Ancoradouro

A interpretação equivocada da Bíblia, por um pastor adúltero

Os protestantes deram início à  livre interpretação da Bíblia, uma coleção de livros complexos, históricos e inspirados pela revelação divina. O resultado foi uma amálgama de doutrinamentos que piçam de um e outro texto sentidos muitas vezes duvidosos.

O vídeo abaixo mostra uma reportagem do programa Fantástico, da TV Globo, na qual exibe um pastor que adultera e afirma que seu ato é respaldado pela Sagrada Escritura.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=bKgOIDETE6c[/youtube]

Nenhum comentário

  • jr melo disse:

    Como se esperava, foi mais que demosntrado a falta de isenção e o fisiologismo do blog ,onde divulga as opinioes favoraveis com a doutrina catolica e rechaça quaisquer outras opinioes contrarias .Isso ecorre de uma religião conhecidamente sectarista que ha seculos(e nao muito tempo atras) proibiu a leitura da Biblia em suas missas;Isso gerou fieis desinformados e acostumados a serem iludios por doutirnas pagas e dissociadas do verdadeiro e puro evangelho de Jesus;

  • jr melo disse:

    Isto posto ,os leitores já devem ter ouvido falar em “ regras de hermenêutica”,Vagner !!!NA Biblia sagrada também devem se aplicar isso. Todo TEXTO D!!São os princípios que norteiam a interpretação do cristão em conjunto com a iluminação do Espírito Santo. Isso todos sabem de cor.
    É necessário saber um pouco de análise histórico-cultural e contextual, assim como fazer uma boa análise léxico-sintática e teológica para extrair dela uma sadia exegese e não forçar nela uma eisegese.Mas será que a sua Igreja católica respeita as próprias regras de exegese que ela mesma incentiva? Mas por enquanto fica uma pergunta intrigante: para que o católico vai usar regras de hermenêutica se no final das contas o que vale mesmo é a interpretação final que a igreja dá ao texto?
    No frigir dos ovos o que o exegeta católico em ultima instância faz é somente confirmar o que já é opinião formada da igreja. Ele procura não a interpretação fiel do texto, mas a confirmação que a igreja dá ao texto. Isso de maneira alguma é exegese.
    Isso que a igreja faz é apenas brincar de dar autonomia aos fiéis. Incentiva a leitura da Bíblia, ensina as regras de exegese, mas a interpretação que vale é a da igreja. Ora, isso é coisa para inglês ver amigo! É brincar com a inteligência humana! Por isso que o católico que começa a ler a Bíblia sozinho, sem a interferência de ninguém, acaba se tornando evangélico. Pois ele percebe que a interpretação oficial da igreja não bate com o que está na Bíblia e muitos de seus dogmas nem se encontram lá. O que o catolicismo faz é apenas contrabandear seus pressupostos doutrinários para uns poucos versos bíblicos e depois rechear tudo isso com citações catadas aqui e ali por alguns pais da igreja. Isso é forçar a interpretação para dentro do texto. Isso de maneira alguma é exegese.O bom meu irmão dos evangélicos e´ que a BIblia ETA La sim, para discutir debater como pastor e chegar num ponto comumCLaro que numa igreja séria certamente o pastor é o homem ungido e tem sabedoria para ensinar exatamente o que a Biblia quer te dar e quis expressar!!Você como católico se subordina ao Magistério Eclesiástico, que segundo dizem é o único interprete infalível das escrituras. Todavia, o episódio de Beréia acaba por confirmar bem lá nos primórdios do cristianismo que os cristãos já usavam o princípio da Sola Scriptura(somente as escrituras). Eles foram chamados de mais nobres que os outros pois confrontaram a pregação oral do apostolo Paulo com o livre exame das escrituras, isto estava realmente de acordo com os princípios divinos de examinar as escrituras Isaías 34:16, João 5:39 e não ir além do que está escrito I Coríntios 4:6. Paulo exorta a timóteo a permanecer naquilo que ele conhece desde a infância pelo livre exame , ou seja, as escrituras: “e que desde a infância sabes as sagradas letras, que podem fazer-te sábio para a salvação”. Nas denominações evangélicas (não se aplica para Testemunhas de Jeova, adventistas , e tantas outras denominações traidoras do evangelho simples de Cristo ) descansamos nossa unidade doutrinária nas escrituras, é só comparar os credos de fé para constatar isto. Seguimos o exemplo das igrejas neotestamentaria que apesar de serem unidas na fé, todavia eram separadas entre si.
    Sabe porque só a Bíblia deve ser nossa regra de fé? Irmão, o adágio popular diz: “Quem conta um conto, aumenta um ponto!.

  • nunes disse:

    Este ai nunca foi pastor e sim eh um lobo devorador, mas o dele esta guardado pois faz o ser humano errar e a linda historia do que se diz pastor o marido incauto e a mulher sonhadora e adultera. o bom e que isso foi divulgado em rede nacional para que as pessoas saibam que nem todo aquele que diz Senhor,Senhor sera salvo e alertar as pessoas que nao e so ter uma Biblia nas maos para ser indicativo de bom carater o diabo tambem conhece a palavra de DEUS e lhe e opositor. que siva de exemplo para abrir os olhos dos que nao conhecem a palavra de DEUS pois quem conhece a palavra e a guarda no coracao com sinceridade e fe nao comete um erro destes. acorda povo que se diz de DEUS.

  • A.Silva disse:

    PROTESTANTISMO – PEGADINHAS PARA OS INTÉRPRETES “INFALÍVEIS” DA BÍBLIA
    Havia uma denominação protestante com 1.000 seguidores.

    Um dia o pastor da denominação começou a pregar a Teologia da Prosperidade.
    Parte do grupo revoltou-se, então começaram brigas e debates em torno daquela pregação.
    Um grupo que discordou veementemente do pastor resolveu sair da denominação. Era um total de 200 membros dissidentes.
    Estes acusavam o pastor de pregar contra a palavra de DEUS. Destes 200 membros dissidentes, 10 abriram novas denominações.
    Os outros 190 restantes dividiram-se por outras denominações já existentes.
    Vamos dar um exemplo de como ficaram as divisões a partir da denominação que tinha inicialmente 1.000 membros:

    800 seguidores permaneceram na denominação do pastor que começou a pregar a Teologia da Prosperidade.

    Dos 200 ex-seguidores, agora dissidentes, 10 deixaram a denominação e fundaram mais 10 novas igrejas protestantes.

    Estas 10 novas denominações adotaram linhas diferentes. 1 abraçou Lutero, 1 abraçou Calvino, 1 abraçou Wesley, 1 tornou-se Batista, 1 virou Pentecostal, 1 virou Neopentecostal, 1 abraçou o casamento entre pessoas do mesmo sexo, 1(uma) outra permitiu que mulheres fossem pregadoras, 1 começou a pregar o evangelho judaizante e 1(uma) última adotou a confissão positiva.

    Os outros 190 ex-seguidores dividiram-se em outras denominações já existentes, sendo que:

    20 foram para uma denominação que batizava e repudiava o divórcio.

    30 foram para uma denominação que também repudiava o divórcio, mas não batizava.

    40 foram para uma denominação que batizava, repudiava o divórcio, mas que praticava o evangelho judaizante condenado pelas demais.

    10 foram para um denominação cujo pregador líder era favorável ao aborto.

    Os outros 100 membros dissidentes dividiram-se ainda por diversas igrejas, sendo que parte tornou-se Luterana, parte tornou-se Calvinista, parte tornou-se Batista e um outro grupo resolveu adotar igrejolas Neopentecostais, favoráveis à unção do zoológico ou à unção do leão ou ainda à adoração da Arca da Aliança.

    Um grupo ainda pequeno resolveu abraçar o grupo conhecido como “sem igrejas”.

    Quais são as nossas dúvidas ?

    1)Qual destes grupos reteve a sã doutrina dos apóstolos ?

    2)Qual destes grupos pratica o verdadeiro evangelho de Jesus Cristo ?

    3)Qual destes grupos deve ser considerado como herege ?

    4)Todos estão salvos ?

    5)Estando todos salvos, independentemente de denominação e do Cristo que cada grupo segue em cada igreja, poderíamos dizer que o importante para a salvação é tão e somente o rótulo protestante ?

    6)Se todos estão salvos, por que brigaram e se dividiram ?
    Por que se dividem se todos já alcançaram a suprema graça ?
    Não deveriam estar comemorando a “salvação” de todos ?

    7)Se todos estão salvos, por que precisam se agrupar e criar igrejas ?

    8)Qual destes grupos representa a igreja primitiva ?

    9)Se todos estão salvos e salvação não pode ser perdida, conforme tese protestante e, se uns chamam aos outros de hereges, razão pela qual se dividiram, podemos dizer que heresia não condena ninguém ao inferno ?

    10)Se heresia não leva ninguém ao inferno, podemos dizer que não faz diferença o Cristo que se prega ou Cristo que se pretende seguir ?
    Neste caso, por que os católicos estão condenados se tanto faz o Cristo que se segue ou que se prega ?
    Vale qualquer Cristo, desde que o fiel desfile com o rótulo protestante ?
    Então por que você diz que placa de igreja não salva ninguém?
    Claro que salva. Sendo uma denominação protestante, tanto faz o Cristo que se prega, que todos os seus membros já estão salvos, porque fizeram o favor de “aceitar” Jesus.
    E todos são “irmãos” em Cristo.
    Quem prega o aborto é “irmão” em Cristo daquele que condena.
    Quem prega Teologia da Prosperidade é “irmão” em Cristo daquele prega o Evangelho de Cruz.
    E todos formam o “Povo de DEUS”, onde só entra quem frequenta denominação protestante.
    Eu sempre soube pela Bíblia que é Jesus que nos escolhe. Mas com o protestante se dá o contrário.
    É ele quem decide quando e como “aceitar” Jesus.

    11)Se heresia não condena ninguém e a salvação está restrita aos grupos protestantes, ainda que escandalosamente divergentes entre si, podemos dizer que o importante para a salvação é tão e somente levantar o dedo em qualquer denominação protestante e “aceitar” Jesus ?

    12)Se todos estão salvos a partir do “aceitar” Jesus, por que pastores, por que templos, por que cultos, por que pregações, por que comprar dvd’s, por que música Gospel, por que dízimos ?
    Alguém fica mais ou menos salvo se praticar ou não todas estas coisas ?
    O que pode ser mais importante do que a salvação ?
    13)Se os “sem igreja” estão salvos, tal como os que frequentam denominações, podemos dizer que igrejas protestantes não servem para nada ? Porque todos os grupos se dizem salvos, incluindo os “sem igreja”. E todos se dizem inspirados pelo Espírito Santo.

    Qual destes grupos ou denominações está interpretando corretamente a Bíblia ?

    Se nem todos estão interpretando corretamente a Bíblia, quais destes grupos está sendo assistido de fato pelo Espírito Santo ?
    Se todos são assistidos pelo Espírito Santo, é possível que todos sejam tão divergentes uns dos outros ?

    14)Se alguns permaneceram com o pregador da Teologia da Prosperidade, outros dele fugiram, e os que se foram também não permaneceram juntos, pergunta-se onde está na Bíblia a permissão para cada grupo tomar a decisão que tomou ? Onde está na Bíblia a permissão para se trocar de denominação ? Onde está na Bíblia a permissão para permanecer na denominação ?

    Quem está certo ?

    Onde podemos encontrar na Bíblia a quantidade de vezes que cada crente pode mudar de denominação ?

    Onde está na Bíblia que alguém insatisfeito pode fundar uma nova denominação ?

    Qual é o único ponto comum em todos os grupos protestantes ?

    Resposta:

    O ódio ao catolicismo, do qual nada conhecem, e cuja caricatura lhes é apresentada por ignorantes e por vezes por lobos devoradores.
    Agora pense, Sr.Protestante,
    Como você protestante pretende convencer a qualquer católico sobre sua doutrina, ou melhor, sobre suas milhões e divergentes doutrinas, se antes de qualquer coisa este mesmo católico deve acreditar que não existe homem algum “infalível”, ou seja, não existe homem algum confiável em matéria de fé e doutrina ?
    Por que um católico deveria ouvir protestantes, se estes mesmos se declaram não confiáveis em matéria de fé e doutrina ?
    Sr.Protestante, se você atribui a si próprio o dom da infalibilidade que negou a Pedro…
    Todos divergentes entre si e cada protestante “infalível” para si mesmo…
    Convenhamos, Sr.Protestante: Você não está atrás da verdade, mas apenas quer estar “certo”, fazendo-se sábio aos seus próprios olhos.
    Por isto se diz: “A letra mata, mas o espírito vivifica”.
    Autor: V.De Carvalho com a colaboração de A.Silva

  • Como disse o nosso irmão Nunes, o diabo conhece a sagrada escritura e muito mais, porque nem tudo foi escrito, e ele conheceu o paraíso sendo um anjo de luz, mais por se rebelar contra Deus foi, expulso do paraíso e levando consigo muitos outros anjos por, São Miguel Arcanjo dizendo quem é como DEUS? Os anjos que seguiram o outro que, depois de serem expulsos ficaram de forma horrorosas muitos tentaram voltar mais já não era possível . Assim tomem cuidado com certos pastores que leem a bíblia mas não sabem ter discernimento das palavras, este pastor além ter pecado gravemente induziu outra pessoa a praticar o mesmo erro.Paz e bem a todos os irmãos em CRISTO JESUS.

  • Sérgio Lopes disse:

    A. Silva seu comentário foi muito criativo, embora não tenha nenhuma base bíblica e só demostrou que como a grande maioria dos católicos você não possui conhecimento das Escrituras Sagradas.

  • Héliton de Oliveira disse:

    Se clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz,
    Se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares,
    Então entenderás o temor do Senhor, e acharás o conhecimento de Deus.
    Provérbios 2:3-5

    Para dar aos simples, prudência, e aos moços, conhecimento e bom siso;
    O sábio ouvirá e crescerá em conhecimento, e o entendido adquirirá sábios conselhos;
    Para entender os provérbios e sua interpretação; as palavras dos sábios e as suas proposições.
    ¶ O temor do Senhor é o princípio do conhecimento; os loucos desprezam a sabedoria e a instrução.
    Provérbios 1:4-7

    O temor do Senhor é o princípio da sabedoria, e o conhecimento do Santo a prudência.
    Provérbios 9:10

    Porque isto é bom e agradável diante de Deus nosso Salvador,
    Que quer que todos os homens se salvem, e venham ao conhecimento da verdade.
    1 Timóteo 2:3-4

    Porque eu quero a misericórdia, e não o sacrifício; e o conhecimento de Deus, mais do que os holocaustos.
    Oséias 6:6

    Porquanto odiaram o conhecimento; e não preferiram o temor do Senhor:
    Não aceitaram o meu conselho, e desprezaram toda a minha repreensão.
    Portanto comerão do fruto do seu caminho, e fartar-se-ão dos seus próprios conselhos.
    Porque o erro dos simples os matará, e o desvario dos insensatos os destruirá.
    Mas o que me der ouvidos habitará em segurança, e estará livre do temor do mal.
    Provérbios 1:29-33

    Filho meu, se aceitares as minhas palavras, e esconderes contigo os meus mandamentos,
    Para fazeres o teu ouvido atento à sabedoria; e inclinares o teu coração ao entendimento;
    Se clamares por conhecimento, e por inteligência alçares a tua voz,
    Se como a prata a buscares e como a tesouros escondidos a procurares,
    Então entenderás o temor do Senhor, e acharás o conhecimento de Deus.
    Porque o Senhor dá a sabedoria; da sua boca é que vem o conhecimento e o entendimento.

    Provérbios 2:1-6

  • Héliton de Oliveira disse:

    A. Silva medite nesses trechos retirados da bíblia, pode te esclarecer muita coisa!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *