Ancoradouro

Manifestações] Jovens marcam "Terço pelo Brasil", contra a violência

340 1
Oração acontecerá hoje às 18h.

Oração acontecerá hoje às 18h.

Jovens católicos se unem em oração para que as manifestações que acontecem Brasil afora se deem na Paz. Narlla Sales Berssoni, de Brasília e Cleiton Ramos, do Rio de Janeiro, criaram o evento no Facebook denominado de “Terço pelo Brasil”, convidando o internauta a rezar, onde estiver, com um único objetivo: rezar  pela Paz no país. A oração está marcada para este sábado,22, às 18h.

“Ao perceber que as coisas estão saindo do controle, tivemos a inspiração de pedir a intervenção de Nossa Senhora. Percebemos que, por mais que seja importante expressar nossa posição diante das desordens políticas e sociais do nosso país, não adianta procurar pela paz onde não há paz. Nossa iniciativa é de intercessão pelo povo brasileiro, pelo país. E que a mudança comece a partir de cada um de nós”, disse ao blog Narlla.

Centenas de pessoas tem aderido ao evento. “Vou rezar para que sejamos uma nação de verdade”, disse Felipe Moura, internauta que confirmou a ação. O brasileiro Felipe Bezerra que atualmente mora na Áustria  é outra presença confirmada. ” A solução não vem só do protesto, precisamos rezar pelo país.Apoiei o Terço pelo Brasil, por isso”, comentou Felipe.

Cleiton Ramos acredita na necessidade da oração por todo este movimento. ” É um tempo muito importante para o Brasil e pela oração queremos pedir manifestações sem violência. Queremos pedir a Nossa Senhora que  arrume a casa também depois de todo esse movimento”.

Página do evento para adesão, clique aqui. 

Veja outros comentários:

TercopeloBRASIL

 

 

Recomendado para você

1 comentário

  • Renan disse:

    AGORA É A ETAPA DOS “IDIOTAS-ÚTEIS, MASSA-DE-MANOBRA” DE QUE FALA LÊNIN!
    AS REIVINDICAÇÕES GERAIS SEM COMANDO E OBJETIVOS DEFINIDOS A SE ATINGIREM NAS MANIFESTAÇÕES, PERDEM-SE!
    Nem mais nem menos; são exatamente os idiotas-úteis de que se serve o regime comunista de forma sutil nessa fase – haveriam veladas ameaças de Dilma – para nessa etapa dar inicio para radicalizar o regime comunista e o implantar de forma absolutizada e dentro dos rígidos padrões marxistas repressivos, bem ao estilo cubano.
    O pior é que infiltrariam pessoas para promoverem o banditismo e o caos nas pacíficas manifestações, mas depois as reprimirão; passarão a ideia de que agiram na verdade foi contra os promotores de violência – os infiltrados fascistas – e tiveram que se enrijecer, mas eles mesmos camuflada e sutilmente seriam os promotores dos baderneiros; que farsa muito bem montada!
    Observe como o M Passe Livre, por ex., tem a sua ideologia calcada sobre o marxismo, como contra os latifúndios rurais e urbanos, pró aborto etc., e fazer do Estado o provedor de tudo, o estatismo; e nas manifestações que atrapalham a vida dos outros cidadãos não envolvidos e aparecem pessoas de grupos do próprio Estado a agitarem caracterizam-se como claramente de origem marxista para provocar o caos total, embora não pareçam; para comunistas, quanto pior, melhor e fabricam os culpados nessa hora como causa de arrocho às manifestações.
    De igual forma, movimentos apresentando muitas reivindicações gerais, esparsos, difusos, sem um comando delineado a instruir nos objetivos e sem participação de todos no mesmo ideal, seria como que dentro de uma numerosa família cada um querer que funcionasse do seu jeito.
    Cuidado para, além de se arriscarem, não serem transformados em mais um dos “idiotas-uteis, massa-de-manobra” necessários nessa etapa de radicalização comunista!

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *