Ancoradouro

Católicos Idólatras, Protestantes Zoólatras?

1419 155

Uma das mais severas críticas dos protestantes aos católicos no Brasil é que estes são idólatras. Utilizam diversos versículos bíblicos do Antigo Testamento para justificarem sua argumentação insistente e definitivamente inconsistente.

smiliguido zoolatria

A Igreja Católica do século XXI evoluiu, amadureceu, não possui mais práticas da idade medieval como por exemplo um certo exagero na veneração das imagens, coisa que ainda serve de pano de fundo para as críticas das igrejas protestantes.

Certa  vez visitei a secretaria de uma Igreja protestante, séria, antiga e lá  vi na parede, para meu espanto, uma fotografia emoldurada, de um de seus fundadores, um certo pastor. Poxa! Mas, como? Isso não seria idolatria? Usando a lógica de sua críticas aos católicos poderíamos afirmar que sim.

As imagens dos santos presentes na Igreja Católica funcionam como um ícone, algo que faz memória, remete a alguém querido e contribuiu efetivamente com o crescimento da fé, assim como aquela fotografia do pastor fundador da Igreja que visitei.

As críticas são contumazes  aos católicos neste aspecto. Ao que parece, esse é um item primordial na doutrinação dos protestantes, o que não quer dizer que seja verdadeiro.  Diante do pensamento citado levanto mais uma questão. Os protestantes seriam zoólatras?

Explico-me: nas livrarias evangélicas, há um bom tempo são vendidas uma de suas figuras mais populares, trata-se da  formiguinha mascote dessa corrente religiosa. E elas não vem apenas em material gráfico, estão na versão de escultura, ou seja, na mesma forma  dos santos católicos.

Ora, dizer a partir desta argumentação que os protestantes são zoólatras é tão ridículo quanto afirmar que os católicos são idólatras.

Recomendado para você

155 Comentários

  • Cícero disse:

    Que argumentação fraca…devia conhecer mais a questão prá poder falar algo…muitas palavras prá nada. Se há algo definitivamente inconsistente nessa situação, com certeza é o texto desse senhor aí.

  • Felipe disse:

    Ok. Quando você vir um cristão protestante fazendo uma oração ao smilinguido ou beijando a imagem de um pastor me comunique.

    Paz!

  • Ednardo disse:

    Longe dos exageros, sejam dos protestantes, sejam dos católicos, o que a Bíblia adverte, tanto no Velho Testamento quanto no Novo Testamento, é sobre a substituição de qualquer coisa ou pessoa no lugar de Deus. Estejam na declaraçao de fé ou não de uma religião, quando seus seguidores passam a fazer súplicas, honrar ou venerar a outros no lugar de Deus, isto torna-se uma idolatria.

  • Victor Gila disse:

    Vanderlúcio,
    Concordo com sua crítica quando compara uma escultura na igreja católica a uma foto de um pastor na protestante, mas o lance da formiguinha você quis ser polêmico.
    A verdade é que, como você deve saber, idolatria de qualquer tipo é condenada por Deus, mas só Ele para sondar os corações.

  • cacy disse:

    nota zero para esse comentário…….sem explicação…..

  • Gabriel Avelar disse:

    Caro Vanderlucio, não sou católico nem protestante e por isso não me proponho a defender nem atacar nenhuma religião. Mas sinceramente… você acredita nessa sua argumentação? Chega a ser engraçado que de forma tão simplista você resuma as questões de doutrina das duas maiores igrejas cristãs do mundo. Desculpe se sou grosseiro, mas sinceramente sinto que seu post não produz nada de relevante.

  • Seu Cuca disse:

    Esse Vanderlúcio é um católico enrustido.
    Quem chama os crentes de protestantes são os católicos. O restante chamam-no de Evangélicos.

  • Marcus Silva disse:

    Caro Vanderlucio,
    Li seu artigo, mas nao entendi a comparacao entre os santos e as figuras da foto do pastor emerito e o personagem chamado de Smilinguido. Ha muitas diferencas entre as igrejas reformadas e a igreja catolica romana, todavia acho que voce nao abordou a questao de uma maneira correta. Os evangelicos sao pessoas que praticam uma religiao que tem a Biblia por parametro. Apesar de haver muita distorcao em termos de doutrina por ai afora, a Biblia existe e esta acessivel a todos os que querem conhece-la. Por favor, de uma lida naquilo que a Biblia diz a respeito de veneracao de santos, e nao faca atraves do sua mensagem o que muitos tem feito: provocar desuniao e preconceito entre as diferentes crencas. O amor de Deus nos une se somos de Cristo, e Deus abomina aqueles que semeiam contendas entre os outros.
    Obrigado pela atencao.

  • Caro Vanderlúcio,

    Se quizessemos observar de maneira pontual, a principal diferença entre um crente e um católico romano, podemos apontar que o crente é um povo que tem como fundamento de sua fé em Deus, a orientação espiritual de um só livro que é a “Biblia Sagrada” enquanto que outras crenças se baseiam nas tradições, hierarquias funcionais e diversos manuais sem uma identificação com o Espirito Santo, contradizendo praticamente tudo que a Biblia, ou seja, o proprio Criador, afirma. Leia então a Biblia e depois questione-se. Jesus te ama e quer salva-lo.

    • Vanderlúcio disse:

      Caro Esdras, o objetivo do post não é fazer um silogismo teológico e sim pontuar uma crítica contumaz que se faz aos católicos e não procede.

  • nelson eulálio disse:

    Por favor, alguém poderia me informar qual o limite (em caracteres, com espaço) do comentário.

    Obrigado pela atenção,
    Nelson

    • Vanderlúcio disse:

      Caro Alexandre, o tema conheço bem e sempre ouvi falar sobre essa ácida crítica de nossos irmãos protestantes. O objetivo do blog não é doutrinar mas levantar a questão para discussão, como estamos fazendo.

  • A sua argumentação está fraca meu amigo. Na atividade argumentativa as idéias seguem uma certa sequência e coerência.

    Esse é o problema da maioria dos que defendem religião, seja ela qual for — não conseguem sustentar seu pontos de vista coerentemente.

    Por isso prefiro imaginar que você está só tirando onda da cara dos leitores… tá só brincando. Levar este artigo a sério é coisa de fanático.

    A final de contas, religião é que nem futebol e política…

    • Vanderlúcio disse:

      Maria, não leio a Bíblia para fazer contendas. Agora sobre Jesus falar da formiguinha na Bíblia é, no mínimo, hilário.., desculpe-me, mas Jesus não fala de formiguinha alguma na palavra, nem do gafanhoto, você deve ter confundido com alguma historinha.

  • Esdras disse:

    Sinceramente, nunca vi tanta pobreza de argumentos.
    Era preferível não ter escrito.
    Aparentemente o cidadão não tem o mínimo de conhecimento sobre idolatria (ou zoolatria, como queira). Os argumentos contra a idolatria são encontrados tanto no antigo como no novo testamento. Por sinal é no novo testamento onde se encontram os principais textos que condenam a idolatria.
    Com relação à foto do pastor (viagem número 1) ou à formiguinha (viagem número 2)… concordo com o Felipe. No dia que virem alguém pedindo algum milagre a eles, por favor, me avisem.

  • alexandre disse:

    Caro Vanderlucio, agente não fala daquilo que não conheçemos. estude mais os assuntos que quiser emitir sua opinião. triste seu comentário e de muito mal gosto!!!

  • maria disse:

    querido..como seu artigo está fraquinho.Se não sabe do assunto não comente.já leu na Bíblia o que é a idolatria.São pedaçõs de madeiras, gesso q o povo referencia.Diga-me se vc viu alguma imagem de gesso ou madeira na igreja protestante.Com certeza vc deve perder as contas qdo adentra em uma igreja católica.Isso sim é idolatrar.E sobre o smiliguido, é uma formiguinha, q tbm Jesus faz referência na Bíblia, qdo fala do seu trablaho diante do comodismo do gafanhoto.Ninguém fica rezando apra o smiliguido.Diferente de vcs q choram nos “pés ” de maria de gesso.Sugiro a leitura (Jr 2.11; 16.20); (1Co 8.4; cf. 10.19,20)

  • nelson eulálio disse:

    A propósito de idolatria, e concedido o devido crédito a Voltaire (“Dicionário Filosófico”), é justo supor que a própria igreja não se entende bem a esse respeito. Vejamos o que diz o filósofo iluminista:

    “A lei mosaica proibia as imagens. Os pintores e os escultores nunca tinham feito fortuna entre os judeus. Sabe-se que Jesus nunca teve quadros, exceto, talvez, o de Maria, pintado por Lucas. Mas, enfim, em lado nenhum Jesus Cristo recomenda que se adorem as imagens. Os cristãos, todavia, adoraram-nas a partir do final do século IV, quando se familiarizaram com as belas-artes. O abuso foi tal que, no século VIII, Constantino Coprônimo reuniu em Constantinopla um concílio de 320 bispos, que anatematizou o culto das imagens, considerando-o pura idolatria”.

    “A imperatriz Irene – continua Voltaire – a mesma que tempos depois mandou arrancar os olhos ao filho, convocou o segundo concílio de Nicéia, em 787: aí foi restabelecida a adoração das imagens. Pretende-se hoje em dia justificar o dito concílio, dizendo que tal adoração era um culto de dulia e não de latria. Mas quer de latria, quer de dulia, Carlos Magno, em 794, mandou celebrar, em Francfort, outro concílio, que acusou de idolatria o segundo concílio de Nicéia. O papa Adriano I enviou ali dois legados, mas não foi ele que o convocou. O primeiro grande concílio convocado por um papa foi o primeiro concílio de Latrão, em 1139; ali estiveram cerca de mil bispos; mas muito pouco obraram a não ser por anatematizar aqueles que diziam que a Igreja estava demasiado rica”, etc.

  • Esdras disse:

    Caro Vanderlúcio.
    A crítica não é feita quanto à existência de esculturas.
    Algumas são belíssimas obras de arte.
    A diferença entre O Pensador de Rodin e uma imagem de Francisco de Assis, por exemplo, é a conduta das pessoas diante delas.
    A idolatria está no render-se à imagem e manter com ela um relacionamento que deveria ser mantido somente com Jesus.
    A idolatria não se resume às imagens. Quando damos mais importância ao dinheiro, à namorada, ao trabalho ou ao futebol, em detrimento de Deus, estamos idolatrando.
    Esse é o ponto.

  • Joao disse:

    Entristece-me ver comentário tão pobre… Nunca vi evengelico(protestante) algum adorar uma formiguinha, fazer oferendas, dedicar orações e clamores, enfim, qualquer ato de fé! A idolatria praticada por muitos, vejo como uma tradição em familia, não julgo quem a faz, pois só Deus é justo e tem esse poder. Mas, realmente, discordo dessa prática, pois o único que é digno de receber a honra, a glória e todo a adoração é Jesus!

  • Eita os crente ficaram zicado…

    Os evengélicos vivem pegando no pé dos católicos por causa das imagens. E com esse texto tá todo o mundo irado.

    Galera, vão viver a sua fé, evangelizar que não temem a Deus, os que defendem o aborto, combater as drogas que matam nossos filhos…

    E deixem os católicos com suas imgens. No dia do juízo, todos nós vamos ter o que merecemos.

  • vera disse:

    espero que o Senhor Jesus tenha misericordia da sua vida, e que vc se converta. fique na paz

  • Márcio disse:

    Sabem do que lembrei agora? Da parábola do bom samaritano… Enquanto nos apressamos em nos atacar e defender, nos sentindo donos da ortodoxia (e pq não donos de Deus?), esquecemos de assistir os pobres, material e espiritualmente… Quem sabe não há um bom pai de santo que está se debruçando sobre os pobres, colocando-os em seu cavalo e levando-os à hospedaria, prometendo ainda pagar o que precisasse quando voltar…

  • HÉLIO disse:

    CONCORDO FABIANO, DEIXE OS CATOLICOS NA PAZ DELES, ASSIM COMO OS PROTESTANTES E OS ESPIRITAS, CADA UM TEM A RELIGIÃO QUE DESEJA, E SUA FORMA DE CULTUAR A DEUS…..

    SE É POR IMAGENS, DOS IDOLATRAS,… ÓTIMO!!!!!

    SE É APELOS GRITOS DE PASTORES, BISPOS, MISSIONÁRIOS, E ATE QUEM SE TITULA APOSTOLOS, E QUE AXAM QUE DEUS É SURDO……. ÓTIMO!!!!

    SE É PELO EPIRITOS QUE BAIXAM NA MESA…..ÓTIMO!

    TODAS AS RELIGIÕES LEVAM A UM SÓ DEUS, POR ISSO PAREM DE DIZER QUE ESSA É A CERTO, QUE AQUELA É ERRADA….
    DEUS NO DEU O PODER DA ESCOLHA.

    GRATO,

    HÉLIO DE DEUS

  • Gislene disse:

    Bom dia a todos!
    Admiro cada um com seus argumentos, preconceitos, criticas e até elogios, mas eu como católica apostólica romana não posso deixar de dizer que todos vocês estão errados, Deus uni seu povo mesmo disperso, a bíblia que hoje está bem acessível, já foi pergaminhos e papeis rodando pelas cidades, a igreja catolica iluminada pela ação do Espírito Santo uniu todos esses pequenos livros para que pudesse ensinar seu povo, estes livros formou a Biblia que hoje temos. Lutéro protestou alguns livros por não serem escritos na mesma linguagem que os outros achando que o Espírito Santo só poderia falar com um tipo de linguagem, acredito q ele não viu nos próprios livros que Deus mesmo foi quem dividiu as linguas…As igrejas que não comungam dos mesmos livros são denominadas filhas de Lutero e dai por diante cada qual foi aderindo o q queriam e o que ‘achavam’certo. Nós continuamos obedientes e unidos a uma só fé. Os santos para nós não são simples figura ou recordação de uma pessoa qualquer, mas sim partes do verbo que se fez carne, são pessoas que viveram intensamente uma das características de Cristo, pois só Ele pode viver sendo o próprio Deus a total santidade, Ele é o Santo dos Santos.
    Deus no antigo testamento não reprova as esculturas e sim reprova o adora-la como um deus, não adoramos esculturas e sim olhamos para ela para sermos através de seus testemunhos curados por Jesus, Deus pediu para q destruisse o bezerro de ouro q o povo estava adorando e mandou serpentes para pica-los, no entanto fez uma serpente de bronze onde todos que olhassem para ela fosse curado do próprio veneno, o ouro aqui representa a realeza porém o bronze é um material de menor valor. Só a Deus a adoração, nossa humanidade precisa de testemunhos autenticos e a igreja depois de vários estudos sobre cada pessoa e com a ajuda da ciencia para que não haja duvidas do sobrenatural e dos milagres alcançados pela intercessão de tais santos os nomeou assim. Deus abençoe a cada um de vocês e peço encarecidamente em nome do meu chefe JESUS CRISTO amai-vos uns aos outros e não chegue a uma conclusão sem primeiramente buscar saber a verdade de cada um, Deus sonda os corações e o julgamento é dele, não critico ninguém apenas mostrei-lhes a verdade e ela liberta de todo o mal, opressão, julgamento…
    Termino pedindo a intercessão de nossa Senhora a cada um de nós, ela que soube viver a obediência e ensinar que JESUS CRISTO é o Senhor.
    Doce Coração de Maria, abençoai-nos e trazei-nos Alegria.

  • Marilia disse:

    Prezados, estou surpresa com esta “matéria” publicada em um jornal do seculo XXI, como podemos ter argumentações tão fracas e nada fundamentadas com a literatura que fundamenta a nossa fé em Cristo!!Sugiro realmente que Vanderlúcio, leia a Bíblia e depois possa argumentar algo sobe idolatria , juntamente com as demais argumentações por ele realizadas!espero que todos que leiam esta “matéria”, possa refletir sobre o real sentido de vivermos o cristianismo que o Senhor Jesus nos deixou como herança, ele é Deus de paz e nao de guerra.Sei que todas estas argumentações vinheram como forma de crítica aos que Vanderlúcio generaliza como sendo os protestantes , porém ele esquece que existe algo bem mais importante que é pregado nas igrejas evangelicas ou protestantes como quer que ele chame, o amor, fé e a esperança, que têm mudado a vida de muitas pessoas, através de Jesus.Gostaria de convidá-lo a conhecer e como vivem estes que ele relata adorar formiguinhas,e sugiro uma nova materia a ser publicada aqui sobre a mudança de vida que Deus faz na vida de pessoas que o buscam. Fique na paz de Jesus!!

  • José Osmar do Nascimento. disse:

    Amigo,não avise a nenhum deles o que te pedem para ver. Mas avise a DEUS e ore, reze e peça humildemente que Deus os abençoe e perdoem seus pecados pela guerra humana que nós seres humanos estamos vivenciando.Só assim chegaremos ao nível do altíssimo.OBRIGADO A TODOS VOCÊS. José Osmar(Paracuru-CE.)

  • Walber disse:

    Muito infeliz a comparação da prática Católica de veneração (adoração?) de suas imagens com o fato de existir uma personagem evangélica como o Smilinguido. Não dá nem pra discutir, como quer o autor.
    Quanto aos outros comentários, é mais triste ainda ver quantas pessoas que se autointitulam cristãs desconhecem os fundamentos do cristianismo verdadeiro, puro e simples que há no Evangelho da Graça. Um país de proporções continentais que se diz cristão não se dá ao trabalho de sequer buscar conhecer o que as Escrituras Sagradas ensinam.
    Pergunto: De que serviram 500 anos de “catequização”?

  • Ridiculo disse:

    “EU SOU O CAMINHO A VERDADE E A VIDA, NINGUEM VEM AO PAI A NÃO SER POR MIM.” NÃO ADIANTA APELAR PRA BARRO, JESUS É O SALVADOR.

    CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARÁ.

    SÓ AMAMOS E ADORAMOS JESUS E DEUS E O ESPIRIOT SANTO, APENAS E NÃO HÁ OUTRO SALVADOR.

    PARA PROVAR LEIAM O SALMO 115.

  • Tobias disse:

    Vamos lá…
    O maior problema do protestantismo é a ignorância! são ignorantes até em relação à sua própria história, por isso têm tantas divisões e sub-divisões e sub-sub-divisões. Como o comentário de um senhor acima, que diz quem chama protestante de protestante são os católicos. Amigo, estude um pouco de história. Já ouviu falar no Protesto de Lutero? Já ouviu falar de Lutero? Calvino?

    Outro problema é esse fundamentalismo prático! O disco não muda! “Os católicos são idólatras”.. “Na ´briba´diz…” Meus caros irmãos protestantes (assim vocês são chamados, pois assim nasceram, essa coisa de ´evangélico´é coisa de pentecostal americano), católicos não são idólatras, pois há uma diferença gigantesta em relação à veneração prestada aos santos e à adoração que é devida somente a Deus. Sobre as imagens, vou lhes explicar o que é uma idolatria: ídolo é a imagem em si, não o que ela representa. Se um católico fosse adorador de uma determinada imagem, poriam sua crença, sua confiança exatamente naquela imagem. Imagine o ciúme que rolaria entre os deuses não é mesmo? Já que ao entrar em uma igreja católica, vemos várias imagens distintas. E se uma dessas imagens de gesso se quebrasse?! Pronto, morreu um dos nossos deuses!! Estamos perdidos!!!

    Vocês já sabem, mas não custa repetir (já nos acostumamos!): a imagem tem o mesmo valor de uma foto, é uma embrança, algo visual que nos faz olharmos para uma realidade eterna. Lembra da arca da aliança? Lembra dos querubins de bronze? Vocês que gostam tanto do Antigo testamento poderiam relê-lo melhor.

    Querem ser fundamentalista? Medite sobre esse versículo Bíblico: “Tu é Pedro, sobre ti edificarei a minha Igreja”. Posso estar delirando, mas acho que Jesus falou isso para o primeiro Papa!

  • rachel disse:

    Porque vcs não vão confessar e deixem de discussão, se os protestantes de lutero não querem ver a verdade deixem eles fazer o q bem entendem, de cada igreja q eles abrem dividem em 3 porque alguém não concorda com algo.
    Vão rezar povo, eu sei de uma coisa só o inimigo causa divisão, vai sirva a quem vcs quiserem eu sirvo a Deus, e rezo pela conversão de vcs. A paz…

  • CESAR MAIA disse:

    SÓ JESUS CRISTO SALVA !!!

  • LÁZARO disse:

    “Eu sou o caminho,a verdade e a vida,ninguém,vem ao PAI,senão por mim”.A questão aqui não é IGREJA CATÓLICA OU IGREJAS PROTESTANTES,pois,nenhuma dela salva ninguém e só,somente,só NOSSO SENHOR JESUS CRISTO!!!!!

  • Christine disse:

    Por favor,poupe-nos de argumnetos sem dicerdimnento biblíco,por acaso você viu alguém prostrado diante da formiga? ou da foto?,saiba a diferença em crer que aquela pessoa existiu e foi instrumento usado por Deus para levar a sua palavra e só ,outra situação é aquela pessoa ter algum poder e adorá-la,se a biblia diz que somente Deus é poderoso para fazer maravilhas leia mais a biblia irmao

  • rachel disse:

    Christiane da uma lida na resposta da Gislene, talvez esclarecerá um pouco a sua lorice.

    • Vanderlúcio disse:

      Seu comentário me lembra o de um grupo existente no tempo de Jesus,os fariseus, que exasperava todos relegando-os à condenação eterna por se acharem a salvo por conta de seu conhecimento a cerca da Palavra. E o que você chama de conhecer a Bíblia? Aliás esta Bíblia que alguns protestantes arvoram-se em dizer conhecê-la tão bem foi organizada pela TERRÍVEL igreja dos idólatras. Se esta Igreja não tivesse sido fiel à voz de seu fundador e seus sucessores vocês não teriam a EBD, por exemplo.

  • Ateu, graças a deus disse:

    Essa foi a coisa mais idiota que já li na minha vida. Não católico e mto menos protestante, mas querer dizer que a igreja católica evoluiu, que nao sao idolatras é demais. Católicos sao capazes de chorar diante de um boneco de gesso, sao capazes de sair da missa e ir direto para a bagaceira. Católicos, aquele(s) que fizeram a excomunhão dos médicos e etc, mas e aí, excomunga a mae, mas e o estuprador? A igreja nao excomunga estupradores e isso é evolução da igreja? O vaticano nunca tomou posição qnto a isso, a nao ser trocar os padres de paróquia e mudar seu domicilio pq padres estupraram e mto nos EUA e o vaticano nada fez. A igreja católica é autoritária assim como evangélicos e religião é uma imposição ridícula onde tudo se justifica por “deus”. Tudo é culpa de deus que com sua varinha de condão que faz td acontecer. Pega a varinha e diz: agora vou criar o homem, agora a mulher… parece jogo de video game, onde se controla td. Quando for escrever, reveja seus conceitos e faça um esforço no sentido de que seja algo realmente produtivo.

  • Tobias disse:

    Meu Deus!!Por favor, leia o comentário da MAria!! Querida, onde é essa passagem que Jesus fala da formiguinha? Deve ser no evangelho segundo o pastor da Igreja da carochinha ne! Você participa dela? Outra coisa, não é “referencia”, é reverência.
    Ah,você tem mãe não é? Gosta dela? Pronto, acho que Jesus gostava da dele também, ou você acha que ele nasceu da formiguinha e do garfanhoto?

  • Beto disse:

    DIFERENÇA ENTRE UMA FOTO E UMA IMAGEM

    Algumas pessoas tentam justificar a idolatria ou pelo menos amenizá-la, afirmando que conduzir um retrato de “um santo” é a mesma coisa de portar um retrato de um parente. Isto de fato não é a mesma coisa. Vejamos: a) O retrato de “um santo”, seja ele qual for, é um símbolo religioso, possui uma conotação totalmente religiosa, as pessoas as carregam para atrair suas bênçãos, sua proteção, etc. b) A condução de uma imagem de “um santo”, seja na carteira, na bolsa, numa jóia, num adesivo, denuncia que aquele que o(a) conduz é devoto daquele “santo(a)”, e que a ele dirige suas preces, sua veneração; c) Venerar (termo recentemente adotado pela Igreja Católica Romana)é sinônimo de adorar. Logo quando alguém diz que venera um(a) santo(a) está afirmando que adora e isto é pecado, pois o Senhor Jesus afirmou que só devemos adorar a DEUS; d) Quando você conduz um retrato de um parente, esteja ele vivo ou não, é diferente porque não possui nenhum simbolismo religioso envolvido, nunca vi alguém rezando pedindo algum favor divino para seu pai ou sua mãe, ou seu tio(a) que morreu, como também nunca vi alguém venerando seu parente que já morreu. Então afirmar que é a mesma coisa não é verdade.
    A idolatria é um pecado totalmente condenável na Bíblia. Deus o chama de pecado de postitui-ção. Logo quando alguém pratica idolatria está se prostituindo espiritualmente.

    Deus salve o Brasil.

  • Saulo disse:

    Prezados, irmãos cristãos, católicos ou não-católicos, a paz do senhor.
    Eis que vos dou um novo mandamento,disse Jesus:
    ¨Amaivos uns aos outros assim como eu vos amei¨
    Portanto caríssimos, deixemos de lado essa polêmica desnecessária e louvemos o nosso Senhor Jesus, só ele é santo. Ele quer nossa união para melhorar esse mundo, junto ao seu Divino Espirito Santo e assim combateremos o mal que tenta destruir nossas famílias; não vamos deixar esse mal nos atingir também, ele tenta nos colocar uns contra os outros, lembremo-nos somos irmãos em Cristo e nenhum mal prevalecerá contra nós, amém. Eu amo católicos e protestantes.

  • Nazareno disse:

    Tobias, leia Provérbios 30.24-28, onde a bíblia
    fala sobre a formiga e o gafanhoto.

    Não menospreze a fé do seu próximo.

    Jesus te ama!

  • Adriano disse:

    Li algus comentários de pessoas católicas ai em cima como tambem a matéria do Vanderlúcio, por sinal tambem católico ( dá pra notar pela sua falta de conhecimento bíblico), lembrei me de Jesus quando interrogado pelo um grupo de reliosos tradicionalistas (muito semelhante aos da religião cátolica), a respeito da vida eterna e Jesus depois de respondê-los afirma; “o homem erra por falta de conhecimento da Palavra de Deus”.Quanta babozeira e quantos argumentos humanos e eréticos pra tentar explicar o que a Bìblia nos mostra de forma tão clara leiam Isaías ;46, se vocês são idolátras e não admitem não venham querer colocar nós no mesmo patamar que vocês, Jesus disse eu sou o CAMINHO a VERDADE e VIDA NINGUÉM(inclua se de Adão passando por Moisés,Maria,Pedro,Cícero do Juazeiro, Francisco do Canindé)vem ao PAI á não ser por Mim.Quanto ao comentário do Tobias onde foi que ele viu ou ouviu os crentes dizer que Jesus tinha raiva de Maria? Jesus com certeza amou sua mãe como ama a nós todos,eu só não encontrei na Bíblia foi Jesus pedindo ou mandando algém carregar em procissões e se prostar e adorar um pedaço de gesso ou madeira que dizem ser a imagem de Maria.” Há um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo Homem” 1 timóteo 2;5.

  • Daniel Glauber disse:

    Sabendo o autor da postagem que a idolatria não se resume a fotos (ou congêneres), mas a fatos, fato que tem nome e direito, o direito canônico católico romano.

    Ao expor a idolatria em conceito tão simplista, conhecendo todo o embasamento jurídico canônico que há por trás da idolatria, o autor da postagem revela a má fé de suas palavras na postagem e como a boca fala do que está cheio o coração, revelou em sua postagem a tremenda má fé de seu caráter.

    Tal malfazejo da fé não deveria postar a respeito dela.

    Só para dar um exemplo de fatos, abordemos São Jorge de Lida.

    Por decreto jurídico canôninco católico romano, São Jorge foi reduzido pelo Papa Paulo VI (que eu conheci) a santo de 3a. categoria em adoração.

    Portanto se pretender continuar escrevendo sobre questões de fé seja honesto, pois caso continue contumazmente malfazejando a fé não será digno de utilizar um espaço tão nobre ligado a um jornal sério que não é dado a estimular richas entre credos religosos. Estou enviando uma cópia de meu comentário a ombudsman.

  • Victor Leão disse:

    Eu cresci na doutrina espírita e desde cedo me ensinaram a respeitar todas as religiões, e é o que sempre fiz, mas os evangélicos fazem questão de denegrir a imagem das outras religiões com dados não factuais. Bom, quem não respeita os outros não pode exigir respeito, isso todos sabem.

    Ótimo texto!

  • Ricardo disse:

    Boa Vanderlucio…descobriu sua verdadeira vocação: humor. É para você está dando boas risadas com essa polêmica toda…daqui a pouco vem outra, aguardem. A Márcia (criadora da formiguinha) não merece. Agora para acabar com essa guerra santa cearense é só chamar o Munguba Jr. Hahahahahaha

  • nelson eulálio disse:

    Por que (não) sou cristão

    Alguns conhecidos meus, que se dizem cristãos, têm-me como uma antítese daquilo que se julgam ser. Faço deste texto a minha defesa nesse verdadeiro auto-de-fé a que me vejo submetido cotidianamente. Em primeiro lugar, não sou “cristão” por que Jesus Cristo não criou nenhuma Igreja, nenhuma religião – apenas reformou a sua velha religião, o judaísmo. A prova disso Ele mesmo dá: “Não penseis que vim revogar a Lei [Mosaica] os Profetas [Do Antigo Testamento]. Não vim revogá-la, mas completá-la” (Mateus 5, 17). E continua: “Porque em verdade vos digo: Até que passem o Céu e a Terra não passará um só jota ou um só ápice da Lei, sem que tudo se cumpra” (Mateus 5, 18). E alerta: “Portanto, se alguém violar um destes pequenos preceitos, e ensinar assim aos homens, será o menor no reino dos Céus. Mas aquele que os praticar e ensinar será grande no reino dos Céus. Porque Eu vos digo: se a vossa virtude não superar a dos escribas e fariseus não entrareis no reino dos Céus” (Mateus 5, 19-20). Em segundo lugar e definitivamente, não sou “cristão” porque a palavra “cristão” remete na verdade a uma religião fundada por Paulo de Tarso – décadas depois da morte do Cristo – e, assim, é mais adequado falar em “paulinismo”. Isso tudo sem falar nas palavras do Mestre Jesus, claras e cristalinas como a água da fonte, segundo as quais: “a salvação vem dos judeus” (João 4, 22).

    Eu não ando em igrejas e minhas orações eu as faço – quando e se as faço – sozinho, no silêncio do meu quarto. 2) Certa vez, recusei um convite para participar de uma comitiva que iria entregar donativos aos chamados flagelados, ao tomar conhecimento de que iriam levar câmeras fotográficas e filmadoras para registrar o “evento” (propaganda institucional?). 3) Evito dar esmolas (em público) e dizem que é porque sou “comunista” (quando querem dizer, ateu) e “comunista” não dá esmolas – quando, na verdade, apenas não quero parecer soberbo. 4) Não jejuo na Semana Santa, pois não acho que se deva glorificar a morte, mas saúdo o Ressuscitado – a vida indestrutível, “zoé” como dizem os gregos – com uma dionisíaca taça de vinho. 5) Não tenho ânsias pelo vil metal e considero muito bom o salário que recebo, conquistado democraticamente por meio de concurso público de âmbito nacional e sem prejudicar ninguém. 6) Sempre que posso empresto “algum” a conhecidos mais “precisados” pelo que sou severamente admoestado, porquanto, dizem-me, estaria apenas reforçando práticas irresponsáveis, perdulárias – essas coisas.

    Preocupado, procurei saber quais teológicas penas me esperariam no Juízo Final e encontrei o seguinte, dito justamente por Jesus, o Cristo: “Dá a quem te pede, e não voltes as costas a quem te pedir emprestado” (Mateus 5, 42). Já mais aliviado continuei minhas pesquisas e, lembrando-me da comitiva de doação aos flagelados, li também o seguinte: “Guardai-vos de fazer as vossas boas obras diante dos homens, para vos tornardes notados por eles. De contrário, não tereis nenhuma recompensa de vosso Pai que está nos Céus” (Mateus 6, 1). Aliviado, e já sentindo o arrefecer das chamas do Juízo, continuei a leitura e aprendi: “Quando, pois, deres esmola, não permitas que toquem a trombeta diante de ti, como fazem os hipócritas nas sinagogas e nas ruas, a fim de serem louvados pelos homens. Quando deres esmola, que a tua mão esquerda não saiba o que fez a direita, a fim de que a tua esmola permaneça em segredo” (Mateus 6, 2-4). Sentindo-me limpo de faltas, li, então, as seguintes palavras: “Quando orardes, não sejais como os hipócritas, que gostam de rezar, de pé, nas sinagogas, e nos cantos das ruas, para serem vistos pelos homens. Tu, quando orares, entra no teu quarto, e, fechada a porta, reza em segredo a teu Pai, pois Ele, que vê o oculto, recompensar-te-á. Nas vossas orações não sejais como os gentios, que usam de vãs repetições, porque pensam que, por muito falarem, serão atendidos. Não façais como eles, porque o Pai celeste sabe do que necessitais antes de vós Lho pedirdes” (Mateus 6, 5-7). Tomado de uma boa sensação de não arrependimento, isto é, de não precisar de arrependimento, continuei minha leitura pensado nos semblantes deprimidos, acabrunhados, sofridos, que os padres de minha infância e adolescência me ensinavam ser o correto para o jejum: “E, quando jejuardes, não mostreis um ar sombrio, como os hipócritas que desfiguram o rosto para que os outros vejam que jejuam. Tu, porém, quando jejuares, perfuma a cabeça e lava o rosto, para que o teu jejum não seja conhecido dos homens, mas de teu Pai que está presente no oculto” (Mateus 6, 16-18).

    Eu já não cabia em mim de tanto contentamento quando vi à minha frente, à altura de meus olhos, o luminoso habeas corpus do meu enorme crime capitalista de privilegiar o ser em detrimento do ter: “Não acumuleis tesouros na terra, onde a ferrugem e a traça os corroem e os ladrões arrombam os muros, a fim de os roubar. Acumulai tesouros no Céu, onde nem a traça nem a ferrugem os corroem, nem os ladrões arrombam os muros, a fim de os roubar. Pois onde estiver o teu tesouro, aí estará também o teu coração. Ninguém pode servir a dois senhores, porque, ou há-de odiar um e amar o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e às riquezas”. (Mateus 6, 19-24). Exultante, descobri, nas palavras seguintes, que alguns psicanalistas estavam errados ao rotular minha renuncia ao julgamento dos outros como “repressão patológica da agressividade”, ou “falsa modéstia”: “Não julgueis para não serdes julgados, pois, conforme o juízo com que julgardes, assim sereis julgados; e, com a medida com que medirdes, assim sereis medidos. Porque reparas no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e então verás para tirar o argueiro do olho do teu irmão” (Mateus 7, 1-5). Serenadas minhas preocupações e elevado ao sublime estado de não arrependimento, concluí minha leitura pacificadora: “Portanto, o que quiserdes que vos façam os homens, fazei-o também a eles, porque esta é a Lei e os Profetas” (Mateus 7, 12). Portanto, meu irmão, sem querer tripudiar, mas apenas por um elementar e legítimo direito de defesa, eu pergunto: quem segue mais os ensinamentos d’Ele, eu (que tu dizes ateu) ou tu que te dizes cristão? Sinceramente, acho que Jesus não vai se decepcionar comigo no dia do Juízo Final. Tu, sinceramente, podes dizer o mesmo?

    (Nelson Castelo Branco Eulálio Filho é mestre em Filosofia Política pela Universidade Federal do Ceará – UFC)

  • George Hércules disse:

    Ouço muitos leitores da Biblia dizendo:Leio e não consigo entender os textos sagrados.Creio que as “cousas do Espirito de Deus não se pode conpreender naturalmente porque elas se discernem espiritualmente”(Romanos 2:14). Para tais pessoas, as cousas de Deus são loucura, chegando ao ponto de não aceitarem a proibição do Senhor em Exodo 20:3-4. A cegueira de não querer ver a verdade é provocada pelo deus deste seculo.(2Corintios 4:4).Orei agora mesmo pelo Vanderlúcio para que Deus lhe conceda a graça de conhecer a Verdade.

  • José Alves disse:

    Nelson, Voçê escreve muito bem,seus pensamentos são muito filosoficos, mas sinto muito em dizer que segundo para afirmarmos pensamentos que apóiam dogmas precisamos de bases que comprovam esses penssamentos, convenhamos, os fatos historicos estão aí para comprova o que as escrituras sagradas afirmam, sinto te dizer tambem que não é anos e anos em uma faculdade que vai proporcionar a uma pessoa o potencial de contestar fatos historicos que a propria historia confirma, é como diz o filosofo; ” Há mais coisas entre o céu e a terra doque a nossa vam filosofia possa imaginar. Póis é, eu acho que voçê esquesseu de lembrar que um dos princípios fundamentais da filosofia é TENTAR EXPLICAR E COMPREENDER e não AFIRMAR, é como O senhor jesus disse a Nicodemos; és mestre e aida não entendeu…………

  • rachel disse:

    Sim o judaísmo que não aceita Jesus como o próprio Deus, e que Jesus precisou de apóstolos para levar a frente sua vida, o evangelho…

  • gabriel disse:

    Pronto acabaram? Pense num pessoal pra pegar corda!!!Imaginem só se os argumentos fossem consistentes. A melhor religião é a que melhor lhe faz o bem. Certamente Deus está lá no céu olhando seu povo nessa confussão danada…Amém!Glória!

  • Bruno disse:

    Assunto interessante!!! Os protestantes se morderam e estão iguais abelhas enfurecidas para pegar o autor do texto. A formiguinha corta folha e carrega…

  • Natan Oliveira disse:

    Essa página é imbecil do início do post até os comentários…

    Eu acho que o Vanderlúcio nem sabe o que é idolatria…mas alguns evangélicos não sabem nem defender seus pontos de vista…

    Quanto à comparação de um personagem de um caderno (com o argumento de ensinar as crianças transformaram o tal “Smilinguido” numa espécie de Hello Kitty…) com o que tem bem ali na 13 de Maio em frente à Igreja… e feito com dinheiro PÚBLICO (de católicos, evangélicos, espíritas e ateus… e o meu…)

    Agora eu entendo pq tem gente q sai da Igreja e vai procurar DEUS (q é quem importa…) cada um do seu jeito…

  • nelson eulálio disse:

    CONCÍLIOS

    (Do “Diconário Filosófico”, de Voltaire)

    “Todos os concílios são infalíveis, sem dúvida: e a razão é porque são constituídos por homens. É impossível que reinem nessas assembléias as paixões, as intrigas, o espírito de luta, o ódio, o crime, os preconceitos, a ignorância.

    Mas então, perguntar-se-á, qual o motivo por que tantos concílios se fizeram por oposição a outros? Foi para experimentar a nossa fé; todos estavam na razão, cada qual na respectiva época.

    Entre os católicos romanos, presentemente, só se faz fé nos concílios aprovados no Vaticano; e entre os católicos gregos só se acredita nos aprovados em Constantinopla. Os protestantes troçam duns e dos outros; deste modo, toda a gente fica contente.

    Aqui apenas falaremos dos grandes concílios: dos pequenos não vale a pena.

    O primeiro concílio foi o de Nicéia. Celebrou-se no ano de 325 da era vulgar, após Constantino ter escrito e enviado por Ózio, ao clero um tanto turbulento de Alexandria, esta bela carta: “Disputais por causa de um assunto muito insignificante. Tais sutilezas são indignas de pessoas sensatas”. O assunto era este: tratava-se de saber se Jesus era criado ou incriado. Isso em nada feria a moral, que é o essencial. Que Jesus tenha sido no tempo ou antes do tempo, lá por isso não foi menos um homem de bem. Depois de muitas altercações, ficou finalmente decidido que o Filho era tão antigo como o Pai, e consubstancial com o Pai. Esta decisão não se entende lá muito bem; mas não deixa de ser sublime e mais sublime ainda por não se perceber. Dezessete bispos protestaram contra a sentença e uma antiga crônica de Alexandria, que se conserva em Oxford, diz que dois mil padres protestaram também; mas os prelados não fazem geralmente grande caso dos simples padres, que são quase todos pelintras. Seja como for, neste primeiro concílio nem por sombras se debateu o problema da Trindade. A fórmula ali consagrada reza assim: “Cremos em Jesus consubstancial ao Pai, Deus de Deus, luz de luz, engendrado e não feito; cremos também no Espírito Santo”. O Espírito Santo, força é confessá-lo, foi ali tratado de modo muito inconveniente, grosseiramente quase.

    Está escrito no suplemento do concílio de Nicéia que os padres, vendo-se muito embaraçados para saber quais eram os livros autênticos e os apócrifos do Antigo e do Novo Testamento, colocaram-nos baralhados numa grande barafunda em cima de um altar; e os livros que deviam ser rejeitados foram os que caíram no chão. É forte pena que uma tão bela receita esteja atualmente em desuso.

    Depois do primeiro concílio de Nicéia, constituído por 317 bispos infalíveis, efetuou-se outro em Rimini; e o número de bispos infalíveis dessa vez ascendeu a quatrocentos, sem já contar um grande destacamento em Selêucia, de cerca de duzentos mais. Esta bispalhada toda, após quatro meses de zaragatas e comezainas, arrebatou unanimemente a Jesus sua consubstancialidade. Foi-lhe, porém, restituída pouco depois, exceto entre os socinianos; assim tudo acabou bem.

    Um dos grandes concílios foi o de Éfeso, em 431; Nestório, bispo de Constantinopla, terrível perseguidor de heréticos, foi então ali mesmo condenado como herético, por ter sustentado que em verdade Jesus era bem Deus, mas que sua mãe em absoluto não era mãe de Deus. Foi São Cirilo que fez condenar Nestório; mas os partidários de Nestório igualmente fizeram destituir São Cirilo no referido concílio: o que deixou muito atrapalhado o Espírito Santo.

    Aqui chegados, leitor, repara muito atentamente em que o Evangelho nunca diz uma só palavra da consubstancialidade do Verbo, nem da honra que teria tido Maria em ser a mãe de Deus, e igual coisa sucede com outra data de bagatelas teológicas, que fizeram reunir concílios infalíveis.

    Eutichés era um monge que tinha protestado muito contra Nestório, cuja heresia era tão pequena ou tão grande, de um quilate tal, que não queria nada menos que supor duas pessoas em Jesus: o que é tremendo. O frade, para melhor contradizer o antagonista, garante que Jesus só tinha uma natureza. Um certo Flaviano, bispo de Constantinopla, assegura-lhe que era absolutamente necessário que houvesse duas naturezas em Jesus. Reúne-se um concílio numeroso em Éfeso, no ano de 449; este foi dirimido com muita pancadaria à mistura de valentes paulitadas duma banda e doutra, tal como aconteceu no pequeno concílio de Cirte, em 355, e em certa conferência realizada em Cartago. A natureza de Flaviano ficou moída e remoída de tanta traulitada que apanhou e a Jesus foram fixadas duas naturezas. No concílio de Calcedônia, em 451, Jesus tornou a ficar reduzido a uma só natureza.

    Dou um salto sobre concílios que apenas se ocuparam de minudências, e faço alto no sexto concílio geral de Constantinopla, celebrado para saber ao certo se Jesus, tendo uma só natureza, não teria duas vontades. Percebe-se o quanto isso era importante para dar graças a Deus.

    Este concílio foi convocado por Constantino, o Barbudo, como todos os outros tinham sido, também, pelos precedentes imperadores; os legados do bispo de Roma ficaram à esquerda; os patriarcas de Constantinopla e de Antioquia ficaram à direita. Não sei se os caudatários de Roma achavam que a esquerda é o lugar de honra. Em qualquer caso, dessa vez Jesus obteve as duas vontades.

    A lei mosaica proibia as imagens. Os pintores e os escultores nunca tinham feito fortuna entre os judeus. Sabe-se que Jesus nunca teve quadros, exceto, talvez, o de Maria, pintado por Lucas. Mas, enfim, em lado nenhum Jesus Cristo recomenda que se adorem as imagens. Os cristãos, todavia, adoraram-nas a partir do final do século IV, quando se familiarizaram com as belas-artes. O abuso foi tal que, no século VIII, Constantino Coprônimo reuniu em Constantinopla um concílio de 320 bispos, que anatematizou o culto das imagens, considerando-o pura idolatria.

    A imperatriz Irene, a mesma que tempos depois mandou arrancar os olhos ao filho, convocou o segundo concílio de Nicéia, em 787: aí foi restabelecida a adoração das imagens. Pretende-se hoje em dia justificar o dito concílio, dizendo que tal adoração era um culto de dulia e não de latria

    Mas quer de latria, quer de dulia, Carlos Magno, em 794, mandou celebrar, em Francfort, outro concílio, que acusou de idolatria o segundo concílio de Nicéia. O papa Adriano I enviou ali dois legados, mas não foi ele que o convocou.

    O primeiro grande concílio convocado por um papa foi o primeiro concílio de Latrão, em 1139; ali estiveram cerca de mil bispos; mas muito pouco obraram, a não ser por anatematizar aqueles que diziam que a Igreja estava demasiado rica.

    Noutro concílio de Latrão, em 1179, promovido pelo papa Alexandre III, pela primeira vez os cardeais tiveram predomínio sobre os bispos; apenas se versaram ali problemas de disciplina eclesiástica.

    Outro grande concílio em Latrão, no ano de 1215. O papa Inocêncio III despojou o conde de Tolosa de todos os bens, em virtude da excomunhão com que o fulminou. Foi este o primeiro concílio em que se falou em transubstanciação.

    Em 1245, concílio geral de Lião, ao tempo cidade imperial, no qual o papa Inocêncio IV excomungou o imperador Frederico II, depondo-o por conseguinte, e proibiu-lhe o fogo e a água: foi também neste concílio que deram aos cardeais um chapéu vermelho, para os ajudar a lembrar-se de que deviam tomar banho no sangue dos partidários do imperador deposto. Este concílio deu azo à destruição da Casa de Suábia e provocou 30 anos de anarquia na Itália e na Alemanha.

    Concílio geral em Viena, no Delfinado, em 1311, onde foi abolida a ordem dos Templários, cujos principais membros tinham sido condenados aos suplícios mais horríveis, com base em acusações que nunca foram provadas.

    Em 1414 houve o grande concílio de Constança, onde se contentaram em destituir o papa João XXIII, reconhecido réu culpado de mil crimes, e onde queimaram João Huss e Jerônimo de Praga, por serem heréticos contumazes, e atendendo a que a contumácia é um delito muito mais grave que o assassinato, o rapto, a simonia e a sodomia.

    Em 1431, o grande concílio de Basiléia, não reconhecido nem acatado por Roma, porque ali depuseram o papa Eugênio IV, que não quis nem se deixou depor.

    Os romanos consideram como concílio geral o quinto concílio de Latrão, em 1512, convocado contra Luís XII, rei de França, pelo papa Júlio II; mas este belicoso papa deixou-se morrer, e o concílio desfez-se em vento.

    Finalmente, temos o grande concílio de Trento, que não foi acatado em França no que respeita à disciplina: mas quanto ao dogma era incontestável, pois o Espírito Santo ia todas as semanas de Roma a Trento, na mala do correio, a crermos no que diz fra Paolo Sarpi; mas fra Paolo Sarpi tresandava um tanto a heresia”.

  • Neto disse:

    Caro colega, você está muito fraco para essa sua conclusão.
    Para lhe ser franco. eu nunca vir um Protestante ou evangelicos ficar de joelho, horas e mais horas , na frente de uma imagem ou fotografias ou uma formica, seja lá o que for. desculpe amigo. mas desculpe mesmo.

  • Sou de Jesus disse:

    Irmão, Fizeram uma pergunta ao Vanderlúcio.
    DONDE VENS VANDERLÚCIO?
    Ele respondeu:
    De rodear a terra, e passear por ela.

    Então vocês Já sabem de quem se trata não é?

  • Victor Leão disse:

    Eu só digo mais uma coisa: a verdade não se ensina, só se aprende sozinho, então deixem de tentar convencer os outros, não vale a pena. 😉

  • LEIGOS disse:

    A CONSTANTANTE INFANTILIZAÇÃO DOS LEIGOS NO CATOLICISMO ROMANO.É NISSO QUE DÁ PRIVAR AOS FIÉIS DE UM ENSINO BÍBLICO. AOS CATÓLICOS ROMANOS SUGIRO: LEIAM O CATECISMO CATOLÓLICO MAIS RECENTE, COMPAREM SEUS ENSINOS COM A TEOLOGIA BÍBLICA.VERIFICARÃO QUE AS ABERRAÇÕES DOS ENSINOS DO ROMANISMO QUE ALCANÇARAM SEU ÁPICE DA IDADE MEDIA, AINDA CONSTINUAM LÁ PRA QUEM QUEIRA USUFRUIR, PAGANDO É CLARO UMA PEQUENA BAGATELA AOS COFRES DE RATZINGER!

    “EXAMINA, POIS, SE A LUZ QUE HÁ EM TI NÃO É TREVAS” RECOMENDA AOS DISCÍPULOS O CRISTO EM LC.11:35.

  • Caio Gomes disse:

    Senhores, no antigo testamento, a Biblia condenou o culto às imagens por que as imagens não eram as de Deus, ninguem viu Deus antes de Cristo. Glorificar Cristo e enaltecer a imagem da Mulher escolhida por Deus como mãe do Salvador através de suas imagens agrada a Deus profundamente.
    Em relação a Catolicos e Evangelicos, respeitemo-nos uns aos outros como principio básico do amor de Deus.
    Deus estará contigo em qualquer lugar que tu estejas, independente da Igreja.
    A NINGUEM FOI DADO O PODER OU PERMISSÃO DE DESTRUIR E DIFAMAR O NOME OU REPUTAÇÃO DA IGREJA FUNDADA POR JESUS CRISTO.
    Ao contrário, os seguidores de Cristo têm obrigação de manter e restaurar a Igreja dele.

  • Ciro disse:

    Que argumentação ridícula! Querer comparar aquela formiguinha com uma IMAGEM DE IDOLATRIA… Então quer dizer que ter a foto do fundador da igreja é idolatria, então os ministros de Estado idolatram o presidente, pois eles têm uma foto bem grande em seu gabinete; assim como os secretários dos Estados idolatram seus governadores…
    Fraquíssimo esse argumento e mais fraco ainda esse PSEUDOJORNALISTA!

  • Adilson Jose Alves de Oliveira disse:

    NO ESPIRITISMO,o ídolo é Jesus Cristo, “guia e modelo da humanidade”. Não condena a prática religiosa, mas comprova ser desnecessário certas práticas, em desacordo com a prática cristã ensinada por Jesus: “Amar a Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como a sí mesmo”. Tambem que a caridade é a ‘única ação que salva’; que a fé raciocinada está embasada no principio do “caminho, a verdade e a vida” que Jesus anunciou. Allan Kardec foi o instrumento de codificação de todos os ensinos dos Espíritos enviados por Jesus, para que seus ensinamentos fossem revividos com fidelidade, ou seja, sem adulteração. E como ele mesmo preconizou, “ouça quem tiver ouvidos de ouvir”, acrescentamos, ‘e de quem tem olhos de ver’ e “a cada um com as suas obras”. Portanto, a cada um a maneira de praticar sua religião, porque cada um tem o seu raciocínio religioso e que sempre encontra a religião conforme sua fé não raciocinada.

  • Nils de Sousa Cabral disse:

    Venderlúcio, se isso que os católicos praticam não é idolatria, me explique o que seja pelo amor de Deus.

    A IDOLATRIA À LUZ DA BÍBLIA

    ÊXODO 20: 4,5
    4. Não farás para ti IMAGEM ESCULPIDA, nem figura alguma do que há em cima no céu, nem embaixo da terra, nem nas águas debaixo da terra.
    5. Não te encurvarás diante dela, nem as servirás; porque Eu, o Senhor teu Deus, sou Deus zeloso, que visito a iniqüidade dos pais nos filhos até a terceira e quarta geração daqueles que me odeiam.
    Êxodo 23: 24
    24. Não te inclinarás diante de seus deuses, nem os servirás, nem farás conforme as suas obras; antes, os destruirás totalmente e quebrarás de todo as suas ESTÁTUAS.
    ÊXODO 34:17
    17. Não farás para ti DEUSES DE FUNDIÇÃO.
    LEVÍTICO 19:4
    4. Não vos virareis para os ÍDOLOS, nem vos fareis DEUSES DE FUNDIÇÃO.
    LEVÍTICO 26:1
    1. Não fareis para vós ÍDOLOS, nem para vós levantareis IMAGEM ESCULPIDA nem ESTÁTUA, nem poreis na vossa terra pedra com figuras, para vos inclinardes a ela; porque eu sou o senhor vosso Deus.
    DEUTERONÔMIO 4:16
    16. Para que não vos corrompais, fazendo para vós alguma IMAGEM ESCULPIDA, na forma de qualquer figura, semelhança de HOMEM ou de MULHER.
    DEUTERONÔMIO 16:22
    22. Nem levantareis para ti ESTÁTUA, coisa que o Senhor teu Deus DETESTA.
    DEUTERONÔMIO 27:15
    15. Maldito o homem que fizer IMAGEM ESCULPIDA, ou FUNDIDA, abominação ao Senhor, obra da mão do artífice, e a puser em lugar escondido. E todo povo, respondendo, dirá amém.
    II REIS 18: 3,4
    3. Ele fez o que era reto aos olhos do Senhor, conforme tudo que fizera Davi, seu pai.
    4. Tirou os altos, quebrou as ESTÁTUAS, e deitou a baixo a Asera; e despedaçou a serpente de bronze que Moisés fizera (porquanto até aquele dia os filhos de Israel lhe queimavam incenso), e chamou-lhe Neüstã.
    SALMO 97:7
    7. Confundidos são todos os que servem a IMAGENS ESCULPIDAS, que se gloriam de ÍDOLOS; prostrai-vos diante Dele, todos os deuses.
    SALMOS 115: 4-8
    4. Os ÍDOLOS deles são prata e ouro, obra das mãos do homem.
    5. Têm boca, mas não falam; têm olhos, mas não vêem;
    6. têm ouvidos, mas não ouvem; têm nariz, mas não cheiram;
    7. têm mãos, mas não apalpam; têm pés, mas não andam; nem som algum sai da sua garganta.
    8. Semelhante a eles sejam os que fazem, e todos os que neles confiam.
    ISAIAS 29: 30:22
    22. E contaminareis a cobertura de prata das tuas IMAGENS ESCULPIDA, e o revestimento de ouro de tuas IMAGENS FUNDIDAS; e as lançarei fora como coisa imunda; e lhes dirás: fora daqui.
    ISAIAS 40: 18-21
    18. A quem, pois, podeis assemelhar a Deus? ou que figura podeis comparar a ele?
    19. Quanto ao ídolo, o artífice o funde, e o ourives o cobre de ouro, e forja cadeias de prata para ele.
    20. O empobrecido, que não pode oferecer tanto, escolhe madeira que não apodrece; procura para si um artífice perito, para gravar uma IMAGEM que não se pode mover.
    21. Porventura não sabeis? Porventura não ouvis? Ou desde o principio não se vos notificou isso mesmo? Ou não tendes entendido desde a fundação da terra?
    ISAÍAS 42: 8 e 17
    8. Eu sou o Senhor; este é o meu nome; a minha glória, pois, a outrem não darei, nem o meu louvor às IMAGENS ESCULPIDAS.
    17. Tornados para trás e cobertos de vergonha serão os que confiam em IMAGENS ESCULPIDAS, que dizem às IMAGENS DE FUNDIÇÃO: Vós sois nossos deuses.
    ISAÍAS 44: 9 a 11
    9. Todos os artífices de IMAGENS ESCULPIDAS são nada; e as suas coisas mais desejáveis são de nenhum préstimo; e suas próprias testemunhas nada vêem nem entendem, para que eles sejam confundidos.
    10. Quem forma um deus, e funde uma IMAGEM DE ESCULTURA, que é de nenhum préstimo?
    11. Eis que todos os seus seguidores ficarão confundidos; e os artífices são apenas homens; ajuntem-se todos, e se apresentem; assombrar-se-ão, e serão juntamente confundidos.
    ISAÍAS 45: 16 e 20
    16. Envergonhar-se-ão, e também se confundirão todos; cairão juntos em ignomínia os que fabricam ÍDOLOS.
    20. Congregai-vos, e vinde; chegai-vos juntos, os que escapastes das nações; nada sabem OS QUE CONDUZEM EM PROCISSÃO AS SUAS IMAGENS DE ESCULTURA, feitas de madeira, e rogam a um deus que não pode salvar.
    ISAÍAS 46: 5 e 7
    5. A quem me assemelhareis, e com quem me igualareis e me comparareis, para que sejamos semelhantes?
    6. Os que prodigalizam o ouro da bolsa, e pesam a prata nas balanças, assalariam o ourives, e ele faz um deus; e diante dele se prostram e adoram.
    7. Eles o tomam sobre os ombros, o levam, e o colocam no seu lugar, e ali permanece; do seu lugar não se pode mover; e se recorrem a ele, resposta nenhuma dá, nem livra alguém da sua tribulação.
    JEREMIAS 8: 19
    19. Eis o clamor da filha do meu povo, de toda a extensão da terra; não está o Senhor em Sião? Não está nela o seu rei? Por que me provocaram a ira com as suas IMAGENS ESCULPIDAS, com vaidades estranhas?
    JEREMIAS 10: 5 e 14
    5. São como um espantalho no pepinal, e não podem falar; necessitam de quem os leve, porquanto não podem andar. Não tenhais receio deles, pois não podem fazer o mal, nem tampouco têm poder de fazer o bem.
    14. Todo homem se embruteceu e não tem conhecimento; envergonha-se todo fundidor de IMAGEM DE ESCULTURA; porque sua IMGEM FUNDIDA mentira é, e não há espírito nela.
    JEREMIAS 50: 38
    38. Cairá a seca sobre as suas águas, e secarão, porque é uma terra de IMAGENS DE ESCULTURA, e eles, pelos seus ÍDOLOS andam enfurecidos.
    JEREMIAS 51: 17 e 18
    17. Embruteceu-se todo homem, de modo que não tem conhecimento; todo ourives é envergonhado pelas suas IMAGENS ESCULPIDAS; pois as suas IMAGENS DE FUNDIÇÃO são mentiras e não há espírito em nenhuma delas.
    18. Vaidades são, obra de enganos; no tempo em que Eu as visitar perecerão.
    MIQUÉIAS 1: 7
    7. E todas as suas IMAGENS DE ESCULTURA serão despedaçadas, e todos os seus salários serão queimados pelo fogo, e de todos os seus ÍDOLOS eu farei uma assolação, porque do preço de sua prostituição os ajuntou, e em recompensa de prostituta se volverão.
    MIQUÉIAS 5: 13
    13. E arrancarei do meio de ti as tuas IMAGENS DE ESCULTURA e as tuas ESTÁTUAS; e tu não te inclinarás mais diante da obra de tuas mãos.
    HABACUQUE 2: 18 a 20
    18. Que aproveitará a IMAGEM ESCULPIDA, que esculpiu o seu artífice? E a IMAGEM DE FUNDIÇÃO, que ensina a mentira, para que o artífice confie na obra fazendo ÍDOLOS MUDOS?
    19. Ai daquele que diz ao pau: Acorda! E à pedra muda: Desperta! Pode isso ensinar? Eis que está coberto de ouro e de prata, mas no meio dela não há espírito algum.
    20. Mas o Senhor está no seu santo templo; cale-se diante Dele toda a terra.
    I JOÃO 5: 21
    21. Filhinhos, guardai-vos dos ÍDOLOS.
    ATOS 17: 16
    16. Enquanto Paulo os esperava em Atenas, seu espírito se revoltava contra a quantidade de ídolos que enchiam a cidade.
    ATOS 10: 25 e 26
    25. Quando Pedro ia entrar, veio-lhe Cornélio ao encontro e, prostrando-se a seus pés o adorou.
    26. Mas Pedro o ergueu, dizendo: Levanta-te, que eu também sou homem (só a Deus devemos adorar).
    ATOS 15: 20
    20. Mas escreve-lhes que se abstenham das contaminações dos ídolos, da prostituição, do que é sufocado e do sangue.
    I CORÍNTIOS 6: 9 e 10
    9. Não sabeis que os injustos não herdarão o Reino de Deus? Não vos enganeis: nem os devassos, nem os IDÓLATRAS, nem os adúlteros, nem os efeminados, nem os sodomitas,
    10. nem os ladrões, nem os avarentos, nem os bêbados, nem os maldizentes, nem os roubadores herdarão o Reino de Deus.
    I CORÍNTIOS 8: 5 e 6
    5. Pois ainda que haja alguns que se chamam deuses, quer no céu quer na terra (como há muitos deuses e muitos senhores),
    6. todavia para nós há um só Deus, o pai, de quem são todas as coisas e para quem nós vivemos; e um SÓ SENHOR, JESUS CRISTO, pelo qual existem todas as coisas, e por ele nós também.
    I CORÍNTIOS 10: 19 a 21
    19. Mas que digo? Que o sacrificado ao ÍDOLO é alguma coisa? Ou que o ÍDOLO é alguma coisa?
    20. Antes digo que as coisas que eles sacrificam, sacrificam-nas a DEMÔNIOS, e não a Deus. E não quero que sejais participantes com os DEMÔNIOS.
    21. Não podeis beber do cálice do Senhor e do cálice de DEMÔNIOS; não podeis participar da mesa do Senhor e da mesa dos DEMÔNIOS.
    GÁLATAS 5: 20 e 21
    20. a IDOLATRIA, a feitiçaria, as inimizades, as contendas, os ciúmes, as iras, as facções, as dissensões, os partidos,
    21. as invejas, as bebedices, as orgias, e coisas semelhantes a estas, contra as quais vos previno, como já antes vos preveni, que os que tais coisas praticam não herdarão o Reino de Deus.
    EFÉSIOS 5: 5
    5. Porque bem sabeis isto: que nenhum devasso, ou impuro, ou avarento, o qual é IDÓLATRA, tem herança no Reino de Cristo e de Deus.
    I PEDRO 4: 3
    3. Porque é bastante que, no tempo passado da vida, fizéssemos a vontade dos gentios, andando em dissoluções, concupiscências, borracheiras, glutonarias, bebedices e abomináveis IDOLATRIAS.
    APOCALIPSE 21: 8
    8. Mas, quanto aos medrosos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos adúlteros, e aos feiticeiros, e aos IDÓLATRAS, e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago ardente de fogo e enxofre, que é a segunda morte.
    APOCALIPSE 22: 8, 9 e 15
    8. Eu, João, sou o que ouvi e vi estas coisas. E quando as ouvi e vi, prostrei-me aos pés do anjo que mas mostrava, para o adorar,
    9. Mas ele me disse: olha, não faças tal; porque eu sou conservo teu e de teus irmãos, os profetas, e dos que guardam as palavras deste livro. ADORA A DEUS.
    15. Ficarão de fora os cães, os feiticeiros, os adúlteros, os homicidas, os IDÓLATRAS, e todo o que ama e pratica a mentira.

    E a seguir, um texto bíblico que se encontra no Livro de Sabedoria da Bíblia católica (Edições Loyola) no capitulo 14, versículos de 08 a 11 e 22 a 31:

    “CASTIGO DOS ÍDOLOS E DOS IDÓLATRAS”

    08- Mas maldito o ídolo feito pela mão do homem, ele e quem o fez: este porque o fez; aquele porque, embora corruptível, foi chamado deus.
    09- Pois para Deus são igualmente odiosos o ímpio e a sua impiedade;
    10- obra e operário serão punidos juntamente.
    11- Assim, haverá justiça para os ídolos dos gentios; porque, num mundo criado por Deus, se tornaram abominação, escândalo para as almas dos homens, e armadilha para os pés insensatos.

    “AS CONSEQÜÊNCIAS DA IDOLATRIA”

    22- Não lhes bastou errar no conhecimento de Deus; vivem em grande guerra de ignorância, dando a males tão grandes o nome de paz!
    23- Com ritos infanticidas, mistérios ocultos, furiosas orgias de ritos estranhos,
    24- nem mesmo guardam puras a conduta e as núpcias: um elimina o outro por traição ou ultraja com o adultério.
    25- Por toda a parte, sangue e homicídio, furto e fraude, corrupção, deslealdade, revolta, perjúrio,
    26- perturbação, esquecimento dos benefícios, conspurcação das almas, perversões sexuais, matrimônios desajustados, adultério e despudor.
    27- Pois o culto dos ídolos anônimos é princípio, causa e termo de todo mal:
    28- ou entregam-se a diversões até o delírio, ou preferem falsos oráculos, ou vivem nos vícios, ou perjuram à toa:
    29- é que, pondo a confiança em ídolos inanimados, não receiam castigo ou jurar falso.
    30- Por ambos os motivos receberão o justo castigo: idólatras, tiveram de Deus uma falsa concepção; infiéis à palavra empenhada, prestaram juramento falso, desprezando tudo que é santo.
    31- Pois não é o poder dos seres pelos quais eles juram, mas o castigo devido aos pecadores que fere sempre a transgressão dos injustos.

    E o pior, as imagens de esculturas espalhadas pelo Brasil são construídas com dinheiro público onde a maioria dos governantes corruptos desrespeita a Constituição quando subvencionam culto religioso. E ainda perguntam qual a origem de tanta corrupção no País.
    Art. 19 (Constituição Federal de 1988)

    É vedado à União, aos Estados, ao Distrito Federal e aos Municípios:

    I- estabelecer cultos religiosos ou igrejas, subvencioná-los, embaraçar-lhes o funcionamento ou manter com eles ou seus representantes relações de dependência ou aliança, ressalvada, na forma da lei, a colaboração de interesse público;

    Lembrem-se: Idolatria não tem preço, tem conseqüência. E pensem nisso pelo amor de Deus.

  • Sandra disse:

    Vanderlúcio é triste sua pobreza de conhecimento biblico, a Palavra de Deus fala sim da formiga, quando diz: “preguiçoso vai ter com a formiga.” O seu comentário foi lamentavelmente ridículo, vocês católicos são realmente idolátras,mas os evangélicos nunca serão zoolatras. Olha como é ridículo seu texto, se o smilinguido fosse uma forma de adoração dos evangélicos e a homenagem a alguns fundadores de igrejas, todos os brinquedos e fotos seriam uma forma de idolatria. Se vc não tem capacidade de dissertar, narrar, comentar, seja lá o que seja a porcaria desse seu texto, é melhor procurar outra coisa pra fazer,pois pelo que li nesses comentários você foi bastante criticado, percebe-se que seu texto é totalmente sem nexo. Saiba que são esses tipos de pessoas que Deus escolhe pra servi-lo, acredito que um dia você vai ter um encontro com Deus e saber realmente a Palvra de Deus. Deus te abençoe!!!

  • Silmara disse:

    que pena ter pessoas ridiculas como vc fazendo comentarios mais ridiculos ainda. Nem vou perder meu tempo discutindo c vc e ã partir de hoj nao vou perder meu tempo lendo seus textos. Leia a Bíblia!!!

  • MARIA LÚCIA disse:

    Minha gente, vamos parar com essas brigas. O Deus é único e salvador. Ele nos quer bem dentro de uma iguardade só. Deus é AMOR.

    Abraços para todos…
    Maria Lúcia

  • Pr. Wilson Junior disse:

    Senhores, bom dia e que a Paz de Cristo seja sobre todos.
    Esse espaço utilizado pelo autor do texto supra-citado poderia ser melhor utilizado, pois a pobreza dos seus comentários é latente. Seria interessante que da próxima vez ele se utilizasse de uma melhor base, pois a ignorância demonstrada foi absurda. Concordo sobre a maturidade adquirida pela igreja católica, pois hoje ela não mata mais milhares de pessoas como foi na maldita Inquisição.
    O termo PROTESTANTE surgiu justamente nesse tempo, pois eram àqueles que discordavam de alguma coisa vinda dessa igreja. Era o suficiente pra ser lançado numa fogueira ou morrer de forma mais brutal ainda.
    Quanto à idolatria, tal palavra significa ADORAR UM ÍDOLO assim como ALCOOLATRA é aqueles que vive na dependência do Alcóol ou ADORA-O. Ter uma foto de uma pessoa na parede não significa ADORAÇÃO. Prostrar-se diante de uma imagem e sacrificar-se por ela SIM.
    Quanto à formiguinha chamada SMILINGUIDO, foi um meio criado por nós evangélicos de pregar a Verdadeira e Santa Palavra de Deus às crianças de nossas igrejas, algo que muitos deveriam se preocupar ao invés de se gastar milhões em fabricação de imagens e adorá-las, esquecendo-se que somente ao Senhor Jesus se deve servir e adorar.
    Da próxima vez senhor escritor, venha com mais respaldo e base para poder discutir sobre algum assunto, pois o que foi exposto pelo senhor é querer escarnecer do conhecimento dos leitores desse conceituado jornal.
    Que Deus abençoe à todos em nome de Jesus, o único intercessor entre Deus e os homens.

  • Handall disse:

    Ao comentário Vanderluciano, nada mais que raízes de amargura um simples abraço sincero dizendo “Jesus te ama”resolve.
    Ao professor Eulálio não espere o dia do Juízo, Jesus esta voltando reconheça-o como seu salvador.
    Abraços

    nunca desprese um rabula (UNIFOR)

  • Jeane disse:

    Vanderlúcio aproveita pra estudar um pouco agora com o comentario acima do
    Nils de Sousa Cabral,já que vc não tem tempo de lê a Bíblia, porque perde seu tempo fazendo comparações e comentários sem o menor cabimento, é triste viu, eu nunca ouví , ou ví, algo tão idiota na minha vida. pode ser que na próxima você escreva algo coerente com os ensinamentos da Bíblia.
    E eu concordo com a Sandra, eu acho que vc vai ser um servo do Senhor, assim que aprender um pouco mais, pois ele escolhe esse tipo de pessoa, que é pra ele aquebrantar o coração, deixa todo esmiuçado e ainda usa ele como exemplo para outros… Fica na paz futuro irmão…

  • Janyo disse:

    O texto tem argumentação fraca, é parcial e demonstra a falta de capacidade e maturidade do escritor para escrever sobre o tema.

    Peço para os amigos do “O Povo online” que não permitam que sejam publicadas matérias que empobrecem o conteúdo jornalístico da cidade.

    Grato.

  • João disse:

    Nossa! Quanta confusão por causa de uma formiga!!! Fico imaginando se os protestantes tivesse fazendo a inquisição no lugar da Igreja Católica! Não sei se os leitores perceberam, mas o autor do blog escreveu que nem os católicos nem o protestantes são idólatras. Não podemos julgar as instituições por comportamentos de pessoas mal informadas. Da mesma forma que, apesar de a Igreja Católica não tolerar a idolatria, alguns de seus fiéis mal informados acabam caindo neste mal, assim também acontece com muitos protestantes que adoram a riqueza, o dinheiro, têm uma relação usurpadora com Deus, fazem com que Deus seja seu servo, mesmo dizendo-se servos de Deus!
    O que quero dizer é que, não importa a igreja, em todas iremos encontrar pessoas idólatras, mesmo que TODAS as igrejas cristãs (sérias) sejam contrária a elas.

  • Raul disse:

    Muito já foi aqui adequadamente comentado sobre a extrema mediocridade do que foi escrito e o grande desconhecimento do assunto tratado que foi demonstrado pelo sr. Vanderlúcio. Mas quanto ao Catolicismo Romano, não há o que negar ou esconder. As imagens televisivas e fotográficas das missas e procissões, por exemplo, mostram claramente os fiéis, os sacerdotes (até mesmo o Papa!) se inclinando diante de imagens pintadas ou de escultura, levantando ao alto essas imagens com as mãos, beijando-as, tocando-as reverentemente como se elas tivessem algum poder ou sentido especial, orando e louvando para eleas, etc. E a grande maioria dessas imagens representaria criaturas de Deus (como Maria e os considerados “santos”) e não o próprio Criador Deus. Se isso não é idolatria, tem-se que redefinir esse conceito.

  • renato disse:

    O problema é que hoje, muitas pessoas brigam pelo poder, enquanto deveriamos trabalhar na obra do senhor proclamando o seu evangelho para apressar a volta de Deus.
    Viva com Esperança.

  • josé lima disse:

    O mesmo Deus, no mesmo livro do Êxodo, manda Moisés fazer dois querubins de ouro e colocá-los por cima da Arca da Aliança ( Ex 25,18-20 ). Manda-lhe, também fazer uma serpente de bronze e colocá-la por cima duma haste, para curar os mordidos pelas serpentes venenosas ( Num 21,8-9 ). Manda, ainda, a Salomão enfeitar o templo de Jerusalém com imagens de querubins, palmas, flores, bois e leões ( I Reis 6,23-35 e 7,29 ), etc.
    Seria uma grave blasfêmia desses “crentes” considerar Deus como incoerente, já que num lugar da Bíblia manda fazer imagens, esquecido que no outro lugar o teria proibido! Ora, os primeiros cristãos martirizados aos milhares porque se recusaram a adorar imagens de deuses falsos, estudaram a Bíblia com mais atenção e respeito. Eles não tiravam esses trechos proibitivos de seu contexto e, comparando-os com outros, ficaram convencidos de que Deus proíbe apenas fazer imagens de deuses falsos, e adorá-los, ¾ como o faziam os vizinhos pagãos, ¾ mas Ele não proíbe fazer outras imagens.
    Eis o verdadeiro sentido desta proibição bíblica, no seu contexto: “Eu sou o Senhor teu Deus, que te fez sair do Egito, da casa da servidão. Não terás outros deuses diante de minha face. Não farás para ti escultura alguma do que (daqueles deuses, que na errada imaginação dos pagãos) está em cima nos céus, ou abaixo sobre a terra, ou nas águas, debaixo da terra. Não te prostrarás diante deles e não lhes prestarás culto, (à imitação dos pagãos) ( Ex 20,2-5). Esta proibição, intencionada por Deus, repete-se em vários lugares da Bíblia, como por ex. “Não adores nenhum outro deus”( Ex 34,14 ) ou “Não farás para ti deuses fundidos”( Ex 34,17).
    Por isso os primeiros cristãos pintaram nas catacumbas muitas imagens das cenas bíblicas do Antigo e Novo Testamento e legaram, para a veneração dos séculos posteriores, as imagens de Cristo-Sofredor, na toalha de verônica, e no sudário sepulcral, guardado em Turim, na Itália.
    Alguns santos dos primeiros séculos afirmavam que as imagens da Bíblia, da Via Sacra, de Jesus crucificado e dos Santos são o único “livro” que também os pobres e analfabetos entendem e aproveitam. Isso vale, ainda hoje, para milhões de pessoas.

  • BERNARDO JR. disse:

    Desde os primeiros séculos os cristãos pintaram e esculpiram imagens de Jesus, de Nossa Senhora, dos Santos e dos Anjos, não para adorá-las, mas para venerá-las. As catacumbas e as igrejas de Roma, dos primeiros séculos, são testemunhas disso. Só para citar um exemplo, podemos mencionar aqui o fragmento de um afresco da catacumba de Priscila, em Roma, do início do século III. É a mais antiga imagem da Santíssima Virgem, uma das mais antigas da arte cristã, sobre o mistério da Encarnação do Verbo. Mostra a imagem de um homem que aponta para uma estrela situada acima da Virgem Maria com o Menino nos braços. O Catecismo da Igreja traz uma cópia dessa imagem (Ed. de bolso, Ed. Loyola, pag.19).

    Este exemplo mostra que desde os primeiros séculos os cristãos já tinham o salutar costume de representar os mistérios da fé por imagens, em forma de ícones ou estátuas. É o caso de se perguntar, então: Será que foram eles “idólatras” por cultuarem essas imagens? É claro que não? Eles foram santos, mártires, derramaram, muitos deles, o sangue em testemunho da fé. Seria blasfêmia acusar os primeiros mártires da fé de idólatras.

    No século VIII, sob influência do judaísmo e do islamismo, surgiu um movimento herético que se pôs a combater o uso das imagens. Eram os iconoclastas. O grande e principal defensor do uso das imagens na época, foi o santo e doutor da Igreja S. João Damasceno (de Damasco), falecido em 749, o qual foi muito perseguido por se manter fiel e defensor dessa santa Tradição cristã.

    A fim de dirimir as dúvidas sobre a questão, o Papa Adriano I (772-795) convocou o II Concílio Ecumênico de Nicéia, que se realizou de 24/09 a 23/10/787. Assim se expressou o Concílio, resolvendo para sempre a questão:

    “Na trilha da doutrina divinamente inspirada dos nossos santos Padres, e da Tradição da Igreja Católica, que sabemos ser a tradição do Espírito Santo que habita nela, definimos com toda a certeza e acerto que as veneráveis e santas imagens, bem como a representação da cruz preciosa e vivificante, sejam elas pintadas, de mosaico ou de qualquer outra matéria apropriada, devem ser colocadas nas santas igrejas de Deus, sobre os utensílios e as vestes sacras, sobre paredes e em quadros, nas casas e nos caminhos, tanto a imagem de Nosso Senhor, Deus e Salvador, Jesus Cristo, quanto a de Nossa Senhora, a puríssima e santíssima mãe de Deus, dos santos anjos, de todos os santos e dos justos” (Catecismo da Igreja Católica, nº 1161).

    Essas palavras, por serem de um Concílio da Igreja, são ensinamentos oficiais e infalíveis, e não podemos colocá-los em dúvida. O grande S. João Damasceno dizia: “A beleza e a cor das imagens estimulam a minha oração. É uma festa para meus olhos, tanto quanto o espetáculo do campo estimula meu coração a dar glória a Deus “ (nº 1162).

    O nosso Catecismo explica que: “A imagem sacra, o ícone litúrgico, representa principalmente Cristo. Ela não pode representar o Deus invisível e incompreensível; é a encarnação do Filho de Deus que inaugurou uma nova “economia” das imagens”( 1159).

    S. Tomás de Aquino (1225-1274) também defendia o uso das imagens, afirmando: “O culto da religião não se dirige às imagens em si como realidades, mas as considera em seu aspecto próprio de imagens que nos conduzem ao Deus encarnado. Ora, o movimento que se dirige à imagem enquanto tal não termina nela, mas tende para a realidade da qual é imagem“( 2131).

    Muitos querem incriminar a Igreja Católica, afirmando que ela desrespeita a ordem que Deus deu a Moisés : “não vos pervertais, fazendo para vós uma imagem esculpida em forma de ídolo…” (Dt 4,15-16).

    Os cristãos, desde os primeiros séculos, entenderam, sob a luz do Espírito Santo, que Deus nunca proibiu fazer imagens, e sim “ídolos”, deuses, para adorar. O povo de Deus vivia na terra de Canaã, cercado de povos pagãos que adoravam ídolos em forma de imagens (Baals, Moloc, etc). Era isso que Deus proibia terminantemente. A prova de que Deus nunca proíbiu imagens, é que Ele próprio ordenou a Moisés que fabricasse imagens de dois Querubins e que também pintasse as suas imagens nas cortinas do Tabernáculo. Os querubins foram colocados sobre a Arca da Aliança.

    “Farás dois querubins de ouro; e os farás de ouro batido, nas duas extremidades da tampa, um de um lado e outro de outro… Terão esses querubins suas asas estendidas para o alto e protegerão com elas a tampa … “ (Ex. 25,18s, Ex 37,7; 1 Rs. 6,23; 2 Cr. 3,10).

    “Farás o tabernáculo com dez cortinas de linho fino retorcido, de púrpura violeta sobre as quais alguns querubins serão artísticamente bordados” (Ex. 26,1.31).

    Que fique claro, de uma vez por todas, Deus nunca proibiu imagens, e sim, “fabricar imagens de deuses falsos” . O mesmo Deus mandou que, no deserto, Moisés fizesse uma imagem de uma serpente de bronze (Nm 21, 8-9), que prefigurava Jesus pregado na cruz (Jo 3,14). Também o rei Salomão, quando construiu o templo, mandou fazer querubins e outras imagens (I Rs 7,29). O culto que a Igreja Católica presta a Deus, e só a Deus, é um culto chamado “latria”, isto é, de adoração. Aos anjos e santos é um culto chamado “dulia”, de veneração. Maria, como Mãe de Deus recebe o culto de “hiper-dulia”, super-veneração digamos, mas que está muito longe da adoração devida só a Deus.

    São Pedro, ao terminar a segunda Carta falava do perigo daqueles que interpretavam erroneamente as Escrituras: “Nelas há algumas passagens difíceis de entender, cujo sentido os espíritos ignorantes ou pouco fortalecidos deturpam, para a sua própria ruína, como o fazem também com as demais Escrituras” (2 Pe 3,16).

    Infelizmente isto continua a acontecer com aqueles que querem dar uma interpretação individual à Palavra de Deus, sem autorização oficial da Igreja, levando multidões ao erro. Só a Igreja é a autêntica intérprete da Bíblia (cf.Dei Verbum,10), pois foi ela que, inspirada pelo Espírito do Senhor (Jo 16,12), a compôs.

    As imagens, sempre foram, em todos os tempos, um testemunho da fé. Para muitos que não sabiam ler, as belas imagens e esculturas foram como que o Evangelho pintado nas paredes ou reproduzido nas esculturas. E assim há de continuar a ser.

    É claro que o culto por excelência é prestado a Deus, mas isto não justifica que as imagens sejam retiradas das nossas igrejas. Ao contrário, elas nos lembram que aqueles que elas representam, chegaram à santidade por graça e obra do próprio Deus. Assim, as imagens, dão, antes de tudo, glória a Deus. Quando nos ajoelhamos diante de uma imagem de um santo, ou da Virgem Maria, não é para adorar a imagem ou o santo, mas para rezar a Deus, invocando a intercessão do santo.

    Prof. Felipe Aquino – http://www.cleofas.com.br

  • Antonio Carlos disse:

    RSRSRS…..ESSA DA FORMIGUINHA FOI BOA….KKKKK, PREFIRO A IMAGEM E A HISTORIA DE SÃO FRANCISCO E DE SÃO JORGE…..FORMIGUINHA?….KKKKKKKKKKKKK

  • Teomar Mesquita disse:

    Fraca, imatura, deturpadora, medíocre, sem contexto ou qualquer relevância no que se pretende explicar ou comparar. Senhor Vanderlúcio, com sinceridade não sei se o Sr. foi mais ignorante espiritualmente ou como um redator… Quando for relatar coisas que não se tem profundo conhecimento, seja mais humilde e procure estudar mais, deixe o “achismo” de lado e se realmente vc. tem interesse em falar sobre coisas espirituais, procure estudar o mais breve possível a Bíblia para posteriormente falar a respeito d’ela.

  • Antonio Carlos disse:

    O PROBLEMA DOS “CRENTES PROTESTANTES”, É QUE SIMPLESMENTE ELES, SOMENTE ELES OS CRENTES/PROTESTANTES É QUE SÃO OS CERTOS!!!…ELES CRITICAM TODO MUNDO, TODAS AS PESSOAS EM GERAL,OS CRENTES SÃO PRECONCEITUOSOS AOS EXTREMOS, OS “PROFETAS” DIGAMOS ASSIM DESSAS “IGREJAS PROTESTANTES”, LITERALMENTE FAZEM UMA LAVAGEM CEREBRAL EM TODOS OS SEUS FIÉIS…E COMO A MAIORIA É DA CLASSE “BAIXA-RENDA”, OU SEJA SEM NENHUMA INSTRUÇÃO/NOÇÃO DE REALIDADE…ACREDITAM EM TUDO QUE O “PASTOR” DISSE….OUTRO DIA NA TV, TINHA UM PASTOR CRITICANDO, O MAIOR ESCRITOR DO BRASIL O SR. PAULO COELHO…..FOI TANTA CRITICA NEGATIVA, QUE FICOU CLARO QUE SE TRATAVA DE UMA INVEJA!!!!….ADORO A LITERATURA DE PAULO COELHO!!!

  • Rafaella disse:

    As formiguinhas até que saum bunitinhas, mas prefiro as imagens sacras do CATOLICISMO, num gosto dos evangélicos naum…eles têm frases clichês “jesus te ama” e “paz do senhor”…mas isso deve dar muito dinheiro, pois em cada esquina tem uma igreja de crente, hoje em dia tem + igreja de crente do que bar. Como disse o saudoso Clodovil certa vez: “Igreja virou comércio”/ e realmente ele foi feliz em tal AFIRMAÇÃO!!!! Mas a formiguinha ….rsrsrsrsr?////?

  • Marcus disse:

    Vanderlúcio tu é fraco viu. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  • Marcus disse:

    para Rafaella
    isto da dinheiro sim, é só olhar para o Vaticano com as filias Nestler, a FIAT e redes de TV e ETC. ou será que tudo isso desceu do céu direto para o VATICANO.
    Tem um brasileiro esperto que está seguindo o mesmo rumo dos romanos e montando também o seu império.

  • Paulo Rocha disse:

    Caro colega, procure algo mais interessante para fazer ao invés de fazer levantamentos ou discussões com argumentos tão vazios. Prostre-se aos pés de JESUS e com certeza Ele lhe trará a luz necessária para você compreender as coisas do alto.

  • Teomar Mesquita disse:

    Venho por meio desta, solicitar que todos leiam a mensagem postada pelo Pr. Wilson Junior. Pastor, que Deus lhe abençoe grandemente e que tua boca nunca se cale diante das deturpações que com certeza virão.

  • nelson eulálio disse:

    “Os ídolos dos gentios não passam de ouro e prata; obras das mãos do homem; têm boca e não falam, têm os olhos e não vêem, têm ouvidos e não ouvem, nem há qualquer respiração na sua boca. Como eles serão os que os fazem, e todos os que nele confiam”.

    (Salmo 135 – Cântico dos eleitos).

  • Daniel disse:

    Na arca do concerto onde era guardado as leis de Israel, há dois querubins. Os querubins estavam ali não para serem idolatrados, tocados, beijados ou carregados em peregrinações religiosas, mas para lembrar ao sumo sacerdote que, ao entrar no lugar santissimo ali estava a presença de Deus. Ter uma foto do fundador de uma denominação religiosa na entrada da igreja não é idolatria pois ela não é trasportada de um lugar para outro nos ombros dos fieis, não recebe rosas, velas acesas e ninguem se prostra diante dela para falar com Deus. Ja as imagens feitas de gesso, madeira ou outro tipo de artificio, que estão nas igrejas catolicas elas recebem todas as regalias de um principe ou pricesa, são beijadas, carregas nos ombros dos fieis tem velinhas acesas todos os dias, flores e etc.

  • nelson eulálio disse:

    Por que o Sr. Vanderlúcio pode escrever um ataque tão despropositado aos evangélicos e eu, que não sou evangélico, tenho meu texto (O PAPA A TEODICÉIA E A QUESTÃO ISLÃMICA) censurado?

  • gleide ribeiro disse:

    VC CARO AMIGO VANDERLUCIO NAO TEM CULPA DE TER OLHOS VEDADOS..NADA SABEM NEM ENTENDEM;PORQUE SE LHE UNTARAM OS OLHOS PARA QUE N VEJAM E O CORAÇAO PARA NAO ENTENDER …ISAIAS 44;18
    E CONHECEREIS A VERDADE E A VERDADE VOS LIBERTARA.. JOAO 8;32

  • Daniel Karpoforeo disse:

    Caríssimos,
    depois de ler o artigo “Católicos Idólatras, Protestantes Zoólatras” do autor do blog Ancoradouro como também alguns comentários de irmãos Evangélicos, espertos em Teologia, me coloquei as seguintes perguntas: Estamos falando do mesmo argumento? O que è teologia para os Evangélicos? É apenas decorar passagens bÍblicas e sair falando sem nenhum tipo de critério? Onde fica a busca pela verdade? A Caridade? O Testemunho? A relação com o diferente?

    Para esclarecer alguns pontos vistos no presente artigo, apresento de forma muito resumida o que seja a Teologia e como essa chegou límpida, como na época apostólica, até os nossos dias.
    No medioevo (XIII sec) se usava terminologias como “Sacra Dottrina” ou “Scientia Divina” para indicar a ciência teológica. Mas não è suficiente indicar só o nome, porque a Teologia não nasce da iniciativa do homem, que não significa que o homem não possa intraprender o discurso teológico.
    Entendemos a Teologia como REVELAÇÃO DE DEUS, è uma iniciativa livre e absoluta que parte de Deus o qual, sem necessidade alguma e por puro AMOR se comunica e define um horizonte, um lugar onde o homem è admitido por pura graça: A TEOLOGIA È GRAÇA. Não somos nós que tiramos o véu para alcançarmos a Deus, mas è Deus mesmo que se revela, tira o véu e revela o seu segredo.
    Faço um convite: Procuremos juntos a verdade! (Jo 14, 6).

    Como ja dissemos, a Teologia parte da Revelação, e essa revelação foi plenificada em Cristo, o qual quis transmtir os seus ensinamentos através dos Apóstolos e, quis também fundar, ao convocar e reunir uma comunidade, a Igreja – Ekklesia (comunidade reunida).
    A missão divina confiada por Cristo aos Apóstolos durará até ao fim dos tempos (cfr. Mt. 28,20), uma vez que o Evangelho que eles devem anunciar é em todo o tempo o princípio de toda a vida na Igreja. Por isso que os Apóstolos trataram de estabelecer sucessores, nesta sociedade hierarquicamente constituída.
    Para a missão que lhes fora entregue se continuasse após a sua morte, confiaram a seus imediatos colaboradores, o encargo de completarem e confirmarem a obra começada por eles, recomendando-lhes que velassem por todo o rebanho, sobre o qual o Espírito Santo os restabelecera para apascentarem a Igreja de Deus (cfr. At. 20, 28).

    E assim como permanece o múnus confiado pelo Senhor singularmente a Pedro, primeiro entre os Apóstolos, e que se devia transmitir aos seus sucessores, do mesmo modo permanece o múnus dos Apóstolos de apascentar a Igreja, o qual deve ser exercido perpetuamente pela sagrada Ordem dos Bispos. Por instituição divina, os Bispos sucedem aos Apóstolos, como pastores da Igreja; “quem os ouve, ouve a Cristo; quem os despreza, despreza a Cristo e Aquele que enviou Cristo”. (cfr. Luc. 10,16).

    Deixemos que os verdadeiros pastores, aqueles o qual Cristo mesmo escolheu, nos ensine e nos conduza a verdade que è Cristo. Questões teológicas, tão discutidas e reprovadas por nossos irmãos Evangélicos, como as imagens, a presença real de Cristo na Eucaristia, a inquisição e a “riqueza” do Papa já foram tratadas, discutidas e solucionadas no decorrer dos mais de dois mil anos de história da Igreja de Cristo.
    Conclamo mais uma vez: Procuremos a VERDADE!

    Para esclarecimentos a respeito das perguntas frequentes de nossos irmãos Evangélicos estarei disponível no email: karpoforeo@hotmail.com

    Daniel

  • Kleber disse:

    Aos Filhos da Heresia,

    achei muito apropriado a comparação feita pelo autor do artigo, pena que vcs protestantes enxergam só o que querem ver. Argumentos como a idolatria de imagens, o dinheiro da Santa Sé ja foram discutidos, mas a novidade da zoolatria Evangelica è, de fato, novidade, e por isso devemos discutir o tema, SIM.
    Se não estão de acordo fundem uma nova igreja, pois não è assim que funciona no protestantismo? Como sugestão aos pastores fica a idéia: igreja universal das santas formiguinhas!!! Vai da muito dinheiro. Mas cuidado com o Ibama…
    Kleber

  • Menina disse:

    Adoreiiiiiiiiiiii!!! Os protestantes tão tudim doido hehehehe Eles não tem cultura própria e nunca sentiram o amor de Deus, é tudo farsa.

  • nelson eulálio disse:

    A REFORMA PROTESTANTE

    “Já no século XII, Abelardo havia feito a experiência da corrupção da Igreja. Na Abadia de Sant Gildas, onde “não havia lugar algum para a observância de nossa fé. Por toda parte reinavam a embriagues e a ociosidade… Ocorreram nesse mosteiro coisas graves, que vão além da medida, cabendo perguntar se esse claustro não era habitado pelo demônio”. (Inès Nollier. Abelard, philosophe du Crist.). Os monges moravam na abadia, com mulheres e filhos, entregando-se a toda sorte de desregramentos. Inconformados com a disciplina rigorosa que Abelardo tentava impor-lhes chegaram a atentar contra sua vida. Anos depois, voltando a Paris, na paróquia de Saint Hilaire, Abelardo recebeu a visita de seu aluno e amigo, Arnaldo de Bréscia que havia encabeçado a revolta em sua cidade natal contra os soberanos e os prelados. Sonhava em restabelecer o cristianismo primitivo, condenando abertamente a riqueza dos padres e o luxo da cúria. Seu movimento ameaçava a Igreja e, para evitar a repressão refugiou-se junto a Abelardo. “O povo, dizia Arnaldo, morre de fome ao lado da opulência de uma cúria enriquecida: é a vontade de Deus, murmuram alguns padres. O ideal de pobreza, tal como nos é ensinado pelos Apóstolos, é esquecido; o espiritual atola-se no marasmo da indigência e os homens, vencidos pela miséria, afastam-se da fé”. E acrescentava: “Não posso deixar de ver na atitude da Igreja, um abandono e uma traição. Nenhum bem pode resultar desse poder real e efêmero que é o dinheiro”. (Inès Nollier. Op. Cit). Um profundo ressentimento se acumulava no coração dos homens, esmagados pelos encargos que lhes eram impostos pelos senhores e pelo clero, donos de todas as terras.

    Em 1831, Wyclif, professor em Oxford, começou a traduzir a Bíblia para o inglês, reconhecendo o direito do poder civil de apropriar-se das rendas da Igreja. Seus discípulos incitam o povo à revolta, contra os bispos e o fisco estrangeiro. Na Boêmia, João Hus traduz a Bíblia para o tcheco e, com Jerônimo de Praga, subleva os tchecos contra o clero alemão e o Sagrado Colégio de Roma. Em 1415 e 1416, no Concílio de Constança, os dois reformadores são condenados. O povo, já indignado com o tráfego das indulgências, rebela-se contra a condenação conciliar. Arma-se então para a guerra santa e, após várias batalhas inúteis, conquista o direito de comungar com o cálice e a hóstia. Pierre D’Ailly, membro do tribunal que condenou João Hus, reconhece que sua revolta era contra a unidade católica, romana, revolta da nação contra a república universal. (Paul Faure, La Renaissance).

    As causas da Reforma foi a corrupção da Igreja. A corrupção não era apenas de alguns padres, bispos, cardeais ou papas, mas da própria instituição. A tarefa da Igreja, salvar as almas do pecado e da morte, o perdão, a remissão dos pecados, que reconcilia o homem com Deus, o que há de mais profundo e mais íntimo, torna-se mercadoria que se pode comprar com dinheiro. Acabar de construir a Basílica de São Pedro não poderia justificar tamanho escândalo. E, o que é estarrecedor, as indulgências eram vendidas em um banco, como se fossem ações de uma companhia qualquer. “O luxo da corte de Roma indignou menos Lutero do que a venda, pelo banco Fugger, das indulgências pontifícias”. (Paul Faure, Op. Cit.). Lutero não é, de modo algum – diz o professor Corbisier – o orgulhoso, o fariseu, o sensual, o egocêntrico, o cristão apodrecido, como pretendem seus detratores, católicos sectários e pouco inteligentes sem nenhuma compreensão da História, como o Padre Franca e Maritain, por exemplo. Lutero é uma figura excepcional, um homem de gênio, de extraordinária coragem. É conhecido e muito citado seu desafio de que iria a Worms, mesmo que na cidade houvesse tantos demônios quantas telhas havia nos telhados. Nada improvisou; é o desfecho de um processo cujos sintomas são muito anteriores ao tempo em que viveu. A Reforma não é um ato isolado de Lutero, que brotasse do nada, do seu orgulho ou da sua vontade de casar-se, mas uma experiência das circunstâncias que ele soube interpretar e traduzir. Sem o que seria inexplicável o êxito da Reforma, especialmente nos países saxões. E também é patente a afinidade entre o que se poderia chamar de “espírito da reforma”, e o “espírito do capitalismo”, como se pode verificar pela leitura do livro de Max Weber a respeito do assunto. [O livro de Weber ao qual o professor Corbisier se refere é, acho, A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo].

    Reagindo contra a alienação do Cristianismo na Igreja, Lutero, monge franciscano, agostiniano, retorna ao Cristianismo primitivo, à verdadeira espiritualidade cristã, que não consiste nas exterioridades, na observância mecânica e ritualista dos sacramentos e do culto, mas na união íntima do espírito do homem com o espírito de Deus. As obras, os gestos exteriores, podem ser praticados sem fé, por pura inércia, ou hábito, e, nessa hipótese, nada significam. Não é a atitude exterior que importa, mas a relação íntima, a adesão da interioridade humana ao absoluto. O homem toma consciência de que pode entrar em contato direto com Deus, dispensando, em conseqüência a mediação da Igreja. A leitura e a meditação da Bíblia são suficientes, pois o livre exame é a característica do espírito da Renascença e da Reforma. Doravante não há mais diferença entre padres e leigos. Todos podem ser padres. A verdade deixa de ser privilégio de uma casta, única a conhecê-a e interpretá-a adequadamente. É o próprio homem que deve conhecer a verdade, em seu coração, em sua espiritualidade sensível. “Deus sensível ao coração, eis a fé”, dirá Pascal. A obra da reconciliação é a da responsabilidade de cada um. “A subjetividade, escreve Hegel, apropria-se do conteúdo objetivo, quer dizer, da doutrina da Igreja. Na Igreja Luterana, a subjetividade e a certeza do indivíduo são tão necessárias quanto a objetividade da verdade. Para os luteranos, a verdade não é uma coisa toda pronta, preparada; é o próprio sujeito que deve tornar-se verdadeiro, renunciando ao seu próprio conteúdo em favor da verdade substancial e dela se apropriando”. (Hegel, Lições sobre a filosofia da história).

    A bandeira do espírito livre – diz o professor Corbisier – ou da liberdade do espírito, é assim desfraldada; o homem determinando-se por si mesmo, livremente, a ser livre. O principal argumento deixa de ser o de autoridade e cancelada a mediação da Igreja, com única intérprete autorizada dos livros sagrados. A Bíblia e o testamento do espírito substituem as exegeses canônicas. A Reforma contesta a tradição, a autoridade da Igreja. “A tradução luterana da Bíblia, diz Hegel, foi para os alemães de um valor inapreciável. Adquiriram, assim, um livro popular, como não têm as outras nações do mundo católico; têm, sem dúvida, uma infinidade de pequenos livros de orações, mas nenhuma obra fundamental para instrução do povo”. (Hegel, Op. Cit.). Hegel escrevia, ou falava, no fim do século XVIII e no começo do século XIX, quando a língua oficial da Igreja ainda era o latim.

    Lutero pode ser considerado o fundador da nação alemã, ou da Alemanha enquanto nação. E, a propósito, é muito significativo o fato de os precursores da Reforma, Wyclif e João Hus, terem traduzido a Bíblia para o idioma de seus países: Wyclif para o inglês e Hus para o tcheco. Até então os europeus, indistintamente, pensavam, escreviam e falavam em latim, a língua que, herdada dos romanos, era também o idioma da Igreja Católica. As diversas traduções da Bíblia assinalam o advento da consciência nacional, os povos experimentando a necessidade de pensar, falar e escrever, não no idioma comum, que afirmava a unidade em detrimento da diferença, ou da variedade, mas em seus próprios idiomas”.

    (Cf. Roland Corbisier – Introdução à Filosofia, Tomo II – Parte Segunda. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1988)

  • Alexandre disse:

    – PROTESTANTES ORANDO E BEIJANDO IMAGENS NÃO EXISTE?

    NEM FAZENDO PROCISSÕES??

    NEM IMAGENS DE PERSONAGENS BIBLICOS DENTRO OU FORA DE SUAS IGREJAS?

    ENTÃO VEJAM ISSO:

    http://caiafarsa.wordpress.com/imagens-em-templos-prostestantes/

  • Eliene disse:

    Estou aqui pela primeira vez, e mais uma vez vejo julgamentos,criticas, e condenações ( verdadeiros deuses) de cristãos contra cristãos. Como diz a música:
    Pensamos diferente
    Oramos diferente
    Louvamos diferente
    Mas numa coisa nós somos iguais
    Buscamos o mesmo Deus
    Amamos o mesmo Pai
    Queremos o mesmo céu
    Choramos os mesmos ais.

    No nosso encontro com Deus,acredito que ele não vai perguntar qual sua religião, mas se vc o amou em primeiro lugar e ao próximo como a si mesmo.

  • Ivan disse:

    Meus caros,
    a discussão é uma coisa natural. O texto é polêmico, de fato, para que possamos questionar nossas atitudes. A verdade é que realmente muitos evangélicos insistem em argumentar contra a idolatria. Isso é ótimo! Mas nós todos podemos ser idólatras, católicos ou protestantes! As imagens que nós católicos possuímos não quer dizer que necessariamente nos torna idólatras. Idólatra é quem não tem auto-domínio nem castidade, é quem não consegue comer sem se esbaldar, é quem se masturba todos os dias, é quem somente dá valor a si mesmo e nega a ajuda ao próximo, é aquele que usa de arrogância e humilha o irmão, pois não há pior idolatria que a egolatria. Uma imagem pode ser um excelente meio de encontro com o próprio Cristo, pois ela me fala do céu. Se vemos hoje católicos se prostrarem diante de algumas delas isso pode ser lamentável, mas em nenhum momento a Igreja Católica pede isso aos seus fiéis. Ajoelhar-se ou não é questão pessoal. O que realmente importa é o que se passa no coração daquele fiel. Ele pode estar simplesmente ajoelhando-se num sinal de rendimento a Cristo que se manifestou tão perfeitamente na vida de um homem comum, de um santo, que pode ser mesmo um de nós. Portanto, é ultrapassado questionar as imagens dos católicos, beira o ridículo. Precisamos caminhar juntos em unidade. Vejamos que são Francisco de Assis tinha muitos motivos para protestar contra a Igreja em sua época. O que ele fez? Desligou-se dela? Não! Ele simplesmente VIVEU o Evangelho. Portanto, meus irmãos, antes de protestarmos vivamos o evangelho que Cristo nos ensinou, pois também cabe a cada um de nós defendermos e lutarmos pela nossa Igreja Mãe Católica Universal, Ela que é tão amada por Cristo Jesus, seu Fundador. Se nós temos questionamentos isso é natural, mas não protestemos e sim amemos a Igreja que Cristo mesmo fundou. Vamos todos nos unir para não repetirmos os erros de irmãos nossos antepassados. Deus abençoe!

  • VERONICA disse:

    VANDERLUCIO,A PAZ ESTEJA CONTIGO!
    SOU CRISTÃ E CONHECI A JESUS COM 21 ANOS.NA MINHA VIDA FOI UM DIVISOR DE AGUAS,DISSO SOU TESTEMUNHA.CONHECI UM HOEMM QUE ME ENSINOU A RECONHECER O AMOR E ME DISSE QUE ABRIRIA VIAS NO DESERTO.E ASSIM SE FEZ.HOJE SOU CATOLICA APOSTOLICA ROMANA,ANTES ERA FOLHA AO VENTO.VIVO O QUE DEUS ME CONDUZ A FAZER,EM MEIOS AS MINHA FRAQUESAS E VACILOS.IRMÃO POSSO DIZER COM VERDADE E DOR EM MEU CORAÇÃO QUE TODAS AS VEZES QUE FUI ABORDADA POR PROTESTANTES(PROTESTANTES PORQUE EM MOMENTO ALGUM FALARAM SIMPLESMENTE DO AMOR DE DEUS E SIM DA SANTA IGREJA CATOLICA,SUA “IDOLATRIA”,E QUE TODOS OS CATOLICOS NÃO CONHECERAM A SALVAÇÃO,QUE IGREJA NAO SALVA,MAS A DELES SALVA(DEPENDENDO DA CONGREGAÇAO DE QUEM ESTA PREGANDO,QUE PADRE NAO OPERA MILAGRE MAS O PASTOR TEM O PODER. AI EU PERGUNTO:SER EVANGELICO E SER ISSO? SER CAPAZ DE MANDAR O OUTRO IR PARA O INFERNO?NENHUM MOMENTO JESUS,OS APOSTOLOS E NEM PAULO FAZ ISSO.ESSA QUESTAO DA FORMIGA E DOS SANTOS É UMA RELIDADE,POIS NAO ERA PRA EXISTIR FOTOS,IMAGENS ETC… DA PARTE DOS PROTESTANTES. ELES ESTAO MAIS PREOCULPADOS EM TIRAR OS CATOLICOS DA IGREJA DO QUE APRESENTA UM SENHOR MANSO E HUMILDE. POIS BEM EU LHES DIGO QUE DA PARTE DOS IGNORANTES E DESCONHECEDORES DA PALAVRA ELE SÃO CAPAZES DE HOJE AGREDIR E JOGAR PEDRAS EM CRIANÇA (COMO JA ACONTECEU.NOS CONDENA PELO PASSADO REMIDO E PERDOADO E PRATICA HOJE,”CONHECENDO A VERDADE”.UM DIAS TIRAREMOS NOSSAS DIFERENÇAS NO CÉU ONDE TODOS SEREMOS IGUAIS E COM TODOS VIVEREMOS NA ETERNIDADE.PRETESTANTES E CATOLICOS JUNTOS NA ETERNIDADE.

  • VERONICA disse:

    TODOS JUNTOS NA MESMA ESTRADA VAMOS
    UNIDOS EM DEUS PRA CANTAR SEU LOUVOR
    UNIDOS EM DEUS PRO QUE DER E VIER.
    NOS SOMOS AQUELES QUE ELE TIROU DA ESCRAVIDÃO COM SEU SANGUE PAGOU. O QUE FAZER SE NÃO ama-LO PERDIDAMENTE , APAIXONADAMENTE.

    NOSSO AMIGO É JESUS E A ELE TODA HONRA,GLORIA E LOUVOR.

  • VERONICA disse:

    “…é aquele que usa de arrogância e humilha o irmão, pois não há pior idolatria que a egolatria. Uma imagem pode ser um excelente meio de encontro com o próprio Cristo, pois ela me fala do céu. Se vemos hoje católicos se prostrarem diante de algumas delas isso pode ser lamentável, mas em nenhum momento a Igreja Católica pede isso aos seus fiéis. Ajoelhar-se ou não é questão pessoal. O que realmente importa é o que se passa no coração daquele fiel. Ele pode estar simplesmente ajoelhando-se num sinal de rendimento a Cristo que se manifestou tão perfeitamente na vida de um homem comum, de um santo, que pode ser mesmo um de nós. Portanto, é ultrapassado questionar as imagens dos católicos, beira o ridículo. Precisamos caminhar juntos em unidade. Vejamos que são Francisco de Assis tinha muitos motivos para protestar contra a Igreja em sua época. O que ele fez? Desligou-se dela? Não! Ele simplesmente VIVEU o Evangelho

  • VERONICA disse:

    UM CERTO DIA ,NO ÔNIBUS FUI EVANGELIZADA POR UM IRMAO,EM UM DIALOGO SIMPLES ESQUECEMOS NOSSAS DIFERENÇAS RELIGIOSAS E COMEÇAMOS A EXALTAR AS MARAVILHAS DO SENHOR EM NOSSAS VIDAS.ESTAVA TUDO MUITO BOM QUANDO UMA IRMÃ NOS INTERROMPEU E FEZ A PERGUNTA,SEGUIDA DE UMA AFIRMAÇAO: VC É DE QUE CONGREGAÇAO IRMÃ? SOU CATÓLICA,RESPONDI. É? EU TAMBEM JA FUI E HOJE SO ADORO JESUS.NAQUELE MOMENTO EU RESPONDI O NATURAL:EU NÃP SOU IDOLATRA IRMÃ. ELA LOGO DISSE:MAS VC IDOLATRA MARIA ,OS SANTOS E IMAGENS. AI EU OLHEI P ELA E PERGUNTEI QUAL ERA O SANTO QUE ELA TINHA DEVOÇÃO. ELA RESPONDEU:SANTA TEREZINHA DO MENINO JESUS,MAS RESSALTOU QUE NAO CONHECIA A VERDADE. ENTAO PERGUNTEI QUEM ERA SANTA TEREZINHA E O QUE ELA HAVIA FEITO PARA SER SANTA. POIS JESUS NOS CHAMA A SER SANTOS E TESTEMUNHOS DO SEU AMOR E MARAVILHAS EM NOSSAS VIDAS EM MEIO A ALEGRIAS E SOFRIMENTOS,RENUNCIA E DISPOSIÇAO. ELA RESPONDEU QUE NUNCA FOI ATRAS E QUE O PADRE NNCA LHE FALOU. AI COMECEI A FALAR QUEM ERA AQUELA JOVEM QUE MORREU AOS 24 ANOS SERVINDO AO SENHOR,APAIXONADA POR JESUS E INTERCESSORA DA HUMANIDADE.EXPLIQUE O QUE ERA ESSE CHAMADO A SANTIDADE E CONVIDEI A SER SANTA COMO JESUS FOI SANTO(EM SUA HUAMNIDADE)POIS JESUS NAO É SO SANTO,ELE É O SANTO DOS SANTOS (QUE SOMOS NÓS,OS SANTOS DE DEUS),NA LUTA CONTRA O PECADO. ELA SILENCIOU E EU PEDI QUE ELA FOSSE CONHECER A VIDA DE TODOS OS SANTO NO GOOGLE E QUE OS SANTOS SÃO MODELOS DE HOMENS E MULHERES QUE DERAM A VIDA POR ELE. A QUEM SOU GRATA ETRENAMENTE. MEU AMAV (AMOR DA MINHA VIDA ) JESUS CRISTO. AMO MARIA,MINHA MÃE,E MEUS IRMÃO NO CÉU QUE INTERCEDE PELA HUMANIDADE. ALIAS, MINHA MAE E DEVOTA DE SAO FRANCISCO E HOJE SOU FRUTO DE SUA INTERCESSAO A JESUS.ANTES ELA NAO DORMIA,PREOCUPADA COMIGO.HOJE SOU REFERENCIAL CRISTÃ,PARA HONRA E GLORIA DO SENHOR E SUA MAE MARIA SANTISSIMA.

  • Alberto Gadanha Junior disse:

    Não sou nem católico nem protestante. Mas resolvi comentar esse post pelo níel de absurdo que foi essa sua comparação dos santos com o smilinguido, chega a ser patético, me senti ofendido por ter lido tanto texto para depois chegar na argumentação da formiga. Fica a dica: leia mais, estude mais, ai sim venha escrever alguma coisa que realmente importe. Enquanto isso esse espaço está sendo totalmente desperdiçado.

  • João de Deus disse:

    Não gosto de protestantes, pois não sabem discurtir no que se trata referente a fé. Cada religião comungar de principios religiosos e este é o casos dos cristãos da Igreja Católica Apostólica Romana. Vejo quando formos debater sobre quem é idolatra ou não, temos que tentar compreender o que o povo de Deus adorava para Deus fazer tal advertencia sobre adoração. Na Bíblia Deus diz:“Não tenha outros deuses diante de mim. 4 Não faça para você ídolos, nenhuma representação daquilo que existe no céu e na terra, ou nas águas que estão debaixo da terra. 5 Não se prostre diante desses deuses, nem sirva a eles, porque eu, Javé seu Deus, sou um Deus ciumento: quando me odeiam, castigo a culpa dos pais nos filhos, netos e bisnetos; 6 mas quando me amam e guardam os meus mandamentos, eu os trato com amor por mil gerações”. (Ex 20, 3-6).
    Mas no mesmo livro o mesmo Deus diz: 18 “Nas duas extremidades da placa, faça dois querubins de ouro batido: 19 cada um sairá de um extremo da placa e 20 a cobrirão com as asas estendidas para cima. Estarão diante um do outro, olhando para o centro da placa. 21 Cubra a arca com a placa, e dentro guarde o documento da aliança que darei a você. 22 Aí me encontrarei com você; e, de cima da placa, do meio dos querubins que estão sobre a arca da aliança, direi a você tudo o que deve ordenar aos filhos de Israel”. (Ex 25, 18-22); 1Rs 8, 5-7; 2Cr 3,10-13.
    A proibição de Deus se faz referência aos sacrificios humanos que israel tinha absorvido das outras nações principalmente as que moravam próximo a eles como os cananeus. Eles tinham costume de sacrificar pessoas a deuses estrangeiros como o deus moloc.

    21 “Não sacrifique um filho seu a Moloc, profanando o nome do seu Deus. Eu sou Javé”. (Levitico 18, 21)

    1 “Javé falou a Moisés: 2 «Diga aos filhos de Israel: Todo filho de Israel ou imigrante residente em Israel, que entregar um de seus filhos a Moloc, será réu de morte. O povo da terra o apedrejará, 3 e eu me voltarei contra esse homem e o eliminarei do seu povo, pois, entregando um de seus filhos a Moloc, contaminou o meu santuário e profanou o meu santo nome. 4 Se o povo da terra fechar os olhos a respeito do homem que entregou um de seus filhos a Moloc, e não o matar, 5 eu mesmo me voltarei contra esse homem e contra o seu clã. Eu os eliminarei do seu povo, tanto a ele como aos que com ele se prostituíram com Moloc”. (Lv: 20, 2-5)

    1 “Assim disse Javé a Jeremias: Vá comprar uma bilha de barro. Leve com você alguns anciãos do povo e alguns sacerdotes, 2 e siga em direção ao vale de Ben-Enom, que fica na entrada da porta dos Cacos. Aí você anunciará as palavras que eu vou lhe dizer. 3 Você dirá: Escutem a palavra de Javé, ó reis de Judá e habitantes de Jerusalém! Assim fala Javé dos exércitos, o Deus de Israel: Vou mandar contra este lugar uma calamidade tão grande, que zunirá nos ouvidos de quem a ouvir. 4 Porque eles me abandonaram e profanaram este lugar, queimando incenso a outros deuses, que vocês não conheciam, nem seus antepassados, nem os reis de Judá. Encheram este lugar com sangue de inocentes, 5 e construíram lugares altos para Baal, para queimar seus filhos no fogo em holocausto a Baal. Uma coisa dessas eu nunca mandei fazer, nem falei, nem me passou pelo pensamento. 6 Por isso – oráculo de Javé – virão dias em que este lugar já não se chamará mais Tofet ou vale de Ben-Enom, mas vale da Matança”. (Jr 19,1-6)

  • Rebeca disse:

    Não sou católica, nem evangélica, porém, moro numa cidade muito religiosa e vejo a veneração, a idolatria, que as pessoas tem pelo seu “santo”. Fazem sacrifício enormes para vê-lo, que talvez não fariam se o próprio Jesus estivesse na terra…(não condeno suas ações, é até elogiável alguns sacrificios que fazem em prol da fé). Acredito que há santos que governaram junto com Jesus, mas as Escrituras deixam claro que Deus deseja a adoração só para Ele. Afinal, quem merece a doração? O Criador? Ou as criaturas? A Igreja não deixa isso explícito porque depende disso, na cidade que moro as pessoas dependem financeiramente da idolatria, em cada esquina é uma imagens diferente a ser vendida. O próprio Jesus disse que deveríamos adorar somente seu Pai que está nos céus. Quanto aos evangélicos, a atitude de alguns não é aprovada, afinal, cada um tem suas crenças, cabe a cada um aceitar, Deus nos dotou de livre-arbítrio, para escolher o que achamos melhor. Quem somos nós p/ julgar? Religião nenhuma salva, sim nossas ações…

  • Jacira Olavo Pinto disse:

    A IDOLATRIA NAS IGREJAS EVANGÉLICAS

    A igreja de Cristo, certeza do encontro com Deus, ambiente de adoração lamentavelmente, está depreciada pelos próprios eruditos que as conduzem. O altar virou palco de show, quando não, palanque político. O louvor de adoração a Deus se transformou em músicas extravagantes, usando o seu santo nome em vão, e principalmente com fins comerciais. As pregações giram em torno das prosperidades materiais, mas o propósito principal do sacrifício de Cristo na cruz, a sua Graça e a oferta da vida eterna estão subjugados, são coisas em segundo plano.

    A igreja séria, compromissada com o Evangelho de Cristo, que espera pela sua vinda, precisa acabar de vez com essa doutrina de hipocrisia criada pelo homem, induzindo os mais fracos ao erro, iludindo-os a servir a Deus só pela recompensa das bênçãos materiais. Os fracos na fé esperam pelo deleite do Reino de Deus aqui na terra, mas o próprio Senhor disse: O meu Reino não é deste mundo.

    A igreja precisa voltar a ser de Cristo; precisa de crescimento espiritual, amadurecimento na sã doutrina, e reconhecer que a bênção do Senhor não se compra com dízimos e ofertas que hoje estão mais poderosos que Jesus Cristo dentro da igreja. É conveniente ressaltar que Deus é Espírito, e importa que os verdadeiros adoradores o adorem em espírito e em verdade.
    Amados, é hora de sair da penumbra e acordar para a vida em Cristo, pelo que diz a palavra do Senhor na carta de Paulo aos Efésios 5.14: Desperta, tu que dormes, e levanta-te dentre os mortos, e Cristo te esclarecerá. A palavra alerta: Existem muitos crentes dormindo dentre os mortos, participando da idolatria e vivendo como os gentios na abundância do pecado.
    A IDOLATRIA VIRTUAL
    Na antiguidade, era mais fácil identificar a idolatria, porque desde o princípio o Senhor já repugnava a criação de imagens (Êxodos 20). Porem, com o mundo moderno, satanás tem criado outros artifícios que induz sutilmente o homem à idolatria, inclusive de forma virtual. E uma delas é a televisão, quando usada de forma incorreta, traz uma avalanche de maldição para dentro da casa do servo de Deus. Por ela entram na sua casa os filmes, as novelas e outros programas que na maioria das vezes vem recheados de pornografia, violência e outras devassidões abomináveis aos mandamentos de Deus.
    Até mesmo o esporte, com aparência inócua e saudável, mas por trás de tudo isso há um violento conteúdo de idolatria. Um dos exemplos disso é o futebol, onde há um verdadeiro satanismo, principalmente nos bastidores dos grandes clubes. E isso é uma coisa pública, constantemente a imprensa divulga os trabalhos realizados pelos feiticeiros chamados “pai de santo” dentro dos clubes. As rezas dos jogadores, as promessas dos torcedores, sem falar da violência que assola dentro e fora dos estádios, onde muitos já perderam até a própria vida. É bom lembrar, que essas coisas acontecem não só no futebol, mas na maioria dos esportes há idolatria, perversidade, contenda e tragédia.
    Perguntamos então, qual a razão que leva o homem que tem compromisso Deus, a se envolver nessa aberração? Porque o crente tem que participar dessa atividade mundana, torcer por um time e ter os jogadores como verdadeiros ídolos?
    A carta aos Romanos 1. 22-25 diz: Os sábios, tornaram-se loucos. E mudaram a glória do Deus incorruptível em semelhança da imagem de homem corruptível.
    Pelo que também Deus os entregou às concupiscências do seu coração, à imundícia, para desonrarem o seu corpo entre si; pois mudaram a verdade de Deus em mentira e honraram e serviram mais a criatura do que o Criador, que é bendito eternamente. Amém!
    A palavra do Senhor, condena a prática esportiva que o homem tanta ama, vamos meditar:
    I Coríntios 9.25: Todo aquele que luta de tudo se abstém; eles o fazem para alcançar uma coroa corruptível, nós, porém, uma incorruptível.
    Gálatas 5.19-20: Porque as obras da carne são manifestas, as quais são: prostituição, impureza, lascívia, idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias.
    Uma pausa para conhecermos o significado da palavra EMULAÇÃO:
    Do latim aemulatione. Sentimento que incita a igualar ou superar outrem. Competição, rivalidade, concorrência. Estímulo, incentivo. Adjetivos que fogem do perfil dos que amam a Deus em Espírito e em Verdade.
    A nossa preocupação, é a infiltração dessa idolatria no coração dos pregadores e líderes das igrejas. O futebol, e o esporte num todo, está sendo praticado e cultuado até mesmo dentro de muitas igrejas. Mas, essa casa foi criada para adoração ao Senhor, esse local era uma fonte de oração e veneração, hoje muitas igrejas denominadas “evangélicas”, trazem a idolatria dissimulada no conteúdo da sua doutrina, tanto quanto o paganismo das igreja descompromissadas com Deus.
    O exemplo, o uso da imagem da cruz, a silhueta do pombinho, o castiçal com ramificação (candelabro) para uso de velas, folhetos ilustrados, etc. Criaram até um peixe como símbolo do crente. E no livro de Êxodo 20.4, disse o Senhor: Não farás para ti imagem de escultura, nem alguma semelhança do que há em cima nos céus, nem em baixo na terra, nem nas águas debaixo da terra.
    Alem disso ainda há outras espécies de armadilhas que o crente está sujeito. A tecnologia virtual, como filmes, jogos eletrônicos, celulares, internet e outras astúcias oferecidas pela tecnologia cibernética. Não condenamos o uso da ciência, porque ela também traz muitos benefícios ao homem, mas “o mau uso” desses instrumentos no meio evangélico, é complexo e ameaçador.
    Mas não é só isso, outra ameaça iminente são os costumes do mundo, que os líderes têm introduzido na igreja sob pretexto de evangelização. O que há de mais moderno hoje nas igrejas é o mundo gospel, como a música, que apesar de usar sempre o nome do Senhor é produzido com fins lucrativos, às danças coreográficas, às vezes procedidas de escândalos, os teatros, e até desfile para concurso de beleza feminina tem sido praticado por algumas igrejas.
    A palavra do Senhor na primeira Carta de Paulo aos Coríntios 6.12, alerta: Todas as coisas me são lícitas, mas nem todas as coisas convêm; todas as coisas me são lícitas, mas eu não me deixarei dominar por nenhuma.
    Isso nos leva a refletir e a indagar: Quem será edificado com essas coisas mundanas na Igreja? Isso tem sido praticado para exaltar o reino de quem? Porque o Senhor nosso Deus, que criou o céu e a terra, certamente não vai se agradar com isso, visto que são coisas condenáveis pela palavra.
    No princípio da Igreja Primitiva, houve uma verdadeira revolução, entres os povos pelo poder de Deus. Judeus e gentios se convertiam, milhares de pessoas se agregavam a doutrina de Cristo todos os dias. Curas, libertações, milagres e maravilhas aconteciam freqüentemente, o derramar do Espírito Santo era abundante entre os irmãos, havia virtudes até na sombra dos Apóstolos.
    Mas com o decorrer do tempo, o homem colocou uma placa na porta da estrutura material que eles chamam de “igreja”, e começaram a arrecadar, e a torcer a verdade de Cristo em mentira, e hoje a igreja de Cristo, que teoricamente seria fonte de benção e adoração, chegou ao ponto que está, totalmente materializada, afastada da presença de Cristo e da busca pela salvação da vida eterna, onde prioridade é a prosperidade material. Lamentavelmente, muitas igrejas que se identificam como evangélicas estão no divã.
    Mas isso é o cumprimento da palavra, os homens santos de Deus, divinamente inspirados pelo Espírito Santo já advertia a igreja sobre essas coisas que haveriam de acontecer. O Apóstolo Pedro, compelido pelo Espírito Santo, declarou:
    II Pedro 2.1-3: Houve entre o povo falsos profetas, como entre vós haverá também falsos doutores, que introduzirão encobertamente heresias de perdição e negarão o Senhor que os resgatou, trazendo sobre si mesmos repentina perdição.
    E, por avareza, farão comércio de vós com palavras fingidas; sobre os quais já de longo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dorme.
    A palavra na carta aos Efésios 5.6 a 12, exorta: Ninguém vos engane com palavras vãs; porque por essas coisas vem à ira de Deus sobre os filhos da desobediência. Portanto, não sejais seus companheiros.
    Porque, noutro tempo, éreis trevas, mas, agora, sois luz no Senhor; andai como filhos da luz, aprovando o que é agradável ao Senhor.
    E não comuniqueis com as obras infrutuosas das trevas, mas, antes, condenai-as. Porque o que eles fazem em oculto, até dizê-lo é torpe.
    Mas a IGREJA PRIMITIVA DE CRISTO está viva, e não nos convém permanecer calado, como também não podemos nos conformar com os descompromissados com a verdade e o Evangelho de Cristo, porque a sua palavra em João 8.32, disse Jesus: Conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
    Portanto amados, não é oportuno dizer o amem para tudo que ouvir, sem antes examinar a verdade na palavra do Senhor, para que não sejais aliciados e vencidos pelo espírito do engano, porque no grande e terrível dia do Senhor, certamente, Ele não terá o culpado por inocente, porque Ele é justo e julgará com justiça, cada segundo as suas obras.

  • AVISO A TODOS OS IRMÃOS EVANGÉLICOS DAQUI: por favor não acessem o site – http://www.montfort.org.br/ pois correm o sério risco de se converterem…!!! VOCÊ TEM CORAGEM ?

  • Ailane disse:

    bom,está errado sim a questao da idolatria,se existe é pra acreditar na biblia nos 10mandamentos Deus deixa bem claro que Ele é o unico que deve ser adorado.

  • Maviael Coelho disse:

    Js7,6;Nm21,8,Ex25;Jo3,14-15,Mt26,26;Mt1,23;Jo6;
    Jo19,25-27;Lc1,48;Lc2,1-20.Veja o site http://www.veritatis.com.br e http://www.apelosurgentes.com.br

  • Leniéverson Azeredo Gomes disse:

    Gostei do forum, parece a batalha ideologica santa. É isso, cerebros ao alto!

  • FRANCISCO ARAGÃO disse:

    Sr. Vanderlúcio, que bobagem você escreveu! Não vou perder tempo com isso. Apenas quero lhe dizer que se a figura do santinho ficasse apenas na parede para lembrar dele, até que iria aceitar, mas não é nada disso. A figurinha do santinho é para veneração, interceção e culto. Quer ver: “santo Expedito, rogai por nós; santo Antônio, rogai por nós; São Francisco, rogai por nós…” Somente Deus deve ser adorado e cultuado (Mateus 4, 10). Fica com Deus.

  • Maviael Coelho disse:

    Como vocês são bobos? Vejam Js7,6;Nm21,9;Jo3,
    14-15.Por que não contestam os seus irmãos protestantes de tantas falsas igrejas que vendem
    a fé e prometem riquezas?

  • Boni(O terror das procissões) disse:

    Aceita cheque pra 120 dias ?.

    É que eu queria tirar a alma de um amigo meu do purgatório.

  • Boni(O aniquilador de ídolos) disse:

    A fortuna do Bill Gates seria capaz de tirar a alma do Hitler do purgatório ?

  • Vanderlúcio Souza disse:

    Comentários ofensivos à fé e a integridade de pessoas são proibidos no blog Sr. Bonillo.

  • Boni (O aniquilador de ídolos) disse:

    Vanderlúcio

    Não são ofensas.É uma curiosidade.

  • Anderson Filho disse:

    O ódio protestante e sua peculiar soberba
    —————————————–

    Maria

    A palavra de DEUS diz que Isabel ficou cheia do Espírito Santo quando ouviu a vóz de Maria.

    João Batista estremeceu no ventre de Isabel.

    Isabel saudou Maria chamando-a de mãe do meu Senhor.

    Alguém já viu algum crente evangélico ficar cheio do Espírito Santo quando alguém faz saudação Maria ou pronuncia o seu nome ?

    Acontece exatamente o contrário.

    O crente fica enfurecido ao ouvir o nome de Maria.

    Se cumpre então(Genesis): “…porei inimizade entre a descendência dela e a descendência da serpente…”

    Alguém conhece alguma filha de evangélico chamada Maria ????

    Filho de crente se chama Lucas, Matheus, Caleb, David, Moisés, Jeremias, Isaias, Daniel. Nunca Maria.

    Nem Pedro.

    Pedro praticamente não existe no meio evangélico.

    Nunca é citado, nunca é pregado.

    Alguém já viu algum pastor pregar sobre a Epístola de Pedro que fala sobre as divisões das divisões(Seitas da perdição) ????

    Nem vai ouvir.

    A passagem em questão exclui a Igreja Católica de ser uma seita da perdição.

    O ideal é pregar sobre Paulo que andou pelo oriente.

    Mas ninguém cita a passagem em que Paulo foi para Roma.

    O Senhor disse a Paulo que poderia obter absolvição onde estava: “´…é necessário dar testemunho em Roma”.

    Nenhuma palavra sobre essa passagem em pregações evangélicas.

    Lutero

    Ele foi o criador do critério Sola Scriptura.

    Em outras palavras: “Só a Bíblia”.

    Para que esse critério fosse válido seria necessário que a própria Bíblia assim o prescrevesse ou então a Igreja.

    Mas que Igreja se existem milhares de denominações evangélicas ????

    E se nem ao menos a Bíblia assim indica, o critério de Lutero é meramente humano.

    É do homem.

    É o critério do Malafaia, do Soares, do Valdomiro.

    Critério não demonstrado na Bíblia, critério não praticado pela Igreja.

    Critério humano.

    Então se cumpre: “…deixarão a sã doutrina e seguirão ensinamentos de homens.”

    Quando alguém diz: “Só a Bíblia”, e sendo alguém verdadeiramente honesto, deveria comprovar pela Bíblia a necessidade de adoção desse critério.

    O crente evangélico e sua arrogância

    O problema do povo evangélico é a soberba e o orgulho. Esses defeitos que nasceram a partir do virus lançado por Lutero.

    Nem mesmo os amigos de Lutero permaneceram com ele.

    Não foi a toa que o próprio Lutero disse: “Meus DEUS, o que eu fiz ? Um dia serão tantas seitas que nem poderemos contar. Cada cabeça será uma Igreja.”

    Alguém já tentou debater seriamente com um crente evangélico ?

    Nao conseguirá !

    Quando ele se vê sem resposta faz logo duas perguntas e não responde a que lhe foi feita.

    Ele é o próprio doutor da bíblia.

    Com 6 meses de bíblia ele já pode contestar o mundo inteiro e 2.000 anos de catolicismo.

    O crente evangélico sem ter ido uma única Missa na vida, sem ter lido um único livro sobre católico, sem ter conversado uma única vez com um sacerdote católico, ou seja, nada entendendo ou compreendendo sobre o catolicismo, é juiz e doutor especialista em teologia católica.

    Sabe tudo a respeito do catolicismo e contesta todos os dogmas e preceitos de fé.

    Eles de fato acreditam que ninguém no catolicismo leu a bíblia até hoje.

    Não é ficção. É fato. Realmente acreditam nisso, tal como muitos acreditam em disco voadores ou vampiros.

    Parece que só eles descobriram a pólvora. Nem se dão conta que foi a Igreja Católica que compilou a bíblia que depois eles mutilaram.

    Eles não conseguem entender que DEUS vem antes da bíblia. DEUS já existia e sempre existiu, antes da bíblia existir.

    Para o crente tudo a respeito de Deus está na bíblia.

    Ele não compreende que quando se fala de um Deus eterno, significa que era antes, durante e depois. Que sempre o foi. Nunca deixou de ser.

    Fazem da criatura(bíblia) maior do que o criador(DEUS).

    Se pudéssemos explicar a Deus ele já não seria Deus.

    Acreditam que podem compreender tudo sobre Deus e sua santa vontade a partir da leitura da bíblia, como se fosse possível tornar-se advogado a partir da leitura dos livros de direito ou médico a partir da leitura de livros de medicina.

    Não conseguem compreender que Deus pode de fato todas as coisas. Não só as coisas escritas na bíblia, mas aquelas que imaginamos e ainda aquelas que as nossas mentes não podem nem mesmo imaginar.

    Esse é o DEUS que servimos no catolicismo. O Deus que pode fazer de Maria assunta ao céu. Eu não preciso ver e nem preciso ler. Só preciso crer.

    Acreditamos no DEUS que se transforma na hóstia consagrada. Cremos que ali está o seu corpo e sangue.

    Mas eles dizem que não é possível.

    Mesmo que Jesus tenha dito que devemos comer de sua carne e beber de seu sangue, eles não podem suportar.

    Para o crente DEUS está obrigado a seguir a bíblia.

    O crente mais fanático chega ao cúmulo de confrontar o criador com a Bíblia e cobrar-lhe prosperidade, cura de doenças e cumprimento de profecias, alegando sempre que Deus não é homem para que minta.

    Não foi o que Ana Paula Valadão fez ????

    Ela “profetizou” e Deus agora tem agir e cumprir.

    O crente chama isso de posicionamento diante de DEUS.

    Judas também posicionou-se e o resultado todos já conhecem. Ele literalmente tomou posição diante de DEUS.

    Nem o próprio Jesus que é DEUS o fez. Ele disse: “Pai, se possível, afasta de mim esse cálice.” E ainda: “Faça-se a tua vontade e não a minha.”

    Ao mesmo tempo que DEUS está obrigado pela Bíblia, não pode fazer nada que não esteja escrito.

    O crente evangélico chama isso de determinação. O crente tem que determinar e falar com autoridade e DEUS está obrigado a cumprir.

    Mera cópia das religiões orientais que propagam a teoria da confissão positiva.

    Para o crente DEUS deve cumprir o “Contrato” e nesse caso deixa de ser Deus e soberano para agir como lhe convém, mas deve adaptar-se às escrituras, ou melhor, deve adaptar-se ao entendimento que cada crente dá pessoalmente para cada letra das escrituras.

    Todo crente é mestre e doutor por excelência. Não tem nada para aprender e tudo para ensinar.

    Uma vez que cada um é mestre e doutor, acabam brigando entre si e nem mesmo podem tolerar-se.

    Por isso, milhões de denominações e doutrinas variadas.

    Tudo que um crente evangélico não tolera é outro crente evangélico que pensa que sabe mais do que o primeiro.

    Todos se dizem inspirados pelo Espírito Santo, mas todos são diferentes entre si.

    De comum apenas o ódio contra o catolicismo e a intolerância de uns para com os outros.

    O crente não aceita subordinação. Uma vez contrariado já sai daquela denominação e vai para outra.

    O crente evangélico em pouco tempo já freqüentou diversas denominações. Não se firma em lugar algum.

    Seus líderes, insatisfeitos com anonimato e por vezes por mera ganância não conseguem permanecer em uma mesma denominação por muito tempo, mas acabam fundando novas denominações com novas doutrinas.

    A soberba, o orgulho e a falta de humildade são as principais características do evangélico de hoje.

    Ele é mestre de si mesmo.

    O crente é o próprio ídolo de si mesmo.

    Silas estava com Edir Macedo. Agora brigaram.

    Silas era da Assembléia, agora vai fundar a denominação Vitória em Cristo.

    Valdomiro era amigo do Edir Macedo, agora tem sua própria igreja.

    Soares era da Universal, agora é dono da Igreja da Graça.

    Edir Macedo, Soares e Miguel Ângelo eram da Nova Vida. Agora cada qual tem sua igreja.

    Miguel Ângelo prega a favor da predestinação. Soares prega que DEUS tem limitações e Edir Macedo prega a favor do aborto.

    Silas apóia o partido abortista, Soares também. Mas Valdomiro é contra.

    Rene Terra Nova brigou com Silas, porque o segundo atacou o primeiro por supostas heresias.

    Agora são amigos e o segundo vende bíblia da prosperidade financeira.

    Valnice previu o retorno de Jesus em 2007. Jesus não voltou, mas ela continua sendo uma benção.

    E assim por diante.

    Todos são diferentes e divergentes entre si, mas todos são “uma benção” ao mesmo tempo, profetas, profetizas e ungidos.

    Nada de unidade, nada de subordinação e nenhum respeito a qualquer autoridade.

    A soberba já começa quando se pergunta a um católico: “Você aceita Jesus ?”

    Como é possível que alguém sendo católico não seja antes cristão ?

    E quem disse que somos nós que escolhemos a Jesus ???

    É ele quem nos escolhe. É ele que por amor e misericórdia nos estende a mão. Não temos mérito algum.

    Mas para o crente é ele quem faz um favor a Jesus em “aceita-lo”.

    Ele já se presume salvo. Não precisa perseverar. Aceitou Jesus está salvo.

    A presunção não tem limites.

    Presunção de salvação é definida no catolicismo como pecado contra o Espírito Santo, para o qual não existe perdão nem agora e nem no porvir.

    Mas isso não importa para o crente.

    O crente já está salvo e todos que não são crentes estão condenados.

    Defende que placa de Igreja não salva ninguém, mas se a pessoa não for de uma denominação evangélica não serve.

    Ele aponta o dedo e determina quem é idólatra e adorador de outros deuses.

    O crente de fato acredita que pode conhecer o coração de todos os homens e determinar quem é sincero ou não, quem é idólatra e quem não é e assim por diante.

    O crente é quem determina o modo correto de adorar a Deus e o que é certo ou errado em matéria de fé.

    O modo católico está sempre errado.

    Os diversos modos evangélicos estão todos certos, ainda que todos sejam diferentes entre si.

    Ainda que um outro crente pratique doutrina diversa, ainda que pratique heresias em sua denominação, é chamado pelos crentes de outras denominações de “irmão em Cristo”.

    Irmão em Cristo é qualquer crente que receba o rótulo de evangélico, independentemente do que seja, de quem seja, e que tipo de cristianismo pratique.

    Um católico nunca é chamado de “irmão em Cristo”.

    O crente condena a revelação continuada do catolicismo, mas aceita qualquer visão ou profecia que seja proferida por algum dos seus.

    Se um pastor disser que teve uma visão para construir um novo templo o crente acredita.

    Se um novo pregador disser que recebeu uma visão para fundar uma nova denominação o crente aceita.

    O famoso vale o que está escrito, ou seja, tem que estar na bíblia, só vale para fazer críticas ao catolicismo.

    Pouco importa o que diz a bíblia. Se os católicos o fazem, ainda que esteja certo, não se pode copiar.

    O crente não está obrigado a seguir a bíblia. Doutrinas estranhas e ordenações bíblicas não atendidas são aceitas entre seus membros.

    Por isso o crente não recita o Pai Nosso, não chama a Maria de Bem Aventurada e ignora o texto de Tiago que ensina que a Fé sem obras é morta.

    Por isso temos mulheres pastoras. Não pode, a bíblia proíbe, mas vale mesmo assim.

    Basta que o crente deseje que então vale, pouco importando se é bíblico ou não.

    O crente em sua defesa sai logo com um famoso clichê: “Tudo posso naquele que me fortalece, ou, Em todas as coisas somos mais do que vencedores.”

    O crente evangélico vive essencialmente do anti catolicismo.

    Se batemos palmas eles são contra.

    Se não batemos palmas somos frios.

    Se não mudamos nos chamam de tradicionalistas, antiquados.

    Se mudamos nos acusam de deturpar a doutrina.

    Se batizamos eles são contra.

    Se rezamos eles dizem que devemos orar.

    Se oramos eles dizem que não sabemos faze-lo.

    Não é por acaso que os protestantes históricos e tradicionais, essencialmente católicos, fazem questão de manter-se longe deles.

    Em suma, o crente pode apontar os defeitos dos homens do catolicismo. Podem chama-los de pedófilos, assassinos, idólatras, etc…

    Quando se depara com os defeitos evangélicos, próprios dos homens e não de uma determinada religião, o crente usa os seus famosos jargões:

    .Não devemos julgar
    .Deus sabe de todas as coisas
    .Deixa que ele está fazendo a obra de Deus.
    .Coitado de quem toca no ungido do Senhor
    .Olha que ela é vaso de barro
    .Olha que ele é o escolhido do Senhor

    O crente é o juíz de todas as coisas.

    Ele determina tudo.

    Quem é salvo, quem é idólatra, quem pode errar, que pecado por ser admitido e quem sabe ou não adorar a Deus.

    O crente é senhor de todas as coisas.

    Mestre, Doutor em teologia, juíz, Sacerdorte e Rei.

    E quanto a Lutero ???

    De Lutero eles só herdaram o orgulho e a soberba.

    Se seguissem Lutero, como pensam que seguem, assim como pensam que seguem a Bíblia, seriam devotos da Virgem Maria, batizariam crianças, fariam a primeira comunhão, recitariam o Pai Nosso e chamariam seus templos de paróquia.

    Mas o crente evangélico não pode nem mesmo suportar a doutrina de seu pai Lutero.

    O jargão “…tem que estar na bíblia”, só vale para os outros. Nunca para o crente.

    Se Jesus voltasse hoje ainda assim encontraríamos quem dissesse: “não está na palavra que ele voltaria desse jeito.”

    Mesmo assim devemos ama-los e por eles permanecermos em orações constantes.

    E pela graça de Deus, quando algum deles deixa esse mundo, ainda há católicos dispostos a rezarem por suas almas.

    Fiquem na paz.

    Para reflexão:

    1)O crente diz que basta crer para ser salvo. Isso para ele que é crente.

    Nota – Se for católico não basta crer. Tem que deixar a Igreja Católica e ingressar em alguma denominação evangélica.

    2)O crente diz que placa de igreja não salva ninguém.

    Nota- Se for evangélico tanto faz a doutrina que se prega ou que se assimila. Basta ter o rótulo de evangélico. Católico está condenado se permanecer na Igreja Católica.

    Vejo evangélicos que são contra o aborto tratarem por “irmãos em Cristo” outros que são favoráveis.
    O que importa é o rótulo evangélico.

    3)O crente diz que religião não serve para nada. O que importa é Jesus.

    Nota – Mas se for católico já está condenado. Se for evangélico já está salvo.

    Ora,

    Se basta crer, que diferença faz ser católico, protestante ou evangélico ?

    Ora,

    Se placa de igreja não salva ninguém, que diferença faz ser membro da Igreja católica, protestante, luterana ou evangélica ?

    Ora,

    Se religião não salva ninguém, tanto faz se dizer católico, protestante ou evangélico.

    Pois bem,

    Se o evangélico é mestre da bíblia, se placa de igreja não salva ninguém e se crer em Jesus Cristo já lhe garante salvação, o que o crente vai fazer em sua denominação ?

    Não seria melhor ficar em casa do que seguir alguma doutrina errada e correr o risco de perder a sua salvação já conseguida ?

    Se ele crê em Jesus, é mestre da lei, vaso de barro, sacerdote, rei e profeta e além disso Igreja e religião não salva ninguém, a denominação só lhe pode trazer o risco de perder a sua alma para sempre.

    Para que serve a denominação afinal se não para colocar em risco a salvação da alma ?

    COMO É POSSÍVEL O SACERDOTE LUTERO(FREI) DIZER QUE NÃO SE DEVE CONFIAR PLENAMENTE EM OUTRO SACERDOTE(PAPA) ????

    UM SACERDOTE ENSINANDO QUE NÃO SE DEVE CONFIAR EM OUTRO SACERDOTE ????

    A PERGUNTA É: POR QUE CONFIAR EM LUTERO SE ELE MESMO DIZ QUE NÃO SE DEVE CONFIAR EM UM SACERDOTE ????

    LUTERO ESTÁ NA BÍBLIA ????

    LUTERO É SANTO ????

    CRENTE ACEITA SANTO ????

    Os católicos não aceitam o critério Sola Scriptura.

    Seguimos o magistério da Igreja: “…a igreja é coluna e sustentáculo da verdade”

    Quem se obrigou ao Sola Scriptura foi o povo evangélico.

    Portanto, são vocês que responderão por cada determinação bíblica não cumprida.

    São vocês que deverão explicar-se porque não chamaram a Virgem Maria de bem aventurada.

    São vocês que deverão explicar-se porque não a chamaram de mãe de Deus(Lucas) e mãe do meu Senhor.

    Nós podermos dizer: “Senhor, seguimos a tua igreja, tal como a Bíblia dizia”

    E o que vocês dirão ????

    Se são mestres em teologia, doutores da lei, terão que dizer: “Senhor não entendemos nada do que lemos” Ou então: “Senhor, lemos, entendemos, mas não desejávamos parecer católicos.”

    Passem bem meus irmãos e tenham certeza de que Igreja que venceu o nazismo, o comunismo, o Império Romano, vencerá todas as heresias.

    Vencerá o protestantismo, a maçonaria, os governos abortistas e toda a sorte de calúnias, difamações que se fazem contra ela.

    Tem sido assim nos últimos 2.000 anos, porquanto o senhor falou: “As portas do inferno nunca prevalecerão contra ela”.

    Quando parecer mais fraca aí mesmo é que ressurgirá mais forte e santa.

    Assim como ninguém que ficou fora da arca de Noé salvou-se do dilúvio ninguém pode salvar-se fora da Igreja Católica.

    Esse é o dogma da Santa Igreja: “Extra Ecclesiam Nulla Sallus(Fora da Igreja Católica não há salvação)”

    E ainda:

    Encontra-se de tudo no meio evangélico.
    Teoria da prosperidade, confissão positiva, descarrego, quebra de maldições heriditárias, cantoria, bandas de rock, gritarias, transe, histeria, gritos de animais. Encontra-se de tudo.

    Como disse Santo Agostinho: “Fora da Igreja Católica encontra-se de tudo. Menos salvação.”

  • Maviael Coelho disse:

    O Bonillo deveria fazer tal pergunta aos pastores que roubam o povo e fazem fortunas(ain-
    da bem que não são todos).Pois hoje ouvi uma música evangélica no micro-ônibus que fazia tal denúncia e questionava a razão do evangelho ver-
    dadeiro. Não brinque com a única Igreja fundada
    por Jesus(Mt16,18).

  • Maviael Coelho disse:

    Lutero e Calvino são os prediletos do Bonillo.
    Quem sabe até adorado na incrível cegueira de tal
    herege?
    Veja o site:www.veritatis.com.br ou o
    http://www.montfort.org.br e http://www.apelosurgentes.com.br

  • Bonillo disse:

    A serpente de metal existou por muito tempo até o rei ezequias destruí-la.

    Mas porque ele destrui ?.

    Porque as práticas relacionadas a serpente passaram a enfurecer Deus.

    Um exemplo :

    Enterrem um poste de madeira no jardim de suas casas e se perguntem :

    Isso incomoda Deus ?.

    Não,não incomoda.

    Agora acendam incensos,carreguem em procissões,incenssem o poste,rezem para ele.

    Isso incomoda Deus !

    Muitos anos passaram da construção da serpente até a sua destruição.

    A bíblia diz porque ela foi destruida :

    1_E sucedeu que, no terceiro ano de Oséias, filho de Elá, rei de Israel, começou a reinar Ezequias, filho de Acaz, rei de Judá.

    2_Tinha vinte e cinco anos de idade quando começou a reinar, e vinte e nove anos reinou em Jerusalém; e era o nome de sua mãe Abi, filha de Zacarias.

    3_E fez o que era reto aos olhos do SENHOR, conforme tudo o que fizera Davi, seu pai.

    4_Ele tirou os altos, quebrou as estátuas, deitou abaixo os bosques, e fez em pedaços a serpente de metal que Moisés fizera; porquanto até àquele dia os filhos de Israel lhe queimavam incenso, e lhe chamaram Neustã.

    As práticas incomodam Jesus Cristo.Quem tem temor de Deus preste atenção.

  • B.Carvalho disse:

    IDOLATRIA

    Primeiro temos que separar protestantes de evangélicos.
    Protestante é todo aquele que “protesta” pela reforma da Igreja Católica.
    O nome correto seria reformista.
    Reformador é errado porque não houve reforma.
    Reforma ou pretendida reforma referem-se a Igreja Católica.
    Os protestantes históricos consideram a Igreja Católica a igreja original e protestaram por sua reforma.
    Se a Igreja Católica tivesse acatado as teses de Lutero este teria permanecido católico.
    Sobre a fundação da Igreja os protestantes históricos declaram. “Onde está Pedro está a Igreja. Onde está a Igreja está Cristo.”
    Evangélico não crê na Igreja Católica. Para eles ela é falsa e foi fundada por Constantino.
    Portanto, protestante e evangélico são coisas distintas.
    Os evangélicos são divisões do protestantismo e não do catolicismo.
    A Épístola da Pedro fala dessas divisões da divisão principal e as heresias que lhe acompanham.
    Está tudo lá na bíblia de Lutero.
    Ora, se a Igreja Católica é falsa, falsa é a pretensa reforma e falsos são os pretensos reformistas que saíram da Igreja Católica.
    No que se refere às imagens e ídolos, o antigo testamento contempla uma série de passagens onde o próprio Deus mandou que cunhassem imagens. Querubins e até mesmo serpente.
    Está tudo lá na bíblia protestante.
    Imagem e ídolos são coisas diferentes.
    Infelizmente, mais da metade dos pastores evangélicos nunca nem mesmo leu a bíblia.
    Os dados foram postados recentemente em pesquisa produzida por instituto de credibilidade nacional e estão disponíveis na internet.
    Se por um lado a maior parte dos pastores nunca leu a bíblia, grande número de pastores que já leram a bíblia não conseguiram entende-la.
    Alguns até leram e talvez tenham compreendido muitas passagens, mas o ódio contra o catolicismo ou a ganância acabam falando mais alto de maneira que é mais interessante modificar os fatos, criar falsos conceitos, apelidos e doutrinas distorcidas para um povo ávido de ídolos, mestres e gurus.
    Por isso a própria bíblia diz:
    “…atrás de toda a sorte de novidades ajustarão mestres para si.”
    “…deixarão a sã doutrina e seguirão ensinamentos de homens.”
    Ídolo é tudo que tira a primazia de Deus. Tudo que colocamos na frente de Deus.
    Egoísmo, paixões, dinheiro, sexo e até mesmo imagens para quem não sabe usa-las com moderação.
    A Bíblia fala em moderação.
    Moderação significa usar com bom senso.
    Não usar não é moderação é muitas vezes ignorância.
    Mesmo substâncias ruins ou nocivas a saúde possuem propriedades terapêuticas se usadas com bom senso e de forma adequada, principalmente por alguém com conhecimentos técnicos para manipula-las.
    O ídolo pode ser físico. Filhos, amantes, futebol, dinheiro, bens e propriedades.
    Mas pode ser invisível também. É o caso dos sentimentos negativos, da inveja, e muitas outras situações e sentimentos.
    O ídolo pode até mesmo ser o próprio crente que julgando-se mestre das Escrituras acha que nada tem para aprender e pensa que tudo pode ensinar aos outros.
    É comum ouvirmos um crente dizendo: “Leiam a bíblia.”
    “Estudem a bíblia.”
    É no mínimo infantilidade algum crente imaginar que em 2000 anos de histórias os inventores da bíblia que são os católicos, nunca se deram ao trabalho de procederem sua leitura.
    Enfim…a soberba ofusca a visão e a pessoa acaba acreditando em qualquer coisa que lhe disserem.
    O pastor falou que os católicos não leram a bíblia e que eles adoram imagens. Então o crente acredita.
    O ídolo também pode ser o pregador protestante ou evangélico.
    No meio evangélico é comum ouvir expressões do tipo: “Ele é tremendo”. “Ele é ungido.” “Ele tem a unção.”
    A idolatria evangélica é tão séria que nem mesmo diante das evidências, quando algum deles se mete em escândalos, admitem que seus pregadores são passíveis de erro.
    Vem logo o crente dizendo sobre o pastor corrupto, pedófilo, adúltero ou metido com política ou ainda apoiando partidos e candidatos abortista: “Não toca no ungido do Senhor. Deixa que ele está fazendo a obra de Deus. Não podemos julgar.”
    A terceira maior idolatria evangélica é o dinheiro. Com ele se pretende comprar benção, comprar terreno no céu e acumular riquezas materiais de todo o tipo.
    Fazem de Deus um mercador barato.
    Negociam o tempo todo com Deus.
    Certos pregadores dizem que se você dá o dízimo e oferta na denominação já tem condições de colocar Deus contra a parede.
    Pura blasfêmia !
    Agora já inventaram até o trízimo e todos que inventaram o trízimo são “ungidos” e “Bençãos”.
    Ora, graça é favor imerecido.
    Graça não se conquista, mas se ganha a partir do amor infinito de Deus.
    Não há nada que possamos fazer para merece-la.
    É bom que se diga que os protestantes históricos utilizam-se de imagens em seus templos, principalmente na Europa.
    Um quarto ídolo evangélico é a própria Bíblia.
    Ele faz da Bíblia maior do que Deus.
    Deus existe de eternidade para eternidade.
    Significa que sempre existiu. Sempre o foi e sempre o será.
    A Bíblia foi concluída cerca de 400 anos da era cristã e justamente pelos católicos.
    Lutero veio a existir 1.200 anos depois ou perto disso.
    Para o crente a Bíblia é maior do que Deus.
    Deus nada pode fazer além da Bíblia. Está obrigado a segui-la junto com o crente e pior, deve adaptar-se a vontade do crente.
    Ele “profetiza” e Deus está obrigado a cumprir.
    Ele “determina” e Deus tem que agir.
    O crente chama essas situações de “Tomar posse de sua benção” ou “Tomar posição diante de Deus.”
    Judas tomou posição diante de Deus e o resultado todos já conhecem.
    Ora, o próprio Jesus nos ensina: “…pai, se possível, afasta de mim esse cálice.”
    E ainda: “…mas seja feita não a minha, mas a tua vontade.”
    Alguém como Jesus, Deus e filho de Deus pai apresenta-se humilde e conformado com a vontade do pai.
    O crente apresenta-se soberbo, arrogante, determinando, tomando posição e cobrando de Deus resultados.
    Da mesma forma, apenas para efeitos de comparação, o crente ignora Maria.
    Maria que serviu para ser mãe de Jesus.
    Maria que serviu para ser mãe de João como eles afirmam, já que descartam a maternidade universal.
    Mas essa mesma Maria que Jesus honrou não serve para ser mãe do crente.
    Ele é superior a João e até mesmo a Jesus, assim como a sua bíblia mutilada por Lutero é superior ao Deus que criou todas as coisas e assim com a sua denominação é superior a Igreja dos apóstolos que permanece de pé por 2.000 anos.
    Esses são os ídolos do crente.

    Eles próprio.
    A Bíblia.
    Os pregadores.
    O dinheiro.

    Veneração x Adoração
    —————————–
    Os protestantes não praticam a veneração devida aos Santos porque negam a adoração devida a Deus, substituindo-a por mera veneração.
    Venerar é o que fazem os filhos em relação aos pais, ou os discípulos em relação a um mestre querido: louvá-lo por suas qualidades, agradecer-lhe pelos dons que faz e pedir-lhe aquilo de que necessitam.
    Adorar é oferecer sacrifício à Divindade.
    Os protestantes não adoram a Deus. Eles Lhe negam o seu culto devido, oferecendo a Ele apenas o culto de veneração, que é o “culto” oferecido pelos filhos a seus pais ou pelos discípulos a seu mestre.
    Em suas cerimônias proferem apenas palavras. Palavras de louvor, palavras de agradecimento, palavras de pedidos. Palavras cantadas, palavras faladas, discursadas e gritadas até.
    O católico, por outro lado, adora a Deus. O Sacrifício de Cristo na Cruz é oferecido a Deus na Santa Missa, que é este Sacrifício Perfeito tornado novamente presente (não repetido) de forma incruenta (sem mortes e derramamento de sangue).
    O centro da Missa é o Sacrifício, oferecido pelo sacerdote na Pessoa de Cristo em benefício de toda a Igreja. O Sacrifício é o mesmo, quer seja ele ofertado em voz baixa e inaudível ou em alta voz.
    Aos Santos, assim como a nossos pais e mestres, prestamos culto de veneração, não de adoração.
    Não se oferece o Sacrifício a um Santo; a eles oferecemos nossos pedidos em oração, para que eles por sua vez nos incluam em suas orações a Deus. A eles oferecemos nossos agradecimentos em oração, pelas graças que recebemos após termos pedido suas orações.
    Jamais oferecemos, repito, nem jamais poderíamos oferecer-lhes, sacrifício. O sacrifício, a adoração, é apenas a Deus devido.
    Quando se fala que só há um mediador entre Deus e os homens é exatamente isso.
    Apenas o sacrifício de Jesus na cruz é suficiente para nos reconciliarmos com Deus.
    E não há outro. A Igreja Católica não ensina diferente.
    Quando se diz na bíblia que muito valem as orações de um justo, o que isso quer dizer ???
    Ora, a bíblia também fala que não há um justo entre nós.
    Se não há justos, como podem valer as orações dos justos ???
    Quem são os justos se não aqueles que são santos ???
    Se não vale a intercessão de um santo ou de Maria, por que é que protestantes pedem orações uns aos outros ?
    Isso também não é intercessão ?
    Por que o protestante não vai direto a Deus ao invés de pedir oração para o pastor ?
    E nesse caso nem se pode dizer que os homens são santos, porquanto protestante não acredita em santo e estamos falando de pessoas ainda vivas na presente existência.
    O sacrifício da Santa Missa é o mesmo do qual falam os profetas Jeremias e Daniel.
    O que existe no protestantismo é no máximo culto de veneração.
    Por vezes nem isso.
    Muitas vezes Davi, Abraão, Moisés, Elias, entre outros, são mais citados na reunião do que o próprio Jesus.
    Isso sem falar no diabo, principal celebridade no meio evangélico atual.
    Um pastor conhecido notou que no culto ministrado por seu colega o diabo havia sido citado 45 vezes para 15 citações ao nome de Jesus.
    A Santa Missa é essencialmente Cristrocêntrica.
    Não vivemos pelo velho testamento. Vivemos pela nova aliança.
    Ora, o próprio Jesus mandou que comessemos da sua carne e bebessemos de seu sangue.
    Está lá na mutilada bíblia protestante.
    João 6, 66. Isso mesmo. 666 é o número para todos aqueles que se retiraram e não suportaram as palavras de Jesus.
    Ali o Senhor institui a Eucaristia.
    A presença real de Jesus Cristo e não apenas uma lembrança como fazem os protestantes.
    Adoramos o Deus vivo. O pão do céu.
    O verdadeiro adorador deve fazer sua adoração em espírito e em verdade.
    Mas que verdade ???
    A verdade é una. Única. Não se modifica. Não pode ser alterada. É sempre nova. Sempre atual.
    Como é possível a verdade estar com os protestantes se eles estão espalhados em milhares de denominações e cada qual com sua doutrina própria, todas diferentes entre si ?
    A verdade é Jesus ???
    Sem dúvida.
    Ele é o caminho, a verdade e a vida.
    Mas a verdade também reside na Igreja.
    E como a verdade é única, não pode existir conflito ou contradição.
    A contradição é própria do meio protestante, onde todos julgando-se mestres, contestam uns aos outros.
    Ora, a Bíblia nos ensina que a Igreja é Coluna e sustentáculo da verdade.
    E qual Igreja ???
    A do Macedo ?
    A de Lutero ?
    A do Valdomiro ?
    Assim como homem e mulher formam um só corpo, de sorte que ao homem não cabe separar o que Deus uniu, tampouco a cabeça que é Jesus pode estar separada do corpo que é a Igreja.
    Assim a Bíblia define como anti cristo todo aquele que divide o corpo de Cristo.
    Por isso com toda propriedade se diz: “Fora da Igreja Católica não há salvação”.
    “Assim como há um só Deus, um só Cristo, um só Espírito Santo, assim também há uma só verdade divinamente revelada; uma só Fé divina que é o princípio da salvação do homem e o fundamento de toda a justificação, a Fé pela qual o justo vive e sem a qual é impossível agradar a Deus e chegar à comunhão dos Seus filhos. Há uma só Igreja una, verdadeira, santa e católica que é a Igreja Apostólica Romana. Há uma só cátedra fundada sobre Pedro pela palavra do Senhor, fora da qual não podemos encontrar nem a verdadeira Fé, nem a salvação eterna. Todo aquele que não tiver a Igreja como mãe não pode ter a Deus como pai, e quem quer que abandone a cátedra de Pedro sobre a qual a Igreja foi fundada confia falsamente que está na Igreja de Cristo. Na verdade, não pode haver crime maior e mancha mais repugnante do que se opor a Cristo, do que dividir a Igreja gerada e comprada pelo Seu Sangue, do que esquecer o amor evangélico e combater com o furor da discórdia hostil a harmonia do povo de Deus.”
    (Pio IX, Singulari Quidem)
    “Um protestante jamais poderá ter certeza de que está correto. Para cada texto bíblico cada protestante tem sentimentos e entendimentos distintos. Um protestante não interpreta a bíblia da mesma maneira que outro.
    A única certeza que um protestante deveria ter, é que não é possível que todos estejam certos ao mesmo tempo.
    Por outro lado, a certeza que ele não deveria ter, mas que tem, é que tirando ele que se faz mestre das escrituras, todos os demais estão errados.
    Assim, quando o protestante é humilde ajusta mestres para si próprio, transformando hereges e apóstatas em doutores da lei e ungidos.
    No sentido inverso, quando o protestante é soberbo, faz a si mesmo de mestre, tornando-se ídolo de si mesmo e assim não aceita comando de qualquer espécie e migra de denominação em denominação, quando não funda sua própria seita.”
    Reverendo Protestante T.White: “O problema do evangélico é que possui todos os nossos defeitos e nenhuma de nossas virtudes.”

    Sola Scriptura
    —————–
    O que o povo evangélico não consegue responder é onde se encontra a determinação “Só a Bíblia”.
    Não foi Jesus quem falou. Ele disse: “…escrever menos e pregar mais.”
    Não foi a Bíblia que se definiu como tal. A Bíblia diz: “Escritura alguma é de interpretação pessoal.”
    A Bíblia ensina que a Igreja é coluna e sustentáculo da verdade.
    Mas que Igreja se eles possuem mais 200.000 denominações, todas diferentes entre si ?
    De que Bíblia estão falando se cada crente interpreta diferente de outro ?
    O conceito “Só a Bíblia” advém do Sola Scriptura de Lutero.
    Mas você entregaria sua vida a Lutero ???
    A Bíblia diz que maldito é o homem que confia em outro homem.
    E logo Lutero ???
    Adúltero, assassino, alcoolotra, imoral.
    Por que os evangélicos acham que ninguém encontra obras de Lutero por aí ?
    Os protestantes retiraram todas. Estão escondidas.
    Pelas obras de Lutero seria facil que se percebesse o engano.
    Não há em lugar algum referência a Bíblia como única fonte de revelação.
    Nem poderia ser diferente.
    A Bíblia foi compilada cerca de 400 anos da era cristã. Os primeiros cristãos não tinham Bíblia.
    Os evangélicos nem mesmo podem mencionar a Sagrada Tradição pois essa eles desprezam.
    A Bíblia foi compilada pela Igreja Católica após 300 anos de debates entre católicos.
    Mais de 1.000 anos depois a compilação definitiva da Bíblia veio Lutero que retirou livros, suprimiu textos e efetuou traduções erradas.
    Essa é a Bíblia Evangélica.
    E Lutero, pai da heresia seu guru e ídolo.
    E para não deixarem de lado o vício da contradição, copiaram de Lutero somente a Bíblia que ele mutilou.
    Não recitam o Pai Nosso como Lutero.
    Não são devotos da Virgem Maria como Lutero.
    Não chamam seus templos de paróquia como Lutero.
    Não fazem batismos e primeira comunhão.
    Lutero chamava Maria de bem aventurada. A Bíblia também o faz.
    Mas o evangélico não precisa faze-lo. O pastor disse que é errado e ele acredita.
    A Bíblia fala que Maria é mãe de Deus(Lucas). Mas o evangélico a chama de mulher como outra qualquer.
    A Bíblia fala que Maria é mãe do Senhor(Por Isabel sua prima). Mas o crente chama Maria de mãe de aluguel.
    A Bíblia fala que a Fé sem Obras é morta(Tiago), mas os líderes evangélicos dizem que obras não servem para nada.
    Jesus diz pela Bíblia que a verdadeira religião é visitar viúvas e órfãos, mas os evangélicos dizem que obras sociais são problemas dos governos.
    Jesus fala em religião, mas o crente diz que religião não serve para nada.
    Dizem que placa de igreja não serve para nada, mas o rótulo evangélico já lhe habilita a chamar outro evangélico que ele não conhece e cuja doutrina ele ignora de “Irmão em Cristo.”
    Irmão em Cristo é todo aquele que recebe o rótulo de “Evangélico.”.
    Um católico nunca é chamado de irmão em Cristo.
    Dizem que religião não serve para nada, mas quando são alvo de crítica alegam perseguição “Religiosa”.
    Etá protestantismo tupiniquim !!!
    Não sabem nem mesmo o que é protestante e o que é evangélico.
    Protestante, como já diz o nome, protesta pela reforma da Igreja original.
    Protestantes são essencialmente católicos.
    Por isso são chamados de reformistas. Não são reformadores, pois a reforma não ocorreu.
    Os protestantes dizem: “Onde está Pedro, está a Igreja. Onde está a Igreja, está Cristo.”
    Os evangélicos que pensam que são protestantes dizem que a Igreja Católica é falsa.
    Dizem que foi fundada por Constantino.
    Ora, se a Igreja Católica é falsa, falso é a sua pseudo reforma e falsos são os seus pretensos reformadores.
    É esse Lutero que eles mesmo seguem parcialmente e que sem perceberem o consideram falso, é esse mesmo que lhes servem de inspiração para dizerem em alto e bom som: “Só a Bíblia. Porque biblicamente…Porque na Bíblia não está escrito.”
    Voltasse Jesus hoje, certamente o crente diria: “A Bíblia não fala que ele voltaria hoje ou desse jeito. Onde está escrito ???”
    O crente tem sobre sua cabeça uma espada.
    Ele inventou o livre exame. Nem Lutero o fez.
    Calvino chegou a dizer que ninguém poderia salvar-se fora da igreja.
    Lutero disse no leito de morte: “Meu Deus ! O que em fiz ? Um dia serão tantas seitas que nem poderemos contar. Cada cabeça será uma Igreja.”
    Quando se diz “Só a Bíblia”, é preciso viver pelo conceito que se quer impor aos outros.
    Por isso a bíblia diz: “Bem aventurado aquele que não se condena naquilo que aprova.”
    Nós católicos poderemos dizer que seguimos o magistério da Igreja, coluna e sustentáculo da verdade.
    E o crente ???
    Dirá o que ???
    Se obrigou a todos viverem pelo Sola Scriptura, ou pelo menos tentou obrigar, é inaceitável que viva diferente.
    Será o crente que terá que responder porque não recitou o Pai Nosso, porque não chamou Maria de bem aventurada, porque não praticou obras, porque não visitou os necessitados, mas preferiu dizimar e ofertar somente na sua denominação.
    É o crente que deverá explicar-se porque ignorou o magistério da Igreja e deu ouvidos a Lutero.
    Por isso se diz: “…deixarão a sã doutrina e seguirão ensinamentos de homens.”
    E ainda: “atrás de todo o tipo de novidades ajustarão mestres para si.”
    E assim o Senhor lhes dirá: “…apartai-vos de mim, pois jamais vos conheci.”
    Quem anda seguindo por aí seguindo Malafaia, Soares, Macedo, Valdomiro, Valadão, Hernandez, Feliciano ????

  • Solange disse:

    Só sei que se eu tenho que escolher entre ter uma agenda ou caderno com uma pintura que me lembre o Nosso Senhor Jesus, ou sua Mãe Santíssima e uma imagem de uma formiga falante, (coisa que nem existe na terra) eu prefiro a de Jesus e de Maria. Não sou idólatra, pois ADORO A DEUS E SOMENTE A ELE.

  • EUCLIDES JR disse:

    REsposta aos catolicos que agem feito fariseus, amarrados a duras cordas da tradição : APrenda o seguinte , amados :
    os Querubins da Arca:Indicação para Adorarmos Imagens?
    “As imagens dos querubins na arca do concerto não eram adoradas (Êx 25.18). Não eram padroeiras dos hebreus, não intercediam por eles, nem eram a recordação de alguém que eles amavam. Eram ornamentos e simbolizavam a presença de Deus (Dt 10.1-3; 2 Cr 5.10; Hb 9.4-5)” (Bíblia Apologética).
    Acrescento: Os querubins não eram carregados em procissão; o povo não cantava louvores a eles; não eram coroados; não eram iluminados por meio de velas; não eram tocados e beijados; não eram reproduzidos para serem guardados em casa, em redoma, no pescoço, e colocados nas praças e em lugar de destaque; não havia fábricas de querubins com fins lucrativos; não eram colocados nas sinagogas. Mais: a igreja primitiva não precisou usar querubins nem qualquer tipo de imagens. O mesmo raciocínio serve para a serpente de metal, edificada no deserto. Foi destruída exatamente quando o povo se inclinava a adorá-la. “Ele [rei Ezequias] tirou os altos, quebrou as estátuas, deitou abaixo os bosques, e fez em pedaços a serpente de metal que Moisés fizera; porquanto até àquele dia os filhos de Israel lhe queimavam incenso, e lhe chamaram de Neustã [hebraico: pedaço de bronze]” (2 Reis 18.4). Não houve outro que confiasse tanto no Senhor Deus… “Assim foi o Senhor com ele” (18.5-6). Podemos dizer que quanto mais o rei Ezequias destruísse imagens, mais demonstrava confiança no Senhor e mais o Senhor era com ele.

    As figuras do Antigo Testamento eram sombras das coisas futuras (Cl 2.17), mas, vindo Cristo, o sumo sacerdote dos bens futuros, por um maior e mais perfeito tabernáculo… Entrou uma vez no santuário, havendo efetuado uma eterna redenção. Porque Cristo não entrou num santuário feito por mãos, figura do verdadeiro…” (Hb 9.6-24).

    Portanto, as imagens devem ser queimadas, quebradas, feitas em pedaços e totalmente destruídas, porque para nada servem. Servem apenas para fomentar uma idolatria destruidora, que afasta o homem de Deus e o faz confiar mais em pedaços de pau, de mármore, pedra, gesso do que no Senhor.

    A proibição de Êxodo 20.4-5: “Não farás PARA TI imagens de escultura, nem semelhança alguma do que há em cima nos céus… Não te encurvarás a elas nem as servirás” – inclui, de forma bem clara, as imagens de pessoas falecidas, dos anjos e da Trindade. “Para ti” significa para adoração particular. Por isso, a Palavra acrescenta que não devemos nos prostrar (“não te encurvarás”, isto é, não fazer gestos de reverência, tirar o chapéu, inclinar o corpo, ajoelhar-se). Encurvar-se ou ajoelhar-se é a mais visível manifestação de adoração. É a adoração interior, do coração, que se exterioriza.

    Em diversas praças das capitais brasileiras, há imagens esculpidas de homens públicos ou de feitos históricos. Deus não as proíbe, exceto se forem adoradas como deuses. Finalmente, os evangelicos provam mais uma vez atraves unicamente da Biblia que nao é o fato de fazer imagens que Deus reprova ,mas o destino para o qual os catolicos dão a elas é que expressamente condenável e diabólico!! Logo, é hora de quebrar esses idolos que estão dentro das inumeras catedrais por que a esmagadora parte dos catolicos nao sabem a diferença do que dulia e latria prestado a imagens!! Imagens de santos são abominações e estao sendo adoradas de joelhos .São imagens sim, mas as pessoas or nao distinguirem espiritualmente , prostram-se em reverencia a estatuas confeccionadas inicialmente para nao serem adoradas.AI é que reside o perigo. A migo e irmao, os crentes pedem a intercessão SIM dos santos .MAs de snatos vivos e nao cadaveres!! MAria esta morta e em absolutamente nada pode inetervir na tua vida.CLaro que pedimos orações de todos os irmao, nao é isso que JEsus e PAulo tanto defendeu e EM VIDA ??? Os mortos estão mortos, desculpem-me pela redundância. Se a felicidade do Brasil, o seu progresso, paz e crescimento econômico dependessem das pessoas que já faleceram, estaríamos perdidos. Poderíamos dizer que precisamos das misericórdias de Deus, da Sua ajuda, do
    Seu socorro, e também da intercessão de todos os santos vivos, que, como bem disse o autor, são luz do mundo e sal da terra. Os santos mortos já foram luz do mundo e
    sal da terra. Deles nada mais podemos esperar. Com relação aos crentes so buscarem a regra de fé e pratica de vida na Biblia, é uma ordenança SUprema de Deus !! Se o crente ou catolico for atras d e revelações extra biblicas, ha duas graves consequencias : 1 – Absorver doutrinas humanas e tendenciosas ; 2 – Considerar que as famigaradas tradiçoes podssam ficar em pé de igualdade com a inerrante palavra de Deus, TAlvez seja por isso que a Igreja CAtolica no passado (e ainda hoje nas missas os catolicos nao levam suas biblias para serem abertas e lidas durante o sacrificio incruento de JEsus na eucaristia) PROIBIU A LEITURA DA BIBLIA. Veja como a Igreja do PApa paulatinamente ABANDONOU A BIBLIA AO LONGO DE DECADAS E POR ISSO O IRMAO ACIMA DEFENDE QUE DEVEMOS ATENTAR PARA AS INUTEIS TRADIÇOES COMO FAZIAM OS FARIESUS JUDEUS NO TEMPO DE JESUS ::
    No ano 130, o bispo Sixto introduziu a Quaresma e o Jejum (40 dias de penitência);
    – No ano 197, Zeferino, bispo de Roma, começa um movimento herético contra a
    divindade de Jesus;
    – no ano 217, Calixto se torna bispo de Roma, pondo-se à frente da propaganda herética,
    e levando a igreja de Roma para mais longe da Bíblia;
    – No ano 265, Gregório Taumaturgo sugere pela primeira vez que se substitua a festa das
    Saturnálias (homenagem a Saturno) e das Bacanais (em homenagem a Baco, o deus
    do vinho e dos bêbados), pelas festas em homenagem aos santos (mortos) da igreja;
    – No ano 270, Santo Antonio, o Egípcio (não é o casamenteiro), adotou pela primeira vez
    o monasticismo (viver em lugares isolados, longe da família, dos amigos e da sociedade),
    contrariando o que diz a Bíblia (Prov 18.1). Daí, surgiu os padres;
    – No ano 304, os bispos começam a serem chamados de Papa;
    – No ano 310, iniciam-se as rezas pelos mortos;
    – No ano 320, começam a usar velas nas igrejas;
    – No ano 321, no dia sete de março, o imperador Constantino, aconselhado por Eusébio de
    Cesaréia, baixa um decreto impondo a obrigatoriedade de todos os cristãos guardarem o
    domingo como o dia do Senhor, “e não o sábado dos judeus”;
    – No ano 370, Basílio de Cesaréia e Gregório de Nanzianzo sugerem pela primeira vez a
    intercessão dos santos (mortos) junto a Deus, pelos pecadores. Primeiro indício do
    turíbulo (incensário), paramentos e altares nas igrejas, usos esses introduzidos pela
    influência dos pagãos “convertidos”;
    – No ano 373, Efraim Sírio, foi o primeiro indivíduo a adorar e pedir intercessão de Maria;
    – No ano 378, o papa Dâmaso, considerado pelos estudiosos como o primeiro papa (o
    primeiro dos bispos de Roma a exercer o título de supremo pontífice da ordem babilônica
    depois dos doze Césares), criou a adoração a Maria (mariolatria);
    – No ano 381, a Igreja Cristã recebe o nome de “Católica” através de um decreto do
    imperador romano Teodósio I, no Concílio de Constantinopla, enterrando definitivamente
    a Igreja dos Apóstolos. O documento chama-se “Cunctos Populos”. Portanto, a Igreja
    Apostólica Apostólica Romana atual, é uma mistura de pseudo (falso) cristianismo com
    o paganismo puro.
    – No ano 390, Nectásio, bispo de Constantinopla, institui a Confissão Auricular, a conhecida
    expressão dos padres: “Conte os seus pecados”.
    – No ano 394, o culto cristão é substituído pela Missa. O papa Sirício foi quem sugeriu a
    mudança e tentou proibir o casamento dos padres;
    – No ano 400, o sinal da cruz é feito no ar;
    – No ano 416, começam a batizar crianças e recém-nascidos, costume adotado pelo papa
    albanês Inocêncio I;
    – No ano 431, o papa Celestino I institui o culto a Maria. mãe de Jesus;
    – No ano 503, o Purgatório começa a existir, segundo o papa Símaco;
    – No ano 528, o bispo de Roma Félix IV, institui o rito chamado “extrema-unção”;
    – No ano 550, o imperador Justiniano I, pediu a intercessão de Maria em favor de seu império;
    – No ano 610, o papa Bonifácio III, substitui no “Panteon de Roma” (templo pagão dedicado a
    todos os deuses) as diivindades do paganismo pelos chamados “santos” (mortos);
    – No ano 754, o concílio de Roma ordena que se venerem as imagens de escultura;
    – No ano 830, começam a usar ramos e água benta;
    – No ano 831, um monge chamado Pascásio Radberto cria o dogma a Transubstanciação
    ( o pão de trigo se transforma na carne de Cristo e o vinho da uva se transforma no sangue
    de Jesus). E a Igreja acreditou nele até hoje.
    – No ano 871, o sino é oficializado nas igrejas do Ocidente. Em Roma ele era usado desde o
    ano 604;
    – No ano 1075, o papa Gregório VII ordenou a todos os bispos e padres, que abandonassem
    suas mulheres e filhos. Na época, os filhos dos religiosos estavam querendo herdar os
    bens do Vaticano. O papa viu que a riqueza ia ser dividida entre os legítimos herdeiros, e
    então resolveu criar o dogma celibatário (vida solteira para os padres);
    – No ano 1130, Bernardo de Clarival afirmou que Maria falaceu no ano de 54 e foi sepultada
    no Vale de Josafá, e três dias depois os discípulos foram ao túmulo e não encontraram o
    o corpo da bendita Virgem, fato que levou a Igreja Romana a concluir que a mãe do Salvador
    fora assunta aos céus (quer dizer, um dogma criado em cima de uma mentira escabrosa);
    – No ano 1200, a hóstia substitui a Ceia do Senhor;
    – No ano 1229, no Concílio de Toulosa, o papa Gregório IX proíbe a leitura a Bíblia pelo povo
    (tempos depois, na infernal Inquisição, quem tinha uma Bíblia era queimado na fogueira);
    – No ano 1230, Domingos de Gusmão cria a reza do rosário (o conhecido e velho terço),
    costume já adotado pelos seguidores do profeta Maomé, se bem que as religiões mais
    antigas como o budismo e o hinduísmo já tinha esse velho costume há mais de mil anos
    antes de Cristo. Convém salientar que esse ardiloso Domingos de Gusmão, de origem
    espanhola, foi um inquisidor católico e feroz inimigo dos que seguiam apenas a Bíblia.
    Durante sete anos ele fez montanhas de cadáveres dos seguidores de Cristo, e a Igreja
    Católica, agradecida, cananizou-o como “santo”;
    – No ano 1439, finalmente a doutrina do Purgatório foi aprovada no Concílio de Florença;
    – No ano 1549, no Concílio de Trento, a Igreja Romana decidiu acrescentar à Bíblia mais
    sete livros, chamados deuterocanônicos, mais conhecidos como apócrifos (não são
    inspirados por Deus), pois contradizem todos os 66 livros originais e inspirados pelo
    Espírito Santo.

  • EUCLIDES JR disse:

    A fonte em que o irmao alega que a Biblia foi ENTREGUE E COMPILADA pela IGreja CAtlica carece de Verdade .Ou ele está falando de outra Biblia , ou é mais um sofisma inutil de querer ligar a revelaçao dada por Deus a um grupo ELeito como o catolicismo romano, que de longe nunca será a igreja fundada por JEsus .
    Irmaozinho, aconselho a vc procurar fontes reais da historia da igreja e estudos sérios de bibliologia .
    O Velho Testamento não foi definido por Roma.O argumento de que a Igreja Católica deu a Bíblia labora em vários erros:

    Primeiro, a igreja católica nunca poderia nos ter dado a primeira parte da Bíblia que é o Velho Testamento, porque ele veio através dos judeus, que foram os guardiões dos oráculos divino. (Rom. 3:1-2; 9:4-5; Atos 7:38).

    Os livros do VT foram postos em um só volume e traduzidos do hebreu para o grego (conhecida como a versão Septuaginta) muito tempo antes de Jesus nascer (227 a.C).

    Provavelmente esta foi a versão que Cristo e os apóstolos usaram. Jesus não disse para o povo de seu tempo que eles deveriam aceitar o VT porque os judeus haviam reunido-os em um só volume, como fazem hoje os católicos. Não. Ele incentivou as pessoas a seguirem a Bíblia não porque um grupo de homens haviam declarado que eles eram inspirados, juntando os livros sagrados em um só volume, mas porque ela era por si mesma inspirada pelo Espírito de Deus. Ademais, Ele sabia que as pessoas poderiam discernir por evidencias internas e externas quais eram os livros inspirados e quais não eram. Jesus nunca levantou dúvidas concernente ao cânon judaico.

    Outra, se a Bíblia é um livro Católico, por que então em nenhum lugar ela menciona a Igreja Católica? Por que nunca encontramos a leve menção sobre um papa universal, um arcebispo, uma freira, ou qualquer ordem católica? Se a Bíblia é um livro Católico, por que então não aparece nela suas principais doutrinas tais como: confissão do auricular, indulgencias, orações aos santos, veneração a Maria, veneração de reliquias, o culto ás imagens e muitas outras cerimônias e ritos da Igreja Católica?

    Se a Bíblia é um livro católico, como pode a igreja católica proibir seus sacerdotes de casar sendo que a Bíblia ensina que o bispo deve ser casado (1 Tim. 3:2, 4-5)?. TRanscrevendo as palavras do irmao pouco informado sobre a crença dos crentes em Jeus ele brada : ” É esse Lutero que eles mesmo seguem parcialmente e que sem perceberem o consideram falso, é esse mesmo que lhes servem de inspiração para dizerem em alto e bom som” .Irmao, os crentes em JEsus nao seguem Lutero.EU nunca li por cfompleto uma tese sequer deste reformador.ACeitei JEsus por livre e spontanea vontade pela Leitura da biblia e pelo convencimento dado pelo Espirito SAnto. Agora quer saber a verdade?? OS crentes teem em JEsus o Pastor . Alias o Bom PAstor por que somos ovelhas nas maos Dele!! E nao preciso dizer que os catolicos seguem nao é/? Esta assentado num trono la na cidade do vaticano: O PAPA !! Viu qua a diferencça::? ou vai me dizer ao contrario /??? O seu catecismo mesmo afirma que o PAPA é o VIgario (subsituto ) de JEsus aqui na terra !! Agora me prove que o seu catecismo esta errado !!!!!

  • Eu disse:

    Bando de idólatras! Adorando criatura em vez do Criador, adorando um mero profeta como Jesus em vez de adora o Deus verdadeiro. Estão todos no mesmo barco.

  • lala disse:

    Eu sou uma cristã protestante e nos apenas obedecemos o que é escrito na palavra de DEUS pois ele é o unico que nos salva tenha fé no Criador,peça ao Criador ,ADORE APENAS AO CRIADOR E NÃO AS IMAGENS pois na biblia diz”Jesus e o Espirito Santo são os unicos que intercesem por nós diretamente diante do Pai(isaías 53.12 e romanos 8-26)COMEÇEM A RECLAMAR MENOS E LER A PALAVRA DE DEUS MAIS

    A PAZ DE DEUS

  • san disse:

    Li . os argumentos.

    Uma coisa me fez pensar, que lucro espiritual dá a guerra entre estes,
    dois sistemas religiosos que contaminam a humanidade com suas idéias..
    Será, que interesse realmente desta briga é levar as pessoas a Jesus cristo.
    Por que no novo testamento não vi ainda, algo de reedificação de templo de barro.
    Se o próprio Jesus profetizou a destruição do templo de barro do velho testamento,
    Em s. mat. 24 aos seus discípulos.
    Saiba, Deus está em sua palavra, que é algo fundamental para o ser humano.
    Ele não ordenou fabricar templo muito menos religião. Porque Deus não é religião.
    Jesus disse eu sou o caminho a verdade e vida.
    Religião é um ramo de negócios, só um leva a melhor, as pessoas e Deus estão em
    segundo plano, e cada um tem que ter a sua própria experiência com DEUS….

  • Gilmar disse:

    A turma da batina não vê porque não quer, ou porque não lê??

  • Gilmar disse:

    A turma da batina não vê porque não quer, ou porque não lê??

  • MRROUCO disse:

    O MOÇO FOI INFELIS. DEVE ESTUDAR MAIS A BIBLIA.

  • MRROUCO disse:

    MARIA ESTÁ NO CÉU? ENTÃO A BIBLIA ESTÁ ERRADA. JOÃO 3/13: “SÓ SUBIU AO CÉU, AQUELE DE LÁ DESCEU…” 2°TIMOTEO 6/16: “…O ÚNICO QUE´POSSUI IMORTALIDADE, QUE HABITA EM LUZ INACESSÍVEL…” MARIA PECOU? “PORQUE TODOS PECARAM…” ROMANOS 3/23. SE MARIA PECOU, ESTÁ MORTA? “…A MORTE PASSOU A TODOS…” ROMANOS 5/12. ” O SALARIO DO PECADO É A MORTE…” ROMANOS 6/23. “TODA A ALMA QUE PECAR ESSA MORRERÁ” EZEQUIEL 18/4 E 18/20. “…E O PECADO SENDO CONSUMADO, GERA A MORTE.”

  • MRROUCO disse:

    A ALMA É IMORTAL? SÓ PARA OS CATÓILCOS. PARA DEUS A ALMA É MORTAL. É SO LER EZEQUIEL CAPITULO 18, VERSO 4. CATÓLICOS E PROTESTANTES, VAMOS ESTUDAR MAIS A BIBLIA. JEUS VAI VOLTAR PARA JULGAR AOS VIVOS E AOS MORTOS. MATEUS 25/31 A 46. VAMOS ESTUDAR O APOCALIPSE. SE VOCES NÃO ENTEMDEM NEM OS LIVROS DOS APOSTOLOS, QUE FALAM SOBRE JESUS COMO FILHO DO HOMEM, IMAGINE QUANDO FOREM ESTUDAR O APOCALIPSE, QUE É UM LIVRO PROFÉTICO

  • Jocemar Santos disse:

    CATÓLICOS IDOLATRAS IRÃO PARA O INFERNO !!! IDOLATRIA NÃO ENTRA NO REINO DE DEUS !!!
    IGREJA CATÓLICA É A GRANDE PROSTITUTA DESTE SÉCULO !!! IGREJA MALDITA !!!

  • Irmãos católicos e protestantes: a idolatria é um termo que tem ampla gama de alcance, ou seja, há muitas coisas que podem ser taxadas como idolatria. Jesus Cristo deve ser o nosso único mediador! “Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem” (1ª Timóteo 2: 5). Agora prestem atenção ao que eu vou dizer, e, por favor, não se sintam ofendidos, pois a palavra de Deus não deve ter este efeito, entretanto, ela deve construir: o protestante acusa o católico de idólatra, por causa das imagens, entretanto ele, o protestante, utiliza-se de outros ícones (cantores, pregadores e etc.) para veneração. Estou defendendo alguém aqui? Não! Estou dizendo que precisamos aprender a nos livrar dos nossos defeitos, porque fazendo o outro mais pecador, não nos fará menos pecadores. Os mandamentos de Deus os são igualmente para todos que querem ser Seus filhos; não podemos fazer nossas próprias interpletações. Precisamos ler a Bíblia e pedir que o Espírito Santo nos ensine. “Mas, quando vier aquele Espírito de verdade, ele vos guiará em toda a verdade; porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido, e vos anunciará o que há de vir” (João 16: 13).
    A todos, boas reflexões!

  • fernando disse:

    hehehe
    coitados destes protestantes estão kda vez mais louquinhos.
    interpreta a biblia a sua maneira,a kda vez criando uma religiaõ q visa seu proprio interese pessoal.
    agora vem falar mau da igreja catolica.
    recebe um estudo biblico de pastores q interpretam a biblia a sua maneira e começa cuspir vesiculos biblico se achando q estao cm a verdade.
    nosso amigo vanderlucio explicou d maneira simples cm os protestantes qrem atacar a igreja.
    Equanto estes fanaticos protestantes ficam chamando os ktolicos d fanaticos seus lideres q se dizem cm uma fe verdadeira estao voltando p igreja ktolica depois d ler a patriistica da igreja q a verdadeira historia
    E sao muitos cogregacoes inteira retornando ao berco ktolik

  • john disse:

    A IMAGEM POR SI SÓ É UMA ESCULTURA, ARTE, DOM DADO POR DEUS, MAS A PARTIR DO MOMENTO QUE SE AJOELHA DIANTE DELA E A PEDE GRAÇAS, AI A COISA COMPLICA!!! QUANDO OS CATÓLICOS COMEÇAREM A LER A BIBLIA E PEDIR A LUZ DO ESPIRITO SANTO TUDO MUDARÁ!!!

  • Éden disse:

    SE existe um só Deus a quem devemos toda honra e toda gloria, não entendo pq tanta discordia.
    Louvo, adoro e canto louvores somente a Jesus Cristo nosso senhor e salvador.

  • rosimeire disse:

    sou católica ,amo minha igreja, não sou idólatra pois amo somente a JESUS e só ELE é meu salvador, porém voces deveriam se preocupar com suas proprias vidas.pois idolatria também é querer o carro do ano a melhor casa, colocar os bens acima de tudo, conheço muito “cristão evangélicos assim e falam de católicos?cristão que fala mal de outro? essa religião não quero para mim

  • rosimeire disse:

    queram voces ou não, a igreja católica é a igreja fundada ppor jesus e isso até Lutero famoso protestante e fundador de sua religião já afirmou e foi catolico também, só mudou por ter seus proprios interesses, tenho amigos evang´licos que decoraram a biblia, mas quando se reunem, bebem fumam, contam piadas, tem nome sujo na praça, e dizem ‘FAÇAM O QUE FALO MAIS NÃO FAZ O QUE FAÇO” E ESTE É PRESBÍTERO DA PRÓPRIA IGREJA. todo dia chega bebado em casa, tem filha que dorme na cama do namorado, joga baralho …..mais isso não é idolatria, o problema são os nossos santos…AHAHAH!!!!!

  • Manoel disse:

    Boa Tarde,
    Saudação aos cristãos !
    Cristão é aquele que ama a Deus sobre todas as coisas de todo o seu coração…etc E que ama a seu próximo como ama a sí mesmo e como Jesus Cristo nos amou.Quem cumpri o mandamento do amor é incapaz de cometer idolatría.
    A foto de um santo é apenas uma lembrança como é a foto de um ente querido seu que tenha falecido.E é principalmente para lembrar-mos de que se trata da foto de um servo de Deus que se tornou santo. E que é possível também nós sermos santos apartir do exemplo deixado pelo santo da foto.O próprio Sr. Jesus nos convoca a sermos Santo quando diz:Sêde santo como o Sr.Deus é Santo.

  • jesus_zel@ho disse:

    BT,
    Sou católico e respeito as outras religiôes.
    Recomendo a todos que sigam os ensinamentos de Paulo (Um dos pilares da Igreja católica:
    Irmãos: Suportái-vos uns aos outros com amor.Mulheres amem seus maridos.Maridos respeitem suas esposas.Filhos honrem seus pais.Pais amem seus filhos etc
    Religiosos diversos convivamos com amor em harmonia uns com os outros e Cristo se alegrarar conosco.
    A PAZ ESTEJA CONVOSCO !!

  • sonia disse:

    ola, que mentira, dizer que a igreja catolica não é idotra mais, é só assistir o Padre marcelo ou qq outro padre , ou mesmo ver o programa de aparecida do norte que a gente vê claramente a idolatria. Abre o olho para a palavra de Deus povo…

  • Junior disse:

    Levem a mau não, mas a Igreja Católica Apostólica Romana é a única Igreja que não possui logotipo!!! Na minha opinião o logotipo serve para fazer a propaganda do seu produto no qual vcs protestantes transformaram a palavra de Deus. Não Seria o logotipo uma forma de imagem?!?! E tem outra procurem se informar mais sobre a diferença entre dulia, hiperdulia e latria.

  • Alexandre disse:

    Boa tarde!

    As pessoas sempre vão discutir sobre religião, mas entendam uma coisa, Jesus Cristo não é religião. Mas vamos deixar uma coisa bem clara. A Bíblia, que é a inerrante Palavra de Deus, condena a idolatria quer seja no Antigo quanto no Novo Testamento.
    Um outro detalhe é que, não existe nenhuma diferença entre veneração e adoração, é a mesma coisa.
    Quanto a fotografia emoldurada de um fundador da igreja, isto sim, é relembrar com saudosismo alguém que trabalhou para Jesus.
    Agora vamos a uma observação: “Eu desafio a alguém mostrar um verdadeiro evangélico que conhece a Deus, fazendo petições para esta foto, se ajoelhando diante desta foto, acendendo velas para esta foto, orando ou rezando para esta foto”!
    Pelo amor de Deus, vocês querem colocar estas pessoas no lugar que só Deus pode ocupar.
    Pois só Deus é digno de toda honra, toda glória, toda a adoração e todo louvor.
    Outra coisa, não existe santo católico como ícone. SANTO É SOMENTE UM, JESUS CRISTO NOSSO SENHOR. A Bíblia diz que todos pecaram e destituídos foram da Glória de Deus, todos quer dizer, Maria, Pedro, João, eu, você, todo mundo pecou e destituído foi da Glória de Deus. Como é que alguém que peca pode ser santo?
    A própria Maria diz em Lc 1:46 Disse então Maria: A minha alma engrandece ao Senhor, E o meu espírito se alegra em Deus meu Salvador. Quem não tem pecado não precisa de salvação, mas Maria entendeu isso, ela mesma declarou isso.

    Quanto ao assunto (protestantes seriam zoólatras? formiguinha mascote) é inadequado, infeliz e não tem nenhum respaldo e mostra o quanto esta pessoa é pobre a cerca dos evangélicos, uma coisa é falar tendo respaldo, outra é falar ao vento e sem fundamento algum.

    Outro detalhe é o seguinte: Jo 14:6 Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim.
    Vocês sabem o que significa ser o caminho. Eu explico, Jesus está dizendo que Ele é o caminho, não é um dos caminhos, mas o único caminho que pode levar o ser humano até Deus, ter comunhão e paz com Deus.

    1Tm 2:5 Porque há um só Deus, e um só Mediador entre Deus e os homens, Jesus Cristo homem.

    Mt 22:29 Jesus, porém, respondendo, disse-lhes: Errais, não conhecendo as Escrituras, nem o poder de Deus.

    “ERRAIS, NÃO CONHECENDO AS ESCRITURAS, NEM O PODER DE DEUS”.

    Gente! vamos ler a Palavra de Deus, pois se você quer conhecer o mundo de Deus, é só lendo a Palavra de Deus.

    Só Jesus cura, liberta, salva, pode levar o homem até a Deus. Só Jesus é mediador entre o homem e Deus, não existe mediadora, não existe medianeira, não existe mãe de Deus, no céu só existe Deus Pai, Deus Filho e Deus Espírito Santo.

    No livro de Atos dos Apóstolos existe um grande exemplo a ser seguido. Fala dos crentes de Beréia e de Tessalônica. Os crentes de Beréia consultavam a Bíblia já os de Tessalônica não.
    Vocês estão consultando a Bíblia, ou ficam nessa de ouvir tudo o que a liderança fala.
    Leiam a Bíblia e peçam discernimento ao Espírito Santo para entender a sua Palavra.
    Que Deus os abençõe!

  • Alexandre disse:

    Eis aqui um esclarecimento do que se trata o assunto em pauta.
    IDOLATRIA
    A Igreja Católica Romana insiste em dizer que não comete o pecado de idolatria quando os católicos se prostram diante da imagem de um suposto santo.
    Ensina a Igreja Católica:
    Que é idolatria?
    Chama-se idolatria o prestar a alguma criatura, por exemplo, a uma estátua, a uma imagem, a um homem, o culto supremo de adoração, devido só a Deus (“Terceiro Catecismo de a edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 358). Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda.,
    Como está expressa na Sagrada Escritura esta proibição?
    Na Sagrada Escritura está expressa esta proibição com as palavras: Não farás para ti imagem de escultura, nem figura alguma de tudo o que há em cima, no céu, e do que há embaixo, na terra. E não adorarás a tais coisas, nem lhes dará culto (“Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda., 1a edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 359, p. 74).
    Que diferença há entre o culto que prestamos a Deus, e o culto que prestamos aos santos?
    Entre o culto que prestamos a Deus e o culto que prestamos aos santos há esta diferença: que a Deus adoramo-Lo pela sua infinita excelência, ao passo que aos santos não os adoramos, mas só os honramos e veneramos como amigos de Deus e nossos intercessores junto dEle. O culto que prestamos a Deus chama-se latria, isto é, de adoração, e o culto que prestamos aos santos chama-se dulia, isto é, de veneração aos servos de Deus; enfim o culto especial que prestamos a Maria Santíssima chama-se hiperdulia, isto é, de especialíssima veneração, como Mãe de Deus (“Terceiro Catecismo de Doutrina Cristã”, Editora Vera Cruz Ltda., 1ª edição, agosto de 1976, resposta à pergunta 371, p. 76).
    1.
    ADORAÇÃO PIRAMIDAL
    ENTENDENDO A ESTRUTURA PIRAMIDAL DO
    CULTO DA IGREJA CATÓLICA ROMANA

    LATRIA – ADORAÇÃO A DEUS
    HIPERDULIA- DEVOÇÃO A MARIA
    DULIA- DEVOÇÃO AOS SANTOS E AOS ANJOS
    A Dificuldade do Catolicismo Romano em Justificar essa Teoria
    Se os católicos romanos se limitassem a exaltar os heróis da fé e a propô-los como modelo a ser seguido, não haveria nenhum problema. Assim agem também os cristãos genuínos. Infelizmente não é isso que acontece, por mais que os líderes católicos romanos se esforcem nas suas infindáveis apologias. Suas explicações não passam de tentativas vãs e superficiais. Exemplo dessa tentativa é a teoria de três tipos de devoção: a latria, hiperdulia a dulia. Perguntamos: qual a diferença que pode haver entre a dulia e a hiperdulia? Qual a diferença das duas com a latria? A realidade é que os três termos se confundem, os dois termos (dulia a hiperdulia) podem ser envolvidos com a latria a tudo se torna uma distinção que não distingue coisa alguma. Será que as pessoas que se prostram diante de uma imagem da Conceição Aparecida, ou de São João ou de São Sebastião ou de Jesus, sabem que estão cultuando em níveis diferentes? Ou para elas é tudo a mesma coisa?
    Imagine um católico romano bem instruído que vai para seu culto. Primeiramente ele pretende cultuar São João, então dobra seus joelhos diante da imagem de São João, e oferece dulia. Depois ele irá prestar culto a Maria, então ele deixa de praticar a dulia e passa a praticar a hiperdulia e finalmente ele deseja cultuar a Deus, então ele começa a praticar a latria. Não acreditamos que o povo católico romano saiba diferenciar a dulia, a hiperdulia e latria, e mesmo que soubesse diferenciá-las, dificilmente conseguiria respeitar os limites de cada uma.
    Qual É a Diferença?
    Adoração e veneração. Há diferença entre adorar e prestar culto de veneração? Prostrar-se diante de uma imagem, dirigir a ela orações e ações de graça, fazer-lhe pedidos, cantar-lhe hinos de louvor se não for adoração, fica difícil saber o que o catolicismo romano entende por adoração. Chamar a isso de veneração é subestimar a inteligência humana.

    RESPOSTA:
    Definindo a palavra idolatria
    Essa palavra vem do grego eidolon, ídolo, e latreuein, adorar. Esse termo refere-se à adoração ou veneração a ídolos ou imagens, quando usado em seu sentido primário. Porém, em um sentido mais lato, pode indicar a veneração ou adoração a qualquer objeto, pessoa, instituição, ambição etc., que tome o lugar de Deus, ou que lhe diminua a honra que lhe devemos. Assim, idolatria consiste na adoração a algum falso deus, ou a prestação de honras divinas ao mesmo. Esse deus falso pode ser representado por algum objeto ou imagem. A idolatria é má porque seus devotos, em vez de depositarem sua confiança em Deus, depositam-na em algum objeto, de onde não pode provir o bem desejado; e, em vez de se submeterem a Deus, em algum sentido submetem-se a valores representados por aquela imagem.
    Na idolatria, há certos elementos da criação que usurpam a posição que cabe somente a Deus. Podemos fazer da auto glorificação um ídolo, como também das honrarias, do dinheiro, das altas posições sociais (Cl 3.5). Praticamente, tudo quanto se torne excessivamente importante em nossa vida pode vir a ser um ídolo para nós. A idolatria não requer a existência de qualquer objeto físico. Se alguém adora a um deus falso, sem transformar esse deus em alguma imagem, ainda assim é culpado de idolatria, porquanto fez de um conceito uma falsa divindade. Nesse caso há diferença entre ídolo e imagem.
    Deus condenou os ídolos (Sl 115.4-8), e também condenou as imagens (Êx 20.1-6).
    Era expressamente proibido ao povo de Israel fabricar imagens esculpidas ou fundidas (Êx 20.4; Dt 5.8). Imagens ou representações de deuses imaginários eram feitas em materiais como pedra, madeira, pedras preciosas, argila, mármore etc. A lei mosaica proibia tal ação (Êx 34.17; Is 44.10-18; Lv 19.4). Os profetas condenaram a prática com qualquer forma de idolatria (Is 30.22; 42.17; 45.20; Os 13.2; Hb 2.18). Essa legislação, como é óbvio, impedia que Israel se tornasse uma nação que cultivasse as artes plásticas, embora, estritamente falando, estas não fossem proibidas por lei. Tais leis não se aplicam às artes enquanto os produtos dessa atividade não forem venerados ou adorados. Ainda sobre a imagem há de se entender que em Êx 25.18.22, Deus ordenou que fizesse como ornamento a representação algumas figuras, mas não para adoração ou culto, nem para olhar para elas e homenagear ou admirar seus feitos poderosos. Trata-se de figuras de ornamento, artístico e não objetos de culto ou adoração.
    SERPENTE DE BRONZE – Sobre a serpente de bronze, no hebraico, nachash nechosheth. A expressão é empregada exclusivamente em 2 Reis 18.4 para denotar a serpente feita de bronze, ou melhor, de cobre, por Moisés (Nm 21.4-9). Nossa versão portuguesa diz serpente de bronze. O motivo para a fabricação da serpente de bronze foi o incidente no qual os israelitas se queixaram diante de Moisés do tratamento imposto por Deus. O povo de Israel, evidentemente, sem se importar muito diante das suas anteriores tragédias, queixou-se de que estava recebendo uma alimentação inadequada. E Deus os castigou com as serpentes venenosas, que já haviam matado muitos israelitas.
    Quando o povo se arrependeu, Deus ordenou que Moisés fizesse uma serpente de bronze, que muitos estudiosos preferem pensar que fosse de cobre. Aos israelitas foi prometido que todo aquele que tivesse sido picado por uma serpente e contemplasse a serpente de bronze, movido pela fé, seria curado da mordida da serpente a não morreria. Isso não é culto à serpente, nem veneração nem adoração, o que evidentemente Deus jamais admitiria. Prova disso foi que, posteriormente, indivíduos idólatras e supersticiosos entre os israelitas começaram a adorar a serpente de bronze, até que, nos dias do rei Josias, essa figura de bronze foi destruída (2 Rs 18.4), por haver-se tornado um objeto idólatra. Josias a chamou de Neustã (pedaço de cobre), dando a entender que a tal serpente era cobre e nada mais.
    O fato de o próprio Senhor Jesus comparar a sua morte na cruz ao levantamento da serpente de bronze no deserto, por Moisés, não significa idolatria ou justificativa para colocar objetos ou imagens para veneração ou adoração, já que o uso aqui é figurado. Assim como tantos foram curados de seu envenenamento físico, assim também, em Jesus Cristo, aqueles que olharem para ele, impelidos pela fé, são salvos das eternas conseqüências do pecado e da morte. Assim, em João 3.14, nas palavras de Jesus, a serpente de metal torna-se um símbolo de Cristo como nosso Remidor, portanto, ao ser levantado (o que sucedeu na cruz, no caso de Jesus), Ele atrairia todos os homens a si (Jo 12.32), e a redenção por Ele preparada provê cura para o pecado e para a morte espiritual produzida pelo pecado.
    Há também casos de ornamentação do templo de Deus ricamente construído por Salomão, como (1 Rs 6.23-30; 2 Cr 3.10-14) ou ainda a profecia da restauração do templo (Ez 41.17-20). Porém, todos esses objetos a imagens não eram para invocação, intercessão, culto ou adoração, mas apenas ornamento.
    Assim, um ídolo representa alguma divindade, ou então é aceito como se tivesse qualidades divinas por si mesmo. Em qualquer desses casos, aquele objeto recebe adoração. Contudo, é possível haver uma imagem, sem que essa seja adorada, como no caso dos querubins que havia no templo de Jerusalém. Sem dúvida, esses querubins não eram adorados, nem eram padroeiros dos hebreus, nem intercediam por eles, nem eram recordação de alguém que eles amavam, tornaram-se uma exceção acerca da proibição de imagens. Uma imagem também pode ser um amuleto que é concebido como dotado de alguma forma de poder de proteger, de ajudar ou de permitir alguma realização.
    E, naturalmente é possível a posse de uma imagem esculpida ou pintada, representando algum santo ou herói, religioso ou não, sem que a mesma seja adorada, por ser apenas um lembrete de que se deveria emular as qualidades morais e espirituais de tal pessoa. Por outro lado, quando tais imagens são veneradas então é provável que, na maioria dos casos, esteja sendo praticada a idolatria. As estátuas dos heróis no Brasil são comuns, mas nunca veneradas como deuses ou poderes divinos nem se fazem elaboradas cerimônias ou procissões com elas. Eles são relembrados como grandes mestres, cidadãos, líderes, e suas imagens são apenas memoriais desse fato. O problema do catolicismo romano é que o fiel crê na intercessão feita por aquele santo, representado na imagem, pensam que o espírito daquele santo pode ajudar, proteger, guardar etc., daí todo tipo de objeto e representação material daquele santo passa a ser venerado, cultuado, adorado, e isso é idolatria. Além disso, as imagens desses santos são veneradas ou adoradas mediante alguma forma de cerimônia que supostamente lhes transmitem a honra e reverência do povo. Ora, se a imagem é apenas recordações dos nossos irmãos de fé, então por que se presta consagração à imagem, se faz procissão, se oferece flores, se beija, curva-se diante dela? Por que se ora a ela, faz pedidos, faz-se poesias e cânticos a ela? Assim sendo, a declaração católica romana de que a honra devolvida nas santas imagens é uma veneração respeitosa, não uma adoração, parece mais com uma charada teológica ou talvez o desejo de errar (Gl 6.7).
    A Igreja Romana tem ensinado há séculos que os santos e Maria intercedem pelos fiéis. Ora, se eles estão mortos e seus espíritos são invocados, isso é invocação de pessoas que já morreram e isso é pecado (Is 8.19). Isso parece mais com espiritismo que com Cristianismo, além do mais, há um só mediador ou intercessor entre Deus e os homens, Jesus Cristo, homem (1 Tm 2.5).
    Os católicos romanos insistem em dizer que não adoram nenhuma imagem, nenhum objeto e nenhuma pessoa humana, mas só a Deus, porém, na prática não é isso que se verifica. Os intelectuais romanistas, tal como seus colegas budistas, dizem que as imagens de escultura são apenas memórias de qualidades dignas de emulação, de santos ou heróis espirituais, o que, presumivelmente, ajudaria os religiosos sinceros a copiarem tais virtudes. Entretanto, o povo comum não é sofisticado o bastante para separar a imagem da adoração à autêntica distinção entre a adoração e veneração. O resultado disso é que a idolatria tornou-se muito comum na Igreja Católica, tanto no Oriente como no Ocidente.
    De acordo com uma teologia católica, a imagem seria apenas um memorial de alguma verdade ou pessoa espiritual; e a veneração assim prestada seria dirigida àquela verdade ou pessoa, e não à imagem propriamente dita. Entretanto, no nível popular, as pessoas realmente veneram as próprias imagens, e a cuidadosa distinção entre adoração e veneração é forçada ao máximo, para dizermos o mínimo. Na verdade, a veneração de imagens, nas igrejas ocidentais e orientais, que foi tão vigorosa e corretamente repelida pela Reforma Protestante, é precisamente aquilo que os judeus e os islamitas diziam – é idolatria. Esse é um dos maiores escândalos da cristandade. Teólogos católicos romanos têm chegado ao extremo de afirmar que os objetos materiais assemelham-se a entidades dotadas de espírito, capazes de atuar como pontes de ligação entre o que é material e o que é espiritual. Assim, não se trata apenas da imagem em si, mas o que está por detrás delas. Se os que morreram não podem interceder pelos que estão vivos, nem voltar para a terra (Lc 16.19-31; 1 Tm 2.5; Hb 9.27), como fica a situação dos romanistas que pedem ajuda e proteção, e mediação aos santos e Maria? Não estariam eles invocando espíritos?
    Se os mortos em Cristo estão com Cristo e os mortos no pecado estão no Hades, quem pode responder a essas invocações e orações? Não seriam os espíritos deste mundo, conforme nos escreve o apóstolo Paulo (1 Co 10.14-24 e 1 Co 8.4-6)? E inevitável que, à proporção que os homens crescem em sua espiritualidade (oração e estudo da Palavra de Deus), que sua abordagem à pessoa de Deus torne-se cada vez mais mística e cada vez menos materialista. Os ritos vão perdendo mais a mais a sua importância, e as imagens terminam por ser abertamente rejeitadas. E, quando se obtém o contato direto com o Espírito Santo de Deus, de tal modo que se estabelece uma comunhão viva entre o Espírito de Deus e o espírito humano, então os homens não mais sentem qualquer necessidade de agência intermediária. Que isso ainda não tenha acontecido, no caso dos católicos romanos e outros, após tantos séculos de existência da Igreja Romana, somente demonstra o fato de que os homens, a despeito de tantas vantagens, não têm progredido muito em sua espiritualidade.
    Assim, por trás do ensinamento romanista de que a honra devolvida nas santas imagens é uma veneração respeitosa, está a intenção de se ver protegido, guardado, ou que o santo representado na imagem venha a interceder pelo pedinte, e isso é pecado de idolatria, pois só há um mediador (1 Tm 2.5) e de feitiçaria, pois os espíritos dos mortos não podem ser invocados pelos vivos (Is 8.19).
    Filhinhos, guardai-vos dos ídolos. Amém (1 Jo 5.21).
    Portanto, a palavra idolatria é: Prestar culto divino a uma criatura ou prestado a um objeto fabricado, no qual se supõe qualquer coisa de Deus. Os católicos procuram minimizar o problema afirmando que não prestam adoração às imagens, mas apenas as veneram.

    Argumento católico:
    Defendem-se dizendo que Deus mandou fazer dois querubins de ouro e colocá-los por cima da arca da aliança (Êx 25.18-20); que mandou fazer a serpente de bronze (Nm 21.8-9); e o templo de Salomão foi enfeitado com imagens de querubins, palmas, flores, bois e leões (1 Rs 6.23-35; 7.29). Afirmam que Deus proíbe apenas fazer deuses falsos e adorá-los, mas Ele não proíbe outras imagens.
    Os querubins. A passagem bíblica dos querubins do propiciatório da arca da aliança (Êx 25.18-20), advogada pelos teólogos romanistas, não se reveste de sustentação alguma. Porque não existe na Bíblia uma passagem, sequer, de um judeu dirigir suas orações aos querubins, ou depositar sua fé neles, ou pagar-lhes promessas. Esse propiciatório era a figura da redenção em Cristo (Hb 9.5-9). A Bíblia condena terminantemente o use de imagem de escultura como meio de cultuar a Deus (Ex 20.4-5; Deuteronômio 5.8-9). O culto aos santos e a adoração a Maria, à luz da Bíblia, desclassificam o catolicismo romano como religião cristã. E idolatria (1 Jo 5.21).
    Então disse-lhe Jesus: Vai-te, Satanás, porque está escrito: Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a ele servirás (Mt 4.10). Em Apocalipse de João lemos: E eu lancei-me a seus pés para o adorar mas ele disse-me: Olha não faças tal; sou teu conservo, e de teus irmãos, que têm o testemunho de Jesus. Adora a Deus; porque o testemunho de Jesus é o espírito de profecia (Ap 19.10; 22.9). Pedro recusou ser adorado por Cornélio (At 10.25-26).

  • O PROTESTANTE COMPROVADAMENTE ADORA IMAGENS

    Paga-se 2,00 euros para visitar, em Rothenburg Ob Der Tauber na Alemanha, a Basílica luterana gótica de S. Jacomo construída em 1450. Surpreendeu-me o número de estátuas de santos na Basílica, tais como: São Cristóvão, São Jorge, São João Evangelista, Santo Eustáquio e Nossa Senhora. No altar há três cenas: Jesus Crucificado tendo ao lado imagens e pinturas de Judas Escariotes e Jesus orando no Jardim das Oliveiras. No altar há uma relíquia do sagrado sangue e um crucifixo de 1270. Ainda no altar havia um crucifixo e a vela do batismo. O altar principal é conhecido como o altar dos 12 apóstolos. A igreja está ligada a uma comunidade evangélica na Tansânia, daí o motivo africano que foi recebido como presente. Visitei-a em 05/10/09. Tirei inúmeras fotos para comprovação. COMPROVADAMENTE, O PROTESTANTE ADORA IMAGENS. E AGORA, CONTINUARÃO A ACUSAR OS CATÓLICOS DE ADORADORES DE IMAGENS?

  • Alexandre disse:

    Ediberto,
    A subcultura Gótico/Darkwave é uma subcultura laica, ou seja, é neutra à qualquer religião. É comum pessoas de fora da subcultura pensarem que os góticos estão diretamente ligados à esoterismo, anticristianismo e paganismo, sendo tal afirmação uma idéia equivocada. Isso quer dizer que cada indivíduo da subcultura Gótica é livre para seguir a religião que melhor lhes forem conveniente, seja ela teísta ou mesmo não seguindo nenhuma religião.
    Os tidos wannabes – Uma gíria entre pessoas da sub-cultura gótica, que em sua semântica refere-se a um determinado sujeito novo, curioso e, mais diretamente, que “quer ‘ser'” parte da mesma – Geralmente seguem à risca presunçosa e equivocada em denominarem aos outros pertencentes a ela apenas como Wiccas, Pagãos ou satânicos, sendo estes, como mencionado inicialmente, livres de qualquer doutrina ou Sociedade Secreta.
    Algum recurso de preâmbulo religioso é utilizado como temática, para músicas ou estética. Um crucifixo, por exemplo, pode, teatralmente, simbolizar a tortura (Crucio = tortura), pois a cruz foi cunhada em Roma, como instrumento para tal, antes mesmo do nascimento de Cristo. Simbolicamente no sentido de estética não vem totalmente ligado à música, as vestes góticas vieram de acordo com a ideologia a que ele pertence. Enfim, esta Igreja não tem nada a ver com os evangélicos. Aproveita e leia o que postei acima de você e aprenda um pouco sobre idolatria para você não falar burrada e passar mais vergonha!

  • Lilian disse:

    Sr.Alexandre, não obstante aos teus esclarecimentos, como temos 60.000 igrejas protestantes divergentes entre si e cada qual com vida própria e líderes próprios que não raras vezes condenam as doutrinas uns dos outros, não é possível a nenhum protestante estabelecer um critério que defina o que é idolatria e quem as pratica.

    Pelo menos não é possível um critério que todos aceitem. O que é idolatria para o silas pode não ser para o macedo e vice-versa.

    Além disto, conforme atesta o apóstolo Paulo, os julgamentos humanos são parciais e homem algum sonda coração humano de maneira que é no mínimo irresponsável e anti bíblico que algum protestante defina entre os católicos quem pratica e quem não pratica idolatria.

    Por último, as Escrituras definem a Igreja como coluna e sustentáculo da verdade.

    Exceto se o senhor estiver disposto a submeter-se a inflalível palavra de DEUS e considerar a Igreja coluna e sustentáculo da verdade, não poderá ou não deveria “interpretar” e definir por conta própria o que seria idolatria. Até porque a Bíblia que o senhor pensa seguir também proíbe a interpretação por conta privada.

  • Alexandre disse:

    Para Lilian,
    O Lilian, desculpe, mas às vezes me dá vontade de rir, tamanha é a carência que vocês (católicos) tem da Palavra de Deus. Mas vamos lá.
    Pela milésima vez, não importa se o Pastor Malafaia diga A e o Macedo diga B, o que importa de verdade é a PALAVRA DE DEUS, que com toda certeza é o crente quem segue e crê, nós cremos na Palavra e não no que o homem diz. Sabe qual é a diferença, nos crentes ouvimos uma pregação e confirmamos com a Bíblia para saber se está certo ou não, já os católicos pegam o folheto dado na igreja ouvem o que o padre fala e pronto, não conferem com a Bíblia, por isso vivem no engano.
    A Bíblia diz em Ap 21:8 Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos IDÓLATRAS e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte.
    E Lilian, idólatra é o que mais o católico é na vida, idolatria é prestar culto e reconhecer como Deus, e os católicos fazem isso no mundo inteiro, vai na basílica de aparecida, eles pedem são para os ditos santos não é para Jesus não.
    A BÍBLIA É CLARA COMO CITEI NO TEXTO ACIMA, IDÓLATRA VAI PARA O INFERNO. É a Bíblia que diz, não somos nós não.

  • osvaldo barbsa disse:

    um grupo ,pode ser conhecido por protestante, ou católico, um grupo ou povo de Deus e conhecido por ser de Cristo, discípulo dele,e filho de Deus, um povo separado, um povo que vive no crescimento de santidade ,se você ver um que busca, não adorar nada , e nem ninguém a não ser Jesus, nem mãe, filho, namorados,empregos,imagens,nem pastor, nem papa,e reconhece que não ‘e nada diante da santidade de Deus,(pecador) e precisar ser salvo por ele, e que ele ‘e o único que salva , que intercede,e que santo, esse e filho de Deus, se não ‘e filho da perdição do diabo.um verdadeiro cristão reconhece Cristo e mais ninguém como intermédia dor, nem pastor, nem padre, nem Maria, nem joao,nem neguem..apenas Jesus… isso e ser crente, isso e ser cristão, não importa a denominação, o que importar e ser salvo e crer em Cristo….grupo não salva ninguém… mas posso aprender mais de Cristo em um grupo de em outro que não ensina isso… todo grupo tem que ser a bíblia como única regra de fé, a bíblia e a palavra de Deus , e não apenas contem a palavra de DEUS;;;;;;

  • Fabio disse:

    Sou católico mas fico triste que a maioria dos católicos raramente lé a bíblia que se lesse é praticasse realmente os ensinamentos de Jesus hoje não víamos tantas violências, os jovens no mundo das drogas …

  • janderson disse:

    A diferença entre nos homens e JESUS, é que só conseguimos enxergar as atitudes do próximo, por meio da ótica , mas nosso Senhor e salvador enxerga nossos corações por meio da sua onisciência, não cabe a nós julgar uns aos outros, tentando mostrar quem está certo por meio de intrigas e contendas, pois bem sabemos que essa queda de braços entre as religiões só irá acabar com a vinda de Jesus, sei que a minha sabedoria limitada não se compara ainda que por um milésimo de segundo com a de Jesus, mas fico em paz em escrever que ele pediria para que oremos uns pelos outros, e que primeiramente oremos a Deus pedindo discernimento e sabedoria antes de proferir palavras tolas que nos ferem, o nosso corpo é templo e moradia do Espirito Santo de Deus, então todos nós somos a igreja de Deus, por isso apenas aceite Jesus como Senhor e Salvador, lembrando que Jesus repreendia os fariseus pois ele é justo e nós somos apenas pecadores…..vanderlucio que Deus te abençoe pois através da sua pergunta ainda que indiretamente a palavra de Deus está sendo propagada…lembrando que ela nunca vai e volta vazia alguma coisa alguém irá reter no coração

    Sou Evangélico e peço desculpas por todos os que se sentirão atingidos de alguma forma..

    Pois bem sabemos que em todas as religiões existem pessoas boas e más….

    E são essas pessoas, que mesmo sem saber na sua total ignorância colocam umas contra as outras…

    Que Deus abençoe a todos nós e que continuemos falar de Jesus, de forma civilizada…graças e paz AMEM…

  • nilbia luna disse:

    LO QUE DICE LA BIBLIA SOBRE LA IDOLATRIA
    (Biblia católica “Dios habla Hoy”)

    ES UNA MALDICION QUE LLEVA A CONDENACION ETERNA

    Deuteronomio 27:15. -Maldito sea el que haga un ídolo o una figura de metal fundido, hecha por un artesano, la ponga en un lugar oculto, pues eso le repugna al Señor. Y todo el pueblo dirá: Así sea (Amén)-

    Deuteronomio 4:15-20. -Guardad, pues, mucho vuestras almas; pues ninguna figura visteis el día que Jehová habló con vosotros de en medio del fuego; para que no os corrompáis y hagáis para vosotros escultura, imagen de figura alguna, estatua de varón o hembra, figura de animal alguno que está en la tierra, figura de ave alguna alada que vuele por el aire, figura de ningún animal que se arrastre sobre la tierra, figura de pez alguno que haya en el agua debajo de la tierra. No sea que alces tus ojos al cielo, y viendo el sol y la luna y las estrellas, y todo el ejército del cielo, seas impulsado, y te inclines a ellos y les sirvas; porque Jehová tu Dios los ha concedido a todos los pueblos debajo de todos los cielos; Pero a vosotros Jehová os tomó, y os ha sacado del horno de hierro, de Egipto, para que seáis el pueblo de su heredad como en este día.-

    DIOS LA PROHIBIO

    Deuteronomio 5:8. -No hagas ningún ídolo ni figura de lo que hay arriba en el cielo, ni de lo que hay abajo en la tierra, ni de lo que hay en el mar debajo de la tierra; no te inclinarás a ella ni le rendirás culto.

    Levítico 26:1. -No haréis para vosotros ídolos, ni escultura, ni os levantaréis estatua, ni pondréis en vuestra tierra piedra pintada para inclinarse a ella; por que yo soy Jehová vuestro Dios.-

    Hechos 17:29. -Siendo, pues, descendientes de Dios, no debemos pensar que Dios sea como las imágenes de oro, plata o piedra que los hombres hacen según su propia imaginación-

    EN LA PROCESION

    Isaías 45:20. “Reúnanse y vengan, acérquense todos los sobrevivientes de los pueblos. Son unos ignorantes quienes llevan en procesión sus ídolos de madera y se ponen a orar a un dios que no puede salvarlos ”.

    Isaías 46:7. “Lo cargan sobre los hombros y se lo llevan; lo colocan sobre un soporte y ahí se queda, sin moverse de su sitio. Por más que gritan pidiéndole ayuda, no les responde ni puede salvarlos de sus angustias”.

    LOS IDOLATRAS NO TENDRAN PARTE EN EL REINO DE DIOS

    1 Corintios 6:9-10. -¿No saben ustedes que los malvados no tendrán parte en el reino de Dios? No se dejen engañar, pues en el reino de Dios no tendrán parte los que cometen inmoralidades sexuales, ni los idólatras, ni los que cometen adulterio, ni los hombres que tienen trato sexual con otros hombres, ni los ladrones, ni los avaros, ni los borrachos, ni los chismosos, ni los tramposos-.

    LOS IDOLATRAS TENDRAN SU PARTE EN EL LAGO DE FUEGO ETERNO

    Apocalipsis 21:8. “Pero en cuanto a los cobardes, los incrédulos, los odiosos, los asesinos, los que cometen inmoralidades sexuales, los que practican la brujería, los que adoran ídolos, y todos los mentirosos, a ellos les tocará ir al lago de azufre ardiente, que es la segunda muerte ”

    NINGUN APOSTOL MOSTRO IMAGEN ALGUNA DE JESUS

    Fíjese cómo lo dice el Apóstol Pedro en (1 Pedro 1:8)

    “Ustedes aman a Jesucristo. aunque NO LO HAN VISTO, y ahora, creyendo en él SIN HABERLE VISTO, se alegran con una alegría tan grande y gloriosa que no pueden expresarla con palabras”.
    los mismos apóstoles saben que es una herejía mostrar un rostro prohibido desde todos los tiempos.

    EL ROSTRO QUE EL CATOLICISMO PRESENTA COMO DE CRISTO, SURGIO DE UNA PINTURA REALIZADA POR LEONARDO DAVINCI; EN LA EPOCA DEL RENACIMIENTO POR LOS SIGLOS 14 Y 15, CUANDO PINTO LA SANTA CENA CON LOS DOCE APOSTOLES.
    PERO EL ROSTRO QUE EL PINTO COMO DE CRISTO, FUE REALMENTE EL DE SU NOVIO, PORQUE EL ERA HOMOSEXUAL.

    (buscar en la historia ¿quién fue Leonardo Davinci).

    Desde entonces se han hecho copias tras copias de aquella pintura; y aquel rostro afeminado, se ha difundido en todos los lugares, por todos los líderes idólatras del imperio católico hasta el dia de hoy.

    NO EXISTE EN LA BIBLIA (en cualquier Biblia) EL MANTO DE TURIN Y EL NOMBRE DE LA VERONICA; LA MUJER QUE SUPUESTAMENTE SECO EL ROSTRO DE JESUCRISTO, CUANDO ERA DESFIGURADO A PUñETAZOS. Y QUE (supuestamente) SE QUEDO IMPREGNADO EN EL LIENZO. (todo un engaño de Satanás).

    La Homosexualidad; ( fruto de la Idolatría )

    Romanos 1:22-28. “Dicen que son sabios, pero son tontos, porque han cambiado la gloria del Dios inmortal por imágenes del hombre mortal, y hasta por imágenes de aves, cuadrúpedos y reptiles. Por eso Dios los ha abandonado a los impuros deseos que hay en ellos y han cometido unos con otros acciones vergonzosas. En lugar de la verdad de Dios han buscado la mentira y han honrado y adorado las cosas creadas por Dios y no a Dios mismo, que las creó y que merece alabanza por siempre.”- Así sea-(Amén); Por eso, Dios los ha abandonado a pasiones vergonzosas. Hasta sus mujeres han cambiado las relaciones naturales por las que van contra la naturaleza; de la misma manera, los hombres han dejado sus relaciones naturales con la mujer y arden en malos deseos los unos por los otros. Hombres con hombres cometen acciones vergonzosas, y sufren en su propio cuerpo el castigo de su perversión. Como no quieren reconocer a Dios, él los ha abandonado a sus perversos pensamientos,para que hagan lo que no deben”.

    LA IDOLATRIA SE MANIFIESTA DE MUCHAS FORMAS

    Colosenses 3:5. -Hagan, pues, morir todo lo que de terrenal hay en ustedes: que nadie cometa inmoralidades sexuales, ni haga cosas impuras, ni siga sus pasiones y malos deseos, ni sea avaro (que es una forma de idolatria)-.

    PERO LA IDOLATRIA MAS TIPICA Y COMUN EN LOS PUEBLOS
    es la adoración a imágenes, esculturas, pinturas, ilustraciones, estatuas, muñecos, crucifijos, rosarios y toda clase de objetos.

    Jeremías 10:3-5. -La religión de esos pueblos no vale nada. Cortan un tronco en el bosque, un escultor lo labra con su cincel, luego lo adornan con plata y oro, y lo aseguran con clavos y martillo para que no se caiga. Los ídolos parecen espantapájaros en un campo sembrado de melones, no pueden hablar, y hay que cargar con ellos, porque no caminan. No tengan miedo de ellos que a nadie hacen mal ni bien.-

    LOS CATOLICOS USAN COMO PRETEXTO PARA JUSTIFICAR LAS IMAGENES Y ESTATUAS, EL PASAJE DE LA SERPIENTE DE BRONCE QUE HIZO MOISES

    PERO NO HABLAN DE QUE DIOS POR MEDIO DEL REY EZEQUIAS, HIZO PEDAZOS LA SERPIENTE DE BRONCE QUE HABIA HECHO MOISES, PORQUE EL PUEBLO SE HABIA PROSTITUIDO VENERANDOLA Y QUEMANDOLE INCIENSO. (2 Reyes 18:1-4)

    LO MISMO SUCEDE HASTA HOY, VENERAN Y LE RUEGAN A LAS IMAGENES Y ESTATUAS, QUEMANDOLE INCIENSO Y PRENDIENDOLE VASOS Y VELONES DE CERAS. (algo típico de los Brujos, Santeros y Hechiceros, cayendo en la adoración de Demonios)

    AUNQUE PARESCA GROTESCO

    LOS TEMPLOS DEL CATOLICISMO AL IGUAL QUE LAS BOTANICAS COMO LAS QUE EXISTEN EN NEW YORK, SON CENTROS DE BRUJERIAS Y SANTERIAS, LLENOS DE ABOMINABLES E INMUNDAS ESTATUAS Y MUñECOS DIABOLICOS.

    SI VERDADERAMENTE QUIERES LA SALVACION DE TU ALMA,

    SAL DE ESAS TINIEBLAS Y BUSCA LA LUZ VERDADERA QUE ES JESUCRISTO EL HIJO DE DIOS. (Juan 1:8-9; 3:19-21; 8:12; 12:36 y 46) (2 Corintios 4:4)

    M E N S A J E

    Jesucristo está vivo en el cielo (en gloria) sentado a la diestra de Dios su Padre (Marcos 16:19) y él es el único mediador entre Dios y los hombres (1 Timoteo 2:5) y todo el poder de Dios está en él (Colosenses 2:9) (Mateo 28:18). El no es un muñeco que se carga al hombro.

    Los que tienen imágenes y estatuas en sus casas, no tienen parte en el reino de Dios; millones de almas están en el infierno por causa de la idolatría, porque le creyeron a líderes religiosos engañadores . Echa a la basura las imágenes, pinturas, estatuas, muñecos y objetos, que desvían tu salvación.

    Adora a Dios en espíritu y en verdad (Juan 4:23) Solo en Jesucristo hay Salvación (Hechos 4:12) (1 Corintios 3:11). El es el único en el cual Dios el Padre tiene complacencia (Mateo 3:17; 12:18; 17:5)

    ¡¡¡ A DIOS SEA LA GLORIA !!!

  • MRROUCO MRROUCO disse:

    NUNCA VI NENHUM PROTESTANTE ACENDER VELAS PARA AS FORMIGUINHAS. NEM AJOELHARA A SEUS PES. IDOLATRIA É COMO A ICAR CONSEGUE EXPLICAR JOÃO 3/13;;;;

  • Ítalo disse:

    Caros amigos.
    Tenhamos a plena consciência de que VENERAR imagens é bem diferente de ADORAR. Deus claramente condena todo aquele que adorar uma imagem, condena claramente aquele que se prostrar diante de uma imagem, más condena à partir do momento que a pessoa trata certa imagem como Deus, ou coloca certa imagem acima de Deus. Católicos jamais adoram imagens, Católicos certamente instruídos pelos ensinamentos bíblicos e pelo Padre, não adoram imagens e sim Veneram. Certamente o próprio Deus mandou que construíssem imagens não para adoração más como forma de intercessão, uma forma de lembrar o quanto Deus é grande e poderoso. Lembramos das passagens bíblicas citadas em Nm; 20-21 Serpente de bronze. Leiamos também Ex; 25 A arca da aliança. Vemos aí dois exemplos grandiosos em que Deus manda construir por mãos humanas imagens para veneração não para adoração que é o que os Católicos praticam, utilizam de santos como ícones, janelas, para irmos de encontro direto com a face de Jesus Cristo. Tomamos dos Santos os ensinamentos, a fé, coragem de lutar pelo reino de Deus, o amor a palavra de Deus, para que nesse mundo de perdição, calunia, possamos viver firmes e fortes, e saber que o sofrimento não ocorre somente conosco, saber que outros já sofreram também, até pior do que nós, apenas por Deus que nos quer bem. Nossa Senhora Virgem Maria e todos os Santos e Santas de Deus. Rogai por Nós.

  • Nilbia Luna disse:

    CITAS BÍBLICAS SOBRE IDOLATRÍA, ÍDOLOS, ESTATUAS, IMÁGENES, ESCULTURAS, etc. etc. etc.

    (ANTIGUO TESTAMENTO)

    Levítico 26:1. -No haréis para vosotors ídolos, ni escultura, ni os levantaréis estatua, ni pondréis en vuestra tierra piedra pintada para inclinaros a ella; por que yo soy Jehová vuestro Dios.-

    Levítico 26:30. -Destruiré vuestros lugares altos, y derribaré vuestras imágenes, y pondré vuestros cuerpos muertos sobre los cuerpos muertos de vuestros ídolos, y mi alma os abominará.-

    Levítico 19:4. -No os volveréis a los ídolos, ni haréis para vosotros dioses de fundición. Yo Jehová vuestro Dios.-

    Deuteronomio 4:15-20. -Guardad, pues, mucho vuestras almas; pues ninguna figura visteis el día que Jehová habló con vosotros de en medio del fuego; para que no os corrompáis y hagáis para vosotros escultura, imagen de figura alguna, efigie de varón o hembra, figura de animal alguno que está en la tierra, figura de ave alguna alada que vuele por el aire, figura de ningún animal que se arrastre sobre la tierra, figura de pez alguno que haya en el agua debajo de la tierra. No sea que alces tus ojos al cielo, y viendo el sol y la luna y las estrellas, y todo el ejército del cielo, seas impulsado, y te inclines a ellos y les sirvas; porque Jehová tu Dios los ha concedido a todos los pueblos debajo de todos los cielos. Pero a vosotros Jehová os tomó, y os ha sacado del horno de hierro, de Egipto, para que seáis el pueblo de su heredad como en este día.-

    Deuteronomio 4:23-27. -Guardaos, no os olvidéis del pacto de Jehová vuestro Dios, que él estableció con vosotros, y no os hagáis escultura o imagen de ninguna cosa que Jehová tu Dios te ha prohibido. Porque Jehová tu Dios es fuego consumidor, Dios celoso.-

    Deuteronomio 4:28. -Y serviréis allí a dioses hechos de manos de hombres, de madera y piedra, que no ven, ni oyen, ni comen, ni huelen.-

    Deuteronomio 12:3. -Derribaréis sus altares, y quebraréis sus estatuas, y sus imágenes de Asera consumiréis con fuego; y destruiréis las esculturas de sus dioses, y raeréis su nombre de aquel lugar.-

    Deuteronomio 7:5. – Mas asi habéis de hacer con ellos: sus altares destruiréis, y quebraréis sus estatuas, y destruiréis sus imágenes de Asera, y quemaréis sus esculturas en el fuego.-

    Isaias 44:9. -Los formadores de imágenes de talla, todos ellos son vanidad, y lo más precioso de ellos para nada es útil; y ellos mismos son testigos para su confusión, de que los ídolos no ven ni entienden.-

    Isaias 44:13-20. -El carpintero tiende la regla, lo señala con almagre, lo labra con los cepillos, le da figura con el compás, lo hace en forma de varón, a semejanza de hombre hermoso, para tenerlo en casa. Corta cedros. y toma ciprés y encina, que crecen entre los árboles del bosque; planta pino, que se crie con la lluvia. De él se sirve luego el hombre para quemar, y toma de ello para calentarse; enciende también el horno, y cuece panes; hace además un dios, y lo adora; fabrica un ídolo, y se arrodilla delante de él. Parte del leño quema en el fuego; con parte de él come carne, prepara un asado, y se sacia; despues se calienta, y dice: ¡Oh! me he calentado, he visto el fuego; y hace del sobrante un dios, un ídolo suyo; se postra delante de él, lo adora y le ruega diciendo: Líbrame, por que mi dios eres tú. No saben ni entienden; porque cerrados están sus ojos para no ver, y su corazón para no entender. No discurre para consigo, no tiene sentido ni entendimiento para decir: Parte de esto quemé en el fuego, y sobre sus brasas cocí pan, asé carne, y la comí. ¿Haré del resto de él una abominación? ¿Me postraré delante de un tronco de árbol? De ceniza se alimenta; su corazón engañado le desvía para que no libre su alma, ni diga: ¿No es pura mentira lo que tengo en mi mano derecha?

    Jeremías 43:13. -Además quebrará las estatuas de Bet-semes, que está en tierra de Egipto, y los templos de los dioses de Egipto quemará a fuego.-

    Jeremías 50:38. -Sequedad sobre sus aguas, y se secarán; porque es tierra de ídolos, y se entontecen con imágenes.-

    Isaias 2:8. -Además su tierra está llena de ídolos, y se han arrodillado ante la obra de sus manos y ante lo que fabricaron sus dedos.-

    Isaias 2:18. -Y quitará totalmente los ídolos.-

    Isaias 31:7. -Porque en aquel día arrojará el hombre sus ídolos de plata y sus ídolos de oro, que para vosotros han hecho vuestras manos pecadora.-

    Deuteronomio 29:17. -Y habéis visto sus abominaciones y sus ídolos de madera y piedra, de plata y oro, que tienen consigo.-

    Ezequiel 6:13. -Y sabréis que yo soy Jehová, cuando sus muertos estén en medio de sus ídolos, en derredor de sus altares, sobre todo collado alto, en todas las cumbres de los montes, debajo de todo árbol frondoso y debajo de toda encina espesa , lugares donde ofrecieron incienso a todos sus ídolos.-

    Ezequiel 8:10. -Entré, pues, y miré; y he aquí toda forma de reptiles y bestias abominables, y todos los ídolos de la casa de israel, que estaban pintados en la pared por todo alrededor.-

    Ezequiel 23:14. -Y aumentó sus fornicaciones; pues cuando vio a hombres pintados en la pared, imágenes de caldeos pintadas de color.-

    2 Crónicas 23:17. -Después de esto entró todo el pueblo en el templo de Baal, y lo derribaron, y también sus altares; e hicieron pedazos sus imágenes, y mataron delante de sus altares a Matán, sacerdote de Baal.-

    2 Crónicas 24:18. -Y desampararon la casa de Jehová el Dios de sus padres, y sirvieron a los símbolos de Asera y a las imágenes esculpidas. Entonces la ira de Dios vino sobre Judá y Jerusalén por este su pecado.-

    2 Crónicas 34:3-4. -A los ocho años de su reinado, siendo aún muchacho, comenzo a buscar al Dios de David su padre; y a los doce años comenzó a limpiar a Judá y a Jerusalén de los lugares altos, imágenes de Asera, esculruras, e imágenes fundidas. Y derribaron delante de él los altares de los baales, e hizo pedazos las imágenes del sol, que estaban puestas encima; despedazó también las imágenes de Asera, las esculturas y estatuas fundidas, y las desmenuzó, y esparció el polvo sobre los sepulcros de los que les habían ofrecido sacrificios.-

    2 Crónicas 15:16. -Y aun a Maaca madre del rey Asa, él mismo la depuso de su dignidad, porque había hecho una imagen de Asera; y Asa destruyó la imagen, y la desmenuzó, y la quemó junto al torrente de Cedrón.-

    Génesis 31:19. -Pero Labán había ido ha trasquilar sus ovejas; y Raquel hurtó los ídolos de su padre.-

    Oseas 13:2. -Y ahora añadieron a su pecado, y de su plata se han hecho según su entendimiento imágenes de fundición, ídolos, toda obra de artífices, acerca de los cuales dicen a los hombres que sacrifican, que besen los becerros.-

    Habacuc 2:18. -¿De qué sirve la escultura que esculpió el que la hizo? ¿la estatua de fundición que enseña mentira, para que haciendo imágenes mudas confie el hacedor en su obra?.-

    Isaias 42:8. -Yo Jehová; este es mi nombre; y a otro no daré mi gloria, ni mi alabanza a esculturas.-

    Isaias 42:17. -Serán vueltos atras y en extremo confundidos los que confian en ídolos, y dicen a las imágenes de fundición: Vosotros sois nuestros dioses.-

    Ester 3:2. -Y todos los siervos del rey que estaban a la puerta del rey se arrodillaban y se inclinaban ante Amán, porque asi lo había mandado el rey; pero Mardoqueo ni se arrodillaba ni se humillaba.-

    Isaias 30:22. -Entonces profanarás la cubierta de tus esculturas de plata, y la vestidura de tus imágenes fundidas de oro; las apartarás como trapo asqueroso; ¡Sal fuera! les dirás.-

    Daniel 3:1-30. -El rey Nabucodonosor hizo una estatua de oro cuya altura era de sesenta codos, y su anchura de seis codos; la levantó en el campo de Dura, en la provincia de Babilonia.-

    Miqueas 5:13. -Y haré destruír tus esculturas y tus imágenes de en medio de ti, y nunca mas te inclinarás a la obra de tus manos.-

    Salmos 96:5. -Porque todos los dioses de los pueblos son ídolos; pero Jehová hizo los cielos

    Salmos 106:36-38. -Y sirvieron a sus ídolos, los cuales fueron causa de su ruina. Sacrificaron sus hijos y sus hijas a los demonios, y derramaron la sangre inocente, la sangre de sus hijos y de sus hijas, que ofrecieron en sacrificio a los ídolos de Canaán, y la tierra fue contaminada con sangre.-

    Salmos 115:4-8. -Los ídolos de ellos son plata y oro, obra de manos de hombres. Tienen boca, mas no hablan; tienen ojos, mas no ven; orejas tienen, mas no oyen; tienen narices, mas no huelen; Manos tienen, mas no palpan; Tienen pies, mas no andan; No hablan con su garganta. Semejantea a ellos son los que los hacen, y cualquiera que confia en ellos.-

    Deuteronomio 5:8-9. -No harás para ti escultura, ni imagen alguna de cosa que está arriba en los cielos, ni abajo en la tierra, ni en las aguas debajo de la tierra. No te inclinarás a ellas ni las servirás; porque yo soy Jehová tu Dios, fuerte, celoso, que visito la maldad de los padres sobre los hijos hasta la tercera y cuarta generación de los que me aborrecen.-

    Deuteronomio 27:15. -Maldito sea el que haga un ídolo o una figura de metal fundido, hecha por un artesano, la ponga en un lugar oculto, pues eso le repugna al Señor. Y todo el pueblo dirá: “Así sea”(Amén)-

    Jeremías 10:3-5. -La religión de esos pueblos no vale nada. Cortan un tronco en el bosque, un escultor lo labra con su cincel, luego lo adornan con plata y oro, y lo aseguran con clavos y martillo para que no se caiga. Los ídolos parecen espantapájaros en un campo sembrado de melones, no pueden hablar, y hay que cargar con ellos, porque no caminan. No tengan miedo de ellos que a nadie hacen mal ni bien-.

    Isaías 44:18-20. -Esa gente no sabe, no entiende; tienen los ojos tan ciegos que no pueden ver, y el entendimiento tan cerrado que no pueden comprender. No se ponen a pensar, les falta entendimiento para comprender y decir: “¡La mitad de la madera la puse a arder y en las brasas cocí pan, asé carne y me la comí; del resto hice esta cosa detestable, y lo que estoy adorando es un pedazo de palo!” Verdaderamente, es como comer ceniza. Es dejarse engañar por ideas falsas. Esas personas no podrán salvarse. No serán capaces de entender que lo que tienen en sus manos es pura mentira-.

    Isaías 45:20. “Reúnanse y vengan, acérquense todos los sobrevivientes de los pueblos. Son unos ignorantes quienes llevan en procesión sus ídolos de madera y se ponen a orar a un Dios que no puede salvarlos”

    Isaías 46:7. “Lo cargan sobre los hombros y se lo llevan; lo colocan sobre un soporte y ahí se queda, sin moverse de su sitio. Por más que gritan pidiéndole ayuda, no les responde ni puede salvarlos de sus angustias”.

    2 Reyes 19:18. – Y que han echado al fuego sus dioses, porque en realidad no eran dioses, sino objetos de madera o de piedra hechos por el hombre. Por eso los destruyeron.-

    Isaías 2:20. -En aquel día el hombre echará sus ídolos a las ratas y a los murcielagos, esos ídolos de oro y de plata que él mismo se hizo para adorarlo.-

    Isaías 37:19. – Y que han echado al fuego sus dioses, porque en realidad no eran dioses, sino objetos de madera o de piedra hechos por el hombre. Por eso los destruyeron.-

    Salmos 135:15-18. -Los ídolos de las naciones son plata y oro, obra de manos de hombres. Tienen boca y no hablan; tienen ojo y no ven; Tienen orejas y no oyen; Tampoco hay aliento en sus bocas. Semejante a ellos son los que los hacen, y todos los que en ellos confían.-

    EN EL NUEVO TESTAMENTO

    Hechos 17:29. -Siendo, pues, descendientes de Dios, no debemos pensar que Dios sea como las imágenes de oro, plata o piedra que los hombres hacen según su propia imaginación-.

    2 Corintios 6:16. -¿Y qué acuerdo hay entre el templo de Dios y los ídolos? Porque vosotros sois el templo del Dios viviente, como Dios dijo: Habitaré y andaré entre ellos, y seré su Dios, y ellos serán mi pueblo.

    Hechos 19:23-27. -Demetrio hacía figuritas de plata que representaban el templo de la diosa Artemisa y ésto daba muchas ganancias a los que trabajaban con él. Reuniéndose con otros que trabajaban en oficios semejantes, dijo: Ustedes saben que nuestro bienestar depende de la venta de éstas figuritas, pero ustedes ven y oyen que ese Pablo, dice que no son dioses lo que se hace con las manos, y así ha convencido a mucha gente, aquí en Efeso y en toda Asia. Esto es peligroso, porque nuestro negocio puede echarse a perder.-

    Gálatas 5:19-21. -Y manifiestas son las obras de la carne, que son: Adulterio, fornicación, inmundicia, lascivia, idolatría, hechicería, enemistades, pleitos, celos, iras, contiendas, disensiones, herejías, envidias, homicidios, borracheras, orgías, y cosas semejantes a estas; acerca de las cuales os amonesto, como ya os lo he dicho antes, que los que practican tales cosas no heredarán el reino de Dios.-

    Apocalipsis 21:8. -Pero en cuanto a los cobardes, los incrédulos, los odiosos, los asesinos, los que cometen inmoralidades sexuales, los que practican la brujería, los que adoran ídolos, y todos los mentirosos, a ellos les tocará ír al lago de azufre ardiente, que es la segunda muerte. –

    Apocalipsis 9:20-21. -Y los otros muertos que no fueron muertos con estas plagas, ni aun asi se arrepintieron de las obras de sus manos, ni dejaron de adorar a los demonios, y a las imágenes de oro, de plata, de bronce, de piedra, y de madera, las cuales no pueden ver, ni oir ni andar; Y tampoco dejaron de matar, ni de hacer brujerías, ni de cometer inmoralidades sexuales, ni de robar.-

    Apocalipsis 22:15. -Mas los perros estarán fuera, y los hechiceros, los fornicarios, los homicidas, los idólatras, y todo aquel que ama y hace mentira.-

    Romanos 1:23,25 -Y cambiaron la gloria del Dios incorruptible en semejanza de imagen de hombre corruptible, de aves, de cuadrúpedos y de reptiles. …….. Ya que cambiaron la verdad de Dios por la mentira, honrrando y dando culto a las criaturas antes que al creador, el cual es bendito por los siglos. Amén.-

    1 Corintios 10:14. -Por tanto amados míos, huid de la idolatría.-

    M E N S A J E

    Jesucristo está vivo en el cielo (en gloria) sentado a la diestra de Dios su Padre (Marcos 16:19).
    Y él es el único mediador entre Dios y los hombres (1 Timoteo 2:5).
    Y todo el poder de Dios está en él (Colosenses 2:9) (Mateo 28:18).

    ÉL NO ES UN MUÑECO QUE SE CARGA AL HOMBRO

    Los que tienen imágenes y estatuas en sus casas, no tienen parte en el reino de Dios;
    Millones de almas están en el infierno por causa de la idolatría, porque le creyeron a líderes religiosos engañadores .
    Echa a la basura las imágenes, pinturas, estatuas, muñecos y objetos, que desvían tu salvación.
    Adora a Dios en espíritu y en verdad (Juan 4:23)
    Solo en Jesucristo hay Salvación (Hechos 4:12) (1 Corintios 3:11).
    El es el único en el cual Dios el Padre tiene complacencia (Mateo 3:17; 12:18; 17:5)

    ¡¡¡ A DIOS SEA TODA LA GLORIA !!!

  • SERGIO EMILIO MEIRA disse:

    OS CATOLICOS SAO SIM IDOLATRAS E ADULTERADORES DA PALAVRA DE DEUS HERMENEUTICA E HISTORICAMENTE PRATICAM A DISTORÇÃO DA VERDADE DA FÉ REVELADA EM JESUS.

  • Nilbia Luna disse:

    CITAS BÍBLICAS SOBRE IDOLATRÍA, ÍDOLOS, ESTATUAS, ESCULTURAS, etc. etc.

    (antiguo testamento)

    Levítico 26:1. -No haréis para vosotors ídolos, ni escultura, ni os levantaréis estatua, ni pondréis en vuestra tierra piedra pintada para inclinaros a ella; por que yo soy Jehová vuestro Dios.-

    Levítico 26:30. -Destruiré vuestros lugares altos, y derribaré vuestras imágenes, y pondré vuestros cuerpos muertos sobre los cuerpos muertos de vuestros ídolos, y mi alma os abominará.-

    Levítico 19:4. -No os volveréis a los ídolos, ni haréis para vosotros dioses de fundición. Yo Jehová vuestro Dios.-

    Deuteronomio 4:15-20. -Guardad, pues, mucho vuestras almas; pues ninguna figura visteis el día que Jehová habló con vosotros de en medio del fuego; para que no os corrompáis y hagáis para vosotros escultura, imagen de figura alguna, efigie de varón o hembra, figura de animal alguno que está en la tierra, figura de ave alguna alada que vuele por el aire, figura de ningún animal que se arrastre sobre la tierra, figura de pez alguno que haya en el agua debajo de la tierra. No sea que alces tus ojos al cielo, y viendo el sol y la luna y las estrellas, y todo el ejército del cielo, seas impulsado, y te inclines a ellos y les sirvas; porque Jehová tu Dios los ha concedido a todos los pueblos debajo de todos los cielos. Pero a vosotros Jehová os tomó, y os ha sacado del horno de hierro, de Egipto, para que seáis el pueblo de su heredad como en este día.-

    Deuteronomio 4:23-27. -Guardaos, no os olvidéis del pacto de Jehová vuestro Dios, que él estableció con vosotros, y no os hagáis escultura o imagen de ninguna cosa que Jehová tu Dios te ha prohibido. Porque Jehová tu Dios es fuego consumidor, Dios celoso.-

    Deuteronomio 4:28. -Y serviréis allí a dioses hechos de manos de hombres, de madera y piedra, que no ven, ni oyen, ni comen, ni huelen.-

    Deuteronomio 12:3. -Derribaréis sus altares, y quebraréis sus estatuas, y sus imágenes de Asera consumiréis con fuego; y destruiréis las esculturas de sus dioses, y raeréis su nombre de aquel lugar.-

    Deuteronomio 7:5. – Mas asi habéis de hacer con ellos: sus altares destruiréis, y quebraréis sus estatuas, y destruiréis sus imágenes de Asera, y quemaréis sus esculturas en el fuego.-

    Isaias 44:9. -Los formadores de imágenes de talla, todos ellos son vanidad, y lo más precioso de ellos para nada es útil; y ellos mismos son testigos para su confusión, de que los ídolos no ven ni entienden.-

    Isaias 44:13-20. -El carpintero tiende la regla, lo señala con almagre, lo labra con los cepillos, le da figura con el compás, lo hace en forma de varón, a semejanza de hombre hermoso, para tenerlo en casa. Corta cedros. y toma ciprés y encina, que crecen entre los árboles del bosque; planta pino, que se crie con la lluvia. De él se sirve luego el hombre para quemar, y toma de ello para calentarse; enciende también el horno, y cuece panes; hace además un dios, y lo adora; fabrica un ídolo, y se arrodilla delante de él. Parte del leño quema en el fuego; con parte de él come carne, prepara un asado, y se sacia; despues se calienta, y dice: ¡Oh! me he calentado, he visto el fuego; y hace del sobrante un dios, un ídolo suyo; se postra delante de él, lo adora y le ruega diciendo: Líbrame, por que mi dios eres tú. No saben ni entienden; porque cerrados están sus ojos para no ver, y su corazón para no entender. No discurre para consigo, no tiene sentido ni entendimiento para decir: Parte de esto quemé en el fuego, y sobre sus brasas cocí pan, asé carne, y la comí. ¿Haré del resto de él una abominación? ¿Me postraré delante de un tronco de árbol? De ceniza se alimenta; su corazón engañado le desvía para que no libre su alma, ni diga: ¿No es pura mentira lo que tengo en mi mano derecha?

    Jeremías 43:13. -Además quebrará las estatuas de Bet-semes, que está en tierra de Egipto, y los templos de los dioses de Egipto quemará a fuego.-

    Jeremías 50:38. -Sequedad sobre sus aguas, y se secarán; porque es tierra de ídolos, y se entontecen con imágenes.-

    Isaias 2:8. -Además su tierra está llena de ídolos, y se han arrodillado ante la obra de sus manos y ante lo que fabricaron sus dedos.-

    Isaias 2:18. -Y quitará totalmente los ídolos.-

    Isaias 31:7. -Porque en aquel día arrojará el hombre sus ídolos de plata y sus ídolos de oro, que para vosotros han hecho vuestras manos pecadora.-

    Deuteronomio 29:17. -Y habéis visto sus abominaciones y sus ídolos de madera y piedra, de plata y oro, que tienen consigo.-

    Ezequiel 6:13. -Y sabréis que yo soy Jehová, cuando sus muertos estén en medio de sus ídolos, en derredor de sus altares, sobre todo collado alto, en todas las cumbres de los montes, debajo de todo árbol frondoso y debajo de toda encina espesa , lugares donde ofrecieron incienso a todos sus ídolos.-

    Ezequiel 8:10. -Entré, pues, y miré; y he aquí toda forma de reptiles y bestias abominables, y todos los ídolos de la casa de israel, que estaban pintados en la pared por todo alrededor.-

    Ezequiel 23:14. -Y aumentó sus fornicaciones; pues cuando vio a hombres pintados en la pared, imágenes de caldeos pintadas de color.-

    2 Crónicas 23:17. -Después de esto entró todo el pueblo en el templo de Baal, y lo derribaron, y también sus altares; e hicieron pedazos sus imágenes, y mataron delante de sus altares a Matán, sacerdote de Baal.-

    2 Crónicas 24:18. -Y desampararon la casa de Jehová el Dios de sus padres, y sirvieron a los símbolos de Asera y a las imágenes esculpidas. Entonces la ira de Dios vino sobre Judá y Jerusalén por este su pecado.-

    2 Crónicas 34:3-4. -A los ocho años de su reinado, siendo aún muchacho, comenzo a buscar al Dios de David su padre; y a los doce años comenzó a limpiar a Judá y a Jerusalén de los lugares altos, imágenes de Asera, esculruras, e imágenes fundidas. Y derribaron delante de él los altares de los baales, e hizo pedazos las imágenes del sol, que estaban puestas encima; despedazó también las imágenes de Asera, las esculturas y estatuas fundidas, y las desmenuzó, y esparció el polvo sobre los sepulcros de los que les habían ofrecido sacrificios.-

    2 Crónicas 15:16. -Y aun a Maaca madre del rey Asa, él mismo la depuso de su dignidad, porque había hecho una imagen de Asera; y Asa destruyó la imagen, y la desmenuzó, y la quemó junto al torrente de Cedrón.-

    Génesis 31:19. -Pero Labán había ido ha trasquilar sus ovejas; y Raquel hurtó los ídolos de su padre.-

    Oseas 13:2. -Y ahora añadieron a su pecado, y de su plata se han hecho según su entendimiento imágenes de fundición, ídolos, toda obra de artífices, acerca de los cuales dicen a los hombres que sacrifican, que besen los becerros.-

    Habacuc 2:18. -¿De qué sirve la escultura que esculpió el que la hizo? ¿la estatua de fundición que enseña mentira, para que haciendo imágenes mudas confie el hacedor en su obra?.-

    Isaias 42:17. -Serán vueltos atras y en extremo confundidos los que confian en ídolos, y dicen a las imágenes de fundición: Vosotros sois nuestros dioses.-

    Isaias 42:8. -Yo Jehová; este es mi nombre; y a otro no daré mi gloria, ni mi alabanza a esculturas.-

    Ester 3:2. -Y todos los siervos del rey que estaban a la puerta del rey se arrodillaban y se inclinaban ante Amán, porque asi lo había mandado el rey; pero Mardoqueo ni se arrodillaba ni se humillaba.-

    Isaias 30:22. -Entonces profanarás la cubierta de tus esculturas de plata, y la vestidura de tus imágenes fundidas de oro; las apartarás como trapo asqueroso; ¡Sal fuera! les dirás.-

    Daniel 3:1-30. -El rey Nabucodonosor hizo una estatua de oro cuya altura era de sesenta codos, y su anchura de seis codos; la levantó en el campo de Dura, en la provincia de Babilonia.-

    Miqueas 5:13. -Y haré destruír tus esculturas y tus imágenes de en medio de ti, y nunca mas te inclinarás a la obra de tus manos.-

    Salmos 96:5. -Porque todos los dioses de los pueblos son ídolos; pero Jehová hizo los cielos

    Salmos 97:7. -7. Avergüéncense todos los que sirven a las imágenes de talla, Los que se glorían en los ídolos. Póstrense a él todos los dioses.

    Salmos 106:36-38. -Y sirvieron a sus ídolos, los cuales fueron causa de su ruina. Sacrificaron sus hijos y sus hijas a los demonios, y derramaron la sangre inocente, la sangre de sus hijos y de sus hijas, que ofrecieron en sacrificio a los ídolos de Canaán, y la tierra fue contaminada con sangre.-

    Salmos 115:4-8. -Los ídolos de ellos son plata y oro, obra de manos de hombres. Tienen boca, mas no hablan; tienen ojos, mas no ven; orejas tienen, mas no oyen; tienen narices, mas no huelen; Manos tienen, mas no palpan; Tienen pies, mas no andan; No hablan con su garganta. Semejantea a ellos son los que los hacen, y cualquiera que confia en ellos.-

    Deuteronomio 5:8-9. -No harás para ti escultura, ni imagen alguna de cosa que está arriba en los cielos, ni abajo en la tierra, ni en las aguas debajo de la tierra. No te inclinarás a ellas ni las servirás; porque yo soy Jehová tu Dios, fuerte, celoso, que visito la maldad de los padres sobre los hijos hasta la tercera y cuarta generación de los que me aborrecen.-

    Deuteronomio 27:15. -Maldito sea el que haga un ídolo o una figura de metal fundido, hecha por un artesano, la ponga en un lugar oculto, pues eso le repugna al Señor. Y todo el pueblo dirá: “Así sea”(Amén)-

    Jeremías 10:3-5. -La religión de esos pueblos no vale nada. Cortan un tronco en el bosque, un escultor lo labra con su cincel, luego lo adornan con plata y oro, y lo aseguran con clavos y martillo para que no se caiga. Los ídolos parecen espantapájaros en un campo sembrado de melones, no pueden hablar, y hay que cargar con ellos, porque no caminan. No tengan miedo de ellos que a nadie hacen mal ni bien-.

    Isaías 44:18-20. -Esa gente no sabe, no entiende; tienen los ojos tan ciegos que no pueden ver, y el entendimiento tan cerrado que no pueden comprender. No se ponen a pensar, les falta entendimiento para comprender y decir: “¡La mitad de la madera la puse a arder y en las brasas cocí pan, asé carne y me la comí; del resto hice esta cosa detestable, y lo que estoy adorando es un pedazo de palo!” Verdaderamente, es como comer ceniza. Es dejarse engañar por ideas falsas. Esas personas no podrán salvarse. No serán capaces de entender que lo que tienen en sus manos es pura mentira-.

    Isaías 45:20. “Reúnanse y vengan, acérquense todos los sobrevivientes de los pueblos. Son unos ignorantes quienes llevan en procesión sus ídolos de madera y se ponen a orar a un Dios que no puede salvarlos”

    Isaías 46:7. “Lo cargan sobre los hombros y se lo llevan; lo colocan sobre un soporte y ahí se queda, sin moverse de su sitio. Por más que gritan pidiéndole ayuda, no les responde ni puede salvarlos de sus angustias”.

    2 Reyes 19:18. – Y que han echado al fuego sus dioses, porque en realidad no eran dioses, sino objetos de madera o de piedra hechos por el hombre. Por eso los destruyeron.-

    Isaías 2:20. -En aquel día el hombre echará sus ídolos a las ratas y a los murcielagos, esos ídolos de oro y de plata que él mismo se hizo para adorarlo.-

    Isaías 37:19. – Y que han echado al fuego sus dioses, porque en realidad no eran dioses, sino objetos de madera o de piedra hechos por el hombre. Por eso los destruyeron.-

    Salmos 135:15-18. -Los ídolos de las naciones son plata y oro, obra de manos de hombres. Tienen boca y no hablan; tienen ojo y no ven; Tienen orejas y no oyen; Tampoco hay aliento en sus bocas. Semejante a ellos son los que los hacen, y todos los que en ellos confían.-

    EN EL NUEVO TESTAMENTO

    Hechos 17:29. -Siendo, pues, descendientes de Dios, no debemos pensar que Dios sea como las imágenes de oro, plata o piedra que los hombres hacen según su propia imaginación-.

    2 Corintios 6:16. -¿Y qué acuerdo hay entre el templo de Dios y los ídolos? Porque vosotros sois el templo del Dios viviente, como Dios dijo: Habitaré y andaré entre ellos, y seré su Dios, y ellos serán mi pueblo.

    Hechos 19:23-27. -Demetrio hacía figuritas de plata que representaban el templo de la diosa Artemisa y ésto daba muchas ganancias a los que trabajaban con él. Reuniéndose con otros que trabajaban en oficios semejantes, dijo: Ustedes saben que nuestro bienestar depende de la venta de éstas figuritas, pero ustedes ven y oyen que ese Pablo, dice que no son dioses lo que se hace con las manos, y así ha convencido a mucha gente, aquí en Efeso y en toda Asia. Esto es peligroso, porque nuestro negocio puede echarse a perder.-

    Gálatas 5:19-21. -Y manifiestas son las obras de la carne, que son: Adulterio, fornicación, inmundicia, lascivia, idolatría, hechicería, enemistades, pleitos, celos, iras, contiendas, disensiones, herejías, envidias, homicidios, borracheras, orgías, y cosas semejantes a estas; acerca de las cuales os amonesto, como ya os lo he dicho antes, que los que practican tales cosas no heredarán el reino de Dios.-

    Apocalipsis 21:8. -Pero en cuanto a los cobardes, los incrédulos, los odiosos, los asesinos, los que cometen inmoralidades sexuales, los que practican la brujería, los que adoran ídolos, y todos los mentirosos, a ellos les tocará ír al lago de azufre ardiente, que es la segunda muerte. –

    Apocalipsis 9:20-21. -Y los otros muertos que no fueron muertos con estas plagas, ni aun asi se arrepintieron de las obras de sus manos, ni dejaron de adorar a los demonios, y a las imágenes de oro, de plata, de bronce, de piedra, y de madera, las cuales no pueden ver, ni oir ni andar; Y tampoco dejaron de matar, ni de hacer brujerías, ni de cometer inmoralidades sexuales, ni de robar.-

    Apocalipsis 22:15. -Mas los perros estarán fuera, y los hechiceros, los fornicarios, los homicidas, los idólatras, y todo aquel que ama y hace mentira.-

    Romanos 1:23,25 -Y cambiaron la gloria del Dios incorruptible en semejanza de imagen de hombre corruptible, de aves, de cuadrúpedos y de reptiles. …….. Ya que cambiaron la verdad de Dios por la mentira, honrrando y dando culto a las criaturas antes que al creador, el cual es bendito por los siglos. Amén.-

    1 Corintios 10:14. -Por tanto amados míos, huid de la idolatría.-

    M E N S A J E

    Jesucristo está vivo en el cielo (en gloria) sentado a la diestra de Dios su Padre (Marcos 16:19),
    y Él es el único mediador entre Dios y los hombres (1 Timoteo 2:5),
    y todo el poder de Dios está en Él (Colosenses 2:9) (Mateo 28:18).

    Él no es un muñeco que se carga al hombro.

    Los que tienen imágenes y estátuas en sus casas, no tienen parte en el reino de Dios;
    Millones de almas están en el infierno por causa de la idolatría, porque le creyeron a líderes religiosos engañadores .
    Echa a la basura las imágenes, pinturas, estatuas, muñecos y objetos, que desvían tu salvación.
    Adora a Dios en espíritu y en verdad (Juan 4:23)
    Solo en Jesucristo hay Salvación (Hechos 4:12) (1 Corintios 3:11).
    Él es el único en el cual Dios el Padre tiene complacencia (Mateo 3:17; 12:18; 17:5)

    ¡¡¡ A DIOS SEA TODA LA GLORIA !!!

  • João Marcos disse:

    Tudo, qualquer coisa, seja um animal, um objeto inanimado, um lugar, um momento ou um ser humano… Aquilo que Deus aprova, que está conforme À Sua Vontade; é chamado de Santo pelo Próprio Deus.

    A situação é que DEUS NÃO QUER, NÃO DECRETOU E NEM SUGERIU que as pessoas refiram-se às imagens visuais físicas, sejam imagens planas, virtuais ou espaciais sólidas, COMO OBJETOS DE SIMBOLOGIAS DE ADORAÇÃO OU DE INTERMEDIAÇÃO para achegarem-se a Ele.

    Mesmo em poucos registros bíblicos ONDE O PRÓPRIO DEUS ORDENOU A CONSTRUÇÃO DE ALGO FÍSICO COM IMAGENS, jamais Ele disse para um ser humano fazer referências ou reverências para tais itens como fontes de Poder ou de contato POIS FORAM CONSTRUÍDOS PARA SEREM INERENTES AO PRÓPRIO PROPÓSITO DE DEUS neste mundo.

    Existem, existirão e já existiram muitas coisas e muitas pessoas santas (pessoas que praticam o máximo em obediência a Deus e têm a Sua Aprovação), mas a Perfeição não está neste mundo : Deus disse que O ÚNICO MEDIADOR É JESUS…portanto NINGUÉM ESTEVE, ESTÁ OU ESTARÁ LIGADO A DEUS SEM TER COM O CRISTO DELE COMO MEDIADOR…quaisquer milagres e prodígios que não tenham A INTERMEDIAÇÃO ÚNICA DE JESUS…(???)
    Não esqueçamos que os cientistas, astrólogos, magicos e místicos religiosos do faraó fizeram milagres COMO OS QUE DEUS FAZIA através de Moisés.

    DEUS QUER FICAR INVISÍVEL PARA A HUMANIDADE e não a como refutar isto. Deus não quer ser visto com os olhares materiais e muitas pessoas fazem; das esculturas ou objetos e até de outras pessoas, os seus proprios deuses : estes são os ídolos. Dar adoração (extrema e máxima admiração a jogadores de esportes, cantores, atores, padres, pastores, lutadores…fotografias, lembranças, objetos…filhos, cônjuge, irmãos…É PRATICAR IDOLATRIA, é cultuar demônios…)

    Sim, se o “tal pastor”, fundador da “tal denominação” estiver sendo usado como objeto visual fisico para representar Deus, seja de forma direta OU ABSTRATA…!!!

    …ISTO CONFIGURA IDOLATRIA GENUÍNA, independentemente de o objeto ter fôlego ou não.

    As pessoas devem ser a habitação de Deus : É NOS CORAÇÕES E MENTES HUMANAS QUE DEUS PODE SER VISTO NA SUA IMAGEM E SEMELHANÇA, de outra forma, O Criador pode ser visto olhando-se para a Sua criação natural.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

dezoito + dezenove =