Blog do Leão

Semana de ajustes

774 16

 

Semana de treinos no Pici.

Caros tricolores, estamos a, praticamente, uma semana da nossa estréia no campeonato brasileiro, o elenco do tricolor começa a sofrer mudanças para encarar o desafio do acesso. Os jogadores que não irão mais fazer parte do elenco leonino e já tiveram seus contratos rescindidos são: os laterais Raul e Junior Maranhão, os zagueiros Cris e Renato e o atacante Canga. O volante Rogério e o meia Bismarck serão emprestados ao Guarany de Sobral, enquanto o atacante Reginaldo Jr irá para o Icasa, também por empréstimo. Vale salientar que nenhum dos três jogadores emprestados poderão enfrentar o Fortaleza nos jogos da Série C por força contratual.
Os jogadores relacionados para a final do campeonato cearense, e que permanecem no elenco, se apresentam nesta sexta-feira e se juntam ao restante do grupo que treinou no Pici durante esta semana.

Os jogadores que trabalharam com bola nesta semana e que permanecem no elenco para o campeonato brasileiro são: os goleiros Fábio Lima e Max; os zagueiros Ebelardo e Walisson, os laterais Marinho Donizete, Nenen e Charles Miller; os volantes Careca, Elton, Alemão e Sidney; os meias Marquinho, Edinho e Bebeto, além dos atacantes Vinícius, Marcelo Régis, Assisinho, Waldison, Romarinho e Manoel Chuva.

Outras alterações ainda poderão surgir para ajustar o elenco. Vamos ficar de olho e analisar como a diretoria pretende moldar o elenco que disputará o sonhado acesso.

#VamosSubirLeao

16 Comentários

  • João Ximenes disse:

    Levando a manchete afinco, só precisa de ajustes mesmo.
    Mesclando as duas equipes das duas últimas competições, acho o elenco bom, tem jogadores suficientes a disposição, é claro, se “dé” pra trazer mais, dentro das necessidades, que tragam, pois quanto mais gente pra ajudar melhor.
    Muitas vezes, jogadores demais atrapalham as observações, e acaba-se perdendo alguém bom de bola, pela necessidade de mexer pouco na equipe.
    Como base, forma aí, por exemplo:
    JOAO CARLOS, RAFINHA, CIRO SENA, CLEBER, GUTO; LEANDRO, MARIELSON, ESLEY, MARQUINHO, CLÉO e JAILSON.
    Essa equipe é a que mais jogou – com escessão do MARQUINHO no lugar do GERALDO -, e é mais prudente começar com ela.
    De cara acertando as deficiências vistas, como:
    – Melhor cobertura para os laterais, para quando no apoio irem com segurança e tranquilidade para melhor aproveitamento das jogadas e cruzamentos;
    – Coversa de pé de orelha com o ESLEY para melhor acerto de passes, menos número de cartões, pra ver se o torcedor para de pegar no pé dele e ele consiga render um pouco mais;
    – Se optar por GERALDO, cobrar um melhor desempenho e produtividade dentro do jogo, pois a importância dele para o grupo é importante, pela bagagem e experiência;
    – CLÉO. Mostrar pra ele que só pode ter uma bola no jogo, e que a mesma deve passar mais entre os outros jogadores. Tá segurando demais – tudo bem, tá tentando, mas tá pouco os acertos. Coletivo, é a palavra a ser trabalhada com ele.
    É esse o time da competição? NÃO necessariamente.
    Os treinamentos diários, e os jogos dentro da competição, vão aparecendo melhores opções.
    Aí é onde entra o olho do treinador, que vai CATANDO dentro de seu plantel melhores opções para um melhor acerto da equipe. Mesmo que a maioria do torcedor esteja achando que ele tá teimando. Faz parte do trabalho dele. É ele que tá lá no dia a dia.
    Ví jogadores que entraram da equipe por ocasião da Copa do Brasil, que têem plenas condição de começarem jogando também.
    Mas uma coerência, um critério tem de ser usado.
    E o bom senso diz que o melhor é quem vem no ritimo.
    Que vamos fazer um grande campeonato, não tenho dúvida.
    Temos um bom grupo de jogadores, e ficou provado isso.
    O sucesso é consequência do desempenho, e do apoio.
    Cobrar, podemos.
    Apoiar, devemos.
    Se a equipe entra em campo com aquela formação – mesmo que não concordamos – devemos acreditar e dar moral.
    No jogo seguinte, vamos ver se é a mesma equipe.
    Lembrando dois detalhizinhos que o futebol insiste em pregar:
    1) Muitas vezes uma vitória esconde uma realidade.
    2) uma derrota, dependendo de como aconteceu, as vezes é bem proveitosa.
    O importante no final é o ACESSO.
    DIVISÃO ‘B’ JÁ.
    Esse é o objetivo.
    E EU ACREDITO!!!!!!

  • VALTERLAN disse:

    Apesar do aborrecimento por liberar alguns jogadores da base que poderiam ser melhor aproveitados vamos pra frente que é para onde se andar, vamos acreditar na capacidade de nosso treinador de levar o time a serie B esse ano, e os nossos jogadores ja demonstraram serem comprometidos com o time isso ja é muita coisa, eu acredito no acesso esse ano.

  • Fred disse:

    Elenilson:
    Minha curiosidade é uma apenas, o cretino do Esley sai ou continua?

    Elenilson Dantas
    Por enquanto continua

  • Fred disse:

    Eu creio que fazendo um conjunto do time que terminou o estadual, com a turma que foi contratada para a série C, juntando mais um dois ou três jogadores, a coisa tem tudo para dar certo.
    Seria muito importante uma “limpa” no elenco para não deixar o plantel inchado, e mais importante ainda que mandassem o Esley embora, continuo achando que ele não nos ajuda em nada, e sua manutenção no time mesmo como reserva é nociva e perniciosa ao grupo, mas pelo visto este sujeito tem um padrinho muito forte dentro do Pici, pois já vi jogador por muito menos ser mandado por olho da rua.
    Seria legal que a diretoria marcasse pelo menos um jogo treino antes da estreia contra o Águia.

  • Helio disse:

    PARA O JOÃO XIMENES: DISCORDO TAXATIVAMENTE QUANTO À MANUTENÇÃO DO ESLEY NA EQUIPE. TEM PÉSSIMO PASSE, MARCA MAL E FAZ FALTAS IDIOTAS. TODA VEZ QUE SAI DO TIME, O FORTALEZA JOGA MELHOR. NÃO DEVEMOS NOS CONFORMAR COM A ESCALAÇÃO DESSE “SAPO” APENAS PORQUE A DIRETORIA ASSIM O QUER. FAÇAM UMA ENQUETE JUNTO A TORCIDA E PERGUNTEM SE ELE QUER ESSE “BONDE”
    jURO QUE NÃO QUER!!!!!! FORA ESLEY, VOLTE PRO CANAL!!!!!

  • Emanuel Mendes disse:

    Acho que o Fortaleza está acabando com uma tradição que sempre nos foi favoravel. A de revelar valores, o time está praticamente acabando com as categorias de bases, deixando nossos valores irem embora sem pelo menos lutar por eles, vejo interesses obscuros nos corredores do PICI, enquanto valores com grande potencial saem do pici sem alguma chance no time principal e que com certeza poderiam ajudar e muito nosso time, outros sem compromisso e amor pelo time continuam gozando de livre acesso ao time titular sem render o minimo esperado. Não ponho culpa no tecnico e nem na comissão tecnica, repito vejo interesses muito mais obscuros dentro da administração do Fortaleza, vejo pessoas que colocam o lucro acima de tudo. Mas pelo que estou vendo eu sou somente um no meio de muitos que não estão ligando, mas fica aqui meu pequeno protesto, não por raiva ou rancor de alguem, e sim pelo amor, paixão e cuidado pelo LEÃO DE AÇO DO PICI. Mas tenho esperanças de tempos melhores, ainda sonho com meu leão voltando a elite e onde o interesse de poucos não irar sobressair a grande maioria. S.T!

  • Helio disse:

    PROPONHO A SEGUINTE ENQUETE: “VOCÊ, TORCEDOR DO FORTALEZA, QUER QUE O ESLEY CINTINUE NA EQUIPE DO FORTALEZA? SIM ou NÃO. PERGUNTO AO ELENILSON ; VOCÊ FARIA ESTA ENQUETE AQUI NESTE BLOG?

    Elenilson Dantas
    E precisa?

  • Antonio Carlos Moreira disse:

    SE NÃO VEJAMOS: ESTADO DA BAHIA,UM NA SERIE-A,OUTRO NA BA,PERNANBUCO,DOIS NA SERIE-A,UM NA D,R.GRANDE DO NORTE,DOIS NA B,ALAGOAS,DOIS NA B,ESTADO DO CEARA,UM NA B,TRÊS NA C! FRUTO EXTRA E EXCLUSIVAMENTE COMO VENHO SEMPRE A ALERTAR,MENTALIDADE CASEIRA,O SUINO,FALOU QUE A PRIORIDADE ERA O BI,E JÁ COMEÇOU A COLHER OS FRUTOS DERROTA PARA O COELHO EM CASA,NÃO PODE RECLAMAR,COM CERTEZA SAIU COM OS BOLSO CHEIO DINHEIRO COM O ESTADUAL,E AINDA UM GRANDE PRESTIGIO NACIONAL,ENQUANTO ACHARMOS QUE BASTA SER GRANDE NO NOSSO ESTADO,SEREMOS PEQUENOS ATÉ PERDER DE VISTA,POR ISSO DIGO E REPITO,É A OU B,O RESTO É RESTO… RESTO….

  • carlos leão disse:

    As saídas de alguns jogadores da base estão ligadas a seus procuradores,como foi o caso de Eusébio e Douglas,e agora caso do Canga,em os procuradores pedem valores de renovação incompatíveis com a realidade do clube,e por serem jogadores ainda buscando afirmação.É preciso investigar para não cuplar diretoria e treinador injustamente. Bora Leão!Subir

  • f sales disse:

    Concordo com E.Mendes e acrescento, tudo q fazemos com amor em todos os setores da vida, a probabilidade de dar certo é imensa. Exercemos tudo com alegria. E no futebol não é diferente. A grande maioria dos jogadores q iniciam na base de um time, é pq ama aquele time. E o esforço dele é a união do “útil ao agradavel”: jogar no time q gosta e aventurar um bom futuro para ele e os seus familiares. Já os jogadores de fora normalmente só pensa no – “agradavel”. Se o time não ganhar titulos, não estão nem aí! O amor dele é só no bolso (dinheiro).É preciso investir mais (com amor) em nossa categoria de base.
    Elenilson, onde está o Romarinho, q depois q mandou ver lá em Crateús, sumiu. É o não é estranho?

    Elenilson Dantas
    Romarinho está treinando. Faz parte do elenco para a Série C

  • Fred disse:

    Por curiosidade Elenilson, atenda o pedido da enquete do Helio, vamos ver quantos querem este sujeito no time e quantos não.

    Elenilson Dantas
    Fred, enquete só é legal quando é para tirar dúvidas numa disputa acirrada. Sabemos que essa iria dar 100%, ou quase. Não acha?

  • João Ximenes disse:

    Não gosto de POSTAR duas vezes, mas como o HÉLIO direcionou sua opinião a minha pessoa, devo dizer que não defendo a permanência HÉLIO, e/ou saída de nenhum atleta.
    Todos tem de contribuir na produção da equipe, e cabe ao treinador perceber se está sendo BENEFÍCO ou não para o coletivo.
    A permanência na equipe de determinado atleta, depende única e exclusivamente dele próprio. Aquela história de quem se escala é o jogador. Se tá bem nos treinos, não tem porque não jogar.
    Acho que quando olha-se o jogo na parte coletiva, nota-se mais falhas que acertos, mais por exigência nossa, que propriamente de uma possivel falha individual.
    Uma roubada de bola acarreta no passe e/ou uma jogada individual na sequência. Sendo assim, cabe ao atleta que está na jogada, acertar, pois nós, quando ele rouba o bola, vibramos e aplaudimos o momento, e o atleta escuta e sente isso, mas, no mesmo momento, e as vezes por empolgação, o CARA exagera, e acaba comprometendo o lance.
    Se fosse-mos cobrar… COBRAR mesmo melhor produção em campo de cada atleta individualmente, não estaria-mos visando uma peça única, que é só mais uma na engrenagem, e sim de outros que tem seu momento ruim dentro de uma partida de futebol, e que por um erro individual, sobrecarrega o seu companheiro, tendo esse que as vezes, fazer uma jogada mais dura, e que acaba virando o VILÃO do jogo.
    A repetição(que não ocorreu ainda como antes), e/ou o passado de um determinado atleta, ele carrega por toda a sua carreira. Seja ela na parte disciplinar, seja ela na parte técnica.
    Goleiro que falha num GOL, nunca se esquece dele.
    Lateral que erra muito no seu fundamento principal(cruzamento), ninguém quer no time, mesmo que ele seja um grande marcador.
    Zagueiro “BAXIM”, as vezes é melhor que um de 2 metros.
    Volante que “distroi” a jogada e tem a facilidade de sair pro jogo, esse é o CARA que todo time quer.
    Meia que faça o time jogar e que deixa os companheiros na cara do gol, é o jogador dos sonhos.
    Atacante que sabe se movimentar, que abra espaços para os que vem de trás, e que faz GOLS, muitos GOLS, é o CARA.
    Uma equipe pra ser vitoriosa, precisa ter pelo menos uma aproximação nas qualidades individuais de cada atleta em sua posição, se não, não engrena.
    Cada um enxerga o jogo a sua maneira.
    ESLEY pra mim ajuda e muito a equipe, na parte defensiva e na saídas de jogadas, mesmo que tendo mais indices de erros, que acertos, que as vezes sobrecarrega os seus companheiros, mas que também não é previlégio só dele.
    O grande problema a qual a maioria dos torcedores levam em consideração, é o fator, passado dele no clube, que EU também condenei quando naquela ocasião.
    Mas a verdade é que o CARA tá querendo e tá tentando mostrar para nós torcedores, de que quer ajudar.
    Como enquete, que voçê propõe aí HÉLIO, o resultado já é conhecido antecipadamente, visto a reação da maioria do torcedor nos jogos.
    Mas como ele(ESLEY) tem a preferência do treinador, acho que deveriamos contribuir um pouco mais com o incentivo e um pouco de cobrança no que diz respeito a parte técnica, que é por conta dela, que ele tá se segurando no time principal, e não na parte disciplinar.
    Não sei se fui bem claro quanto a minha opinião. E espero que seja respeitada por todos, pois respeito a opinião de cada um.
    Mas HÉLIO, e amigos TRICOLORES, não tô aqui defendendo e/ou crucificando um atleta especificamente.
    Defendo um COLETIVO, e dentro deste PARÂMETRO, pra mim cada UM tá tentando dar o seu melhor.
    E é isso que EU quero ver dentro do campo por parte do meu time.
    Que comece a DIVISÃO “C” e que consigamos dentro do espirito do CLUBE – GARRA, VIBRAÇÃO, LUTA, GANA POR VITÓRIA – conseguir-mos o objetivo final, independente de jogador “A” ou “B”.
    Pois ganhando os jogadores dentro do campo, ganhamos NÓS, torcedores fora dele.
    E dentro do esporte, não se quer outra coisa que não seja a vitória.

  • Fred disse:

    O que me deixa um pouco preocupado é esta onda de não valorização dos jogadores das categorias de base, isto é preocupante, pois está sendo feito um investimento altissimo no CT para formar novos valores, e quando estes novos valores começam a despontar, são emprestados para outros times, eu fico meio sem entender.
    Elenilson, outra coisa que esqueci de perguntar, o Rômulo será dispensando ou continua no time?

    Elenilson Dantas
    Rômulo não faz mais parte do elenco tricolor. O Fortaleza inicia os trabalhos para a Série C com 8 atacantes no elenco: Cléo, Jailson, Ray, Marcelo Régis, Assisinho, Waldison, Vinícius e Romarinho

  • Emanuel Mendes disse:

    Essa valorização das categorias de base é notorio em todo o time que quer crescer, vejamos o exemplo mais famoso que é do Barcelona o Messi por exemplo, apesar de ser Argentino joga no Barça desdos 13 anos, pelo Brasil vejamos o exemplo da Portuguesa, que mesmo sem estar entre os grandes, mantem um CT e um projeto que revela muitos valores, tem o Inter que todos já conhecem, o São Paulo, o Corinthias e etc… No nordeste temos o Vitória que tem um otimo projeto de base. Agora somente os times cearenses que estão na contramão do desenvolvimento, o Fortaleza está investindo muito nas bases, mas não dá oportunidades e nem “amarra” o jovem talento, deixa-os irem embora sem mais nem menos, e isso reflete não só no “bolso” do time, mas também no futuro do time, tivemos gratas revelações nesse nosso campeonato que foram emprestados pelo Fortaleza a outros time, que simplesmente foram embora ou “reemprestados”. Gostaria se possivel caro amigo Elenilson você abrisse um post sobre isso, para que possamos discutir essa não valorização dos pratas da casa. ST!

  • Tadeu disse:

    Agora eu quero só ouvir as desculpas do lado sujo da cidade e dessa imprensa horrorosa ( a parte que é doente pelo parangabuçu ) Os juizes agora não vão $$ajudar$$ o ceará, pois jogos da série B passam na TV em todo o Brasil. SALVE O TRICOLOR DE AÇO. O presidente da Federação falta nos dar um Hexacampeonato de 1900……..1906.

  • Tom Tricolor disse:

    Caro Elenilson,

    Caso venha a acatar a sugestão do Emanuel Mendes a respeito de discutirmos sobre as categorias de base, sugiro discutir também sobre o CT, já que estamos com problemas por ter sido construído em área industrial e uma empresa vizinha estar despejando fumaça justamente sobre os alojamentos e refeitórios, inviabilizando sua utilização e até propondo que o CT seja remanejado.

    Elenilson Dantas
    Tom, a informação que tenho é que a empresa responsável se comprometeu a utilizar modernos filtros que evitam a poluição

\

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *