Artesanato da Mente

A velhice é o verão de dentro e o inverno de fora

0 1

Ouvi essa frase lindíssima numa Live do Instagram com o João Vale Neto (@vale_joao) e a Leticia Garcia, da página “Silêncio e Movimento” (@silencioemovimento), e fiquei encantado com sua profundidade e poder de reflexão. Link [aqui].

Infelizmente, vivemos numa sociedade que demoniza a velhice como se ela fosse um erro, algo a ser evitado a todo custo. Nessa hora sempre lembro de uma frase que já virou clichê, mas é muito verdadeira: “agradeça por envelhecer, pois esse é um privilégio negado a muitos”. Sim! envelhecer é uma maravilha. Milhões e milhões de pessoas gostariam de ter vivido bem mais e acabaram partindo cedo por “n” motivos.

Inclusive posso até contextualizar com o momento atual, no qual centenas de milhares de pessoas já morreram pelo Covid-19. Garanto que todas elas, ou quase todas elas, gostariam de ainda estar vivas e saudáveis. Portanto, reforço pra você a importância da GRATIDÃO por estar vivo.

Essa linda frase de autoria de James Low mostra a perspectiva do ganho de sabedoria ao longo dos muitos anos de vida até a velhice. Essa metáfora das estações do ano é simplesmente perfeita, porque assim como a natureza tem seus ciclos de 4 estações todos os anos, nossa vida também passa por ciclos em tudo, não apenas a vida em si, mas diversos outros processos são cíclicos. Por exemplo: o período escolar é um ciclo, a infância é um ciclo, a faculdade é um ciclo, cada relacionamento que começa, se desenvolve e termina é um ciclo, cada trabalho que você desempenha por um tempo é um ciclo etc. etc.

Nós do Ocidente, hipervalorizamos a juventude, mas se olharmos da perspectiva evolutiva e de maturação do nosso ser interior, é o período que caímos o tempo todo, cometemos um monte de erros, falamos besteiras, tomamos atitudes impensadas e que nos levam a arrependimentos profundos, ferimos e somos feridos por diversas pessoas… É um período no qual vamos aos pouquinhos, a partir das experiências, maturando o nosso ser e adquirindo sabedoria de vida. No contexto da frase do James Low seria como uma espécie de inverno interior esse período de mais imaturidade…

Posso inclusive fazer um pequeno trocadinho nessa linda frase: “A juventude é o período de verão do lado de fora e inverno do lado de dentro”. Perceba! Nosso corpo é forte, vigoroso, bonito, vivaz, temos uma capacidade de realizações materiais enorme etc. Isso é característica do verão na natureza, tempo no qual vemos a sua exuberância num esplendor magnífico.

Já o inverno na natureza é um período de recolhimento, de frio, de renovação, de ausência de flores. Isso representa o nosso corpo que já não consegue ter o mesmo vigor que antes, que não consegue inclusive mais gerar novas flores e frutos, que seriam os filhos! Veja como isso é bonito! Uau!

Esse é o período de crescer cada vez mais do lado de dentro e mostrar toda essa exuberância através da sabedoria de uma vida bem vivida.

Você pensando dessa maneira, nunca mais vai olhar para a velhice da mesma forma. Que possamos viver cada período, cada ciclo da nossa vida, com inteireza, com plenitude, com amor e com entrega. Dessa forma, certamente chegaremos à nossa velhice sendo verão do lado de dentro e inverno do lado de fora…

Recomendado para você

1 comentário

\

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × um =