Blog do Leão

Digno de um desfibrilador

1065 14

Caros tricolores, se você está lendo este post, sinto-me aliviado, pois sei que você sobreviveu.
Na tarde deste domingo, no Arrudão, o Tricolor foi mais de Aço do que nunca. Depois de sair em desvantagem no placar, o Leão voltou para a etapa final com muita vontade. E as emoções estavam guardadas mesmo para o finalzinho do jogo. O empate veio numa cabeçada fulminante do desacreditado atacante Julio Madureira, segundos depois de entrar em campo. Entretanto, toda a luta parecia ir por água abaixo, quando o juizão apontou para a marca penal, faltando menos de dez minutos para o fim da partida. E mais uma vez, assim como no primeiro jogo, o goleiro João Carlos defendeu a cobrança do pênalti.
Aos 45 do segunto tempo, Julio Madureira mandou para fora uma chance clara de gol, que seria para muitos de nós, a última do jogo. Mas ainda deu tempo ir para o ataque mais uma vezinha, só mais uma. E desta vez a bola caiu nos pés de Assisinho… Silêncio no Arruda… Loucura em Fortaleza.

Assisinho marcou o gol da classificação no último lance do jogo

Assisinho marcou o gol da classificação no último lance do jogo

Agora, o Fortaleza enfrentará o Campinense-PB na semifinal da Copa do Nordeste. O time paraibano eliminou o Sport dentro da Ilha.

O primeiro jogo será na capital cearense. A CBF definirá nesta segunda, o local ( PV ou Castelão) e o dia ( sábado ou domingo) do primeiro confronto.
O Campinense tem a vantagem de fazer o jogo de volta em Campina Grande por ter um ponto a mais que o Fortaleza na classificação geral.

 

 

Santa Cruz 1×2 Fortaleza

Copa do Nordeste
Local: estádio do Arruda
Árbitro: Arilson Bispo da Anunciação (BA). Assistentes: Luiz Carlos Silva Teixeira e Adson Márcio Lopes Leal (ambos da BA).
Cartão Amarelo: Marquinho, Anderson Pedra (Santa Cruz);
Público: 30.087 Renda: 441 mil 520 reais

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Marquinho, César, Vágner e Everton Sena; Anderson Pedra, Luciano Sorriso (Léo), Sandro Manoel e Natan (William Alves); Paulo César e Dênis Marques (Danilo Santos).

Fortaleza
João Carlos; Rafinha, Ronaldo Angelim, Gabriel e Marinho Donizete; Esley, Éverton (João Henrique), Jackson (Júlio Madureira) e Jackson Caucaia; Jailson e Assisinho.