Ancoradouro

Centro Mariano da Aurora não tem relação com a Igreja Católica

As músicas usam termos católicos e o espaço está repleto de imagens desta religião como o quadro  de Jesus Misericordioso, do Sagrado Coração de Jesus, de Padre Pio, de São Miguel Arcanjo  e de  Nossa Senhora de Fátima. Os membros usam hábitos muito semelhantes aos dos religiosos católicos e ainda alguns participantes dizem ter visão de Maria, mas o Centro Mariano da Aurora, fundado no Uruguai, não tem nenhuma relação com a Igreja Católica. O organismo está mais para uma instituição adepta a new age.

Em uma primeira vista, o Centro é confundido facilmente com uma instituição católica. Foto: reprodução YouTube.

Problema no uso dos símbolos católicos  é a confusão que geram na cabeça dos fiéis menos avisados. O  alerta para que se evite a confusão veio  do então  Bispo da Diocese de Salto, Dom Pablo Galimberti di Vietri, já em 2016. “Fui alertado por uma fiel que em sua comunidade estavam distribuindo panfletos deste centro com uma imagem de Jesus misericordioso. Isso gera uma confusão. Eles mesmos se dizem independentes, que não são uma religião, que não são parte de uma instituição. É um direito deles, mas para um bom relacionamento entre as instituições é bom que as coisas sejam claras“, disse o bispo.

Em seu site, o Centro Mariano da Aurora diz ser filiado à Fraternidade – Federação Humanitária Internacional. Foi fundada em 2007 a partir de uma suposta aparição de Maria e no ano seguinte tiveram contato com o filósofo espiritualista brasileiro José Trigueirinho. O grupo se desenvolveu e passou a ter aparições constantes na internet, em apresentações com roupas e símbolos que faz parecer ser o de uma congregação católica.

Neste mês de novembro, um vídeo do Instituto Hesed alertou para o perigo da confusão entre católicos acerca do grupo. “Eles usam imagem religiosas, o rosário na mão, existe um vídeo deles cantando uma música católica, usam hábito religioso, vão às Missas para comungar, usam até o devocionário de Madre Teresa de Calcutá, mas não são católicos de jeito nenhum“, advertiu  o irmão Luis Maria.

Para a fraternidade da Aurora, Padre Pio, por exemplo, é uma entidade chamada Muriel, um ser interplanetário com poderes de cura. No Rosário são inseridos elementos esotéricos e Nossa Senhora, diferente da concepção cristã, é a consciência Divina, uma espécie de deusa. Jesus Cristo é chamado de Samaná, uma união entre o Filho de Deus e Krishna, projeto realizado por seres extraterrestres. Na descrição que se dão no site, o Centro Mariano da Aurora é “um espaço na superfície do planeta onde buscamos experimentar novos padrões de conduta evolutiva, que nos levem a aprender a viver em harmonia, fraternidade e irmandade com todos os Reinos”.

Recomendado para você

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *