ele garante que disposição não falta para realizar o sonho. “O que vem dificultando é a falta de patrocínio. Porque para disputar um título desses, o desafiante precisa arcar com a taxa da Federação e a bolsa do adversário para subir no ringue. Espero que isso aconteça até o início do próximo ano, para não ficar muito tempo parado. Preciso de ajuda”, disse à coluna, em tom de apelo. Aos 43 anos, ele tem um cartel de quatro lutas profissionais com quatro vitórias, incluindo o título de campeão paulista de boxe, conquistado em 2015. Conheça mais da história de Betto Guerreiro assistindo ao vídeo da entrevista com o atleta:

CEARENSES NA ARGENTINA  

Três atletas cearenses, todos da região jaguaribana, entram em ação neste sábado (23) na 8ª edição sul-americana do World Series Of Fighting (WSOF) – Global Championship MMA, em Buenos Aires (Argentina). Mabelly Lima enfrenta a uruguaia Xiomara Piriz. Lucas Aguiar, o argentino Axel Guerra. Já Jeovanny de Oliveira encara o peruano Alex Ramos. A delegação é chefiada por Gean do Vale, líder da equipe Master Kombat.

BOXE E JUDÔ NO CFO

O CFO recebe amanhã duas competições de arte marcial: a 3ª Super Liga de Boxe e a Copa Internacional de Judô 2017. Veja os detalhes

*Reprodução da coluna Clube da Luta publicada no jornal O POVO nesta sexta-feira, dia 24 de novembro de 2017. 

Recomendado para você