Futebol do Povo

Náutico 0x2 Ceará: ninguém merecia mais um gol do que Roberto

1461 28

Depois de 255 minutos de tempo regulamentar o Ceará conseguiu fazer seu primeiro gol na Série B. E foi de Roberto, fundamental na vitória sobre o Náutico por 2 a 0 (o outro tento foi de Felipe Menezes, bonito chute de fora da área já no fim da partida), a primeira da equipe na Série B 2017, melhorando a campanha que agora é de quatro pontos somados em nove disputados.

Roberto foi o melhor em campo neste sábado. Se destacou no meio de uma partida com nível técnico muito baixo. Mais uma vez, como tinha sido contra o CRB e o Boa, não se omitiu, correu espantosamente pelo lado direito, com e sem a bola, finalizou, deu assistências, errou e acertou passes, perdeu gols até que conseguiu balançar as redes, concedendo um alívio tremendo para o time, comissão técnica e torcedores.

O Ceará foi superior ao Náutico em todos os sentidos, ainda que o Timbu tenha perdido um pênalti no primeiro tempo, quando Anselmo errou a cobrança de maneira constrangedora (sim, Everson fez a falta dentro da área, mas a impressão que eu tive, vendo pela TV, foi que Raul sofreu entrada faltosa no início da jogada, ainda no campo ofensivo alvinegro). Mas escalado de forma ofensiva e com mais qualidade por Givanildo (Pedro Ken, Elton, Magno e Roberto sabem jogar bola) o Ceará teve mais posse (54% a 46%), desarmes (24 a 14), fez menos faltas (finalmente, apenas 12 na partida toda) e finalizou mais (12 a 8) do que o adversário.

Na frente, Elton sentiu falta de ritmo, mas mostrou que pelo posicionamento e esquema tático, vai ajudar. É importante ter um jogador com suas características no elenco. Magno Alves e Wallace Pernambucano não estiveram bem. Na defesa, com exceção do lance do pênalti do Náutico, quando o time foi pego de surpresa por um contra-ataque, a atuação foi segura e organizada.

Recomendado para você