Ancoradouro

Trabalho Infantil em Novela das Oito

O que há em comum entre as 3 pessoas na imagem abaixo?

Resposta: Trata-se de três crianças, do sexo feminino, com idade abaixo de 10 anos. E todas trabalhadoras.

A pergunta agora é outra: O que existe de diferente entre o trabalho das 3 crianças?

Bem, o trabalho das duas primeiras crianças (da esquerda para a direita) é recharçado pela sociedade enquanto a atividade desenvolvida pela pequena, primeira do lado direito, é aplaudido pela mesma sociedade que julga imprório o serviço das duas primeiras.

Assim escreveu Márcia Regina Viotto, socióloga, assessora da CTB, membro do Fórum Paulista de Prevenção e Erradicação do trabalho infantil-segmento dos trabalhadores e membro do Instituto Brasil Melhor, “A Constituição Federal é clara: é proibido o trabalho aos menores de 16 anos, exceto como aprendizes a partir dos 14 anos. Ao contrário do que acontece com os trabalhadores e trabalhadoras infantis nas lavouras, nas ruas, nos fundos de quintal, o trabalho de crianças na TV ganha os aplausos da sociedade, que acha lindo aquele ser pequenino interpretar papéis que as tornam estrelas e rendem muito dinheiro  a sua familia”.

Criança de apenas 8 anos interpreta vilã

No caso da atriz mirim, de apenas 8 anos, existe um agravante, ela interpreta  papel de vilã no folhetim. “No caso da atual novela da Globo, a pequena atriz representa  uma personagem feminina, tomada pelo mal, ameaçadora, chantagista, potencial psicopata, o que nos faz refletir como os meios de comunicação continuam a reafirmar  e reproduzir a visão preconceituosa e discriminadora sobre o sexo feminino até mesmo através de uma criança, em horário nobre, onde milhares de crianças e adultos assistem a tal situação com naturalidade”, descreve a socióloga.

O ministério público notificou o autor da novela sobre a possibilidade de vetar a participação da criança na novela de maior audiência da emissora carioca. O Ministério Público não proibiu a participação da criança e o resultado é o que vemos,uma menina atuando no papel de vilã, como classifica  manchete da Revista Quem, semanário da editora Globo, ” Klara Castanho, a vilã mirim de “Viver a Vida”, é elogiada por Manoel Carlos”, diz a chamada.

Nesse ano aconteceu outro caso lamentável relacionado a exposição de crianças indevidamente. Uma menina desfilou como madrinha de uma escola de samba no carnaval carioca. O posto é ocupado por atrizes e modelos e possui uma forte conotação sexual. Na época a assessoria de imprensa da escola de samba declarou ao ANCORADOURO que a maldade estava na cabeça dos adultos. Com estas desculpas rasas negligenciamos a educação de nossas crianças e ficamos a pensar o que será de nosso país, se  desde cedo, não preservam seus melhores frutos.

Recomendado para você

Nenhum comentário

  • Karol Bang disse:

    O pior vê-se diariamente nas esquinas das principais avenidas do nosso pais,destaque para Banhia. Onde crianças são usadas p pedir dinheiro, na maioria das vezes obrigada pelos pais q se acomocaram a condição de “pedinte”. Certa vez uma colega de trabalho pediu a adoção de uma criança aos seu progenitores, esta foi negada.Quando questionado o motivo foi dito q ela era quem sustentava a família.Não defino como trabalho, e sim como exploração.

  • quero trabalha aki e adoro videos de rebeldes

  • jefferson luciano disse:

    eu jefferson luciano tenho 13 aninhos faso curso no inep se caso eu subir na vida eu pretendo pagar os meus propios cursos abrir minha impresa e ajudar minha familia a ter uma vida melhor e algumas pessoa tambem né
    pq antigamente muitas pessoas jogam na minha cara que eu não vou coceguir mas se eu conceguir eu pretendo ajudar essas mesmas pessoas que falaram isso pra min e eu vou falar pra essas pessoas””””nucamais julgue uma pessoa por que essa pessoa talves não vai fazer o que eu vou fazer agora encentive essa pessoa que eu te garanto que essa pessoa pode ser um fracasado hoje mais amanhã ela pode ser uma pessoa vitoriosa

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

sete + 7 =