Política

Petição do Partido Novo contra reajuste do STF já passa de 1 milhão de assinaturas

396 1

Por Daniel Herculano

O Senado aprovou o aumento dos salários dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), e podem passar dos atuais R$ 33 mil para R$ 39 mil, com impacto de R$ 6 bilhões por ano nas contas nacionais. A petição online pede que o presidente Michel Temer vete a proposta.

A iniciativa é do Partido Novo, que, com a mobilização popular na web – já vista durante a campanha presidencial de João Amoêdo – pretende pressionar Temer a não sancionar o aumento. Na petição online, que pode ser acessada aqui, o Novo pede que “use também as hashtags #AumentoNão e #VetaTemer em todas as redes sociais e compartilhar com os amigos e familiares.”

“O aumento da remuneração é reflexo da velha política. Chega de pagar a conta da velha política. O momento é de responsabilidade fiscal”, diz o partido na descrição do abaixo assinado na web.

A meta inicial era de 50 mil participantes, mas até às 18 horas desta quinta-feira, 8, mais de 1,4 milhão de pessoas já haviam aderido ao abaixo-assinado.

Recomendado para você