Ancoradouro

Ameaça de morte ao Serra, Via @twitter ### :(

Fac Simile do perfil que ameaça José Serra de morte

É lamentável a campanha de ódio instaurada pelo PT nestas eleições. Depois do tumulto no Rio de Janeiro com o candidato oponente ao do partido rubro e ameaças de morte ao bispo de Guarulhos por ter se manifestado a favor da vida, um petista lançou no twitter o perfil odioso @morteaoserra uma apologia ao crime e à violência gratuita.

Leia alguns dos tweets do petista que não se identifica:

Uma pesquisa sem muito esforço nos colocará de frente com frases do presidente da República – que se tornou cabo eleitoral – que dão suporte a arrogância e prepotência da militância como quando ele se referindo à oposição utilizou o termo extirpar. Já o babalorixá primaz do Partido dos Trabalhadores, José Dirceu, numa fala a sindicalistas disse que os do PSDB tinham que apanhar nas ruas e nas urnas. Pelo visto os militantes – ou militontos – atenderam ao apelo de seus líderes. Simplesmente, lamentável.

Diante de fatos como esse perfil no twitter sinto medo do PT. Medo do PT que apoia indiscriminadamente o assínio de fetos ainda no ventre materno; Medo do PT que ver na prostituição uma realização de vida e pretende profissionalizá-la; Medo do PT que deseja cercear a imprensa; Medo do PT que agrediu José Serra nas ruas do RJ, que ameaçou o bispo de Guarulhos e agora ameaça seu oponente na campanha eleitoral.

Recomendado para você

Nenhum comentário

  • Rafael de Almeida Alves disse:

    Ah tá, até parece que a campanha pelo lado o PSDB também não está nesse nivel elevadissimo não é?

  • eduardo braga disse:

    Que blog idiota. Qq um pode publcar o que quiser no twitter, sem confirmação nenhuma de autoria.

    Não entendi como “o povo!” se presta a uma coisa dessas.

    Eita povinho!

  • Whermeson Bezerra disse:

    As ações devem confirmar as palavras, este é o testemunho que nós cristãos devemos dar. Em nenhum momento devemos ter dois pesos e duas medidas. Isto é o que procuro compreender quando leio a Bíblia e que tento observar na vida dos meus irmãos de Comunidades. Hoje o mundo quer e precisa da Palavra de Deus e do testemunho dos que anunciam a fé em Cristo. Existe uma passagem bíblica que tomo como exemplo, para que eu não seja contradição em meu testemunho. Esta passagem é I Corintios 8, 9-13. Como esta passagem se refere a um tema antigo então ela passa desapercebida por muitos. No caso deste blog sugiro trocar o seguinte versículo – Se alguém te vir, a ti que és instruído, sentado à mesa no templo dos ídolos, não se sentirá, por fraqueza de consciência, também autorizado a comer do sacrifício aos ídolos? – por – Se alguém te vir, a ti que és instruído, enviando mensagem sem refletir e sem comparar, não se sentirá, por fraqueza de consciência, também autorizado a enviar mensagens sem refletir? -. Ao pegar frases soltas de algumas pessoas e defini-las como mensagens do PT é o mesmo que o mundo faz ao ver um padre cometendo um erro e atribuir isso a todos os padres e à Igreja. O blog atribui como do PT mensagens de pessoas isoladas, mas não atribui ao PSDB a atitude do senador Tasso de brigar com um padre, notícia real e informada no jornal OPovo. É uma pena, dois pesos e duas medidas de um cristão e jornalista, no caso de cristão não se deve contradizer, no caso de jornalista deve ser imparcial. Volto a solicitar um post com comparação das ações do governo do PSDB entre 1995 e 2002 e ações do governo do PT entre 2003 e 2010, afinal como estudante de jornalista já deve ter este material. E por fim, não tenho medo do PT, pois nestes oito anos a Igreja foi muito mais atuante: levou à frente o ficha limpa e promoveu muitos eventos católicos. Tenho medo do PSDB e do DEM que outorgaram a atual medida do aborto sem ouvir católicos nem evangélicos, que um senador do PSDB briga com um padre por não compartilharem da mesma idéia e cujo governo do PSDB no Pará em 2005 tivemos a morte da Irmã Dorothy Stang.

  • Átila Martins disse:

    Imprensa de verdade divulga o fato. Indepedente da fala de José Dirceu e sem julgar aqui o mérito de José Dirceu, não informar que a fala de José Dirceu ocorreu em meio a uma greve de professores de São Paulo no ano 2000, onde o Governo Mário Covas endurecia o diálogo para obrigar os professores a voltar para a sala de aula, é prestar péssimo serviço informativo.

    Imprensa de verdade deve ser livre, inclusive para expor os fatos sem escondê-los convenientemente.

  • Leandro disse:

    Isso se dá pelo extremismo em posicionamento político. Lamentável, principalmente de um pretenso jornalista. Jornalismo deve ser imparcial, acima de tudo, e jamais partidarista.

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *