Ancoradouro

"Mulheres sobre Ondas" incita ao aborto no Facebook

618 1

Rebeca Gomperts diretora do grupo abortista “Mulheres sobre as Ondas” postou em sua foto de perfil  no Facebook instruções para efetuar um aborto em crianças de até 9 semanas de gestação. Gomperts indica remédios que geralmente são utilizados no combate a úlceras.

O Facebook retirou a imagem da rede social mas acabou cedendo a pressão de outros grupos abortistas e repôs a imagem inclusive com um pedido de desculpas à instituição que incentiva a matança de inocentes ainda no ventre das mães, indistintamente.

Já a plataforma cristã Hazteoir.org criticou a postura da ferramenta de Mark Zuckerberg por ter cedido ao “negócio da morte”.

Denunciar o perfil

Você pode denunciar a página de Rebecca ao próprio Facebook, basta fazer os seguintes passos:

No lado superior direito clique no ícone de uma pequena engrenagem em "denunciar"

Após clique na opção "foto inadequada do perfil"

O passo seguinte é marcar "Discurso ou símbolo de ódio"

Marque a opção "Envie uma mensagem" e escreva para Rebecca. Seja cordial e apresente sua opinião a favor da vida.

Mulheres sobre as ondas

“Mulheres sobre as ondas” é uma organização holandesa cujo objetivo é promover o aborto onde este não é legal. Para isto navegam nas costas dos países que não despenalizaram esta prática, recolhem mulheres grávidas e realizam abortos em águas internacionais para fugir das legislações locais.

“Mulheres sobre as Ondas navega aos países onde o aborto é ilegal. Isto se faz por convite de organizações locais de mulheres. Com o uso do navio, é possível prover abortos médicos a tempo de maneira segura, profissional e legal”, afirma seu website.

Além disso recorrem a Internet para difundir o aborto químico. Inclusive violando as leis de países onde o aborto não é legal, como o Peru, Equador e Chile, ao proporcionar números telefônicos onde se explica como é possível abortar através de medicamentos.

1 comentário

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *