Ancoradouro

Conflitos Matrimoniais, por Pe. Reginaldo Manzotti

2093 19

Uma vez por mês Pe. Reginaldo Manzotti escreve um artigo especial para o nosso blog. O sacerdote com seu carisma próprio de comunicação atinge milhares de pessoas todos os dias através de programas de rádio, televisão e  internet. Nesse mês o padre aborda uma questão muito importante, os conflitos entre casais e responde a uma difícil pergunta, é possivel perdoar uma traição? Confira o artigo.

“Por isso deixará o homem pai e mãe, e unir-se-á a sua mulher; e serão os dois uma só carne? Assim já não são mais dois, mas uma só carne. Portanto o que Deus ajuntou, não o separe o homem” (Mateus 19, 5-6).

 O casamento é uma ligação permanente de dedicação entre o homem e a mulher, mas existem muitos fatores que complicam um relacionamento entre os casais. Abordei alguns desses pontos no programa Fé em Debate.

Como padre, eu percebo que quando as pessoas casam é só amor, uma lua de mel, mas muito cedo chega a lua de fel. Eu sou eminentemente contra a frase que os opostos se atraem, porque se uma pessoa é muito oposta à outra, nunca vai ter pontos em comum com ela. Ter os mesmos objetivos, o mesmo foco, ajuda a manter o matrimônio. É preciso que o casal goste das mesmas coisas, goste de passear nos mesmos lugares, não podem divergir em tudo.

Perguntei para a doutora Ana Lucia, psicóloga presente neste programa, qual o principal problema dos casamentos. Ela nos revelou: “Os principais conflitos entre marido e mulher são a perca do direto à individualidade e a falta de comunicação. A pessoa casou, mas continua sendo um indivíduo único, com seus próprios anseios, que tem um jeito de ser só seu, mas o parceiro não enxerga isso. Normalmente também falta diálogo para resolver essas questões.”

 É possível perdoar uma traição?

É preciso entender que quando se fala em traição, cada caso é um caso. Muitas vezes a ajuda de um terapeuta de casais ajuda a identificar qual a gravidade do problema. A traição pode ser perdoada, desde que não seja recorrente. A pessoa que é infiel quando namora, quando noiva e quando casa tem a compulsão do adultério. Provavelmente este conjugue vai continuar traindo. Neste caso é possível a nulidade do casamento, porque o traidor mentiu no altar do Senhor quando prometeu fidelidade.

Já a aventura, ou uma única traição, é preciso ser julgada sob outra ótica. A pessoa traída deve enxergar de forma diferente. Muitas vezes o orgulho ferido e a mágoa de ter sido enganado impedem o julgamento justo. Claro que para quem foi traído a dor é sempre a mesma, mas uma aventura costuma ter motivos mais profundos, que podem ser curados com esforço das duas partes.

Mesmo sendo voltado para os esposos, hoje mais do que nunca, essas palavras servem para homens e mulheres: “Igualmente vós, maridos, vivei com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais frágil, e como sendo elas herdeiras convosco da graça da vida, para que não sejam impedidas as vossas orações” (I Pedro 3,7).

Pe. Reginaldo Manzotti

Recomendado para você

19 Comentários

  • homenya disse:

    padre, esculto todos os dias os seus programas hora da misericordia na radio jangadeiro 9 h e as 10 esculto esperiencia de Deus. ja escrevi pro senhor uma vez e pela a segunda vez volto a pedir ajuda descobrir outra traaicao do meu marido eu decidi que a separacao e o melhor caminho pois ele nunca vai mudar e a boba sempre dando chance nao quero mais ele me procura todas as noites mas eu o rregeito temos dois filhos e esta e a segunda traicao q eu descobrir..o que devo fazer? homenya crato ceara

  • Claudio Pessoni disse:

    Reverendíssimo, Pe. Reginaldo

    Que Deus, esteja convosco…

    Peço-lhe humildemente um conselho com relação ao meu matrimônio e espero vossa luz da intermediação católica, o que acontece e que sou casado há mais de 23 anos e ( perdoe-me o prosaísmo da questão porém necessito da Vossa Luz ,o que acontece é que sempre eu e minha esposa sempre obtivemos uma relação sexual , o que mantinha o nosso matrimônio, porém há um certo tempo tive um câncer de próstata que graças a Deus foi corrigido depois de um tratamento, porém o mesmo me deixou algumas sequelas como por exemplo a disfunsão erétil, o que apenas me permite fazer o sexo oral, gostaria de saber do Rev. Pe. se posso continuar com este relacionamento com minha esposa, sempre mantendo a minha fidelidade e agradeçendo o meu matrimonio.

    Agradeço, se me iluminar e peço-lhe a sua benção, para a continuidade do meu matrimônio, sabendo que eu não posso tomar medicamentos estimulantes por problemas de pressão .

    Grato pela atenção.

    Claudio

  • rosangela disse:

    meu marido tem um caso com uma mulher faz muitos anos sempre mentindo e eufinjo que acredito ja sofri muito hoje nao mais pois ja passei por coisa pior agora ela estar gravida pensava que com isso eu fosse me separar acha que devo continuar tentando me fala que nao quer mais so vai da as coisas o filho gostaria de ouvir sua opniao padre reginaldo?

  • Eliana Garcia disse:

    Tenho 29 anos de casada e com tristeza percebo que meu cônjugue, já não faz questão de minha companhia, se recusa a sair comigo para evento sociais tais como aniversários, casamentos etc. Não conversa nada comigo eu fico sabendo algumas coisas sobre a vida dele pelos outros, parentes, amigos vizinhos etc. Quando eu tento mudar a situação ele insiste em dizer que não quer ficar mais comigo, já me convidou diversas vezes para convivermos de aparências (quarto separado), porém nunca aceitei porque eu não quero; enquanto isto continuamos neste casamento fracassado, ele sempre estressado, briga por qualquer coisa, sempre inventa desculpas para dormir fora do quarto de casal, faz muitas críticas a meu respeito sempre colocando-me como uma pessoa inferior a ele; quando alguém tenta elogiar-me ele simplesmente desconversa não dando atenção nenhuma a tal conversa, ultimamente tenho chorado muito, tento rezar por ele e para ele, porém sinto minhas forças em vão e estão se enfraquecendo a cada dia, o meu consolo é chorar. As vezes ao me ver chorando ele ainda pergunta com a maior naturalidade, -0 que é q vc tem? Minha resposta é o silêncio porque nunca tenho razão em minhas colocações. Veja só a contradição somos católicos atuantes frequentamos as missas nos finais de semana, participamos da pastoral do dízimo, fizemos o encontro de casais a + de 20 anos (porém ele ultimamente se recusa a trabalhar nos encontros), enfim estou angustiada e não sei mais o que fazer, por favor me dê uma luz para ver o que devo fazer…… (desculpe-me pelo o desabafo porém eu estava precisando me abrir com alguém).
    Atenciosamente Eliana

    favor não publicar este comentário na internet, se possível uma resposta via email

  • catolicon katolik disse:

    A infidelidade conjugal é um desrespeito e uma desonra para com o conjuge, está nas sagradas escrituras. Com a desculpa de que ” a carne é fraca” vemos os casos de infidelidade multiplicarem-se no seio das famílias ditas cristãs. Ora, se a carne é fraca há de se fortalecer o espírito e também o caráter. Em nossa cultura está se tornando comum a aceitação do adultério, porem isso é motivo de muito sofrimento, decepção, dor para os conjuges e para os filhos. Até mesmo no ambito da Igreja assistimos a casos de imoralidades e traições envolvendo membros e voluntarios da Igreja. A Igreja deveria ater-se mais a esse problema e refletir com os fiéis mais sobre isso sob a luz do Evangelho.

  • Eveline disse:

    Depois te envio o meu comentário pq agora vou está em reunião…

  • Ana disse:

    A benção padre?
    Estou com um problema imenso. Estou num relacionamento com meu namorado a quase 7 anos e a menos de 6 meses, noivamos, porém não sabemos quando iremos casar.
    Tenho relações sexuais com ele antes do casamento e só agora vejo que isso é errado e que precisamos parar. Só agora percebi o quanto é pecaminoso essa pratica fora do casamento. Eu sempre soube disso, mas só agora sinto-me pisada por tantos pecados.
    Gostaria de um conselho. Como eu digo pra meu noivo que devemos esperar? Como ele vai entender?
    Sinto muita falta da comunhão ='(
    Desde já agradeço a sua atenção.

  • ROSIMEIRE disse:

    PEDRE PECO UMA ORIENTACAO MEU CASAMENTO SEMPRE FOI COM MUITO CONFLITO MAS PADRE SEMPRE E SO BRIGA E ATE PROJUDICA MEUS FILHOS O DO MEIO TEM POBLEMA A PISCOLOGO FALO QU E POR TANTA BRIGA ELE TEM DEFETE DE ATENCAO ELE TEM 15 ANS MAS NAO LE TUDO ATE HOJE EU FACO TRATAMENTO COM ANDEPRESSIVO O MEU MEDICO FALA NAO ADIANTA SE CONTINUAR TAMANDO REMEDIO SE O POBLEMA ESTA DENTRO DE CASA TEVE QU AVASTA DAS AMIZADES POR COUSA DELE MJNH ESSA E UMA FA FAMILIA FUGIO DE DA MINHA CASA PORQU ELE FALA QU ELES SO SABE FALA MAL DELE JA TEVE UMA SUSPEITA DE TRAICAO COM MINHA MELHOR AMIGA ELE MIMMCHIGA NOMES FEIO PERTO DAS CRIANCAS NAO SEI O FAZER MAIS TENHO 20 ANOS DE CASADA MIM AJUDA PELO AMOR DE DEUS JA PENSEI ATE EM SUICIDIO PRA NAO TER SOLUCAOESSA E UMA FILHA DE DEUS DE ALGUM DE SETE LAGOAS SUA BENCA PADRE NAO FALA MEU NOME DESDE JA EU AGRADECO

  • Edineuda Andrade da costa disse:

    Padre reginaldo, sua bença peço que mim ajude estou precisando muito de um conselho eu já não sei o que fazer, meu esposo é maravilhoso, o problema sou eu, vou muito na opinião dos outros já machuquei ele muito com palavras, eu sou muito endecisa com as coisas e acabo jogando a cupa nele, em tudo, ele bebe eu na hora da raiva chamei ele de tanto nome feio hilmilhei muito ele, mas mim arependo tanto, mas na hora da raiva acabo machucado ele de novo,

  • Lincoln disse:

    Padre, ultimamente me sinto tão culpado, mas tão culpado, tenho que carregar esta cruz por resto da minha vida porque eu fiz a promessa de ser fiel, POIS agora estou sendo infiel creio que Deus está tão arrasado comigo num se mereço o perdão é doloroso sofrendo aos poucos e me matando a minha alma aos poucos, apesar de ser católico praticante e minha esposa também é, hoje não tenho mas alegria, só tristeza e em cima de tristeza, não tenho mais vontade de sair toda vez que saio de casa, moro em outro cidade, descobri que não amo mais a minha ESPOSA, só aquela amizade do dia-a-dia, não tenho mais vontade de ter relações sexuais com minha esposa e quando faço me sinto arrependido pois não há amor durante o sexo por minha parte, ela me disse que me ama e eu não, me sinto tão culpado por fazer ela sofre e a família também, não merecia isso, gosto dela só com carinho e respeito, não o amor. Sim o motivo por ter sido no sexo, perdi todo o desejo até mesmo para beija-los não tenho mais vontade, ai meu Deus fico com tanta vergonha de Deus, mas é a verdade, já pensei em me suicidar. Porque feliz não sou mais, com coração fechado e arrasado. As vezes quero me separar e viver no deserto buscar só Deus pra minha vida, lutar sem sexo e lutar nas orações e nas minha caminhadas que eu tanto quero faz parte da minha vida. Estou desejo de fazer TEOLOGIA, não tenho tempo moro em outra cidade, trabalho e cuido da minha mãe. Sim não temos filhos e me ajuda PADRE estou sofrendo muito, me atormentando e minha esposa também que sofre mais. Sei que Deus odeia o DIVORCIO, mas não tenho mais AMOR. Responda-me? Por favor eu te suplico por favor me ajude

  • darlene Colombo 04498156721 disse:

    padre não sou casada na igreja preciso de um conselho ele tem 27eu34 ele chegou bêbado em casa me ofendeu e o ofendeu meus pais tenho um filho de 1ano ,não sei o que fazer
    meus pais disse que se eu resolv
    er voltar estarei sozinha pois estou precisando de uma ajuda por favor me ajude ainda, hoje

  • gerlane freitas disse:

    padre sua bencao estou deseperada padre meu marido esta me traindo desde de novembro de 2015, hje ele quera separacao mais eu nao quero padre amo muito meu esposo perdou ,mais ele fala que nao sabe o que senti por me e que esta decidido estudar dar o que nossa filhinha de um mes de nascida precisa e curtir a vida ,esta afastado da igreja a algum tempo e estamos nisso .meu nome e gerlane

  • vanessa b s disse:

    Sua benção padre tenho 22 anos sou casada ha sete anos tenho um filho com quatro anos mas sinto que não o amo mas na verdade tudo acabou perdi as forças para lutar, não me sinto mas feliz ao lado dele minha vontade e largar tudo e sair de casa pois morro no mesmo lote que a minha sogra ela faz de tudo para mim mas o problema e ele por não desgrudar dela. tento conversar mas ele acha que eu não gosto da mãe dele e quero separar os dois o que faço padre me de um conselho.

  • vanessa disse:

    sua benção padre estou com uma duvida sou casada a 7 anos e tenho um filho com 4 anos de idade meu marido tem 31 anos e eu 22 anos, meu marido é filho único e não fica um minuto longe da mãe, ate construirmos nossa casa no mesmo lote que a família dele vive. O problema e que eu já estou cansada de tudo,sinto como se eu tivesse atrapalhando a vida dele tentei entender o que se passava mas não aguento mais penso seriamente em separar sinto que aos poucos meu amor por ele já acabou quero viver outra vida deixar ele cuidar de sua família que para ele e melhor que seu filho e sua mulher o que faço padre me ajude.

  • Mariana Ferreira de Oliveira disse:

    Padre, eu me chamo Mariana. Peço muito a sua ajuda para me tirar dessa agonia que vivo. Depois de quatro anos de namoro, engravidei do meu namorado, desde então vivo de sofrimento, pois ele teve que ir trabalhar em Manaus e eu fiquei na Paraiba com a minha família, no começo fizemos planos para depois da gravidez eu e a nossa filha iríamos morar com ele, mas sempre tivemos uma relação conturbada, cheia de traições da parte dele, antes mesmo de engravidar estávamos a ponto de terminar tudo, mas aí veio a surpresa e fizemos as pazes e resolvemos continuar, eu fiquei muito diferente durante a gestação, brigava por tudo, gritava, o machucava com palavras, meu maior desgosto era por esta gravida e sem ele, o mesmo evitava de falar comigo, me inguinorava, saia nos finais de semana, me traia e até hoje continua assim. Da última vez que ele veio de férias, a gente terminou tudo, mas eu sofro por essa situação, pois não quero aceitar o fato de criar a minha filha sem o pai, eu gosto muito dele, mas não sei o que ele sente por mim, ele diz que também gosta de mim mas não tem condições de mantermos la ainda, enquanto isso sei que ele me trai eu não aguento essa dor que ta em meu coração.

  • Patrícia disse:

    Padre sua benca . O marido de minha irmã bebe muita pinga e fica agrecivo .tem vez até nada nela .só q ele gosta dele e não o larga .ela pede uma oração para quando ele ficar bravo bebado ela fazer pra q ele acalma .eu lhe peço padre.que Deus nos abençoe

  • Bom dia padre Reginaldo manzotti eu sou uma mãe que estou pedindo uma benção para o meu filho porque ele bebe muito padre ele arruma trabalho mais não fica nem 2 meses padre sou uma mãe sofredora e não sei mais o que fazer padre quando ele chega em casa so tem briga dentro de casa padre Reginaldo manzotti por favor me ajude
    De-Josefa Lopes da Silva o nome do meu filho e José Adriano eu assisto seu programa todos os dias não perco nenhum programa .

  • Maria das dores disse:

    Reverendíssimo, Pe. Reginaldo
    peço sua benção!!!
    Quero aproveitar esse momento e pedir-lhe um conselho para que eu possa dar um rumo a minha vida.
    Convivo a 22 anos com uma pessoa de 73 anos o qual não consegue ser o companheiro que desejo. No início, era tudo muito lindo, até não conhece-lo de fato, ja vivi muitos momentos bons mas superados pelos péssimos momentos, momentos esses de muitas mentiras por causa de sua primeira família, falta de compromisso com nossa casa, com as nossas filhas e até com ele mesmo, quando trata-se de cumprir com sua palavra e deveres que todos devemos ter. Essa vida desajustada só me traz desgosto e infelicidade, por conta dessa quase vida, conheci e passei a me apaixonar por alguém que tem os mesmos gostos que eu e que separou-se por também ter uma vida assim, nos apaixonamos e hoje ele pensa em sair da sua terra( Portugal) para vir fazer sua vida comigo. Já falei com meu marido para nos separarmos independente de qualquer coisa, na verdade preciso da minha liberdade e paz que perdi por ele viver encostado em mim 24 horas por dia.
    Padre, por favor me oriente, me dê uma palavra de coforto, estou muito mal
    a sua benção e que Deus lhe abençoe

  • Gerlande disse:

    Sua benção padre Reginaldo manzzoti escultor o senhor pela metropolitana FM esperencia de deus e a hora da misericórdia eu acho lindo os testemunhos e me pergunto sera que um dia eu vou testemunhar uma graça alcançada porque fiz a novena de são jose providenciais a restauraçao do casamento e fico triste porque estou separada a um ano e oito meses tanto q peço a deus por uma graça e não fui atendida sera que não mereço mais ser feliz com meu marido. eu digo marido porque mesmo a gente separados eu me considero casada porque o amo muito e não consigo esquecelo nenhum momento minha vida desabou e estou cem chão o nome dele e jose manoel cruz da Silva ele e muito cabeça dura são José providenciai e intercedei por esta graça para eu testemunhar em nome de Jesus amém.padre leia na hora da misericórdia

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *