Futebol do Povo

Ceará bipolar: terceiro melhor visitante e sétimo pior mandante da Série B

475 12

A temporada 2017 tem sido diferente para o Alvinegro na Série B do Campeonato Brasileiro. Costumeiramente forte em casa e carregando dificuldades longe de seus domínios, o Ceará atualmente sustenta o terceiro melhor desempenho como visitante na competição. São 14 pontos somados em 27 disputados, aproveitamento de 51,9%, só perdendo para Londrina e América-MG, que ultrapassam a casa dos 60%.

O cenário é totalmente diverso das cinco temporadas mais recentes. Em 2012, quando disputou a Série B depois de duas temporadas na Série A, a equipe teve um aproveitamento de 35,1% dos pontos como visitante. Em 2013, baixou ainda mais: 31.6%; em 2014, 33.3%; em 2015, uma marca muito ruim de 29.8% e, no ano passado, novamente 31.6%.

Se como visitante o Ceará tem uma postura corajosa (marcou 12 gols, segundo melhor ataque) e atua de forma atenta, como mandante o time segue derrapando por diversos motivos. Entre eles: excesso de gols perdidos, instabilidade emocional e muitos espaços concedidos aos adversários. Em função disso, a equipe tem a sétima pior campanha jogando em casa. São 11 pontos ganhos em 24 disputados, aproveitamento de 45,8%. Ano passado, por exemplo, o time teve 63,2% de desempenho como mandante. Mesmo em 2015, quando ficou perto de cair, e 2012, quando se livrou do rebaixamento com 45 pontos na 31a. rodada e optou por cumprir tabela, a equipe terminou com 49,1% e 47,4% de aproveitamento, respectivamente.

Contra o Criciúma, nesta terça-feira, no Castelão, uma nova chance de começar a recuperação.

Ceará – campanha como mandante

2017 – 45.8%
2016 – 63.2%
2015 – 49.1%
2014 – 66.7%
2013 – 71.9%
2012 – 47.4%

Ceará – campanha como visitante

2017 – 51.9%
2016 – 31.6%
2015 – 29.8%
2014 – 33.3%
2013 – 31.6%
2012 – 35.1%

Recomendado para você